Sarau, luau e o escambau

Sarau, luau e o escambau

Produção artística que vive à margem da indústria cultural

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tem Betto Ponciano no Armazém, Circuito de Viola no Instituto Juca e o Grupo Tarumã no Bar Brahma

Por Arnaldo Afonso

   

Enquanto novos políticos velhos (camuflados de modernos no diário do zap zap idiotizado) blasfemam e tentam reescrever a história com suas ridículas letras mortas e mentirosas, enquanto as (ma)lufadas do bafo de múmia de bolsonários e dórios cortam recursos do orçamento, da previdência, da saúde e da cultura, os artistas têm feito movimento e ocupado o asfalto, o pavimento, ampliado o espaço, juntado gente pra ouvir falar discutir e formar opinião em meio a rodas de poesia, teatro e violão. Cabeças pensando presentes pra algum possível futuro, matutando assuntos interessantes, gente muito importante que não paga jabá que não passa nas ondas viciadas das negociatas do rádio e da televisão. Sarau vida real na secura das vielas e ruas, na amplidão do coração, juntando gente e indo em frente, na contramão dos ideários excludentes.

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h30 … Música no Armazém … Projeto traz o talentoso artista Betto Ponciano (cantor, compositor e violeiro) com os convidados Marcos Siqueira (viola) e Valmir Quinto (percussão). É na alameda Eduardo Prado, 499. Nos vídeos abaixo, Betto conta um pouco sobre sua trajetória numa entrevista à tevê Record e se apresenta no sarau Toca do Autor. Vai lá ver que o cara é bão!

E POR FALAR EM VIOLA>>>

DOMINGO – 7 de abril – 18h … Circuito Violada no Instituto Juca de Cultura … Nova temporada do Circuito Autoral da Viola tem apresentação da dupla Marcelo Viola & Ricardo, recebidos ao som dos ponteados do anfitrião Fábio Miranda. O IJC (instituto administrado pelo grande poeta e letrista Paulo Nunes) fica numa casa deliciosa perto da estação Sumaré do metrô, à rua Cristiano Viana, 1142. Ingressos a R$20 (em dinheiro)

… … …

QUARTA-FEIRA – 10 de abril – 21h … Talento MPB – Tarumã … Projeto do Bar Brahma traz o show da renomada banda conhecida pelos vocais harmoniosos e pelas canções estradeiras, representativas das várias regiões brasileiras. Participação dos cantores Gabriel de Almeida Prado e Zé Alexandre. Na avenida São João, 677 (na famosa esquina com a Ipiranga). Entrada R$20. Saiba mais sobre o grupo, assistindo à entrevista que eles deram ao grande crítico musical Zuza Homem de Mello:

O grupo Tarumã é formado por Carlos Moreno, Alê Moreno, Marcelo Barum e Daniel Pessoa. Em seus 26 anos de existência já dividiu o palco com grandes nomes da MPB: Zé Geraldo, Belchior, Tavito, Jorge Benjor, Dercio Marques, Boca Livre, Skank, Renato Teixeira, MPB4 e Luis Melodia, entre outros. Neste show eles apresentarão canções de ‘Histórias de cada canto’, primeiro disco, a ‘Palavriá’, o mais recente.

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 19h … 50º Sarau dos Conversadores … Nesta edição, o tradicional sarau apresenta Brisa Rodrigues (poesia), Cleusa Santo (poesia de cordel), Chêro da Poesia (grupo musical formado por Helen Torres, Sidney Kitagawa e Luiz Giadas), Gisele Verillo (poesia), Grazy Nazario (lançando o livro ‘Mulher Fora da Vitrine’), Maria da Conceição Tupinambá (poesia de Daniel Ilirian Carvalho) e a exposição dos lindos quadros da artista plástica Martha Zimbarg. Claro que ainda tem a apresentação musical e poética dos anfitriões da dupla Os Conversadores (Cacá Mendes e Edson Tobinaga), o sorteio de livros e cds de artistas participantes e o palco aberto pra quem chegar chegando. Cola lá: no Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauri, 8, na Vila Maria

 

… … …

MINHAS ANDANÇAS POR AÍ

… … …

COMPANHEIROS DO SOL >>> Estava de plantão no sábado, mas saí correndo a tempo de encontrar os amigos e participar do sarau promovido pelo cantador Birodylan no CarauariBar, na Vila Maria. Nessa edição do projeto, o menestrel Vidal França foi o convidado especial. Passaram por lá os cantores Aécio Oliveira, Thátha Luz, a dupla O Som da Estrada (Giliane Meireles e Valter Gusmão), o cantor e compositor Sebah de Assis (do grupo O Som do Bando) e a cantora Márcia de Carvalho, entre outros (como eu e o próprio Biro). Veja mais fotos de Roberto Candido (o fotógrafo oficial dos saraus). A noite foi tão bacana que Biro me disse que o sarau agora ‘pegou’ e será bimensal. É isso aí, amigo. É muito importante abrir espaços para os artistas alternativos.

