Sarau, luau e o escambau

Sarau, luau e o escambau

Produção artística que vive à margem da indústria cultural

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tem livro póstumo de Carvalho Junior (Xilogravura de Pássaros), cd com letras de Léo Nogueira (Um Mundo em Nós), a última das ‘Lives Caetanas’ (com Arnaldo Afonso e Rosa Freitas), a 34a Bienal (Faz Escuro Mas eu Canto) e o protesto dos burros no 7 de Setembro

Por Arnaldo Afonso

.

“Não estou aqui porque eu quis  /  Não passo bem sem meu país  /  Assim que der, eu volto, sim  /  pra de onde eu vim  / /  Meu olhar  / ainda procura por discos  / pelo ar”

(Trecho da versão de Arnaldo Afonso para London London, de Caetano Veloso)

.

.

Eu sei que vou sentir muita saudade de caetanear… Nesta terça-feira acontece a derradeira edição das Lives Caetanas. Vem que vai ser superbacanaEle é muito, ele é mais que demais, ele é beleza pura. Só tem música joia!

Ele escreveu o verso mais sensacional da música brasileira: “gosto de sentir a minha língua roçar a língua de Luís de Camões”. Ele fez meu mundo ficar odara. Ele é divino maravilhoso. Ah… como esse cara tem me consumido. Meu coração vagabundo adora esse leãozinho!

Às vezes tigresa, essa neguinha, sempre camaleoaQuase um bicho tristeum macaco complexoum menino deus, um índio dizendo o óbvio. Mas nunca é qualquer coisa. Ele é da maior importância.

Então, salve esse compositor popular!
Alegria, alegria, minha gente. Nesta terça tem…

Terça – 14 de setembro – 20h >>> Lives Caetanas – Volume 6 >>> Última edição da série de lives em que Arnaldo Afonso canta os grandes clássicos de Caetano Veloso e conta histórias sobre a carreira desse genial artista baiano. Participação da cantora e atriz Rosa Freitas, a quem agradeço demais a inestimável contribuição: além de cantar, ela também cuida da infraestrutura, do som e do cenário (valeu, parceira!). Essa sexta e derradeira live do projeto terá transmissão pelo Instagram. Além de muitas curiosidades sobre as músicas e os personagens envolvidos, o projeto apresentou, ao todo, cerca de 70 canções compostas ou gravadas por Caê.

.
CONTRIBUA, PELAMÔÔÔ! >>> Quem quiser contribuir contratando as lives do artista, ou simplesmente depositando um din-dinzinho em apoio ao blog e aos seus diversos trabalhos, anote aí: PIX para Arnaldo Augusto Afonso, no Bradesco: arnaldo.aafonso@gmail.com

.

34ª BIENAL ‘FAZ ESCURO MAS EU CANTO’ – Com título que homenageia o grande poeta Thiago de Mello, a exposição acontece até 5 de dezembro, no Parque do Ibirapuera, com entrada franca. Terça, quarta, sexta e domingo, das 10h às 19h. Às quintas e sábados, das 10h às 21h. Acesso mediante apresentação de comprovante de vacinação contra Covid-19. Saiba mais

A organização anunciou que as Bienais de São Paulo passarão a acontecer nos anos ímpares (a próxima, em 2023), sendo prorrogados os mandatos do presidente e a atual diretoria da Fundação até dezembro de 2021. As mudanças reconhecem o profundo impacto da pandemia em todos os setores mas, ainda mais neste momento, entende como fundamental para a sociedade o encontro com a arte e a cultura

Nas fotos, alguns dos ‘Gigantes’ erguidos ao redor do Pavilhão da Bienal, em diversos pontos do Parque Ibirapuera: Marighela, Tereza de Benguela, Marielle Franco, João Candido e outras figuras emblemáticas da história do Brasil, pintadas pelo artista Paulo Nazareth. “A obra coloca em questão o que sabemos e pensamos sobre monumentos em espaços públicos. Quem é homenageado? Quem não é? Quem toma essas decisões? No contexto da exposição, são vozes que ressoam mensagens de resistência, e que reiteram que há outras vozes que precisam seguir sendo ouvidas”, reflete o curador adjunto Paulo Miyada.

.

OS DITOS >>> Ouçam a nova canção do coletivo encabeçado por Paulo Pepe, Marc Florindo e Rivaldo Giancotti. Em ‘Circo de Horrores‘ eles cantam sobre uma figura inescrupulosa que desmerece qualquer ser humano. Qualquer semelhança com o (des)presidente do Brasil não terá sido mera coincidência (você pode ouvir também no Spotify)

MACACO FANTASMA >>> No Sete de Setembro, o grupo de poesia, performance e música (encabeçado por Flavio Hernandes e Chris Cruz) apresentou o vídeo ‘Pátria Carne‘ em sua página no Facebook

.

Sexta – 10 de setembro – 17h … Macaco Fantasma apresenta ‘Transfluências Modernistas: Murilo e o Infinito’, na Biblioteca Álvares de Azevedo. Ciclo de lives faz parte do projeto Bibliotecas Online (as próximas serão nos dias 13, 15, 17, 20, 22, 24 e 29 de setembro). Saiba mais

HISTÓRIA NATURAL DA MINHA PÁTRIA >>> Clique no link e ouça o poemaço inédito de Wilson Alves-Bezerra, declamado pelo autor, ‘em memória do 7 de setembro de 2021’. Música: Cocktails, de Dan Bodan (Biblioteca do Youtube, sem copyright). Visite a página de Wilson no YouTube

 

.

… … …

O SETE DE SETEMBRO DOS BURROS QUE
USAM A LIBERDADE PRA PEDIR DITADURA

… … …

O (des)presidente Bolsonaro, além das pechas de genocida, corrupto, incompetente, preconceituoso e iletrado (todas que já conhecíamos), está fazendo jus a uma nova: a de falastrão covarde. Ouvi comentários na rua: “o cara não passa de um tremendo cagão”. O fato é que, mais uma vez, ele discursou, gritou, vociferou e depois que levou um puxãozinho de orelhas, voltou atrás, falou baixinho e pediu desculpinha. Ô, dó!
Mas agora não adianta mais desdizer o que já disse (foi ridículo ele dizer de que ‘falou aquilo no calor da hora’). Seus atentados à democracia e seus crimes durante a crise sanitária não podem ficar impunes. Vai lá chorar com o Sérgio Reis e o Zé Trovão, vai…
Mimimi mimimi mimimi… Buá buá buá…

O GRITO DOS BURROS >>> Sim, os debilóides fascistas e negacionistas fizeram o maior barulho. A manifestação deles não foi contra o preço absurdo da gasolina ou do gás de cozinha. Nem contra a volta da inflação e o aumento do desemprego. Nem por melhores condições de vida para a população, com mais acesso à saúde, cultura e educação. Sete de setembro foi o dia do barulho dos burros: eles gritaram por ditadura.

Bolsonaro, o amiguinho dos milicianos assassinos, acusado de corrupções e rachadinhas junto a ‘micheques, queiroses e filhinhos’, o garoto-propaganda da ivermectina e da cloroquina (remédios ineficazes contra a Covid), o chefe do negociante ‘esperto’ das vacinas superfaturadas em dólar, o ‘capitão trapalhão’ afastado até pelo próprio exército, o político que, não à toa, também é conhecido por ‘Bozo’, ele já sabe que só fazer arminha e botar a culpa no PT já não funciona mais. Precisaria governar, né? Mostrar algum serviço… Coisa de que não foi capaz. Então, ele, seus ministros e seguidores (uma turma que mistura iletrados, desinformados e incompetentes), agora botam a culpa de sua inação no STF (a culpa é sempre dos outros, né?). Só o que ele quer é melar uma eleição que ele sabe que já perdeu (nem com fakada fake os bozonazistas reverterão esse quadro).

O pior e mais tosco presidente do Brasil de todos os tempos está no poder e quer derrubar o governo (?!). Foi eleito e questiona a eleição (?!). Quer ‘a volta da ditadura militar’, defende um ‘novo AI-5’ e homenageia torturador, mas diz que é democrata e defende a constituição (?!). Pode isso, Arnaldo? É isso mesmo, produção? Cadeia pra esse (des)presidente fascista é pouco. Ele e seus seguidores vão ter que indenizar as famílias dos quase 600 mil brasileiros que perderam parentes na pandemia por sua irresponsabilidade, omissão e corrupção no não-enfrentamento da Covid. Seus crimes não podem ficar impunes, como ficaram impunes os crimes dos generais sanguinários da ditadura militar de 1964 (aqueles, os que Bolsonaro tanto idolatra), os que deram o golpe que esses debilóides gostariam de repetir.
Mas não vão, porque nós, da resistência democrática, não vamos deixar. Fora vermes fascistas. #forabolsonaro

.

MARIELLE >>> E porque será que, 3 anos e meio depois, a polícia ainda ‘não descobriu’ quem mandou matar Marielle, hein? Eu juro pra você que nem tenho ideia de quem possa estar envolvido nisso… (só que tenho!)

.

… … …

TRÊS ANOS E MEIO DE
VERGONHOSA IMPUNIDAD
E

… … ...

E os mandantes do assassinato de Marielle e Anderson continuam impunes. Pega mal pro Brasil, né? É uma vergonha… Mas o que poderia se esperar de um presidente que defende ditadura, tortura, pena de morte e porte de armas? Assassinatos impunes, obviously: milícia carioca envolvida e blindada, intervenção na PF do RJ (estado onde a família Bolsonaro fez ‘carreira política’, digamos assim…), indicação de ministro ‘amigo da família’, proteção aos filhos do presidente acusados de envolvimento com as milícias, sumiço do porteiro do prédio onde o presidente mora, sumiço dos celulares de um envolvido que foi morto na Bahia, entre outros ‘mistérios’…

Uma representante do povo foi assassinada (seu motorista também) e os mandantes do crime continuam impunes. E ninguém entrevistou nem ouviu uma única palavra dos dois assassinos confessos. Só mesmo numa ditadura ou sob um governo fascista isso poderia acontecer. E é isso que o golpe de 2016 (encaminhado pelo juiz de araque e seus procuradores paus-mandados, com apoio do Congresso e ‘com o Supremo, com tudo’) nos deu: o impeachment de Dilma, a prisão de Lula e o massacre diário para desmoralizar o PT, na mídia, provocaram a eleição de um fascista idiota e genocida, cercado por anacrônicos e perigosos anticomunistas debilóides.

Empresários ‘de visão’ (só que não!), celebridades ‘patriotas’ (só que não!), políticos ‘honestos’ (só que não!), jogadores de futebol e artistas ‘que pensam no povo’ (só que não!) e jornalistas ‘isentos’ (só que não!) apoiaram essa farsa (que começa a ser desmascarada até mesmo na esfera ‘legal’). Todos abraçaram o fascismo vestindo o ‘manto verde-e-amarelo’ da seleção. Seus nomes estão sujos na história e não serão esquecidos. Que ao menos façam mea culpa, seus canalhas irresponsáveis! O Brasil precisa afastar de vez o fantasma do fascismo e reencontrar o caminho democrático.

