É o começo da revolução
É Mussolini pendurado pelas pernas

Maracatu de cabeça… maracatu de cabeça…

Porque os magnatas do vil metal enferrujam
E os fascistas têm de ser enforcados nas tripas do último pastor
Porque os falsos pastores bebem o sangue dos inocentes
Cabeça vazia oficina do diabo
Estamos em guerra contra os maus e os covardes

Maracatu de cabeça… maracatu de cabeça…

Porque Lamarca e Marighela são estrelas além da tela
E a poesia de Lorca ainda entorta a baioneta dos ditadores
Porque notas de repúdio não sangram
E o suor das togas têm cheiro de urina
A ira é doce nos olhos da tarde
Para uma mente insana nem todo o lixo de Copacabana
O lixo é o lixo é o lixo
Pau que nasce torto morre torto
Coronel Ustra é um traste
Tortura nunca mais

Maracatu de cabeça… maracatu de cabeça…

Uma cabeça na cesta a gente nunca esquece
Uma cabeça na cesta vale mais que três pontos
Precisamos virar o jogo
Porque cabeças fascistas fora da cesta estão sempre no cio
Porque cabeças de vento não movem moinhos

Maracatu de cabeça… maracatu de cabeça…

Porque milícia rima com polícia
São cabeças de uma mesma besta
Precisamos varrer o templo dos vendilhões
Ken Parker faria o mesmo
E haveria festa em ruas e aldeias, quilombos e praças
Feriado nacional!
Porque sim e pronto
E ponto final.

.

MARACATU DE CABEÇA >>> O poeta e letrista maranhense Celso Borges (na ilustração de abertura), o compositor pernambucano Assis Medeiros e o poeta e artista visual paulistano Daniel Minchoni estão juntos na produção deste vídeo que é um ‘manifesto antifascista contra o atual estado brasileiro, de índole autoritária’. Poema e interpretação são de Borges; trilha, mixagem e masterização, de Medeiros; vídeo, de Minchoni

PEQUENOS POEMAS VIÚVOS >>> Celso Borges, poeta, jornalista e letrista (parceiro de Zeca Baleiro e Chico César, entre outros) tem 11 livros publicados, entre eles NRA (1996), XXI (2000), Música (2006) e Belle Époque (2010). Desenvolve projetos de poesia no palco desde 2005: Poesia Dub, com Otávio Rodrigues; A Posição da Poesia é Oposição, com Christian Portela e Luiz Claudio Farias; e Sarau Cerol, com Beto Ehongue. Em 2020 publicou ‘Pequenos Poemas Viúvos’, com 90 poemas curtos, pela Olho D’água Edições. No livro, ‘Celso Borges inverte o sentido de perda, transformando ausência em presença’. De matéria da Revista Acrobata extraio alguns textos:

.

3.
primeiro queimam os livros
depois queimam os próprios homens
para apagar de vez a memória dos livros

26.
no cemitério dos vivos
lima barreto passa dias e noites
chamando os lobos
para não dormir sozinho

29.
poemas de amor
escritos na última tempestade
entopem bueiros na praça da saudade

46.
talvez o gás acabe
quem sabe o filho acorde
ou na pior das hipóteses
torquato não consiga dormir

61.
guevara lê gullar
dentro da noite veloz
perto de la higuera, selva boliviana
em outubro de 1967.
na quebrada do yuro são 13 e 30 horas

63.
perto de morrer
joão cabral costuma ouvir
o barulho do silêncio da morte
num rádio de pilha sem pilha

72.
um anjo da guarda desce
das paredes da igreja de são joão
pra passear pela cidade.
pena que o condutor do bonde não vê
quando ele atravessa a rua da paz
com suas asas de catecismo

90.
a poesia é maior que a morte

.

… … …

AS LIVES DO BEL-PRAZER – Arnaldo Afonso canta e conta Belchior >>> O cantor e compositor Arnaldo Afonso (este blogueiro) realizará duas lives interpretando as incríveis canções poéticas e filosóficas de Belchior e contando algumas histórias sobre ele. A primeira será na terça-feira, dia 9 de novembro, às 20h, com transmissão pelo Instagram. Saiba mais sobre o evento

Lives do Bel-Prazer volume 1: o cartaz foi ilustrado com alguns dos versos pontiagudos do poeta, que em plena ditadura cantou, inconformado com o autoritarismo dos militares, ‘eu quero é que esse canto torto feito faca corte a carne de vocês’

.

… … …

EM MEMÓRIA DE ROSA FREITAS >>> Ainda dói a cada vez que falo nela. Logo ela, cuja presença sempre trouxe tanta alegria onde quer que chegasse. Apesar das lágrimas que nublam minha visão e da dor imensa que me dilacera, tenho tentado fazer jus ao talento da artista Rosa Freitas (a atriz, cantora, produtora cultural) e postado umas coisas (de modo meio confuso, eu sei), relembrando suas histórias e deixando um registro de seus belos trabalhos (nas fotos, ela posa na Acrópole, Grécia, onde participou de festival com a Cia Nova de Teatro – em recente versão para vídeo da peça ‘Bad Boy Nietzsche’, sua atuação é simplesmente esplêndida!).

