Ron Mueck

A auxiliar administrativa Roseane Domingues, 27 anos, afirma ter sido constrangida durante exposição do australiano Ron Mueck na Pinacoteca de São Paulo no último dia 09 de dezembro. Eram duas da tarde e ela entrou no museu com a filha de 4 meses, Dandara, que estava mamando em um sling – tecido amarrado ao corpo que carrega o bebê juntinho da mãe. Em poucos minutos foi parada por um segurança. “Ele me abordou de forma grosseira dizendo que não era permitido comer na exposição. Em um primeiro momento eu não entendi o que ele estava tentando me dizer”, conta. Depois compreendeu que “comer” era amamentar.

A jovem tentou argumentar e pediu que o funcionário sugerisse, então, um lugar calmo dentro do museu para que ela pudesse dar de mamar. Ele foi inflexível. Disse que era proibido e que estava “cumprindo ordens”. Sugeriu que Roseane se retirasse da Pinacoteca e fosse amamentar do lado de fora do museu, na rua. “A única gentileza que ele me ofereceu foi não ter de pegar fila para entrar novamente na exposição”, conta. No dia 9 de dezembro de 2014, terça-feira, a temperatura máxima registrada em São Paulo foi de 30 graus, segundo o Inmet, Instituto Nacional de Meteorologia.

Roseane decidiu então procurar a administração da Pinacoteca. Foi atendida por uma funcionária que se identificou como Ana Paula que “escoltou” a auxiliar administrativa de volta à sala . Segundo Roseane ela disse ao funcionário algo como “já que está aqui, tem que deixar amamentar”. A nova ordem teria sido repassada a todo museu de forma bem indiscreta. “Os seguranças, descontentes, começaram a falar sobre o ocorrido no rádio comunicador. Todos que estavam na exposição começaram a me olhar. Eu me senti um E.T e preferi ir embora”, conta.

A Pinacoteca de São Paulo foi procurada e, em nota, confirmou que a abordagem a Rosane realmente ocorreu, porque “a sala cheia poderia ser desconfortável” para a amamentação. O museu afirmou ainda que o segurança queria sugerir um “local menos cheio”. Perguntei que lugar mais confortável foi oferecido, mas não obtive resposta. A Pinacoteca, contudo, garantiu que “não faz parte das normas do museu restringir a amamentação das mães que vêm com seus bebês “.

A auxiliar administrativa acredita que a sociedade tem de aprender a ver a amamentação como um momento sagrado entre mãe e bebê e não uma transgressão ou um ato sexual. “As pessoas têm de ser reeducadas”, comenta. Ironia ou não, uma das obras de Ron Mueck expostas na Pinacoteca mostra uma mãe carregando seu bebê da mesma forma que Roseane levava Dandara. “As pessoas foram ver uma exposição que mostra o corpo humano e se chocam com uma mãe amamentando?”, pergunta.

____________________________________________________

Leia também: Por que meus peitos te incomodam tanto?

Curta o “Ser mãe é padecer na internet” no Facebook: https://www.facebook.com/padecernainternet

Siga Rita Lisauskas no Twitter: https://twitter.com/RitaLisauskas

No Instagram: http://instagram.com/ritalisauskas

Quer falar com o blog? Escreva para ritalisauskas@gmail.com