As ilustrações acima, colhidas em postagens na net, são dos grandes cartunistas Nando, Beto e Lafa

.

… … …

OUTROS DESTAQUES

… … …

Sábado – 11 de setembro – 19h … Lançamento póstumo do livro ‘Xilogravura de Pássaros’, de Carvalho Junior, talentoso poeta (falecido em 30 de março passado). Editado por José Couto, tem prefácio de Claudio Daniel e posfácio de Antonio Aílton, além de textos de apresentação por Maya Falks, Dalila Teles Veras e Ricardo Leão. Capa e ilustrações de Tita do Rêgo. Pela Penalux (adquira aqui)

.

>>> CARVALHO JUNIOR (Francisco de Assis Carvalho da Silva Junior, Caxias/MA, 1985). Foi um professor, ativista cultural, gestor público e poeta brasileiro. Os poemas a seguir foram selecionados de sua obra ‘O homem-tijubina & outras cipoadas entre as folhagens da malícia’ (Patuá, 2019 – adquira aqui).

O HOMEM TIJUBINA – Fragmento III
(Carvalho Junior)

para o homem-tijubina a infância é como uma ferida sem costura. diz que carrega suas corcundas hereditárias pela força das ladeiras de pedras brancas em que um dia correu com os bolsos cheios de pitombas, penas de passarinhos e sonhos acesos dentro de lampiões improvisados. quando tomado de ira do mundo, enfia o dedo no cu das não levezas do cotidiano e brada contra a apatia dos fantasmas bípedes.

ARARUTA
(Carvalho Junior)

somos feitos
das mesmas fomes
dos nossos pais,

das mesmas lenhas
que os guardaram
do frio súbito das noites
caseadeiras de exílios.

de vez em quando,
ouço de longe
a voz da lágrima
do meu pai
e de minha mãe.

um quintal de ararutas
nasce dentro
do chão cansado
dos meus olhos.

.

>>> MAIS CARVALHO JUNIOR >>> Em 2014, quando o poeta visitou o sarau da Casa Amarela (na foto), Akira Yamasaki lhe dedicou um lindo e afetuoso poema (ao seu estilo, grafado em minúsculas):

.

CARVALHO
(Akira Yamasaki – em 9/12/2014)

o compadre carvalho júnior
viajou dois dias clandestino
vindo do maranhão a sampa
no buzão do incerto destino

veio com a cara e a coragem
o baita poeta ainda menino
e trouxe dentro do coração
junto com seu riso franzino

o sol emocionante da poesia
que repartiu de mão em mão
com generosidade e alegria
como se multiplicasse o pão

com os poetas de são miguel
da casa de farinha e amarela
onde imperam lígia regina
sacha, inês, escobar franelas

enide santos, luka magalhães
doce e meiga rosinha morais
xavier, ceciro e joão caetano
janete amaral e gilberto braz

ainda de lambuja mil beijos
de célia maria o poeta levou
também de tereza e verônica
e com os cabras baquirivuou

ao josé pessoa e mário neves
ao éder, sueli e clarice também
ao big charlie, selma e arnaldo
abraçou imenso como convém

o poeta carvalho júnior então
viajou dois dias clandestino
indo de sampa ao maranhão
no buzão do incerto destino

mas a passagem desta vez
ele teve que pagar dobrado
devido ao excesso de afeto
em sua mochila adicionado

Domingo – 12 de setembro – 16h … 91º Sarau da Casa Amarela. Organizado e apresentado pelo poeta Akira Yamasaki (com o auxílio luxuoso de Escobar Franelas, Rosinha Morais e Luka Magalhães) o tradicional sarau de São Miguel tem palco aberto (inscreva-se por inbox, com o Luka), atrações em vídeo e lançamento dos livros ‘A(po)ética’, de José Vicente de Lima, e ‘Despedaçando Fany – Contos de Belloto’, de Claudemir Darkney Santos (clique no cartaz e saiba mais). No Facebook

UM MUNDO EM NÓS >>> Nesta terça, 14 de setembro, estará em todas as plataformas digitais o cd que reúne canções com letras de Léo Nogueira. Produzido por Leonardo Costa e Augusto Teixeira (que canta), tem participação de artistas como Kleber Albuquerque, Zeca Baleiro, Chico Salem, Renata Pizi, Estela Lilian e Álvaro Cueva Moraes, com arte de Elifas Andreatto. Faça o pré-save

>>> FALA LÉO >>> Aqui o letrista concede entrevista a Érico Baymma, do portal Toada, do qual também é cronista musical. Confira

>>> Sexta – 10 de setembro – 20h30 … Lançamento do videoclipe ‘Cabelos do Mar’, música de Joca Freire em parceria com Léo Nogueira e Márcio Policastro (acordeom de Adriano Magoo, percussão de Jota Erre e arranjo de Raul Misturada). O clipe tem direção de Alex Correia. No Instagram

BICHOS DANÇANTES >>> Continua neste fim de semana (sábado e domingo, dias 11 e 12 de setembro, às 16h) a temporada do novo espetáculo da Focus Cia de Dança no Teatro Prudential, no Rio de Janeiro (com patrocínio da Petrobras Cultural para Crianças, o projeto inclui também a produção de um livro).

Além dos bailarinos que compõem a companhia, os 14 personagens são representados pelas vozes de grandes artistas brasileiros como Lucinha Lins (a jabuti aniversariante), Bianca Byngton (a inocente esperança, interpretada por Monise Marques), Tânia Alves (a coruja protetora), Reynaldo Gianecchini (o coelho sabichão, interpretado por Cosme Gregory), José Loreto (o cavalo destemido, interpretado por Isaias Estevam), Juliana Alves (a bailarina cisne, interpretada por Marina Cervo), Gabriel Leone (o peixe apaixonado, interpretado por Vitor Hamamoto) e Vilma Melo (a galinha maternal, interpretada por Carolina de Sá).

Bichos Dançantes‘ (veja um trecho) tem direção artística, concepção, coreografia e texto de Alex Neoral, e direção musical e canções originais de Tuim (Felipe Habib e Paula Raia). Saiba mais sobre a temporada

Segunda – 13 de setembro – 19h … Sarau Segunda Negra, agora online. Lives transmitidas no perfil do coletivo no Instagram

VOZES DE MESTRES 2021 – RETRATOS – Encontro Internacional das Culturas Populares celebra a diversidade dos povos e comunidades tradicionais. Nesta edição especial homenageia três mestres brasileiros que fazem parte do congado, do candomblé e do boi: Dona Maria Casimira das Dores (Rainha Conga de Minas Gerais), Euclides Talabyan (fundador da casa Fanti Ashanti) e Humberto do Maracanã (líder do Bumba Boi de Maracanã). As seis lives acontecem nos dias 10, 11, 16, 18, 19 e 25 de setembro (confira a programação e acompanhe as transmissões pelo canal do YouTube)

Sexta – 11 de setembro – 19h … A Fim de Poesia, série de lives apresentadas pela poeta Noélia Ribeiro, recebe Tavinho Paes, Daniel Minchoni e Douglas de Almeida. Com transmissão em seu perfil no Instagram

BASTA DE VIOLÊNCIA CONTRA OS POVOS INDÍGENAS >>> Greenpeace encabeça petição: “Mais de 850 lideranças, de 50 povos de todo o Brasil, estiveram acampados em Brasília para lutar contra uma série de iniciativas que buscam enfraquecer ou retirar direitos dos povos originários. Diante desse cenário de desmonte na legislação socioambiental, as invasões e violência tem aumentado nos territórios indígenas. O Estado precisa cumprir o seu dever constituição de proteger esses territórios e seus povos”. A petição exige do Ministério da Justiça as medidas necessárias. Assine

….

.

“Quinze mil árvores, contudo
Agora estão indo pro chão
Quinze mil vidas derrubadas
Só durante o tempo desta canção”

CANÇÃO PRA AMAZÔNIA >>> Foi lançada domingo a canção-manifesto composta pelo poeta e ativista Carlos Rennó (em parceria com Nando Reis) que serve à campanha do Greenpeace em defesa da floresta e contra a destruição em curso. “Pelas vidas que ali vivem e pela biodiversidade mundial” participaram da gravação 31 artistas, entre eles, Milton Nascimento, Caetano, Gil, Gal, Bethânia, Arnaldo Antunes, Céu, Chico César, Criolo, Duda Beat, Elza Soares e Samuel Rosa. Saiba mais sobre o projeto

EXPOARTE SP >>> De 10 a 12 de setembro (sexta a domingo) na rua Oscar Freire, 916, nos Jardins. XXI edição da feira coletiva promove a inclusão de artistas no mercado de arte de SP. Entrada franca

Sábados – 11 e 18 de setembro – 20h … Estreia do espetáculo online ‘A Farsa do Advogado Pathelin’, peça contemplada pela Lei Aldir Blanc e que marca os 20 anos do Teatro Endoscopia. Com direção de Flávio Marin, o grupo utiliza a linguagem do palhaço para contar a história do trapaceiro advogado Pathelin. A comédia tem no elenco Andressa Ferreira, Daniel Gregório, Daniel Sapiência, Diogo Guedes e Paula Martins, que se revezam na interpretação dos personagens.

Desde sua fundação, na Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT), o Teatro Endoscopia produziu 10 espetáculos, com participação em diversos festivais e realização de temporadas em teatros do ABC e da Capital, como Espaço Parlapatões e Teatro Arena Eugênio Kusnet. No canal Teatro Endoscopia, no YouTube, e na página Espaço Cultural Teatro Endoscopia, no Facebook

ÀS SEXTAS – 20h >>> Cantoria na janela da casa dos seresteiros Trovadores Urbanos. Evento gratuito (e amoroso) para moradores e turistas da cidade. Saiba mais

Sexta – 10 de setembro – 17h … 76a edição do Conversa com Escritor recebe Adriane Garcia (a poeta sorteará dois exemplares de seu livro ‘Eva-proto-poeta’). Mediação do professor Marcelo Batalha e transmissão pela fanpage da Biblioteca Pe. Anchieta, no Facebook e no Conversa com Escritor

.

>>> MAIS ADRIANE >>> Já está disponível a edição digital de ‘Fábulas para adulto perder o sono‘, livro com que a escritora mineira venceu o Prêmio Paraná de Literatura em 2013 na categoria poesia. A obra lança novo olhar sobre fábulas conhecidas. Com ilustração de capa da artista Bruna Mitrano e novo projeto gráfico da Camino Editorial (compre aqui)

ANABEL ANDRÉS >>> Após lançar ‘Além da Expansão dos Desertos‘ nas plataformas digitais, multiartista integrante do grupo musical Vozes Bugras e do Projeto Dandô, divulga a versão física do livro/cd. “Espero que este trabalho coletivo reverbere no reflorestamento do planeta e no nosso modo de pensar e atuar nele, reconhecendo que somos parte deste organismo cósmico, a Terra”. Entre em contato com a Tratore

Domingo – 11 de setembro – 18h … Terceira edição do Slam Parem de Nos Matar – Final da Copa das Favelas, com transmissão pelo YouTube. Seis poetas competem “dizendo NÃO ao racismo e ao genocídio da juventude preta, pobre e periférica”. Com o convidado Gog participando da homenagem a Malú Viana (falecida recentemente).