MÚSICA E LITERATURA >>> Fui até a Mercearia São Pedro, na Vila Madalena, e curti uma noitada de talento em dose dupla: Marcelo Rubens Paiva lançou seu livro de contos e crônicas ‘O Homem Rídiculo‘ com show da superafiada banda Saco de Ratos (com Mário Bortolotto no vocal, Fabio Brum na guitarra, Fabio Pagotto no baixo e Rick Vecchione na bateria). Ainda teve pasteizinhos, heinekinhas, presença de alguns amigos legais e muita gente boa das artes e do jornalismo. Saí de lá felizão: pela sonzera, pelos encontros e pelo livro com o autógrafo do Marcelo, esse escritor que tanto admiro (por sua visão crítica e bem-humorada das relações humanas e por sua defesa intransigente dos valores democráticos). Aos jornais, ele disse que ‘atualizou’ vários trechos de seus textos antigos, pois é preciso, sim, estar em sintonia com o ‘politicamente correto’ (eu assino embaixo!). Ele, como cadeirante, disse que tem reinvindicações específicas que alteram a compreensão geral sobre os modos de vida no cotidiano. E não é? Cultura é ser capaz de se por no lugar do outro.

SACO DE RATOS >>> Pra terminar: a banda Saco de Ratos toca rocks e blues deliciosos, tem letras divertidas e certeiras, músicos excelentes e um vocalista que rosna, ri ou xinga quando a canção exige. Claro que o Mário Bortolotto é um baita dramaturgo e essa talvez seja a sua principal atividade. Mas, quando assisto sua banda, sempre penso: esses caras precisam fazer sucesso! Nós precisamos que eles façam sucesso. Que sejam tocados nas rádios. Não temos mais Raul, Cazuza nem Renato Russo. Tá em falta na canção brasileira algo semelhante ao espírito anárquico e ao deboche crítico que esses ídolos nos ofereceram. Nós (os loucos, inadaptados, independentes e marginais gerais da arte e do amor) precisamos que esse recado loki e antenado da banda chegue aos caretas de plantão (os do poder, os das ruas e os da internet) pra ver se ilumina um pouco as mentes retrógradas desse Brasil oficial que quer voltar à ditadura e às suas censuras várias (na arte, na política e no comportamento). A banda Saco de Ratos não pode ficar restrita à cena underground. Versos como “baby, a tristeza não faz mal a ninguém” são imprescindíveis diante da obrigatoriedade de alto astral que a xuxinização da cultura de massas nos impôs, dos anos 1990 pra cá. Desde moleque nos anos 1970, eu já achava aquele sorriso falso do Silvio Santos um saco (vá vender seu carnê do Baú da Felicidade em outra freguesia!). Pronto, falei.

ANOTA AÍ >>> Sarau da Maria, dia 13 de abril, no Clube Vila Maria. Com os músicos Cássio Figueiredo e Marcos Munrimbau, o escritor Luís Mendes, a performer Lúcia Cavalheiro, a artista plástica Martha Zimbarg e um pocket-show da dupla Ligia Regina & Eder Lima (além do lançamento do livro de poesias dela). Ainda tem palco aberto e a participação da tchurma de artistas da Vila Maria (Deise & João, Helen & Kita, eu e quem mais chegar). Na semana que vem eu conto mais. Só pra te atiçar, olha só que beleza esses quadros da Martha: vai lá ver de perto…

 

… … …

CAMPANHAS, LANÇAMENTOS
& OUTRO TOQUES LEGAIS 

… … …

EU, NO TRIBUNA AUTORAL >>> Projeto da TBL Comunicações, de Guarulhos, entrevista artistas e agentes culturais da cidade. Minha participação já está disponível no youtube (mas tem entrevistas superlegais de Akira Yamasaki, Vlado Lima, Rosinha Morais, Escobar Franelas, Marcy Santtos, Rogério Brito, Daniel Golinelli, Cláudia Luz, Marcos Munrimbau e Filipe Fritos, entre outros). Eu agradeço ao Wolf do Vale pela lembrança e pela oportunidade de contar alguns detalhes da minha trajetória