Nesta sexta-feira (29 de outubro), tem missa em memória dela. Eu estarei lá para vê-la mais uma vez e sempre, refletida nos olhos marejados de tantos amigos que a amam. Para mim ainda é inacreditável falar na morte dela. Choro só de começar a pensar em seu corpo sem vida. Não sei o que houve… E não cesso de me perguntar: em que momento tudo se perdeu, repentinamente, definitivamente? E não me conformo por não ter impedido que essa tragédia acontecesse. Dói, dói, dói.

Agradeço a cada um dos amigos que estão me mandando mensagens acalentadoras, preocupados comigo, neste momento tão difícil. Para mim e para seus parentes e amigos, Rosa é uma ausência enorme que nunca será preenchida. Teremos que conviver com a dor e transformar essa saudade descabida numa espécie de privilégio, de reconhecimento feliz pelos bons momentos vividos ao seu lado.

Tentei trazer para cá algumas frases de amigos postadas em sua página no Facebook, mas desabei a chorar e deixo aqui o link pra quem quiser conferir o carinho e a admiração que todos tinham por ela. Vera, uma de suas muitas amigas, me escreveu:

“Acho difícil, pelo menos por enquanto, encarar com paz o que aconteceu…
Se foi a amiga, de tantos anos e se foi a confidente, já que tínhamos um trato de poder contar sempre uma com a outra nos momentos difíceis.
Se foi também mais uma artista, criaturas tão imprescindíveis, e uma cidadã sensível e com clareza do que estamos vivendo política e socialmente, coisa rara hoje em dia.
Enfim, nesses tempos em que a gente não cansa de se espantar e se desapontar com as pessoas (esse país está difícil e essa situação toda só me abateu mais), perder a Rosa foi mais que perder uma amiga. Ficamos um pouco menores”.

A Ciça, irmã da Rosa, avisa:

MISSA >>> Convidamos a todos a participarem da missa de sétimo dia do falecimento de minha irmã Rosa Maria Freitas, que será no dia 29 de outubro de 2021 (sexta-feira) às 20h, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, à av. Imirim, 1382, na zona norte

SARAU DA MARIA >>> Neste sábado, 30 de outubro, o Sarau da Maria lembrará a participação de Rosa em seus eventos e fará uma singela homenagem a ela

.

… … …

SARAU DA MARIA >>> Sábado, dia 30 de outubro, às 20h, tem mais uma edição do Sarau da Maria, com ‘Feirinha de Livros’ virtual promovida por 6 editoras. Os músicos e escritores que participarão são: João Caetano e Claudemir Darkney dos Santos (pela Lavra), Vlado Lima (pela Sopa de Letrinhas), Claudinei Vieira e Marlene Araujo (pela Desconcertos), Esther Alcântara (pela Carpe Librum), Marcelo Nocelli e Pollyana Sousa (pela Reformatório), Luka Magalhães e Fernandes Oliveira (pela Archangelus), Kleber Albuquerque (abaixo, uma de suas grandes canções, com intervenção poética de André Sant’Anna), O Zi Stafuzza e Cris Pini, Ligia Regina e Eder Lima e mais a singela homenagem dos artistas do sarau à querida Rosa Freitas, através de vídeos de Luka Magalhães e Cicío Bonneges. E ainda tem informes sobre lançamentos de livros, sites de editoras e revistas literárias, além de vídeo de Ricardo Kelmer. Transmissão pelo Facebook 

.

.

… … …

NOVIDADES NA PROGRAMAÇÃO

… … …

Sexta – 29 de outubro – 20h … Sarau das Águas recebe o artista e educador Leonardo Souzza e o músico Xam. Transmissão pelo Facebook e Youtube

Sábado e domingo – 30 e 31 de outubro – 20h … ‘Vermelho – A terra só está pedindo silêncio’. Tendo como pano de fundo a pandemia da covid, peça propõe ‘debate sobre a solidão frente a um cotidiano multifacetado, que torna os personagens tensos e ameaçadores’. Dramaturgia de Sérgio Pires e direção de Flávio Marin, com Andressa Ferreira, Daniel Gregório, Diogo Guedes e Rosana Ribeiro. Também em novembro nos dias 6, 7, 13 e 14. Exibições online gratuitas pelo canal da Cia Teatro Endoscopia no YouTube

Sábado – 30 de outubro – 20h … Daniel Perroni Ratto, Tatá Aeroplano e Maranho Fernando conversam sobre a intersecção da literatura com a música, com som e declamações ao vivo. No Centro Cultural Tendal da Lapa. Faça sua inscrição

.

