luana

Luana Piovani posta foto de sua barriga no pós-parto: “inchada, flácida e umbigo meio aberto”. Foto: Instagram da atriz

Eu não consumo esse tipo de informação, mas ela não para de chegar pelas redes sociais e acredito que deva aparecer também na sua timeline e pior, na de mulheres estão no auge do puerpério, aquela fase intensa do pós-parto que pode ser de alegria para algumas, mas também de tristeza, sufoco, desencanto, rupturas físicas e emocionais para outras. Li hoje uma reportagem sobre a “boa forma” da nutricionista Gabriela Zugliani que “ficou conhecida durante a sua gravidez por exibir uma barriga cheia de ‘gominhos’. Ela postou uma selfie exibindo sua barriga sarada neste domingo, 18. Detalhe: a nutricionista deu à luz há 10 dias” (trecho retirado da uma matéria de um grande portal ). Debaixo da foto, a mensagem dela aos seguidores: “Bom dia cheio de energia. Fotos de dez dias pós-parto! Eu consigo, você consegue, todos conseguem. Basta trabalhar dentro de você uma palavra: determinação. Então, siga em frente e não olhe para trás!”. Resumo da ópera: Se você não conseguiu “recuperar” seu corpo em 10 dias, é porque não é determinada o suficiente. Tome nota desse fracasso na sua lista de fracassos pós-parto. “Não sou determinada” pode vir depois “não consigo amamentar” ou de estou deprimida mesmo tendo dado à luz um bebê lindo e saudável”.

Gabriela 2

A nutricionista Gabriela, dez dias depois do parto. “Eu consigo, você consegue, todos conseguem”. Foto: Instagram

 

Gabriela

Claro que há mulheres que conseguem voltar à velha e boa forma dez dias depois do parto mesmo sem fazer nada – e aí não foi a tal determinação que ajudou e sim a genética ou um histórico de muito exercício físico e alimentação regrada, o que deve ser o caso da nutricionista. A ela e a todas as mulheres que conseguem tal feito e que acham importante recuperar o “corpo de antes” em tão pouco tempo: meus parabéns. Mas saiba, e esse é o ponto mais importante: vocês são a exceção e não a regra.

A depressão pós-parto surge entre a 5.a e a 6.a semana depois do nascimento do bebê e vitima, segundo vários estudos, de 18% a 39% das puérperas. As causas ainda não são todas esclarecidas, mas sabe-se que a falta de apoio e uma série de expectativas irreais sobre o pós -parto estão entre elas. Quer uma expectativa mais irreal do que uma barriga tanquinho em uma fase em que o corpo ainda dói, o útero não voltou ao seu tamanho normal e que sono é artigo de luxo?

Luana 2

A atriz Luana Piovani também postou, talvez dias antes da nutricionista, uma foto mostrando sua barriga pós-parto. Ela conta com sua sinceridade habitual que o segredo de uma barriga sarada nessa fase é… o ângulo em que a foto é tirada. Ela postou um retrato real, sem filtros e sem esconder seus “defeitos”, confessando que está inchada, flácida, com o umbigo esquisito e a cicatriz feia. Diz que vai correr atrás do prejuízo quando possível e encerra com um “a vida é mesmo assim! Dois filhos saudáveis, lindos, nada de repouso, cicatriz inchada e fibrose.” Assim como a barriga sarada dez dias pós-parto, o post sincero e reconfortante de Luana é uma exceção. Uma pena.

Leia também: Fulana é “uma péssima mãe”. Fulano “é um paizão”

Leia mais: Por que eu não vou te visitar na maternidade