Sexta – 10 de setembro – 20h … Cantora e poeta Branca Lescher, acompanhada pelo violonista Sérgio Bello, apresenta repertório de standards, bossa nova, sambas e algumas canções autorais. No Quinto Pecado, à?rua Áurea, 259, na Vila Mariana. Couvert artístico R$15

Sábado – 11 de setembro – das 15h às 21h … Sarau Achados e Perdidos no Jardim do Petrus, à rua Visconde de Pelotas, 286, no Alto da Lapa (com máscaras e distanciamento). Curadoria de Moacir Marques, Paulo Antifah, Thiago Morrinho, Shirlene Holanda, Diego Monteiro, Michel Weber e Benedito Bergamo. Com palco aberto e os convidados Aline Lopes, Beth Brait, Celso de Alencar, Daniel Perroni Ratto, Emerson Boy, Paulino Alexandre, Peter De Han, Rubens Jardim e Vitor Miranda, entre outros

Sábado – 11 de setembro – 16h … 29º Sarau Valdyce Ribeiro na Rede Social. Até 18h55 o Facebook de Valdyce estará aberto para postagens de poemas escritos (autorais ou não) ou vídeos (de no máximo 3 minutos) com declamação, canção, dança, contação de histórias ou performance. Para participar é necessário ficar amigo dela no Face

JÉSSICA BALBINO >>> 29 de agosto foi o Dia da Visibilidade Lésbica, data importante por fomentar discussões sobre o combate a lesbofobia. Entrevistada por Camila Cetrone, do site IG Queer, a produtora cultural, jornalista e multiartista Jéssica Balbino (ativista admirada e sempre presente neste blog), indicou 10 livros sobre vivências lésbicas (de poesia, hq, conto e romance). Fazem parte da lista as escritoras Dia Nobre, Gabriela Soutello, Nívea Sabino, Natália Borges Polesso, Cristina Judar,  Alison Bechdel, Anne-Charlotte Gautier, Nina Rizzi, Bernardine Evaristo e Ryane Leão (aqui a matéria, na íntegra

.

Segunda – 13 de setembro – 18h … Jéssica Balbino faz live sobre o Setembro Amarelo em seu perfil no Instagram. A conversa é com o escritor Victor Hugo Félix sobre seu livro ‘A triste história do fim do mundo’, escrito após a superação de um período de ideação suicida

.

>>> MAIS JÉSSICA >>> Setembro é o mês da prevenção ao suicídio e também o mês de luta contra a gordofobia. Ao ‘Estado de Minas’, Jéssica Balbino fala sobre saúde mental e comenta os altos índices de suicídio de pessoas gordas (‘30% dos pacientes que buscam tratamento para emagrecer têm depressão’). Leia na íntegra

De quebra, ela lista (ao Portal IG Delas) 10 livros escritos por pessoas gordas ou sobre vivências em corpos gordos, inclusive o escrito por ela, que aborda a estratégia de apagamento de pessoas gordas na mídia. As outras nove autoras são Mariana Salomão Carrara, Roxane Gay, Carmem Maria Machado, Agnes Arruda, Isabela Figueiredo, Malu Jimenez, Virgie Tovar, Gabriela Rocha e Lorena Otero. Confira

Domingo – 12 de setembro – 16h … Live do espetáculo ‘Sarau Bodega do Brasil‘ que compõe a programação da Jornada do Patrimônio de 2021. No Facebook da Casa de Cultura Raul Seixas. Com declamação de cordel e musicas autorais, dos integrantes, feitas a partir da poesia de cordel. O Bodega existe desde 2009 e tem curadoria do poeta Costa Senna e coordenação do coletivo de artistas formado por Cacá Lopes, Júbilo e Ornela Jacobino, Adão Santos e Ângela Dizioli

Quarta – 15 de setembro – 19h30 … Sarau Poesia e Psicanálise, um Mergulho no Inconsciente. Com os palestrantes Nícia de Lara Crelier e Maria Cristina Vianna Kuntz. Curadoria de Dani Mattos, leituras do Grupo Vocal Poucas e Boas, e participação dos artistas Ana Luíza Amaral, Silvia Maria Ribeiro e Chico Médico Aguiar. Pelo Sympla

DANI MATTOS >>> Cantora, regente e produtora cultural postou na net o primeiro episódio da série de vídeos #CronistasDaCidade, readequada ao confinamento imposto pela pandemia. Além dela, o grupo Toque de Bambas é formado Tito Longo, Edu Batata, Koka Pereira e Marcelinho Monserrat (visite o canal no YouTube)

>>> COLETIVO VILLALOBOS PARA TODOS >>> Criado pela regente Dani Mattos, o desafio do Coletivo foi adequar as oficinas de musicalização do projeto para o modo virtual. Formado pelo grupo vocal Poucas e Boas e por músicos, professores e educadores, o coletivo realizou uma série de atividades musicais e cantorias que podem ser vistas em seu canal no YouTube. O Projeto, que defende a diversidade e apoia iniciativas de inclusão social através da educação, pede contribuição à ONG G10 Favela

NOVO PROJETO DE CARLOS MATTOS >>> Editor da Essencial, o escritor Carlos Mattos, apresenta um canal aberto para depoimentos de autores, tradutores, revisores, editores, ilustradores e a todos na área da literatura (veja aqui). A ideia é de arquivar as entrevistas para que possam ser usadas como portfólio, fonte de debates e disseminação de conhecimento. Entre na página e marque seu depoimento

INSCRIÇÕES ABERTAS >>> Editora Essencial apresenta seu novo selo editorial, o ‘Carne Sem Luz‘ e lança edital para sua primeira antologia ‘O Lamento das Coisas‘, de contos de terror, mistério e suspense. Até 2 de novembro, inscreva-se no link

Quinta – 16 de setembro – 20h … Apresentação do livro ‘Baleia e a Família Perdida’, fábula moderna criada pelo escritor Luiz Eudes e ilustrada pela aquarelista Yanna Líllian, no Youtube do Café com Prosa. No dia 21 de setembro, às 20h, acontece o lançamento oficial com live no Facebook da Editora Essencial

ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Live do programa Geringonça promove interessantes debates semanais sobre questões contemporâneas: cultura, política e saúde. Fique ligado no canal e para assistir e participar: Coletivo Resistência/CCD-LL no Youtube

FESTIVAL PALAVRAS E MARAVILHAS >>> Evento tem participação da Tom-K Produções. e é transmitido em sua página no Facebook. As próximas lives serão nos dias 11, 13, 14, 15, 16, 17 e 18 de setembro, sempre às 15h. Se inscreva e acompanhe o festival

>>> TOM KBÉLO >>> Tom é um guerreiro na divulgação dos eventos de produtores culturais, músicos e poetas do circuito alternativo. A Tom-K Produções Culturais tem promovido entrevistas e shows com artistas de várias regiões do país. Lá, este blogueiro e cantor  apresentou live autoral

>>> ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Ouça o Propagassom Tom-K, na rádio Expedição CoMMúsica. Apresentado por Tom Kbélo, programa tem reprise aos sábados, às 15h (no link)

COMMÚSICA >>> Criado por Dênio Patrik, Grívan Narvìg e Elizabeth Del Nero, site recebe inscrições para mapear o cenário de bandas e artistas independentes, promovendo a divulgação de seus trabalhos, suas redes sociais e fortalecendo as conexões entre eles. O mapa virtual da Expedição CoMMúsica tem geolocalização e representação por fotos de satélite. Canal objetiva a interação entre artistas periféricos e independentes, democratizando o acesso à música e buscando novos recursos digitais que aproximem a arte do público, garantindo a sobrevivência dos artistas’. Saiba mais

>>> ÀS QUINTAS – 22h >>> Programa ‘Quintas Elétricas Delirantes’, do músico e dj Eduardo Osmedio apresenta temas musicais variados a cada edição. No site da Expedição CoMMúsica

>>> ÀS SEXTAS – 18h … Sons da Resistência com Elizabeth Del Nero, a Tuca, no comando (clique e saiba mais)

ÀS SEXTAS – 20h … Programa Papo Rock, com Arnaldo Marques. Clique no link da web rádio CDR. Também na segunda-feira, às 23h (saiba mais aqui

ALDEIA DO MUNDO >>> Com apresentação e produção do historiador Magno Córdova, o objetivo do programa é ampliar a escuta e informação musical de seus ouvintes. Às segundas, quartas e sextas, às 18h, na web rádio Justiça do Maranhão (clique no link e verifique o ícone de sintonia ao final da página). Saiba mais

ÀS SEXTAS – 18h >>> Cantora Rosangela Alves e violonista Bráu Mendonça fazem shows de mpb na rua Santo Antonio, 1277, na Bela Vista

 

.

… … …

UM MONTÃO DE SINGLES, CLIPES, LIVES & AFINS

… … …

Alguns com o clipe destacado (alternadamente a cada semana). Tem samba, rock, pop, mpb, rap, funk, caipira, urbano e lives com vários artistas de diversos estilos. Dezenas de bons trabalhos artísticos que as rádios não tocam e as tevês ignoram. Não existe Ministério da Cultura, o jabá rola solto, a cultura é um balcão de negócios e a rica diversidade da música brasileira não é representada nos veículos de comunicação (que são concessões públicas e deveriam promover alguma mínima contrapartida social e educativa). Mas aqui no blog, esses artistas tocam (e nos tocam): ouça, leia, saiba mais e compartilhe. Fortaleça a cena dos artistas alternativos

ANA PAULA DA SILVA >>> Infância

ELAINE FRERE >>> Quando adormeço

HÉLIO RAMALHO >>> ‘Natura

#GOZI >>> ‘Eu Quero Mais

ANTIPHERRUGEM >>> William Martins dos Santos e Fábio Abrão

EDVALDO SANTANA >>> Só Vou Chegar Mais Tarde

ÉLIO CAMALLE >>> ‘Zé da Bronca

TÁ FODA! >>> Beto Bianchi e Walmir Pinto

PAULO BARROSO >>> Lockdown e Chega de Saudade, João

RAREFEITO 011 >>> Non Ducor Duco

GIULIANO DEL SOLE >>> ‘Topadas

ARNALDO AFONSO & ROSA FREITAS >>> Basta de Clamares Inocência, de Cartola

SOPA DE LETRINHAS >>> Vídeos com vários artistas (um, dois, três e quatro)

GALBA >>> Amor Fiel

GRUPO MACAIA SHOW >>> ‘Violas, Encantos e Pontos

EDU KRIEGER >>> Genocida, o que é?

