Quem nunca ouviu a frase de que a diferença entre o medicamento e o veneno é a dose? Não é raro muitos idosos tomarem em um único dia 10 a 12 pílulas.

Às vezes a tentação de tomar um remedinho para aquela dor de cabeça, desconforto no estômago ou seguir a receita do vizinho sem orientação médica é grande.  Não é verdade?

Mas quero afirmar categoricamente que se você está fazendo isso, pare agora. É muito perigoso. Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Farmacêuticas (Abifarma), cerca de 20 mil pessoas morrem no País vítimas da automedicação, todo ano. 7 em cada 10 se automedicam no País. O uso sem orientação médica é considerado atualmente um problema de saúde pública no Brasil e no mundo.

Para quem toma muitas pílulas no dia, combinar medicamentos, esquecer que tomou e repetir a dose ou tomar em horários errados pode significar alguns efeitos colaterais bastante desconfortáveis. Vou enumerar apenas alguns:

  • A falta de medicamento pode provocar ansiedade;
  • Desconforto gástricos e intestinais;
  • Inibir sintomas de uma doença mais grave;
  • Diminuir o nível de consciência;
  • Levar a uma hospitalização indesejada.

Mas, calma. Algumas dicas podem ajudar a minimizar ou até evitar que esses efeitos ocorram

  • Só utilize medicamentos prescritos por um médico;
  • Se organize e crie uma tabela com os horários e as pílulas que devem ser ingeridas no dia;
  • Utilize separadores de cápsulas. Elas ajudam a organizar os remédios por dia e por período (manhã, tarde ou noite);
  • Peça ajuda a algum familiar para organizar a lista de horários e tipos de medicamentos a serem tomados;
  • Se está bem familiarizado com a tecnologia, alguns aplicativos são uma mão na roda para lembrar o horário do remédio e até qual deve ser ingerido. Dão, inclusive, uma forcinha para tomar água;
  • Mantenha sempre contato com seu médico para eventuais falhas na dosagem ou se esqueceu de tomar um medicamento.

Lembre-se: medicamento não é bala para ser tomado hora que der vontade. Sua saúde é um bem que deve ser preservado. Viva mais e melhor.