Courtney Love está sumida, mas, ao que tudo indica, deve voltar em breve. A ex-vocalista do Hole prepara uma autobiografia e um novo disco para o Natal. “O álbum soa épico. É ótimo, mas é também um trabalho duro”, afirmou ao site canadense Jam.

O título provisório que ela deu ao material é bem curioso: Died Blonde (ou loira morta, em português). O álbum será lançado sob seu nome e não como Hole. A última empreitada de Courtney (Nobody’s Daughter, de 2010) não foi um sucesso de vendas nem crítica, apesar das altas apostas da cantora e sua gravadora.

Escrever um livro de memórias está sendo mais fácil, conta ela. “Tenho um coautor. Basicamente, eu sento e falo e alguém transcreve nossa conversa. Então ataco o que foi escrito e torno mais literário”, disse.

A pergunta que não quer calar: a obra vai abordar novos detalhes de seu conturbadíssimo casamento com Kurt Cobain? Isso ela não revela. Só comprando o livro.