CLANDESTINAS>>> Nenhuma a menos

LIVES CAETANAS – Volume 2 >>> ‘Os Argonautas (Navegar É Preciso), com Arnaldo Afonso e Rosa Freitas

NOSSAS ESQUINAS’ >>> Graziela Medori e Alexandre Vianna

SINTONIA >>> John Mueller e Mazin Silva

JAZZMIN’S >>> Quando te vejo

MARCIA CHERUBIN >>> O Artista

CECILIA BERABA >>> Eterno meio-dia e Não, Não, Não

JOTA.PÊ >>> Garoa

MOON’S MALLOW >>> Last Drop

ALLAN PITER >>> Fogo e Gasolina e Ela Mexe Comigo

ANHANGABAHY >>> Ansioso

MACHADO AFIADO >>> Fernando Abreu e Celso Borges (versão para ‘Small Axe’, de Bob Marley)

O JARDIM DAS HORAS >>> ‘Carbono

STA IGNORÂNCIA >>> ‘Papo Véio

TV ARTMULTCULTURAL >>> Vídeos com vários artistas (um , doistrês e quatro

RHAISSA BITTAR >>> Voilà e Pra Acordar (com Mônica Salmaso)
COSTA SENNA >>> Toque Sem Jabá e Viagem por São Paulo 
MARCELO BARUM >>> Mariana (com o Grupo Tarumã) e o O Zé e a Flor
UM DIA ISSO VAI PASSAR‘ >>> Conrado Pera e Du Gomide

PALAVRAS AO VENTO >>> Bruno Conde com Kleber Albuquerque
VERÔNICA FERRIANI >>> Da série ‘Diário de Viagem Cantado

CIRILOAMÉM >>> Clipe Delírios de Platão e canção Solitário

VLADINSKY & CORDEIROVICH >>> Trecho de show no CC Vergueiro e o cd Instante
AUGUSTO TEIXEIRA >>> Clipe Vírgula e single  A Luz de Luzia

LANDO SUAREZ >>> Lisboa de Luz e de Amores 

EDSON D’AISA >>> Canções para Darcy Penteado e Tanta Coisa

KLEBER ALBUQUERQUE >>> Permitido e All Star

DHARMA SAMU >>> ZeppelininanasNão/5090

ORTINHO >>> Não Desarme a Rede e A Vida É Um Poema

ZULU DE ARREBATÁ >>> Cena de Cinema e Claridade

ANNÁ >>> Colagem e Tico-tico no Fubá

MONICA ELIZECHE >>> Luz de Luna e Acorda Manhã

UM CAFÉ LÁ EM CASA >>> Programa de Nelson Faria. Edições com Mozart Mello, Vanessa Moreno e Oswaldo Montenegro

ANA LEE >>> TranscendenTao e Toada

PEDRO & FILÓ >>> Nosso CaminharA Onda e o Vento

JUCA NOVAES >>> Meio Almodóvar (com Lenine) e Samba de uma noite só

HÉLIO BRAZ >>> Fome que não Cessa e Alma de Artista

ZÉ DE RIBA >>> Candeia e Navio

VANESSA BUMAGNY >>> Cinema Ilusão e Fome de Tudo

CÁSSIO FIGUEIREDO >>> Ave Cantadeira e Papo de Vagalume

VIOLEIRO CHICO LOBO >>> Documentário Nos Braços da Viola e o clipe Própria História

GILIANE & GUSMÃO >>> Nas cabeceiras do rioVagalume Estelar

ZÉ TERRA >>> Viola de Papo e Menino Rei

ZÉ MANOEL >>> Veja o clipe Adupé Obaluaê e o cd Do meu coração nu

SHOW DA MARIA  >>> Edição de agosto teve participação de Dari Luzio, Élio Camalle, Jordanna e Gabriel de Almeida Prado. Evento de junho contou com Os Ditos, Som da Estrada, Conrado Pera e a dupla Vladinsky & Cordeirovich. A live de abril foi com José Carlos Guerreiro, Vlado Lima, Laís Gomes e Katia Aqkino (acompanhada por Cirilo e Basseti)

RAQUEL MARTINS >>> Menina Moleque e Flecha que Canta

ADOLAR MARIN & FLÁVVIO ALVES >>> Compostelana e Espelho

DÉO MIRANDA >>> Ouça a música Disparo e a live-show Poesia Dura, Língua Ferina, Coração Justo 

.

… … …

NALDOS NEW’S

… … … 

AS LIVES DE ARNALDO AFONSO >>> Este blogueiro, poeta e cantor, informa aos interessados que tem cinco espetáculos prontinhos da Silva para apresentações presenciais nas Casas de Cultura, Ceus, Bibliotecas e Sescs após a pandemia (se isso vier a acontecer algum dia) e que foram adaptados para o formato de lives (que já ando realizando pelo Face, Insta e Youtube – contatos por inbox). São eles:

1 – Arnaldo Afonso Canta e Conta Cartola >>> No show, que tem participação da atriz e cantora Rosa Freitas (aqui ela interpreta Basta de Clamares Inocência), canto cerca de 20 canções do grande compositor e conto várias histórias e algumas curiosidades sobre sua vida e obra (aqui uma das lives). Além das Casas de Cultura, o espetáculo foi apresentado recentemente no Festival Satyrianas. O texto do show foi extraído da minha peça ‘Mestre Cartola: Vida e Obra em Verde e Rosa‘, disponível em minha página no Facebook

2 – Rocks, Pops & uns Toques de Poesia >>> Canto repertório autoral, falo de meus parceiros, dos poetas que musiquei e leio textos que escrevi para os artistas que me influenciaram (veja uma das lives). Versão online dos meus shows presenciais realizados no palco dos Parlapatões, no Bar do Frango, no Eclipse e no Centro Cultural Charada. Conto histórias dos saraus, do meu blog e falo do aprendizado que é participar do movimento cultural da ZN, desde os anos 80. Recentemente realizei uma delas a convite da Tom-K Produções. Veja como foi

3 – A Importância da Música (Os Grandes Compositores da MPB e suas Histórias) >>> Esquetes teatrais levemente cômicos, com formatos variáveis (15 minutos, meia hora e uma hora), onde a atriz Rosa Freitas interpreta a ‘austera’ professora Margarida, que, durante o desenrolar da peça, vai se revelando uma ótima cantora (veja uma das lives). Ela dá ‘aulas de história da MPB’ a seus alunos e Arnaldo Afonso é o músico e jornalista ‘especializado’ convidado por ela a cantar algumas canções e comentar sobre a vida e a obra de compositores como Noel, Tom, Gonzagão, Cartola, Adoniran, Caymmi, Chico, Caetano, Gil e Roberto, além dos mais atuais Djavan, Paulinho da Viola, Raul, Belchior e Cazuza, entre outros. A live da professora Margarida tem variações com perfis educativos: Dona Margarida e A Primavera e Dona Margarida e o Verão, onde a mestra/cantora aborda a chegada de cada estação e suas relações com a preservação do meio ambiente, o aquecimento global, sustentabilidade e cuidados com a Covid, de modo bem humorado e em meio a clássicos de nossa música e poemas pertinentes aos temas. Datas como Natal, Dia da Mulher, Carnaval e Aniversário de São Paulo também renderam espetáculos

4 – Embebedai-vos! >>> Live de bate-papo e confraternização, entre goles de caipirinha, onde leio as mensagens dos internautas e canto clássicos do cancioneiro nacional (da mpb ao brega), contando curiosidades sobre as canções e apresentando textos postados neste blog em homenagem a artistas como João Gilberto, Chico Buarque, Luiz Melodia e Paulo César Pinheiro, entre outros, sem esquecer os artivistas dos saraus e os companheiros da Vila Maria e do Sarau da Maria, obviously.

ATENÇÃO!!! >>> A live Embebedai-vos! é recomendável apenas para os ‘fortes’: a  primeira da série durou quase 4 horas, com mais de 40 canções bebidas e duas jarras de caipirinha interpretadas (ou coisa parecida – veja como foi). Você güeeeenta?

5 – Lives Caetanas >>> Série com 6 edições que acontecem na segunda terça-feira de cada mês. A primeira da série, ‘Lives Caetanas – Volume 1‘, com transmissão pelo Facebook, teve mais de 1.500 visualizações, mais de 700 comments e cerca de 150 compartilhamentos. Na segunda, ‘Lives Caetanas – Volume 2‘, foram quase duas horas de clássicos do genial compositor baiano, recheadas de histórias das canções e passagens curiosas de sua carreira. Nas lives, Arnaldo Afonso tem apresentado sua versão para o português da canção ‘London, London‘, inserindo na letra, além da tradução literal da maioria dos versos, algumas declarações de Caê sobre seu estado de espírito durante o exílio em Londres. Tem também ‘Os Argonautas (Navegar É Preciso)‘ na bela interpretação de Rosa Freitas. Aqui a live 3 e a live 4. A quinta foi no Instagram. A sexta (e última) será na terça, dia 14 de setembro, às 20h

ARNALDO AFONSO TEM CANAL NO YOUTUBE >>> Após postar no YouTube minhas canções Além da Lenda (em parceira com Conrado Pera), Chama de Amor e Tom Jobim no Telhado, me dei conta de que estou com dois canais lá (canal um e canal dois), além das várias postagens espalhadas pelas páginas dos saraus de que participei (é só pesquisar pelo meu nome que elas vêm – ouça ‘Barbárie Moderna‘, ‘Eu e a minha solidão‘, ‘Lágrima no Asfalto‘, ‘Coração Jazz‘, A Sereia Encantada, Paraísos Cotidianos (Paraisópolis), A Música e Eu‘, ‘Vida Gozada‘ e a minha recente parceria com o poeta Vlado Lima, Os Desperdiçados do Mundo)

SARAU, LUAU E O ESCAMBAU‘ NO YOUTUBE >>> É nóis nus tubo! Quase toda semana faço um vídeo destacando algum artista citado neste blog ou comentando as dicas de programação para a semana (mas outras postagens podem rolar durante o findi). Agradeço a todos os amigos que já se inscreveram no canal e adianto que pequenas entrevistas e lives de lançamentos de livros, discos e vídeos estão nos planos (além de um superevento destacando os mais ativos e criativos artistas e ativistas culturais de cada ano). Prestigie mais essa iniciativa deste artista-blogueiro e já entre lá pra se inscrever no ‘nosso’ canal

 

.