>>> O festival ‘Literalmente Música’ reúne artistas que ligam os dois temas em suas obras. Além de Ratto, Tatá e Maranho, no Tendal, teremos as duplas Cidinha Silva e Gê de Lima (sábado, às 18h, no Centro Cultural da Juventude), Lunna Rabetti e Mel Duarte (domingo, às 16h, no Centro Cultural Vila Formosa) e Lurdes da Luz e Ferréz (domingo, às 19h, no Centro Cultural Grajaú)

LIVRO SOBRE A SEMANA DE 1922 >>> Teve lançamento online o livro ‘Mosaico de 22: múltiplas visões de uma semana que não acabou”, organizado por Jeosafá F. Gonçalves, publicação comemorativa aos 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922 (a serem completados em fevereiro). Com textos de Marcos Silva, Cacá Mendes, Edson Tobinaga e do próprio organizador, entre outros. Clique para adquirir o e-book e o livro físico

Sábado – 30 de outubro – 19h … Fernanda de Almeida Prado, à frente do coletivo Chama Poética, apresenta sarau lembrando e homenageando Carlos Drummond de Andrade. Participação de Alex Dias e Gabriel de Almeida Prado. Transmissão pelo Instagram do coletivo.

CONGRESSO INTERNACIONAL DO MEDO
(Drummond)

Provisoriamente não cantaremos o amor,
que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos.
Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços,
não cantaremos o ódio, porque este não existe,
existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro,
o medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos,
o medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas,
cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas,
cantaremos o medo da morte e o medo de depois da morte.
Depois morreremos de medo
e sobre nossos túmulos nascerão flores amarelas e medrosas

OUTRAS PALAVRAS >>> Site de jornalismo e literatura destaca 10 poemas de Hamilton Farias, escritos durante a pandemia, publicados em seu livro ‘brevEterno‘. Aqui um deles:

dia perguntamos
o porquê das mortes
dia acreditamos
tudo que nos resta

FULINAÍMA TUPINIQUIM >>> É o programa que o multiartista Artur Gomes apresentará semanalmente na Rádio Goitacá a partir de 6 de novembro, com uma hora de ‘overdose poética, musical e muita informação sobre a cena cultural independente país afora’

Sexta – 29 de outubro – 20h … No aniversário de 63 anos da companhia, o Teatro Oficina reabre suas portas para 5 sessões presenciais de ‘Paranoia’, espetáculo concebido por Marcelo Drummond a partir do livro de Roberto Piva (apresentações também nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro). Ingressos no link. Para público presencial limitado, com exigência de cartão de vacinação e uso de máscara

4a FELINO >>> Dias 30 e 31 de outubro acontece a quarta edição da Feira Literária da Norte com eventos transmitidos pelo YouTube das Fábricas de Cultura.

Sábado, dia 30, tem Oficina de Hai-Kai, com Pedro Blanco.

No domingo, dia 31, tem entrevista com Alessandro Buzo.

No dia 1 de novembro, segunda-feira, Paulo D’Áuria, do coletivo Poetas do Tietê, faz oficina de poesia para crianças (fora da programação oficial)

REVISTA DA QUEBRADA >>> Saiu o 13° número da revista, editada por Joad Lima, que promove a cultura e a informação ‘Da Quebrada’. No link tem também as edições anteriores

Sábado – 30 de outubro – 19h … Virgínia Rodrigues se apresenta no ‘Palco virtual’. Show traz canções de seu novo álbum, ‘Cada voz é uma mulher‘, no qual constrói diálogos entre compositoras de países de língua portuguesa, como Brasil, Portugal, Cabo Verde, Moçambique e Angola. Reserve seu ingresso. Veja mais eventos no Itaú Cultural:

>>> Domingo – 31 de outubro – 18h … Iara Rennó apresenta show que reúne canções de seu disco ‘Pra te abraçar’. Reserve ingresso

>>> 45ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA >>> Evento acontece em São Paulo, entre os dias 21 de outubro e 3 de novembro, nas salas da capital paulista, mas mantém parte da programação online para todo Brasil. Cada título ficará disponível gratuitamente na plataforma Itaú Cultural Play nos dias 29 e 30 de outubro e 2 de novembro, uma vez por dia, das 19h às 23h. Confira a programação

>>> DANÇA >>> De 3 a 14 de novembro acontece a mostra ‘Dança agora: movendo tempos e trajetórias’ com a apresentação de diversos espetáculos de dança e bate-papos ao vivo com artistas da área. Reserve seus ingressos

OS SETE PECADOS CAPITAIS >>> O Theatro São Pedro apresenta a ópera de Kurt Weill nos dias 5, 6, 7, 10, 11, 12, 13 e 14 de novembro, de quarta a sábado às 20h, domingo às 17h (e mais o ensaio geral aberto ao público no dia 4 de novembro). A direção musical é de Ira Levin e a direção cênica de Alexandre Dal Farra

Sábado – 30 de outubro – 20h30 … Dentro da programação de fim de semana no Sítio Titara (incluindo trilhas), show do multiinstrumentista Antonio João Galba

Domingo – 31 de outubro – 15h … Paula Valéria faz mais uma apresentação de seu livro transmídia ‘O Novo no Ovo’. No Paço Municipal de Santos, à praça Mauá. O livro físico tem um lindo projeto gráfico de Guto Lacaz e os desdobramentos digitais são bem interessantes e divertidos de se ver (com colaborações de Suia Legaspe, Fernando Vieira, Jeyne Stakflett e Angelita Cardoso, entre outros artistas). Para compra online, clique aqui. Para saber mais, acesse

