Há alguns dias o País parou consternado para chorar e lamentar a morte de um dos apresentadores de TV mais famosos, o Gugu Liberato. Gugu foi vítima de uma das condições que mais afeta e mata os idosos: as quedas dentro da própria casa.

Segundo estimativa do Ministério da Saúde, a queda atinge 1 em cada 3 pessoas com mais de 65 anos e, 1 em 20 dos que sofreram uma queda têm como consequência uma fratura ou necessitam de internação. Dentre os mais idosos, com 80 anos e mais, 40% caem a cada ano. Dos que moram em asilos e casas de repouso, a frequência de quedas é de 50%.

Há como tomar algumas medidas para prevenir as quedas.

Apesar desta triste estatística há como tomar algumas medidas para prevenir as quedas.

– Fazer exames físicos, especialmente oftalmológicos periódicos são o primeiro passo, especialmente para controle de doenças que podem ter como sintomas as tonturas como a pressão alta;

–  Manter dieta adequada de cálcio e vitamina D para evitar osteoporose;

–  Tomar banhos de sol diariamente;

–  Praticar atividade física regular, especialmente que desenvolvam agilidade, força, equilíbrio e coordenação;

–  Eliminar de sua casa tudo aquilo que possa provocar escorregões como objetos pequenos pelo chão, tapetes etc.

– Instalar suportes, corrimão e outros acessórios de segurança;

–  Usar sapatos com sola antiderrapante e evitar sapatos altos e com sola lisa. Nunca andar de meias pela casa;

–  Evitar ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e nunca tomar medicamento com álcool;

–  Manter uma lista atualizada de todos os medicamentos que está tomando ou que costuma tomar, e as dê para os médicos com quem faz consulta;

–  Informar sempre ao seu médico sobre os efeitos colaterais dos remédios que você está tomando e de seu consumo em excesso;

–  Mantenha luzes acesas ou temporizadores para quando for se locomover à noite;

–  Nunca suba em escadas, bancos ou móveis. Se precisa de algo que está em local no alto e longe do seu alcance, peça ajuda de um familiar ou amigo mais jovem;

– Mesmo que você esteja bem de saúde, tome banho em cima de um tapete antiderrapante e, se sentir inseguro, compre um banco próprio para banho.

Essas são algumas dicas para evitar as quedas e, consequentemente as fraturas e as internações. O processo de envelhecimento é algo que não podemos evitar, mas viver mais e melhor é sempre uma escolha.