Y-3 Runner 4D Halo

O navio Kasato Maru chega ao Porto de Santos em 1908 trazendo o primeiro grupo de imigrantes japoneses para o Brasil. A data, 18 de junho (próximo sábado), fica imediatamente conhecida como o Dia da Imigração Japonesa no País. Além de toda a vasta e original cultura do Japão que se arraigou por aqui, na cena sneakerhead, o amor da terra do sol nascente pelos tênis se junta com toda essa paixão nacional pelo tema, tornando as colabs com designers japoneses bem disputadas por aqui.

Um dos expoentes disso é Yohji Yamamoto e sua Y-3. Considerado um dos melhores alfaiates de alta costura de sua geração, Yamamoto estabeleceu sua longeva parceria com a Adidas em 2003, quando achou que precisava voltar para o mundo real. “Senti que tinha ido muito longe da rua. Não conseguia mais encontrar pessoas vestindo minhas roupas e me sentia solitário. Na época, os empresários de Nova York estavam começando a caminhar para o trabalho de terno e tênis. Achei essa mistura estranha incrivelmente charmosa, um híbrido fascinante”, afirmou o designer em entrevista para a Vogue Runway em 2015.

Estes tênis, sempre à frente de seu tempo, foram as primeiras experiências da Adidas com a ruptura de paradigmas vista com a Yeezy. Se a Adidas abraçou tanto a marca de Kanye West, muito se deve às portas que a Y-3 abriu. Eu, particularmente, sou apaixonado nas botas Notoma, em especial a Yellow. Mas, de sua última coleção, o modelo que mais chama atenção, sem dúvida, é o Runner 4D Halo Black da abertura do texto. Ele tem entressola feita em impressora 3D, sobreposição de mesh no cabedal e calçamento estilo meia. Uma epítome do conceito terno e tênis que baseia a obra de Yamamoto.

Y-3 Notoma Yellow

Quatro outras marcas japonesas também estão se tornando best-sellers no mundo dos sneakers por causa de suas colabs com as fabricantes. São elas a Sacai, Undercover, Bape e Ambush. Criada em 1999 por Chitose Abe, a Sacai ganhou notoriedade por dar um toque de luxo à roupas casuais. Esta mistura também é vista em seus tênis em parceria com a Nike, sempre caraterizados por uma entressola que passa da parte de trás do sneaker, formando um espécie de aba traseira. Seu último arrasa quarteirão é uma colaboração tripla com a Nike e Jean Paul Gaultier, vendido por quase R$ 2 mil.

Jean Paul Gaultier x sacai Nike LDVaporwaffle

Já a Undercover de Jun Takahashi, lançada em 1993, é focada em um streetwear mais esportivo. Tanto que, sempre que pode, a marca usa a tecnologia react da Nike em seus tênis originais, como o Overbreak e a React Boot – que é uma das coisas mais confortáveis que já coloquei no pé. A Bape de Tomoaki Nagao, por sua vez, tem uma pegada mais basquete ostentação. Nigo (como Nagao é conhecido), um dos melhores amigos de Takahashi, surfou em sua onda, também em 1993, mas foi além. Com a força de suas colabs com a Adidas, em especial com a linha Superstar Camo, a marca começou a fazer bootlegs de Air Force e Dunk de todas as cores possíveis. Há um, inclusive, baseado no álbum The College Dropout de 2004, de Kanye West, que chega a custar mais de R$ 60 mil.

Bape Sta Low Kanye West College Dropout

A novata Ambush, de 2015, começou como uma marca de jóias finas saídas da mente de Yoon Ahn. Embora não seja japonesa (Yoon nasceu em Seattle e tem descendência coreana), a marca foi fundada em Tóquio e foi toda baseada no mercado japonês antes de debutar em Paris. Tanto que a última colab da Ambush com a Nike teve como tema o desenho Akira, um super clássico dos animes. O que resultou neste Dunk High Flash Lime lindo.

Ambush Dunk High Flash Lime

Claro que eu não esqueci de falar das tradicionais Mizuno, Asics e Onitsuka Tiger, marcas japonesas que estão presentes no imaginário dos brasileiros há décadas. E quem têm ganhado mais força no mercado justamente ao trazer colabs com designers de seus países, caso da Mizuno com o Sorayama e da Asics com a coleção Art in Motion.

Vem com box

O designer japonês Rei Kawakubo, que criou a Comme des Garcons e foi mentor de Jun Takahashi da Undercover, também está se arriscando mais nos sneakers. Depois de várias versões do Converse Chuck Taylor, a marca lançou recentemente um Nike Foamposite One, nas cores branca e preta, que chamou a atenção da cena e teve alta valorização.

Só no lace

Dia 23 a Nike vai lançar o Off-White AF1 Mid. O modelo estará disponível nas cores preta e branca. O preço vai estar na casa dos R$ 1.400. Este é, pelas informações que se têm, a última criação de Virgil para a Nike.

Em agosto, ainda sem dia definido, vai ocorrer o Yeezy Day. Haverá drops online do 700 Hi Res Blue e reestoque do 350 v1 Turtle Dove. Os 700 Wave Runner também já estão nas lojas da Adidas para surgirem em drop físico.

Faltou alguma coisa? Vem conversar comigo no Instagram então. Espero você!