Domingo – 31 de outubro – 19h … Live de bate-papo com Vanessa Ratton e Maria Valéria Rezende, autoras do livro ‘Encontros à Hora Morta’. Mediação de Ricardo Dalai

SEOL >>> Editora Lavra promoveu live de lançamento do livro de poemas de Carlos Moreira. Trata-se de uma ‘obra visceral, criada em meio ao horror do tempo fascista que vivemos, mas que traz consigo a luta e a resistência’. Livro tem 160 páginas, custa R$35 e já está à venda no site da editora

Domingo – 31 de outubro – 14h … Sarau Poesia de Esquina tem presença de Ayaní de Paula, Inana Caldeira e Rafael Moyses, exposição de Raiz Oliveira e apresentação de PazSarinha, além do espaço para o palco aberto. Acontece atrás da Oca, no Parque do Ibirapuera, Portão 2

>>> Terça – 2 de novembro – 19h … Slam Petisco e Sarau Poesia de Esquina promovem evento na Casa de Cultura Chico Science, no Ipiranga. Com dj Amora Isah, Kauã mc, Selva Manaós, Lews Barbosa, Inana Caldeira e PazSarinha, entre outros artistas

Sábado – 30 de outubro – Desconcertos promove lançamento do livro de contos de Plínio Camillo e Júlio Dias. “De Rua’ traz histórias, personagens, visões e revisões de um universo de educadores de rua, em edição revisada e ampliada. Disponível para pré-venda. Live com transmissão pelos canais da editora nas redes sociais

Sexta – 29 de outubro – 19h30 … Slam da Guilhermina volta ao formato presencial. Batalha poética acontece na praça ao lado da saída do metrô Guilhermina-Esperança

Segunda – 1 de novembro – das 17h às 22h … Sarau Arte e Movimento promove apresentações musicais e declamações de poesia em meio a lançamento de livros, mostra de artesanato e quitutes deliciosos. Acontece em frente à loja-ateliê Arte Movimento (Rita Engi), na av. João Vaz, 46, no centro de Cunha

Sábado – 30 de outubro – Cantor e compositor Vieira Pato recebe o Troféu Arte em Movimento (do artista plástico José Pereira de Souza). No Galpão Cultural, à av. Barro Branco, 776, no Jabaquara

Domingo – 31 de outubro – 19h … No dia do Saci, o multiartista Alexandre Santo estará online, no Instagram, apresentando canções e poemas autorais que resultaram de sua pesquisa sobre o tema

Sexta – 29 de outubro – a partir das 22h … Sarau das Bruxas, presencial, no Picles (rua Cardeal Arcoverde, 1838). Vanessa Bumagny, Daniel Perroni Ratto, Lu Vitti, No Stopa, Vange Milliet e mais um timaço de artistas amigos se reencontram pra cantar, falar poemas, atuar e tocar instrumentos, com velhas e novas parcerias acontecendo. Modelitos bruxuleantes serão bem-vindos

FIO DA LÍNGUA >>> Dinovaldo Gilioli (poemas) e Linda Evangelista (bordados) produziram um lindo objeto artístico. ‘Fio da Língua’ é enviado pelo correio para qualquer parte do país a quem fizer um pix (48 99670-4844) de R$50 e enviar o comprovante e endereço

Domingo – 31 de outubro – a partir das 18h … Bar do Frango comemora com sarau os seus 32 anos de atividades etílicas, gastronômicas e culturais (na foto, Yaya, Aline e Cicio no famoso palco).

Há mais de 3 décadas, Flávio Tavares, o Tatau, abria um bar na zona leste, para vender frango assado. Por sugestão de amigos, colocou algumas mesas e começou a servir bebidas e petiscos a quem aguardava o pedido. Em pouco tempo, violeiros, sanfoneiros e cantadores apareceram e o bar se transformou num reduto cultural da região, servindo de ponto de encontro para diversos artistas. Neste domingo, muitos deles estarão lá pra cantar, declamar e brindar a esse point de resistência cultural da ZL. O Bar do Frango fica na av. São Lucas, 479

BRASIL POR DENTRO >>> Todos os domingosàs 17h, programa de Socorro Lira promove um encontro com grandes artistas no canal do PGM no YouTube

SONS DE VILA >>> Música, poesia, performances, artes plásticas, moda, djs e gastronomia. Às sextas-feiras, às 20h. Nesta edição, com Giuliano del Sole e Os Projetores. Evento gratuito, a céu aberto. No CC Vila Formosa, à Avenida Renata, 163

Terça – 2 de novembro – 19h … A Fim de Poesia, programa de bate-papo e declamações apresentado por Noelia Ribeiro (no Instagram)

.