… … …
AGENDÃO

… … …

IMPORTANTE >>> Leia e compartilhe os posts do blog no Facebook e a divulgação dos eventos. Fortaleça a cena dos artistas alternativos. Curta suas páginas e veja suas lives. Defender a diversidade, inclusive nas artes, é lutar pela defesa da democracia

BRASIL POR DENTRO >>> Todo domingo, às 17h, programa de Socorro Lira promove encontros com grandes artistas no canal do PGM no YouTube

>>> PRÊMIO GRÃO DE MÚSICA 2021 >>> O PGM (criado e organizado pela cantora e compositora Socorro Lira) divulgou os premiados de sua 8ª edição. A cerimônia de com show e entrega dos troféus acontecerá no dia 23 de novembro, às 19h, com transmissão a partir do Teatro D, em São Paulo. Ouça a Coletânea PGM 2021 no site

ÀS QUARTAS – 22h15 … Programa Toca do Autor na Rádio Brasil Atual, pelo 98,9 FM ou pela internet. Apresentação de Alexandre Tarica e Regina Cell

CCN NOTÍCIAS >>> O Coletivo de Comunicação Norte Notícias (acesse o site), voltado principalmente para a Zona Norte, é o site de notícias de que este blogueiro (Arnaldo Afonso) participa como colaborador. Nele, dou prosseguimento ao meu trabalho no blog, informando sobre as atividades culturais dos artistas alternativos. Divulgue também mais essa iniciativa em prol de um jornalismo progressista, antifascista e em defesa da democracia

ÀS TERÇAS – 20h >>> Programa ‘Contraponto‘ entrevista produtores, instrumentistas e compositores para compreender um pouco mais do mercado brasileiro da música. Com Serginho Sagitta, do programa Sons do Brasil, e Mateus Mello, do canal Tropicalismo Selvagem. Se inscreva no canal do YouTube

GRUPO OS TRÊS MAL- AMADOS-BRASÍLIA >>> Grupo formado pelos poetas Fernando Freire, Jorge Amâncio e Josafá Santana tem como objetivo divulgar tudo que diz respeito à poesia. Conheça os vídeos do canal

ÀS TERÇAS – 21h >>> Cantora Verônica Ferriani faz lives temáticas em seus canais no Face, Insta e Youtube. Aqui, um vídeo da série ‘Diário de Viagem Cantado’, onde ela canta canções ao ar livre

DAN SANTOS >>> Cantor e compositor tem feito diariamente, das 12h às 14h, as lives ‘Volume’, em sua página no Facebook. Além das canções autorais, pode pedir clássicos do cancioneiro nacional que ele atende

ÀS SEXTAS – 19h30 >>> Professor Fernando Horta faz lives em seu canal no YouTube com tema escolhido pelos internautas em sua página no Facebook (entre e vote às segundas e terças)

ÀS SEXTAS – 18h … Outros Sons é o programa apresentado por João Antonio Galba na web rádio Dozoto. A cada semana, um músico é convidado a tocar e contar sua história. Durante a semana, a rádio apresenta diariamente em sua programação três drops extraídos do programa (às 9h, 15h e 20h)

ÀS QUINTAS – 20h30 … Música no Cafofo. A dupla formada por Vinicius Maganha e Samira Regina convida músicos e performers a participarem de sua live semanal. Transmissão pelo Facebook e YouTube

500 METROS >>> Exposição virtual do Coletivo Contemporâneos (até 16 de setembro), homenageia o mês da fotografia expondo trabalhos de quatro artistas do coletivo: Denise Greco, Eduardo Tropia, Luciana Alves e Sheila Tostes. Saiba mais

CHAMA POÉTICA >>> Coletivo encabeçado por Fernanda de Almeida Prado promove lives aos sábados, a partir das 19h, no Instagram

ÀS TERÇAS – 21h … Sarau Elétrico. Leituras de textos por Luís Augusto Fischer, Diego Grando e Katia Suman, com um convidado escritor e outro músico. Pelo www.rádioeletrica.com ou na página de Katia no YouTube. Nesse vídeo, uma edição recente

GIRO CULTURA VIVA >>> Programa diário que divulga o cenário musical independente, surgiu como um dos quadros do Programa Cultura Viva e foi ganhando seu espaço. Com Daniela Bontempi

>>> Terça – 7 de setembro – a partir das 9h … Lançamento do primeiro single de Daniela Bontempi, ‘Diante do Espelho’, canção em parceria com Joyce Kelly. Confira no YouTube

BAR DO FRANGO >>> Há mais de 25 anos, Flávio Tavares, o Tatau, promove eventos culturais em seu famoso bar. No último domingo de cada mês, tem o tradicional sarau com música, poesia, causo, prosa e performance. Fique ligado pois várias atividades presenciais já estão acontecendo por lá. Na av. São Lucas, 479

NOS BARZINHOS >>> Aos poucos os músicos estão voltando a se apresentar nos bares, saraus e casas de cultura. Fique ligado nas páginas de Cale Narman, Darc Maia, Deh Oliveira e Nelsinho Gritzaps

HÉLIO BRAZ >>> Cantor e compositor com vários discos lançados, Hélio iniciou sua carreira junto ao grupo de artistas que participava de feiras e festivais escolares e se reunia na ‘Praça Maldita’, como era chamada por eles a praça Santo Eduardo, na Vila Maria. Baiano de Santo Amaro da Purificação, para onde voltou durante a pandemia, postou recentemente ‘Alma de Artista‘, música dedicada a um amigo, o músico Renato Luiz Consorte. Confira sua página no YouTube

>>> SÁBADOS – 18h >>> Hélio Braz faz live visando arrecadar fundos para a manutenção do Espaço Bossa Zen. Além do repertório autoral, o artista atende às mensagens enviadas durante a semana e toca as canções pedidas 

SINTONIZAÍ >>> Sábados, às 17h, tem a Agenda Cultural da Periferia, na Rádio Heliópolis FM, parceria com a Ação Educativa. Tem dica de sarau, slam, lançamento de livros e discos, bate-papo, cursos, apresentações de teatro, dança, música e live. Apresentação de Ruivo Lopes

ÀS QUINTAS – 20h … Live de Marciah Liedk discute práticas mais adequadas para restaurar e manter a saúde física e mental. Na página dela no Instagram

PENÉLOPE MARTINS >>> Há tempos acompanho os trabalhos e posts da escritora, contadora de histórias e blogueira. Confira sua página Mulheres que Leem Mulheres
ZÉ TERRA >>> Em seu canal no YouTube artista disponibilizou o cd Viola de Papo, entre outras obras. Ele também apresenta o programa de entrevistas Viola de Papo, no YouTube, onde conversa com grandes violeiros e artistas da música sertaneja (confira aqui). Ouçam a versão de Zé Terra e Arnaldo Afonso (eu só dei uns pitacos na letra) para a linda canção de Bob Dylan, ‘It A’int Me Babe‘, interpretada pelo trio Freud À Deriva
>>> POR CIMA DA CARNE SECA >>> Zé Terra e Rene de França, músicos do trio Freud à Deriva, disponibilizaram nas plataformas digitais as nove canções deste álbum gravado em 2002. Em outubro eles vão apresentar um outro disco, lançado em 2009. Tá também no Spotify

CASILÊOCA >>> Acompanhe a variada programação da rádio CasIlêOca (emissora e espaço cultural administrados por Liberto Solano Trindade). Um dos programas mais legais é o ‘A Palavra É‘, que conta a história dos bairros de São Paulo. A programação, que vai ao ar às quintas-feiras, tem reprises aos domingos, às 15h, às segundas, às 11h e às quartas, às 18h. Apresentação de Nilu Xavier Strang & Liberto Solano Trindade

>>> MAIS CASILÊOCA >>> Na terça, às 20h, no programa CasArte Marginal, o poeta Alexandre Paulino e a cantora Aline Lopes entrevistam artistas do cenário alternativo (você também pode assistir à transmissão da gravação do programa, no Facebook de Paulino, às quintas-feiras). Reprise às sextas, às 13h e aos domingos, às 17h

VENTO FORTE + 10 >>> Até novembro acontece a série de lives promovidas pelo Movimento Negro Unificado do Rio de Janeiro abordando a vida e a obra do multiartista e ativista Solano Trindade. O ‘Poeta do Povo’ (como também era chamado), é lembrado nos 113 anos de seu nascimento e nos dez anos de lançamento de ‘Vento Forte do Levante’, documentário sobre sua vida. Na página do MNU RJ no Facebook

COMBATE AO RACISMO >>> A terrível cena do assassinato covarde de George Floyd, sufocado pelo joelho de um policial branco, está na mente de todos. Exigindo justiça, o movimento #BlackLivesMatter cresceu e se tornou exemplo da luta antirracista em todo o mundo. Sobre o tema, recomendo o curta-metragem ‘Dois Estranhos’, da Netflix, vencedor do Oscar 2021, que em pouco mais de meia hora de projeção aborda o racismo estrutural deixando claro (muito claro) o cotidiano sem saída e a falta de oportunidades e de alternativas das pessoas que não são brancas para conseguirem escapar da opressão do poder racista. É um filme realista e chocante que precisa ser visto.

ÀS TERÇAS – 17h >>> Programa ‘Diário Negro’, de Anelito Oliveira,  recebe artistas e pensadores para conversas sobre racismo, diversidade e outras questões contemporâneas

GRIÔS DO SAMBA >>> Grupo criado pela historiadora e escritora Rita Alves para valorizar e resgatar artistas e histórias do samba. Participação de membros da Velha Guarda da Mangueira, da neta de Cartola e Dona Zica, da filha do Zé Keti, do presidente da Ala dos Compositores da Mangueira e com apoios significativos, como o do Museu do Samba. Visitem o site e a página no Facebook ou no Instagram.

ÀS QUINTAS – 20h >>> ‘Chega Mais!’ é a live de bate-papo da dupla Tin Oliveira e Tatiana Luck Barboza, sobre música e outros temas diversos. No Instagram da banda Issoo. Acesse

10 ANOS DO ROCK AND BLUES BAR >>> Os shows presenciais aos poucos estão voltando ao bar que comemorou uma década de atividades. Na av. Marari, 466

MOSTRA CINE E VÍDEO DE POESIA FALADA >>> Sob a direção do poeta Artur Gomes, projeto exibe videopoemas. Veja o vídeo postado no canal do poeta Julinho Terra, no YouTube, com o poema ‘SagaraNAgens Fulinaímicas‘, de Artur, que, recentemente, foi entrevistado pelo poeta Tchello d’Barros. Clique no link

DESENHOS DO NANDO >>> Sempre presente com seu traço certeiro cutucando e denunciando os malfeitos dos nossos (des)governantes, o ilustrador e chargista Nando Motta é figura admirada por este blog. Nando postou uma série de quadrinhos sobre sua rotina de criação e pede, a quem puder, que colabore para a manutenção de seu trabalho: no link do Apoia-se ou pelo PIX nandomotta79@gmail.com

TV DA MARIA >>> Pra quem não sabe, no YouTube tem um canal com um montão de vídeos de diversas apresentações acontecidas no saraus e shows organizados pelo coletivo Sarau da Maria ao longo de seus 8 anos de atividades. As filmagens foram feitas pela querida Selma BizonEntre lá e confira

5º Festival de Arte Popular do Alto Tietê >>> Entre 15 e 24 de setembro, 15 atrações passarão pelo palco virtual do Canal Malungada Produtos Culturais no Youtube. O Fapat foi criado no ano de 2013, com a proposta de ser em evento itinerante, com atuação de artistas de diversas linguagens, entre o tradicional e o urbano. Pela primeira vez, em função da pandemia, o evento ganha uma edição virtual. Saiba mais sobre o Fapat21

ZOOM ZOOM ZOOM… É POESIA! >>> Programa do multiartista Claudio Laureatti, que acontece desde agosto de 2020, é uma vitrine de poetas e suas tendências, convidando também artistas de circo, contadores de histórias, músicos e atores. Edição mais recente homenageia os 11 anos do Sarau PerifAtividade. Confira também o programa especial de primeiro aniversário com sarau Afrobase e o Instituto Nação 

NÃO, NÃO, NÃO >>> Cecília Beraba e Jorge Mautner disponibilizaram nas plataformas digitais uma regravação (feita pelos dois) da primeira música lançada por ele em sua carreira. ‘Não, Não, Não‘ é um grito contra a opressão que, em tempos bozonegacionistas, se mostra mais atual do que nunca. A música foi composta por Mautner em 1965, quando o país vivia o começo dos ‘anos de chumbo’.

