coconut-milk-1623611_640

 

Como já é tradição no blog Vigilante da Causa Magra, todo começo de ano pedimos a um especialista listar alguns alimentos que não podem faltar no dia a dia de quem procura uma alimentação saudável.

 

Desta vez, pedimos ao nutricionista Daniel Novais para elaborar a lista.

LASCAS DE COCO – É uma fruta de rápida digestão e rica em boas gorduras, muitas fibras, o que ajuda no funcionamento intestinal. Ajuda na dieta de emagrecimento. A gordura do coco é facilmente metabolizada e dá muita energia, além de não ter as contraindicações da gordura saturada.

ÓLEO DE COCO – Aumenta a nossa saciedade, já que é rico em triglicerídeos de cadeia média, um tipo de gordura que, quando chega ao fígado, se transforma em energia rapidamente e, por conta disso, não é acumulada na forma de gordura pelo organismo. Pode ser usado como substituto do óleo comum na cozinha. É fonte de um tipo de gordura chamada TCM, que é rapidamente metabolizada, aumentando o gasto calórico. Também tem antioxidantes, que reduzem a formação de colesterol, e ácido láurico, que fortalece o sistema imunológico.

FARINHA DE COCO – É uma fonte de fibras. Também age sobre a saciedade e elimina toxinas do nosso corpo, favorecendo o emagrecimento. Ela não contém glúten e é perfeita para quem é intolerante, podendo ser utilizada em receitas de bolos, tortas e pães.

LEITE DE COCO – Possui muitas vitaminas e minerais, como potássio, cloreto e cálcio. É uma ótima opção para os intolerantes a lactose. Ele também não contém glúten. Tem ação sobre dores de garganta e úlceras, aliviando as dores, além de hidratar a pele seca. Por ser de origem vegetal, é isento de colesterol e é fonte de selênio e potássio. Pode ser usado na culinária como substituto do leite de vaca, no preparo de bolos e doces, principalmente por quem tem alergia à proteína do leite de vaca ou intolerância à lactose. Atenção: algumas marcas encontradas no mercado são adoçadas com açúcar e por isso devem ser evitadas.

NIBS DE CACAU – Os nibs de cacau nada mais são do que pequenos fragmentos da amêndoa do cacau. Reduz o mau colesterol (LDL) e aumenta o bom colesterol (HDL), Melhora a saúde mental, Tem efeitos antidepressivos, Protege a visão, melhorara a saúde e o bem-estar de um modo geral.

ALHO – Um estudo realizado na Alemanha descobriu que 1 grama de alho consumido por dia reduz em 80% o volume na placa de aterosclerose nas artérias. Mas deve ser utilizado na alimentação cru. Pode ser também na forma desidratado – só que com moderação, pois ele provoca problemas digestivos, como o mau hálito, irritações gástricas e náuseas. Entre os seus benefícios estão a diminuição da taxa de colesterol ruim e a prevenção de tumores. Além de ativar o sistema imunológico e combater vírus, bactérias e fungos que causam infecções. Ajuda também a reduzir a pressão arterial, proteger o coração e diminuir os níveis de açúcar no sangue.

BERRIES – São ricos em proantocianidina, substância apontada por estudos como sendo de 15 a 25 vezes mais potente do que a vitamina E para inibir a aderência e evitar a translocação (saída do intestino para o trato urinário) de bactérias, principalmente do tipo E.coli na mucosa da bexiga, combatendo infecções do trato urinário. A fruta ainda é composta pelas vitaminas C e E, mas tais nutrientes se tornam pouco significativos dentro de uma dieta que respeite a recomendação diária de ingestão do alimento. Ainda oferecem  substâncias antioxidantes, como os flavonoides e ácidos fenólicos ao organismo.

PASTA DE AMENDOIM –  A gordura presente na pasta de amendoim é aquela considerada boa. São ácidos graxos poli-insaturados que protegem o corpo de doenças cardiovasculares, diminuindo os níveis do colesterol ruim (LDL) e de triglicerídeos.  A ingestão adequada desse lipídio nessa fase auxilia consideravelmente o desenvolvimento cognitivo da criança. Em países mais desenvolvidos, encontra-se à venda suplementos de ômega 3 específicos para crianças em gomas com sabores agradáveis e rótulos com desenhos infantis, incentivando o consumo.

BACON –  Aumenta a sua expectativa de vida porque é rico em niacina, conhecida como Vitamina B3. Trata-se de um nutriente crítico para proteção do coração, estímulo imunológico e combate às infecções. Essa substância está também envolvida em mais de 50 processos biológicos no nosso corpo, incluindo suporte adrenal e produção hormonal (especialmente hormônio sexual). Como se não bastasse, combate inflamações, protege os seus ossos e ajuda na desintoxicação. No fim das contas, a niacina pode estender sua vida por mais 7 a 8 anos deliciosos.