… … …

AGENDÃO

… … …

Em minha página no Facebook, posto regularmente esses e outros eventos culturais da seara alternativa (leia e compartilhe; fortaleça a cena dos artistas independentes):

I JORNADA INTERNACIONAL DE POESIA VISUAL: PESQUISA E CRIAÇÃO >>> Evento online acontece de 8 a 12 de novembro. Organizado pelo Centro de Referência Haroldo de Campos (da Casa das Rosas), a USP e a UNESP, contará com alguns dos mais importantes poetas e pesquisadores em mesas de debates ou depoimentos em vídeo. Se inscreva para acompanhar

UM MUNDO EM NÓS >>> Já está nas plataformas digitais o cd que reúne canções com letras de Léo Nogueira. Produzido por Leonardo Costa e Augusto Teixeira (que canta), tem participação de artistas como Kleber Albuquerque, Zeca Baleiro, Chico Salem, Renata Pizi, Estela Lilian e Álvaro Cueva Moraes, com arte de Elifas Andreatto

SÁBADOS, às 14h >>> PODCAST >>> ‘História de Lenços e Ventos‘, maravilhosa peça de Ilo Krugli, do Teatro Ventoforte (que assisti com minha filha, quando ela era pequena) tem agora uma montagem em podcast, feita pelos artistas da Casa Realejo de Teatro, que será apresentada durante 5 sábados, às 14h, nas redes sociais do Sesc Bom Retiro, a partir de 16 de outubro. Minha querida amiga, a grande poeta Beth Brait Alvim, participou da adaptação do texto e também atua como atriz. Inscreva-se.

OCUPA MINAS >>> Exposição multimídia, em Poços de Caldas, homenageia 10 escritoras mineiras contemporâneas (Nívea Sabino, Stella Maris Rezende, Marina Carvalho, Madu Costa, Lorena Otero, Daniela Arbex, Conceição Evaristo, Cidinha da Silva, Ana Maria Gonçalves e Adriane Garcia). Mostra idealizada pela produtora cultural Leila Vilhena, com curadoria de Jéssica Balbino, traz podcasts sobre a vida e obra das autoras e lindos cartazes feitos por dez ilustradoras de várias regiões brasileiras (os visitantes ganharão cópias deles). A exposição está na Biblioteca Centenário (Complexo Cultural da Urca), e pode ser visitada das 8h às 17h (e acessada pelo site www.ocupaminas.com)

FOTOGRAFIA EM DIÁLOGO >>> Eventos online acontecem até 8 de dezembro. Confira toda a programação

NO QUASE CLARO CÉU >>> Chegou às plataformas digitais o cd lançado em 2009 pela dupla Rene de França & Zé Terra (do trio Freu à Deriva, com Marcelo Mazzucatto). O disco tem várias participações e parcerias. Confira aqui o clipe da canção-título. Deles, ouça também o álbum gravado em 2002, Por Cima da Carne Seca

ENCONTROS SOBRE TEATRO >>> Série ‘Aproximações Pedagógicas: a Formação do Ator’ trouxe quatro mesas com integrantes de grupos teatrais discutindo a formação do ator pela perspectiva dos processos realizados em coletivos. Transmissão pela plataforma Zoom. Para participar, se inscreva no site do sesc. Nesta sexta, dia 29 de outubro, a partir das 19h, Barracão Teatro, Grupo Galpão e Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz.

Sexta – 29 de outubro – 20h … Solos Coletivo de Dança Contemporânea convida, a cada sexta-feira, artistas diferentes para compartilharem suas criações nessa rede. Saiba mais

TENSÃO, TESÃO E CRIAÇÃO 2021 >>> 1º episódio da série já está no ar. Com direção geral de João Henrique Vieira e muitas participações, espetáculo é dedicado ao poeta Carvalho Junior (in memoriam)

POÉTICOS ENCONTROS >>> Em 10 episódios, primeira temporada do podcast conversou com poetas de nacionalidades diferentes e produções artísticas diversas. São encontros que reforçam a potencialidade da arte voltada para o bem comum. No canal do Instituto Casa Comum (no spotifybrasil) e no site

LÍRIA PORTO >>> Quarta edição da revista de literatura e ideias Vida Secreta comemora os 76 anos da poeta mineira. Participam Adelaide do Julinho, Nic Cardeal, Chris Herrmann, Adri Aleixo, Adriane Garcia, Adrienne Myrtes, Deborah Dornellas e Sergio de Castro Pinto, entre outros. Confira

DJAMI SEZOSTRE >>> Após morar por quase quatro anos em São Paulo e Curitiba, poeta mineiro retorna a Belo Horizonte. Informo que seu próximo livro sairá em breve pela Patuá. Aguardemos

ESTRANHOS ROMÂNTICOS >>> Banda formada pelo vocalista e guitarrista Marcos Müller, o baixista Mauk, o tecladista Luciano Cian e o baterista Pedro Serra, tem ligações com o Rockarioca, movimento de 25 artistas de várias vertentes do rock do Rio. ‘Último Sol’ é seu 3º e último álbum (ouça na íntegra). O disco de despedida tem 9 músicas inéditas e traz misturas de rock indie, tropicália, new wave, jovem guarda, pós-punk e rock psicodélico. Saiba mais

JANAINA SANT’ANA >>> Por sugestão de Celso de Alencar, numa live do Canal do Poetariado, a atriz produziu vídeo onde interpreta 3 poemas de Renata Pallottini, escritora, dramaturga e professora falecida recentemente. Janaina Sant’Ana já foi premiada por sua brilhante montagem ‘Juliana, do rancor‘, baseada na personagem de ‘O Primo Basílio’, livro de Eça de Queiros