>>> CECILIA BERABA >>> Às quartas-feiras, a partir das 20h, a artista tem apresentado minilives com repertórios temáticos em seu canal no Instagram. Recentemente lançou videoclipe de ‘Esquadrão da Morte‘, mais uma de suas parcerias com Jorge Mautner (ouça mais no cd Eterno Meio-Dia). Veja também as interessantes entrevistas com os jornalistas especializados Bruno Paes Manso e Luarlindo Ernesto abordando o tema da canção

RÁDIO USP É A MELHOR >>> Blog elegeu a Rádio USP como a melhor entre todas as rádios (obviously, para quem procura jornalismo de qualidade, com um mínimo de isenção, e programação musical que contemple a diversidade do caldeirão cultural brasileiro). Parabéns aos envolvidos. A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou nesse linkO ‘Diversidade em Ciência‘, do Ricardo Alexino Ferreira, e o ‘Diversas‘, de Fabiana Ferraz, são dois dos muitos programas legais que a rádio oferece

RITMOMELODIA >>> Antonio Carlos da Fonseca Barbosa é o criador e editor responsável pela revista digital RitmoMelodia (acesse), que existe desde 2001. Jornalista, músico e poeta, Antonio Carlos propaga a diversidade musical brasileira através de entrevistas e artigos. A revista já entrevistou e mantém disponível no site depoimentos de Edvaldo Santana, Élio Camalle, Kleber Albuquerque, Conrado Pera, Sabah Moraes, Nô Stopa, Socorro Lira, Hélio Braz, Jean Garfunkel, Etel Frota, Costa Senna, Elaine Frere e até Gilberto Gil. Saiba mais

DECLAMAÍ >>> Plataforma para ler e declamar poemas, gratuita, para baixar na loja do Google Play. Tem poesia contemporânea de grandes poetas vivos com curadoria de Rubens Jardim, poesia indígena e afro com curadoria de Simone Bacelar e alguns temas ainda em construção, como uma aba para poesia LGBTQIA+, com curadoria de João Luiz Vieira, e outras com Michelle C. Buss, Paula Valéria Andrade e Cleyton Cabral. Lançamento faz parte do Poemaria, projeto transmídia de Davi Kinski

TV DANDÔ >>> O ‘Dandô – Circuito de Música Dércio Marques’ expandiu sua atuação artística com o lançamento da ‘TV Dandô’. Na programação, novidades sobre shows (que integram o projeto), espetáculos online exibidos na íntegra, entrevistas com os artistas participantes do circuito e convidados, depoimentos, homenagens, clipes, lives, curtas-metragens e oficinas. Tudo com transmissão pelo Youtube

IVAN NERIS >>> Poeta, que é um dos administradores do espaço cultural Aldeia Satélite, publica declamações eu seu canal no YouTube. Veja a declamação de poema escrito após assistir à live da dupla Paulo Miranda e Beatriz Carvalho, que teve como convidado o cantador Sacha Arcanjo

1000 POEMAS PELA DEMOCRACIA >>> Projeto idealizado pelo poeta Antonio Cabral Filho busca reunir em livro 1000 vozes pela democracia, “em defesa da dignidade e da cidadania, tão vilipendiadas pelo golpe 2016 e pelas eleições 2018”. Participe. Saiba mais aqui

 

… … …

OSLIVROSLIVROSLIVROSLI 

… … … 

Livro falado alado pesado prensado musicado. Livre leve levado achado roubado perdido. Livro livre lindo relido. Livro é bicho vivo. Eis aqui mais uma lista de livros de autores do circuito alternativo. O blog sempre dá alguns registros (não necessariamente de lançamentos). Confira:

DISPERSOS >>> Chris Herrman lançou seu livro de poesias na coleção ‘Dispersos’ (com prefácio de Maria Valéria Rezende). Décimo livro da escritora está disponível em sua lojinha virtual

POETAS CONTEMPORÂNEAS DO BRASIL >>> Livro apresenta perfil de 34 autoras, com poemas, textos teóricos e ensaios sobre a poesia contemporânea. A obra realizada por Beatriz Azevedo (junto a Unicamp) presta homenagem às poetas Alice Ruiz e Lu Menezes, e é dedicada à memória de Olga Savary. Saiba mais no Instagram. Entre as escritoras estão Conceição Evaristo, Paula Valeria Andrade, Francesca Cricelli, Lubi Prates, Márcia Tiburi e Marilene Felinto

LUKA MAGALHÃES >>> O escritor e editor da Archangelus, autor de ‘Ecos do Silêncio’ (publicado em 2018) lançou ‘Entre cruzes e dores’, livro de poemas e contos, com prefácio de Carvalho Junior (in memoriam) e nota de orelha por Maria Gorete de Jesus Coutinho Cordeiro. Para saber mais e adquirir o livro, mande mensagem

MÁRCIA BARBIERI >>> Os três romances da ‘Trilogia do Corpo’, lançados pela premiada escritora Márcia Barbieri, estão disponíveis na Reformatório: A Puta (175 páginas), ‘O Enterro do Lobo Branco’ (192 páginas – finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2018) e ‘A Casa das Aranhas’ (216 páginas – semifinalista do Prêmio Oceanos 2020). Acesse saiba mais

SAMPAMOR >>> Editora Lavra lançou o livro ‘Sampamor – Garimpeiro de causos na selva da cidade’, de Arnaldo Bispo do Rosário (com 128 páginas ao preço de R$25

EDMAR SILVA >>>São Paulo em Preto e Branco‘ é o livro de poesia visual em que o multiartista Edmar Silva apresenta artes produzidas desde 2018, formando um pequeno manual que retrata a cidade de SP. Com capa de Rauni Vilasboas, o pdf do livro pode ser baixado gratuitamente

HEROÍNAS NEGRAS BRASILEIRAS – de Jarid Arraes >>> Coletânea resgata – e celebra – a memória de quinze mulheres negras que marcaram nossa história, em formato de cordel

CACÁ MENDES >>> Manifesto do Fim do Mundo é o livro de poemas lançado pelo multiartista da dupla Os Conversadores. Pela Desconcertos Editora (adquira aqui)

SONG BOOK SACHA 70 >>> Livro traz letras e harmonias cifradas das músicas de Sacha Arcanjo, um dos grandes artistas que conheci em minhas andanças pela ZL (ouça seu cd ‘Feito Bicho‘). O songbook custa R$35 (mais frete de R$10) e pode ser adquirido no inbox das Edições Archangelus ou com Luka Magalhães (9.9861-9450). Eu já estou com o meu… Tô louco pra sair tocando Sacha por aí. ‘Chão Americano‘ vai ser a primeirona, claro!

ROGERIO BRITO CORREIA >>> Novo livro do poeta “Lanço a Lança no Tempo, imorredouro”, pela Edições Archangelus (os interessados, mandem mensagem por inbox ao autor)

‘MALANGUE MALANGA – 30 poemas para ler no exílio’ >>> De Wilson Alves Bezerra, pela Iluminuras. Assista a live de lançamento (com participação do poeta Eduardo Jorge) e clique para saber mais e adquirir o livro. Ouça um dos textos na voz de Natália Barros

NECROMANCIA TROPICAL >>> Livro de Wilson Alves Bezerra está disponível no site da editora Douda Correria. Na live de lançamento, teve declamação de poemas e bate-papo entre Luis Maffei, Maria João Cantinho e o autor (veja como foi), que já lançou Histórias zoófilas e outras atrocidades (EDUFSCar / Oitava Rima, 2013), Vertigens (Iluminuras, 2015) e O Pau do Brasil (Urutau, 2016)

GRACIELA MAGNONI >>> Grande fotógrafa, Graciela Magnoni lançou o livro ‘Watan‘, com uma seleção de seus cliques peculiares. Encomende no site da Setanta Books, do Reino Unido

O AMANHÃ FOI UM DIA SEM PRECEDENTES >>> Virou livro o trabalho desenvolvido durante 100 dias consecutivos pelos atores e dramaturgos Wander B e Elenice Zerneri que alternaram escrita e performance postando no Youtube 100 vídeos (50 textos de cada um, para 50 performances do outro). Saiba mais e adquira o livro aqui

LUIZA SILVA OLIVEIRA >>> Premiado no programa ‘Eu faço cultura’, ‘Meu canto de amor é um gemido de blues‘, novo livro da poeta Luiza Silva Oliveira, ‘desbrava as instâncias poéticas do feminino’. A obra, editada em formato bilíngue pela Editora Unilivreira, foi apresentada na Feira Internacional do Livro de Havana, em 2020. Luiza, participante ativa dos saraus e diversos eventos literários da cidade, é também atriz, bailarina e socióloga. Escreveu ‘Afetos Transgressores‘ (em 2011) e ‘Da menina que matou seus bichos’ (em 2017)

ALAGOAS AZUL >>> Romance de estreia de Bruno Coelho, vencedor do Prêmio Caio Fernando Abreu, está à venda na loja virtual da Editora Reformatório. Catástrofe ambiental, acidente de avião, um homem às vésperas de ser pai embarcando numa viagem de carro de Salvador a Recife, para encontrar uma sobrevivente dessas tragédias: Alagoas, a travesti que o arremessa de volta ao passado e que faz com que ele tenha que passar em revista toda a sua vida

A NOVA POESIA DAS REDES SOCIAIS – Antologia organizada pelo poeta José Couto. ‘Poesia de ouro: 104 poemas garimpados nas redes sociais’ (vários autores). Pela Editora Penalux (saiba mais e adquira aqui)

O LIVRO DO TOM >>> Já está disponível para pré-venda o livro Anjos Bailam, do poeta e ativista cultural Tom Kbélo, pela Carpe Librum Editora, com bela capa de Amanda Barros Velloso e preço promocional de R$30 (com frete grátis para todo o Brasil). Para adquirir, acesse o link

A FÉ QUE PERDI NOS CÃES >>> Editora Reformatório lançou ‘A Fé que Perdi nos Cães’, de Marcelo Mirisola. Saiba mais e adquira o livro

JOSÉ VICENTE DE LIMA >>> Poeta lançou o livro ‘A(po)ética’, pela Editora Lavra. Clique para adquirir e saber mais

