Hoje o mundo todo comemora o Dia do Idoso. Pensando em uma população que, estima-se, somará 2 bilhões em 2050, realmente é uma data muito expressiva e deve ser mesmo comemorada.

Mas como chegar lá? Hoje poderia fazer um acordo com você que acompanha o nosso blog e dizer que, se está chegando nos 50 anos, 60 ou já está nos 70 e 80 que tal começar uma atividade física?

Chegue devagar, comece com caminhada, depois matricule-se em uma academia e faça exercícios aeróbicos (bicicleta, natação, esteira) e anaeróbicos (musculação, alongamento ou pilates). Você vai notar a diferença.

Depois comece a reparar o que tem no seu prato. Ele está colorido? Ou o branco ou o vermelho (da carne) prevalecem?

Sele um pacto com você mesmo: preencha 50% do prato com verduras e legumes, 30% com proteína (animal ou vegetal) de preferência grelhada e 20% de carboidrato e leguminosas (arroz e feijão). Comece na semana e deixe para colocar um pouco o “pé na jaca” no final de semana. Se comer um docinho aqui ou beber uma taça de vinho ali, nada de culpa.

Mas a água, não tem acordo, tem que beber no mínimo 10 copos por dia.

Não deixe aquela viagem para quando se aposentar, ou quando seus filhos vierem ou quando tiver mais dinheiro. Aproveite. Tenha uma vida social mais ativa, compartilhe suas experiências com os mais jovens, visite seus amigos e parentes. Faça o bem.

Assim, todos os dias irão se tornar o Dia Internacional do Idoso, o dia em que você se dedica a viver mais e melhor.