SILVANA GUIMARÃES >>> ‘O corpo inútil’ (no prelo) é o primeiro livro de poesia da escritora mineira (você pode ler seus textos e saber um pouco dela em sua página no Facebook). Nesse link, da Revista Acrobata, tem seis de seus poemas

REVISTA ACROBATA >>> Editada por Demetrios Galvão e Aristides Oliveira, com apoio dos colaboradores Floriano Martins (editor de outra revista de cultura, a Agulha), Dante Galvão, Monyse DamascenoAnna Apolinário e Paola Marugan, entre outros, a revista oferece poemas, artigos, contos e entrevistas com cineastas, escritores e músicos

ZOOM ZOOM ZOOM… É POESIA! >>> Programa do multiartista Claudio Laureatti, que acontece desde agosto de 2020, é uma vitrine de poetas e suas tendências, convidando também artistas de circo, contadores de histórias, músicos e atores. Na edição mais recente, com Aroldo Pereira, do Psiu Poético

OCUPAÇÃO PAULO FREIRE >>> Exposição no Itaú Cultural conta a história do educador Paulo Freire. Em tempos nazi-negacionistas, é fundamental disseminar um pouco das ideias e do projeto humanista desse grande brasileiro que, em toda a sua vida, defendeu conceitos como pluralidade, transcendência, diálogo, humildade, trabalho e amor. A ‘Ocupação’ convida o público a conhecer e reinventar a prática desse professor que nos orienta a redescobrir as palavras para reescrever um mundo melhor. Até 5 de dezembro. Saiba mais

ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Live do programa Geringonça promove interessantes debates semanais sobre questões contemporâneas: cultura, política e saúde. Fique ligado no canal e para assistir e participar: Coletivo Resistência/CCD-LL no Youtube

TOMA AÍ UM POEMA >>> Projeto com declamação de poesia realizado por Andreia Moema e Jéssica Iancoski no YouTube. Confira a edição com participação de Alexandre Paulino

ÀS SEXTAS – 20h … Programa Papo Rock, com Arnaldo Marques. Clique no link da web rádio CDR. Também na segunda-feira, às 23h (saiba mais aqui

34ª BIENAL ‘FAZ ESCURO MAS EU CANTO’ – Com título que homenageia o grande poeta Thiago de Mello, a exposição acontece até 5 de dezembro, no Parque do Ibirapuera, com entrada franca. Terça, quarta, sexta e domingo, das 10h às 19h. Às quintas e sábados, das 10h às 21h. Acesso mediante apresentação de comprovante de vacinação contra Covid-19. Saiba mais

ÀS TERÇAS – 17h >>> Programa ‘Diário Negro’, de Anelito Oliveira, recebe artistas e pensadores para conversas sobre racismo, diversidade e outras questões contemporâneas. Acompanhe o canal de Anelito no YouTube

THIAGO MALAKAI >>> Artista lançou clipe falando sobre o ego e o término de relacionamentos na vida do homem preto de periferia. Se inscreva em seu canal no YouTube

ÀS QUARTAS – 22h15 … Programa Toca do Autor na Rádio Brasil Atual, pelo 98,9 FM ou pela internet. Apresentação de Alexandre Tarica e Regina Cell

POESIA EXPERIMENTAL PORTUGUESA >>> Até 14 de novembro acontece a exposição que traz cerca de 80 trabalhos de 18 artistas portugueses, perpassando seis décadas de produção poética em variados formatos e suportes: impressões, pinturas, caligrafias, fotografias, objetos, áudios e vídeos. No CCSP – Centro Cultural São Paulo. Saiba mais

TV DA MARIA >>> Pra quem não sabe, no YouTube tem um canal com um montão de vídeos de diversas apresentações acontecidas no saraus e shows organizados pelo coletivo Sarau da Maria ao longo de seus 8 anos de atividades. As filmagens foram feitas pela querida Selma Bizon.  Entre lá e confira

ESTUÁRIO DE INCOMPLETUDES >>> Antônio Cunha lança livro de poemas sobre ‘a vida que finda incompleta, como um personagem que passa na rua até não passar mais’. Com prefácio de Celso de Alencar e orelha de Viegas Fernandes da Costa, está disponível para pré-venda na Kotter EditorialAtor, dramaturgo, diretor e poeta, Antônio Cunha é membro do Grupo Armação e presidente da Academia Catarinense de Letras e Artes – ACLA. Acompanhe os vídeos que ele posta em seu canal, no YouTube, na série “Do InVerso a Toda Prosa”. Tem um de autoria de Arnaldo Afonso: ‘Presença

TOM KBÉLO >>> Tom é um guerreiro na divulgação dos eventos de produtores culturais, músicos e poetas do circuito alternativo. A Tom-K Produções Culturais tem promovido entrevistas e shows com artistas de várias regiões do país. Lá, este blogueiro e cantor  apresentou live autoral