RISCA FACA >>> Novo livro do poeta Ademir Assunção. Adquira com preço promocional e dedicatória do autor pelo site da Demônio Negro

HAMILTON FARIA >>> O poeta lançou o livro ‘brevETERNO‘, com 117 poemas escritos durante a pandemia. Tem poema de abertura escrito por Ailton Krenak, prefácio de Bené Fonteles, design visual de Marilda Donatelli, capa e ilustrações de Marcelo Bicalho

‘TODOS OS OLHOS EM MIM’ >>> Lançado recentemente pela Quintal, ‘Todos os olhos em mim: a presença do racismo nas relações inter-raciais‘, escrito pela jornalista, escritora e pesquisadora Aline de Campos, apresenta experiências de pessoas negras que enfrentam os efeitos do racismo nos relacionamentos amorosos e sociais. Invisibilidade, autoestima, solidão e autoidentificação são algumas das questões abordadas. Saiba mais

A REBELIÃO DO AMOR >>> Livro de poemas do cantador e compositor Mauri de Noronha, pela Lavra Editora, com ilustração de capa feito pelo artista plástico Rodrigo Martins. À venda por R$30 (adquira aqui)

MARX >>>Karl Marx: uma biografia‘, de José Paulo Netto, lançado pela Boitempo em dezembro passado, teve sua primeira edição (de 6 mil exemplares) esgotada. Ao blog da editora, o autor afirmou: “o interesse e a simpatia com que o livro foi recebido decorrem da relevância contemporânea da obra de Marx. Não me surpreende a informação de que a maioria dos seus leitores seja constituída de jovens universitários e militantes de movimentos sociais. Na pandemia, a ordem capitalista desvestiu todas as suas fantasias – e, num país como o nosso, que tem um mentecapto à frente do poder executivo operando descaradamente a necropolítica do capital, é compreensível o interesse dos jovens pela vida e pela obra do homem que foi o primeiro a examinar com rigor, entre outras, as raízes da desigualdade social”. Saiba mais

OS LIVROS DO VLADO LIMA >>> O poeta e agitador cultural Vlado Lima já publicou ‘Sabe de Nada, Inocente!‘, ‘Como Suportar Jabs no Baço e Encarar Nocautes‘ e ‘Pop Para-Choque‘, além de criar e apresentar o Sarau Sopa de Letrinhas, há mais de 18 anos. Vlado, também cantor e compositor, é um dos fundadores do famoso Clube Caiubi. Ele tem postado no zap e no Facebook alguns textos que farão parte de seu próximo livro, em elaboração (veja aqui)

DISCURSO SOBRE A METÁSTASE >>> André Sant’Anna lança coletânea de escritos em que retrata ‘a loucura e a tragédia da realidade brasileira’. Saiba mais e adquira aqui

‘HISTÓRIAS DO JARDIM BOTÂNICO – um recanto proletário na zona sul carioca’. Esse é o título do novo livro da historiadora e pesquisadora Luciene Carris. A obra, editada pela Telha, perpassa a história do bairro entre os séculos XIX e XX. Hoje conhecido por suas mansões e restaurantes chiques, o Jardim Botânico já abrigou imigrantes que trabalhavam em fábrica criada por Dom João VI em 1808. Saiba mais e adquira o livro aqui

    

OSWHALDO ROSA >>> Poeta apresenta seu primeiro romance, ‘Ilha de Mar Nenhum‘, disponível para pré-venda na Editora Crystal Books. Capa de Elifas Andreato. Acesse, leia a sinopse e adquira o livro. O poeta Oswhaldo Rosa é autor de ‘Ácido Paulistânico’, ‘Amornauta’ e ‘O céu é vertical’. Lançou livro duplo (dois em um) com a ‘A Bomba que Falta’ (contos) e ‘O Domador de Cometas’ (poesia). Letrista, é parceiro de Susie Mathias (no cd ‘Canção das Moças‘), de Paulo Barroso (no cd ‘As Marés’) e de Joca Freire (no samba ‘Alerta Geral‘)

BRÁULIO TAVARES >>> A Bandeirola, da editora Sandra Abrano (autora de ‘Vestígios: Mortes Nem Um Pouco Naturais‘), relançou as coletâneas ‘A Espinha Dorsal da Memória‘ (ficção científica) e ‘Mundo Fantasmo‘, de Bráulio Tavares. As novas edições contam com uma hq, um cordel e poemas postais de Bráulio, que além de escritor, é poeta, compositor e dramaturgo premiado (no link, à época da campanha de financiamento, ele fala dos livros)

RUBENS JARDIM E ‘AS MULHERES POETAS’ >>> Os três volumes de ‘As Mulheres Poetas na Literatura Brasileira’ (com mais de 440 escritoras), brilhante trabalho de pesquisa e resgate da poesia feminina nacional realizado durante seis anos por Rubens Jardim, que já estão disponíveis na net (acesse aqui), também viraram livros físicos.

A versão impressa do livro ‘As Mulheres Poetas na Literatura Brasileira‘ apresenta 328 poetas de todos os tempos, estados e estilos. Desde Ângela do Amaral Rangel, nascida em 1725, a Laura Navarro, nascida em 2001. O livro sai com 352 páginas, pela Arribaçã Editora, com textos de apresentação de Maria Valéria Rezende, Wanda Monteiro e Mirian de Carvalho. Adquira aqui

>>> RUBÃO & PESSOA >>> O poeta Rubens Jardim disponibiliza o link do livro que escreveu “em gratidão” a Fernando Pessoa, pelos “assombros, revelações, arrebatamentos, suspiros e transfigurações”. Aqui o link

>>> A POESIA NOS ANOS 60 >>> O poeta Rubens Jardim está concluindo mais um trabalho de pesquisa. É ele quem escreve: ‘procurei reunir os diversos movimentos e as variadas vozes presentes na poesia da década de 60. Esse trabalho, iniciado nos anos 60, estava datilografado em várias laudas e meio que perdido. Reencontrá-lo despertou meu ânimo e interesse em ajustá-lo e adequá-lo ao tempos de hoje”. Assim que ficar pronto, o poeta vai disponibilizar os textos, gratuitamente, na plataforma ISSUU, onde já estão outros de seus trabalhos (veja aqui)

3 E-BOOKS >>> Editora Serra Azul publica versões e-book de ‘Canções de Frágil Alvenaria‘, de Edson Tobinaga, ‘Crônicas de Segunda‘, de Cacá Mendes e ‘Trilogia São Paulo‘ de Carlos Ildefonso (o Cá Berto), disponíveis no site

‘OS ANÉIS DE MARIA’ >>> Escritora Lenita Estrela de Sá lançou o romance ‘Os anéis de Maria’, com prefácio de Daniel Zanella e apresentação escrita por Maria Valéria Rezende. Pela editora Penalux

3 LANÇAMENTOS >>> Baleira e a Família Perdida (do escritor Luiz Eudes ilustrada com aquarelas de Yanna Líllian), Olhares (de Tamires Aparecida, com poemas politizados sobre a periferia abandonada de São Paulo) e Somando Vozes Pretas (de Lucas Almeida), estão disponíveis no site da Editora Essencial

SÉRGIO DE CASTRO PINTO >>> Além de participar de várias antologias (como ‘Os Cem Melhores Poetas Brasileiros do Século‘ e ‘Sincretismo: a Poesia da Geração de 60‘), publicou os livros de ensaio ‘Longe, Daqui, Aqui Mesmo: a poética de Mário Quintana‘ e ‘A Casa e Seus Arredores‘ e vários de poesia: Gestos lúcidos (1967), A ilha na ostra (1970), Domicílio em trânsito e outros poemas (1983), O cerco da memória (1993), A quatro mãos (1996) e Zôo imaginário (2005). Sérgio leciona literatura brasileira na Universidade Federal da Paraíba onde defendeu dissertação de mestrado sobre Manuel Bandeira e tese de doutoramento sobre Mario Quintana. Em ‘Folha Corrida‘ reúne sua obra poética (clique para saber mais e adquirir o livro)

BONDELÊ >>> Canal no Facebook e no YouTube sugere livros e entrevista escritoras brasileiras contemporâneas. Num dos vídeos, a apresentadora Mariana Mendes conversa com Adriane Garcia sobre seu livro Eva-proto-poeta

>>> EVA-PROTO-POETA >>> Conheci a escritora mineira Adriane Garcia através de Akira Yamasaki,  num Sarau da Casa Amarela, em São Miguel. Desde então, acompanho seus ótimos poemas pelo Facebook e Instagram (entre também em seu site). “Eu vim do mundo dos excluídos – por classe social e gênero – e sou uma mulher que abomina a exclusão”, afirmou ela numa entrevista a João Gomes, na revista Mirada. Ela lançou ‘Eva-proto-poeta‘, livro de poemas que celebra a voz das mulheres sob o ponto de vista bíblico (para adquiri-lo, clique aqui)

CUÁHEU >>> O escritor Paulo D’Auria lançou o livro, ‘Cuáheu, ontem-amanhã‘, pela Desconcertos Editora (adquira aqui). O romance é uma releitura da nossa história, mas ao invés de os europeus chegarem às Américas, são os povos nativos americanos que invadem a Europa. Nesse vídeo, o autor falou em detalhes sobre o texto

SARAU DAS PRETAS >>> Elizandra Souza, escritora do coletivo, postou dicas de 5 livros que têm a maternidade como tema: “uma mulher após a maternidade continua sendo um indivíduo, que tem profissão, sonhos, dores, desejos. Mãe não é só mãe. Mãe é gente. Leiam e compartilhem as escritas de mães pretas”:
Olhos d’água – Conceição Evaristo – 2014
Cartas para minha mãe – Teresa Cárdenas – 2010
Mamãe & eu & mamãe – Maya Angelou – 2018
Poesias pós parto – Priscila Obaci – 2020
A autobiografia da minha mãe – Jamaica Kincaid – 2020

VANESSA ALVES >>> Escritora, poeta e atriz, Vanessa Alves é autora, desde 2017, do projeto erótico ‘Sem Tarja‘, onde disponibiliza fotos, vídeos e contos eróticos pelo Instagram. Lançou em 2019 o seu primeiro livro de prosas poéticas, ‘Peguei meu coração e comi‘, pela editora Patuá. Atualmente trabalha no segundo, de contos e crônicas eróticas

MITOS E LENDAS – O amor no folclore brasileiro >>> Combinando a beleza dos poemas de Adriana Aneli com a das ilustrações de Cristina Arruda, livro leva à viagem pelos quatro cantos do país. Saiba mais

NEBULOSA >>> Livro de André Cáceres está disponível para pré-venda na loja da Editora Patuá. Em ‘Nebulosa’, assim como no Brasil de 2021, a ciência é uma seita marginalizada, perseguida e em risco de extinção. Escritor, crítico e jornalista, André é autor do romance distópico Cela 108 (Multifoco, 2015) e coautor do livro-reportagem Corações de Asfalto (Patuá, 2018)