ATÉ 20 DE MAIO … Campanha de Financiamento ... Opará é o nome do segundo álbum da cantora Héloa. A produção é de Zé Nigro e o disco tem participação de Seu Mateus Aleluia, Fabiana Cozza, Mestrinho, Tribo Kariri-Xocó e o grupo Mulheres Livres (Coral formado dentro do Carandiru e composto por mulheres Sul Africanas e Malaias, em um projeto de ressocialização para mulheres no cárcere por meio da música). Acesse aqui para contribuir e saber mais sobre as recompensas

BAILÃO DO SANTO >>> A Santo de Casa Band está promovendo seus bailões por todo o Estado. É composta de 4 músicos e o repertório dançante formado apenas por obras autorais de artistas da Baixada Santista. Para contratar a banda, fale com o Rogério Baraquet (voz, violão e idealizador do projeto) ou saiba mais aqui

ATÉ 9 DE JUNHO – LUCIANO COSSINA >>> Campanha visa custear o processo de gravação, mixagem e masterização de seu primeiro disco autoral. Cantor e compositor, Luciano tem parcerias com Celso Sim, Zé Leônidas e Grupo João de Barro. É também violonista do Bloco Carnavalesco “Tarado ni você”, que homenageia Caetano Veloso. Nas gravações, é acompanhado por Ed Woiski (bandolim, guitarras elétrica e baiana), Kiko Woiski, (baixo), Cauê Silva, Guiagusto Pacheco e Gabriel Draetta (percussão), coprodução de Léo Mendes e com os convidados Chico Saraiva e Flavio Tris, entre outros. Acesse, colabore e saiba mais aqui  

PRÉ-VENDA DO CD ‘CANTOS À BEIRA-MAR” >>> A compositora paraibana Socorro Lira prepara Cantos à Beira-Mar, com dez composições sobre poemas da maranhense Maria Firmina dos Reis. Reserve o seu aqui e participe da próxima audição 

ASTRONAUTA (clique aqui para ouvir) >>> Já está disponível em todas as plataformas digitais o segundo single de “Nas Esquinas do Coração”, quarto álbum do cantor e compositor pernambucano Ortinho (parceiro de Chico Science, Arnaldo Antunes, Marcelo Jeneci e Zeca Baleiro, entre outros craques). A música ‘Astronauta‘  tem  participação de Marcelo Monteiro, Jorge Dupeixe e Pupilo. O cd vai ser lançado em abril. A primeira faixa foi ‘Um Samba‘. A bela arte da capa é de Flavio Emanuel

AULAS DE TEATRO NA CHARADA >>> O Centro Cultural Charada, point de resistência de artistas da ZL, abriu inscrições aos interessados em participar de seu curso de teatro. O preço é de R$60. Serão dois meses de aula e um mês de preparação do grupo para uma apresentação teatral. Tratar com o professor Rafael Cirilo. No local também serão dadas aulas de guitarra, baixo, violão, bateria e saxofone. Mais informações aqui ou à rua José Antônio Fontes, 62, quase esquina da av. Sapopemba

CAMPANHA DE FINANCIAMENTO DO CD DA DUPLA ‘PÊ ÉFE’ >>>Primeiro disco da dupla Pê Éfe, formada pela cantora Filó Silva e pelo violonista, cantor e compositor Pedro Milanesi terá canções de Pedro e duas inéditas de Luhli, famosa cantora e compositora (falecida no ano passado) autora de “O Vira”, “Fala” e “Bandoleiro”, sucessos na voz de Ney Matogrosso. A dupla fará shows de divulgação da campanha, mas você já pode acessar esse link e saber detalhes do projeto, como contribuir, quais os valores e as recompensas correspondentes

 

… … …

E ESSE (DES)GOVERNO, HEIN?

… … …

Eu não queria que o título acima virasse uma seção semanal, mas já virou. O presidente, seus ministros e sua base aliada não param de me dar munição (mas eu sou pelo desarmamento, presidente!). Assunto não falta: Bolsonaro e o chanceler Ernesto Araujo, em mais uma tentativa fascista de reescrever a história, afirmaram que ‘o nazismo é de esquerda’. Os historiadores israelenses ficaram estupefatos: “não compreendemos o que essa gente está falando“. Não seria necessário, mas esse (des)governo provoca isso: nós temos que responder às idiotices e mentiras que ele propaga. Então, publico a opinião de três especialistas:

Falar que o nazismo é um fenômeno de esquerda é uma fraude intelectual e uma releitura completamente equivocada da história. É como se fosse negar o fato histórico que aconteceu na Alemanha nos anos 1930 e 1940. Esse é o primeiro ponto. O segundo é que o nazismo se justifica como a oposição mais vigorosa ao socialismo, à esquerda, ao comunismo. […] No caso da política externa, isso é extremamente perigoso porque mostra ao mundo uma visão radicalmente sectária no Brasil, o que não é bom para o país” (Antonio Barbosa, historiador da Universidade de Brasília (UnB).

