Ela não para. O dia-a-dia de Osanita Rodrigues é muito parecido com o centenas de milhares de mulheres. Administra a casa, o marido, cuida dos negócios – ela é empresária – e faz faculdade de jornalismo. Ex-gordinha, Osanita mudou a maneira de encarar a vida há 7 anos, quando montou uma loja de moda fitness dentro de uma academia de ginástica.

Ali, enquanto trabalhava, se deparava com corpos esculturais. Até que decidiu virar a página da sua história. “Eu pesava quase 80 quilos e usava manequim 46. Contratei um personal, comecei a malhar forte e, em seis meses, minhas calças passaram a ser tamanho 34”, conta, orgulhosa. “O segredo de tudo é uma alimentação saudável, treino correto e perseverança.”, receita.

A conquista da boa forma e a mudança no estilo levou Osanita a criar o Projeto Massa Magra, sucesso na internet (www.projetomassamagra.com.br) e nas redes sociais (facebook e twitter). “O jornalismo me inspirou a escrever e pude unir duas paixões”, comenta ela. Ali, ela compartilha com os internautas dicas e receitas saudáveis.

Para exibir hoje um corpo enxuto – ela tem 1,70 metro de altura, pesa 62 quilos e tem 14% de gordura -, Osanita mudou radicalmente seus hábitos alimentares. Parou, por exemplo, de devorar uma pizza inteira e tomar 2 litros de refrigerante por dia.

“Hoje, sou super regrada Levo minha marmita para onde vou e tomo muitos litros de água por dia. Nunca mais tomei refrigerante ou suco industrializado”, afirma.

Transparente, admite ser impossível fazer dieta todos os dias. “E não tem graça se você nunca puder comer um docinho”, afirma. “O segredo é buscar o equilíbrio e jacar de vez em quando. Mas não precisa exagerar muito.”

Com uma mulher real, Osanita deu uma escorregada no ano passado. “Estava estudando o dia todo, fazendo outro curso além da faculdade e  trabalhando. Acabei negligenciando a alimentação e, quando vi, tinha engordado 15 quilos.”

Mas ela não se entregou. Pelo contrário. Aos 40 anos, deu, mais uma vez, a volta por cima. Em pouco tempo reconquistou o peso com o qual se sente feliz: 62 quilos. A vida começa aos 40, aos 50. Nunca é tarde para recomeçar. Que o diga Osanita.

 

 

Osanita antes da reeducação alimentar
Crédito: arquivo pessoal

 

 

Aos 40, o corpo sarado da ex-gordinha e hoje blogueira fitness
Crédito: arquivo pessoal