>>> ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Ouça o Propagassom Tom-K, na rádio Expedição CoMMúsica. Apresentado por Tom Kbélo, programa tem reprise aos sábados, às 15h (no link)

COMMÚSICA >>> Criado por Dênio Patrik, Grívan Narvìg e Elizabeth Del Nero, site recebe inscrições para mapear o cenário de bandas e artistas independentes, promovendo a divulgação de seus trabalhos, suas redes sociais e fortalecendo as conexões entre eles. O mapa virtual da Expedição CoMMúsica tem geolocalização e representação por fotos de satélite. Canal objetiva a interação entre artistas periféricos e independentes, democratizando o acesso à música e buscando novos recursos digitais que aproximem a arte do público, garantindo a sobrevivência dos artistas’. Saiba mais

>>> ÀS SEXTAS – 19h >>> Sons da Resistência, programa apresentado por Elizabeth del Nero, mistura revelações a artistas consagrados. Pela Expedição CoMMúsica

.

… … …

MAIS 10 LIVROS 

… … … 

Livro falado alado pesado prensado musicado. Livre leve levado achado roubado perdido. Livro livre lindo relido. Livro é bicho vivo. Eis aqui mais uma lista de livros de autores do circuito alternativo. O blog sempre dá alguns registros (não necessariamente de lançamentos). Confira:

RUBENS JARDIM E ‘AS MULHERES POETAS’ >>> Os três volumes de ‘As Mulheres Poetas na Literatura Brasileira’ (com mais de 440 escritoras), brilhante trabalho de pesquisa e resgate da poesia feminina nacional realizado durante seis anos por Rubens Jardim, que já estão disponíveis na net (acesse aqui), também viraram livros físicos.

A versão impressa do livro ‘As Mulheres Poetas na Literatura Brasileira‘ apresenta 328 poetas de todos os tempos, estados e estilos. Desde Ângela do Amaral Rangel, nascida em 1725, a Laura Navarro, nascida em 2001. O livro sai com 352 páginas, pela Arribaçã Editora, com textos de apresentação de Maria Valéria Rezende, Wanda Monteiro e Mirian de Carvalho. Adquira aqui

CUÁHEU >>> O escritor Paulo D’Auria lançou o livro, ‘Cuáheu, ontem-amanhã‘, pela Desconcertos Editora (adquira aqui). O romance é uma releitura da nossa história, mas ao invés de os europeus chegarem às Américas, são os povos nativos americanos que invadem a Europa. Nesse vídeo, o autor falou em detalhes sobre o texto

NECROMANCIA TROPICAL >>> Livro de Wilson Alves Bezerra está disponível no site da editora Douda Correria. Na live de lançamento, teve declamação de poemas e bate-papo entre Luis Maffei, Maria João Cantinho e o autor (veja como foi), que já lançou Histórias zoófilas e outras atrocidades (EDUFSCar / Oitava Rima, 2013), Vertigens (Iluminuras, 2015) e O Pau do Brasil (Urutau, 2016)

SONG BOOK SACHA 70 >>> Livro traz letras e harmonias cifradas das músicas de Sacha Arcanjo, um dos grandes artistas que conheci em minhas andanças pela ZL (ouça seu cd ‘Feito Bicho‘). O songbook custa R$35 (mais frete de R$10) e pode ser adquirido no inbox das Edições Archangelus ou com Luka Magalhães (9.9861-9450). Eu já estou com o meu… Tô louco pra sair tocando Sacha por aí. ‘Chão Americano‘ vai ser a primeirona, claro!

‘TERRA DOS PAPAGAIOS’ >>> Livro coletivo em que os poetas Andri Carvão, Felipe Nascimento, Matheus Felipo, Lucas Grosso e Ana Lu Santos não assinam seus textos. O resultado é um ‘livro neo-tropicalista em tempos de fim das utopias’. Pela Penalux, com texto de apresentação de Divanize Carbonieri e ilustração de capa por Maya Monstra

>>> ANDRI CARVÃO >>> Já está disponível para venda o sexto livro do escritor, ‘Dança do fogo dança da chuva‘, publicado pela editora Penalux (R$45, com frete)

‘OS ANÉIS DE MARIA’ >>> Escritora Lenita Estrela de Sá lançou o romance ‘Os anéis de Maria’, com prefácio de Daniel Zanella e apresentação escrita por Maria Valéria Rezende. Pela editora Penalux

SÉRGIO DE CASTRO PINTO >>> Além de participar de várias antologias (como ‘Os Cem Melhores Poetas Brasileiros do Século‘ e ‘Sincretismo: a Poesia da Geração de 60‘), publicou os livros de ensaio ‘Longe, Daqui, Aqui Mesmo: a poética de Mário Quintana‘ e ‘A Casa e Seus Arredores‘ e vários de poesia: Gestos lúcidos (1967), A ilha na ostra (1970), Domicílio em trânsito e outros poemas (1983), O cerco da memória (1993), A quatro mãos (1996) e Zôo imaginário (2005). Sérgio leciona literatura brasileira na Universidade Federal da Paraíba onde defendeu dissertação de mestrado sobre Manuel Bandeira e tese de doutoramento sobre Mario Quintana. Em ‘Folha Corrida‘ reúne sua obra poética (clique para saber mais e adquirir o livro)