ENCONTROS & ENCANTOS >>> Álbum/livro/cd, com 14 músicas, um projeto lítero-musical, realizado pela A Cigarra Edições, com poemas de Jurema Barreto de Souza e Zhô Bertholini (editores da Revista A Cigarra), musicados por Edu Guerra e Rui Ferreira. Participaram Adolar Marin, André Bedurê, Bebê Góes, Denise Coelho, Fernando Cavallieri, Giselle Maria, Kleber Albuquerque, Marcos Mamuth e Tata Alves, entre outros. O lançamento foi virtual e algumas músicas, em 4 episódios, se encontram no Canal SESC Santo André para apreciação. Aqui o link para vendas em parceria com a Alpharrabio

TEUS OLHOS RÍMEL COM POESIA >>> Antologia da Revista Mirada tem textos de Lisa Alves, Cinthia Kriemler, Adriane Garcia e mais 30 poetas. Além do e-book, foram produzidos oito videopoemas. Saiba mais aqui

CLAUDINEI VIEIRA >>> Escritor (e editor da Desconcertos) lançou ‘O Segredo de Capitu e o Racismo de Forrest Gump’, reunião revista e atualizada de artigos, resenhas, pequenos ensaios, crônicas e comentários sobre os mais variados assuntos (ciência, filosofia, política, comportamento, artes e entretenimento) escritos pelo autor para blogs, sites, portais e revistas eletrônicas. Saiba mais

Claudinei já publicou o livro de contos ‘Desconcerto’ (2008 – selo Demônio Negro) e os de poesia ‘Yurei, Caberê’ (2015, Editora Patuá), ‘Olá, Pequeno Monstro do Dia’ (2016, Editora Benfazeja) e ‘Yliê-Samê – Como estiletes para riscar brumas’ (Scenarium Livros Artesanais, 2017), além de participar de diversas antologias de contos e poesia.

A POESIA DE DJAMI SEZOSTRE >>> O Pássaro Zero é o mais recente livro do poeta performático Djami Sezostre, lançado pela Editora Urutau (saiba mais aqui) com prefácio de Ademir Demarchi e posfácio de Loretta Emiri (recomendo a leitura dos dois, brilhantes na tentativa de elucidar o intraduzível e preparar o leitor para o fluxo contínuo do jorro poético que há de vir). Sou muito fã deste genial escritor e de sua originalidade gráfica e verbal. Seus fonemas voam, seus experimentos são audíveis, seus poemas não cabem no papel (o que o levou a criar a ‘Poesia Biossonora’ e a ‘Ecoperformance’)

ZÉ SARMENTO >>> Décimo segundo livro do escritor, ‘Os Miseráveis da Seca’ tem como tema ‘a fome, a seca, a virulência, a migração do sertanejo para os grandes centros, por todo século 20’. Lançamento, pela Editora FiloCzar, completa a tetralogia do autor sobre bairros ocupados e desenvolvidos por nordestinos em São Paulo, como Bixiga, Paraisópolis e Jardim Ângela. Adquira direto com o autor ou no site da editora

MANOGON >>> Escritor fez lançamento virtual de seu livro ‘Dentes moles não mastigam pedras’, pela Lavra Editora. No vídeo, a dramatização de um dos poemas. O livro custa R$ 35 (compre aqui)

CARLOS MOURA >>> O livro ‘Pandêmico, mas Feliz’, um registro poético escrito por Carlos Moura durante a pandemia, está à venda por R$25 até 26 de junho. Colabore com a campanha

MARIANA FELIX >>> Todos os livros da escritora (‘Vício’, ‘Mania’, ‘Abstinência’ e ‘Sexo, drogas e outros amores’) estão disponíveis para compra no site (com frete grátis e dedicatória)

VALDIR ROCHA >>> Sequência de ‘Quintus’ e ‘Catarse’, também com desenhos feitos durante a pandemia de 2020 e 2021, ‘Perguntário’ é o novo livro do artista. São 232 desenhos, feitos nos primeiros meses de 2021, reproduzidos em 240 páginas no formato 26,5 x 25,0 cm, com capa dura. Nos próximos dias estará disponível no site. Ao todo, são 696 desenhos nos três livros. Saiba mais sobre o artista

‘NOMEAR PARA COMBATER’ >>>  – Livro da ativista feminista Nicole Aun foi a maneira que ela encontrou “para tentar alterar o meu modo de estar no mundo; nomear me ajuda a compreender o que está por trás do que foi normatizado ou chamado de natural. Esse livro é uma tentativa de colocar no papel o que consegui nomear até aqui, quem sabe ele encurte alguns caminhos e amplie outros! É o que eu espero”. Saiba mais aqui

CANDINHO >>> O livro ‘O Poeta Militante’ resgata a história do militante comunista e poeta de cordel Cândido Antonio dos Santos, o popular Candinho, da ZN. Escrito pelo jornalista João Teixeira, inclui a tese de doutorado de Gilvan Matias (que conheceu e entrevistou Candinho), depoimentos, ilustrações, fotos e bela produção gráfica de Genivaldo Matias. Os interessados em adquiri-lo devem entrar em contato pelo email geni.matias2@gmail.com ou por inbox, no Facebook

POETAS BÊBADXS >>> Desconcertos lança ‘Antologia Simpósio de Poetas Bêbadxs‘, originada a partir de sarau homônimo online. Participação de Andri Carvão, Thiago Medeiros, Noélia Ribeiro, Fabiano Fernandes Garcez, Carvalho Junior, Fernanda de Paula, Sergio Rocha, Daniela Pace Devisate, Ingrid Morandian, Claudinei Vieira, Deborah Dornellas, Danihell TW, Helena Arruda, Adri Aleixo, Michele Alves, Fernanda Noal, Rogério Brito Correia e Pedro Tostes, entre outros

ZÉ DE RIBA >>> é um contador de histórias, nos livros e na música. Compositor, cantor, ator e escritor, este maranhense radicado em São Paulo lançou ‘A História de Biliu e Mademoiselle Mort‘, livro em que questiona a morte e a paixão com muito humor. Saiba mais no site

RICARDO KELMER >>> O escritor e multiartista cearense lançou ‘Viajando na Maionese Astral‘ (saiba mais aqui): ‘em suas exóticas memórias, um escritor reflete sobre a relação com o feminino, o xamanismo, a filosofia taoista, a psicologia junguiana e a militância antifascista’

GERAES >>> O romance do escritor Daniel Guaccaluz já está disponível para venda no site da Lavra Editora

CARLOS ANDRÉ >>> Poeta lançou Mínima Lâmina, pela Editora Córrego. Compre com o autor, por inbox, ou no site da editora

‘TERRA DOS PAPAGAIOS’ >>> Livro coletivo em que os poetas Andri Carvão, Felipe Nascimento, Matheus Felipo, Lucas Grosso e Ana Lu Santos não assinam seus textos. O resultado é um ‘livro neo-tropicalista em tempos de fim das utopias’. Pela Penalux, com texto de apresentação de Divanize Carbonieri e ilustração de capa por Maya Monstra

>>> ANDRI CARVÃO >>> Já está disponível para venda o sexto livro do escritor, ‘Dança do fogo dança da chuva‘, publicado pela editora Penalux (R$45, com frete)

ROSANA BANHAROLI >>> A poeta, contista e letrista, autora de ‘Espasmos na Rotina‘ (Patuá), ‘Ventos de Chuva‘ (Scortecci) e ‘3h30 ou quase isso‘ (e-book Amazon), lança seu primeiro livro infantil, ‘Cesar, o menino superincrível‘ (Editora Jogo de Palavras). Recomendado para crianças de 5 a 9 anos, com lindas ilustrações de Beatriz Vieira, o texto de Rosana Banharoli é um verdadeiro elogio à imaginação das crianças e dos artistas. Cesar – ao lado de seu fiel companheiro, o ursinho de pelúcia Luís – descobre uma passagem secreta que o leva ao mundo mágico onde as narrativas são criadas. É lá que ele se transforma num menino superincrível. Para saber mais, acesse o link e adquira o livro

BORA PROSEAR UM POUCO? >>> A jovem e talentosa cantora e compositora Karoline da Silva, também conhecida por Karolzinha, lançou um livro que, para além de refletir sobre a ‘luta diária de ser mulher’, procura, acima de tudo, ser ‘um bom amigo’. São conversas no café, no bar, no ponto de ônibus e na sala de estar, histórias partilhadas por amigas ou desconhecidas, para amar e revolucionar. Pela Editora Letramento (adquira aqui)

TRÊS TIGRES TRISTES >>> ‘Entrevista’, ‘A morte da margarida’ e ‘Era uma vez… era duas vezes…’, três contos da ensaísta e poeta Divina de Jesus Scarpim, com ilustrações de Maitê Andorra

>>> FEMININADA >>> Editora Essencial lançou também outro livro de contos de Divina de Jesus Scarpim. Nele a escritora aborda o universo feminino, com foco em personagens que sofrem abusos e buscam soluções em suas relações violentas. Acesse saiba mais

MAHLUNGO >>> Cantor, compositor e poeta, Carlos Mahlungo lançou ‘Meu Pensar’, pela Desconcertos Editora

 

.

… … …

MARIELLE

… … ...

Eu já sabia, né? Tava na cara. Eu repito esse texto há três anos e meio e vou continuar repetindo enquanto este blog existir. É meu compromisso em defesa da democracia e da liberdade, ambas ameaçadas pela impunidade de assassinos ou pela omissão das autoridades. Se temos dois suspeitos presos (a quem ninguém entrevistou, confrontou, nem perguntou os motivos do crime) ainda falta saber quem mandou matar Marielle. Três anos e meio depois, Marielle continua sendo baleada, morrendo todas as noites e renascendo a cada manhã. Porque pessoas íntegras como ela não morrem jamais. Se eternizam e viram exemplo de luta. Nós, brasileiros democratas, estamos aqui, de braços dados com Marielle, esperando que a justiça seja feita. Os assassinos talvez tenham a proteção momentânea de organizações ou de eventuais autoridades fascistas. E podem ameaçar os democratas (como fizeram com Freixo, Marcia Tiburi, Jean Wyllis…) ou mirar e atirar em nossas altivas cabeças. E até nos matar, um a um (‘matar uns 30 mil’, como disse o atual presidente durante sua campanha, sem ser punido nem ter sua candidatura impugnada). Só não poderão evitar que Marielle renasça mais forte, todos os dias, no corpo e na mente de cada menina guerreira da cidade do Rio de Janeiro. Marielle presente.

MARIELLE 2 >>> No dia 14 de março de 2018 a vereadora Marielle Franco, aos 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e após voltar de um evento com jovens negras, foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Desde então, protestos contra o bárbaro crime se repetem em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Três anos depois, este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos e mandantes. As balas que a mataram atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

 

… … …

Fique ligado em minha página no Facebook, onde divulgo, diariamente, as lives e textos deste blog, além de outras inserções. E, anote: toda quinta-feira (ou sexta) tem post novo. Até lá!

…  … …