SARAU DAS PRETAS >>> Elizandra Souza, escritora do coletivo, postou dicas de 5 livros que têm a maternidade como tema: “uma mulher após a maternidade continua sendo um indivíduo, que tem profissão, sonhos, dores, desejos. Mãe não é só mãe. Mãe é gente. Leiam e compartilhem as escritas de mães pretas”:
Olhos d’água – Conceição Evaristo – 2014
Cartas para minha mãe – Teresa Cárdenas – 2010
Mamãe & eu & mamãe – Maya Angelou – 2018
Poesias pós parto – Priscila Obaci – 2020
A autobiografia da minha mãe – Jamaica Kincaid – 2020

FEMININADA >>> Editora Essencial lançou também outro livro de contos de Divina de Jesus Scarpim. Nele a escritora aborda o universo feminino, com foco em personagens que sofrem abusos e buscam soluções em suas relações violentas. Acesse saiba mais

MAHLUNGO >>> Cantor, compositor e poeta, Carlos Mahlungo lançou ‘Meu Pensar’, pela Desconcertos Editora

.
.
… … …

NALDOS NEW’S

… … …

E ESTE BLOG, HEIN? – PARTE 2 >>> Comuniquei que pretendo reavaliar o papel desse blog e sua continuidade ou não em 2022. Diante de algumas dúvidas e das muitas mensagens de amigos (a quem agradeço as palavras gentis e incentivadoras), esclareço: como o blog aniversaria dia 14 de dezembro, devo fazer a última postagem do ano no dia 10, comemorando os 6 anos de atividades. Depois disso, dou uma parada por cerca de dois meses (até meados de fevereiro). Mas volto em 2022 nem que seja só pra anunciar o fim ou um novo jeito de continuar com o blog. Ok?

AS LIVES DE ARNALDO AFONSO >>> Este blogueiro, poeta e cantor, informa aos interessados que, além do show com canções de Belchior, tem mais quatro espetáculos prontinhos da Silva para apresentações presenciais nas Casas de Cultura, Ceus, Bibliotecas e Sescs após a pandemia e que foram adaptados para o formato de lives (que já realizei no Face, Insta e Youtube – contatos por inbox). São eles:

1 – Arnaldo Afonso Canta e Conta Cartola >>> No show, são interpretadas cerca de 20 canções do grande compositor entremeadas por curiosidades sobre sua vida e obra. Além das Casas de Cultura, o espetáculo foi apresentado recentemente no Festival Satyrianas

2 – Rocks, Pops & uns Toques de Poesia >>> Arnaldo Afonso canta repertório autoral e fala de seus parceiros e dos artistas que o influenciaram. Versão online de shows presenciais realizados no palco dos Parlapatões, no Bar do Frango, no Eclipse, no Centro Cultural Charada e na Tom-K Produções

3 – Embebedai-vos! >>> Live de bate-papo e confraternização, entre goles de caipirinha, onde leio as mensagens dos internautas e canto clássicos do cancioneiro nacional (da mpb ao brega)

ATENÇÃO!!! >>> A live Embebedai-vos! é recomendável apenas para os ‘fortes’: a primeira da série durou quase 4 horas, com mais de 40 canções bebidas e duas jarras de caipirinha interpretadas (ou coisa parecida – veja como foi). Você güeeeenta?


4 – Lives Caetanas >>> Série teve 6 edições (a primeira teve mais de 1.500 visualizações, mais de 700 comments e cerca de 150 compartilhamentos). Aqui, uma delas

ARNALDO AFONSO TEM CANAL NO YOUTUBE >>> Após postar no YouTube minhas canções Além da Lenda (em parceira com Conrado Pera), Chama de Amor e Tom Jobim no Telhado, me dei conta de que estou com dois canais lá (canal um e canal dois), além das várias postagens espalhadas pelas páginas dos saraus de que participei (é só pesquisar pelo meu nome que elas vêm – ouça ‘Barbárie Moderna‘, ‘Eu e a minha solidão‘, ‘Lágrima no Asfalto‘, ‘Coração Jazz‘, A Sereia EncantadaParaísos Cotidianos (Paraisópolis)A Música e Eu‘, ‘Vida Gozada‘ e a minha recente parceria com o poeta Vlado Lima, Os Desperdiçados do Mundo).

O blog também está no YouTube: já entre lá pra se inscrever no ‘nosso’ canal

 

… … …

TRÊS ANOS E MEIO DE
VERGONHOSA IMPUNIDADE

… … …

MARIELLE >>> No dia 14 de março de 2018 a vereadora Marielle Franco, aos 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e após voltar de um evento com jovens negras, foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Desde então, protestos contra o bárbaro crime se repetem em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Três anos depois, este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos e mandantes. As balas que a mataram atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

… … …

Fique ligado em minha página no Facebook, onde divulgo as lives e textos deste blog, além de outras inserções. E, anote: toda sexta-feira tem post novo. Até lá!

… … …