O ministro tem que reler os livros de história. Dizer que o nazismo e o fascismo são de esquerda é um absurdo” (Ruth Bem-Ghiat, historiadora especializada em fascismo e autoritarismo pela universidade NYU, de Nova York (EUA).

É uma besteira completa dizer que o fascismo e o nazismo são movimentos da esquerda. Isso não é fundamentado, é um erro, é simplesmente uma besteira” (Georg Witschel, embaixador da Alemanha no Brasil).

E o Ministro da Economia, hein? Paulo Guedes acha que ‘fez favor’ em visitar a CCJ para esclarecer pontos de sua ‘Reforma da Previdência’. Assim como parece nos fazer o enorme favor de ser ministro. Por mim, tá liberado, Guedes, pode vazar. Após ouvir crítica de que era ‘tchtchuca com os privilegiados e tigrão com os pobres‘, acabou dando piti e respondeu naquele nível rasteiro que é a marca do atual (des)governo (e de seus seguidores). “É a mãe, é a avó!”. Descontrolados e sem cintura para o jogo democrático, sabemos bem que todos ele são: Bolsonaro, Moro, Doria, Guedes, Velez, Araujo… Poderia incluir Mourão, mas o general tem fechado o bico, prudentemente. Talvez almeje algo mais que a cadeira de vice. Será? Por falar nisso, por que será que Guedes não teve o respaldo da base aliada durante as cinco horas de questionamento. Depois, pelas redes sociais, Bolsonarinho (o garoto!), como sempre, acusou a esquerda (sei lá de que). Por que a líder do governo Joice Hasselmann não apareceu e por que o PSL não encarou a briga pela tão ‘necessária Reforma’? Medo de defender medidas que só prejudicam os pobres? Ou já há algo de muito podre no reino do Planalto? Ouço sons de fritura… Pobre Brasil que já suporta três meses de desencontros, trapalhadas, recuos e declarações sem pé nem cabeça. Até quando vai isso?

E eu ainda ia falar de outras mazelas: dos cortes do governo Doria no orçamento da Cultura, dos cortes do Covinhas na Saúde (31 de 58 bases do Samu), da divulgação do vídeo pró-ditadura de 64 divulgado pelo Planalto e pelo Bolsonarinho (o garoto!) e da besteira do presidente sobre o IBGE. Enfim… desastres a nível municipal, estadual e federal. É esse o ‘novo Brasil’ que saltou das urnas a reboque do ‘capitão’. O velho e conhecido Brasilzão da exploração de trabalhadores e do centenário pouco caso com a população. Estamos de novo ouvindo aquelas antigas conversas delfinianas: ‘o bolo tem que crescer pra depois ser dividido’. Sei… Nessa festança onde banqueiros e empresários se refestelam, ao povo trabalhador sempre cabem apenas as migalhas. Suor, cansaço e migalhas.

 

… … …

MARIELLE PRESENTE!

… … …

Faz mais de um ano que eu repito esse texto. E vou continuar repetindo enquanto este blog existir. É meu compromisso em defesa da democracia e da liberdade, ambas ameaçadas pela impunidade de assassinos  ou pela omissão das autoridades. Há um ano repito o texto que eu já sabia que ia repetir. Se temos dois suspeitos presos (a quem ninguém entrevistou, confrontou, nem perguntou os motivos) ainda falta saber quem mandou matar Marielle. Um ano depois, Marielle continua sendo baleada, morrendo todas as noites e renascendo a cada manhã. Porque pessoas íntegras como Marielle não morrem jamais. Se eternizam e viram exemplo de luta. Nós, brasileiros democratas, estamos aqui, de braços dados com ela, esperando que a justiça seja feita. Os assassinos talvez tenham a proteção momentânea de organizações ou de eventuais autoridades fascistas. Podem ameaçar Marcia Tiburi e Jean Wyllis. Podem mirar nas nossas cabeças. E até nos matar, um a um (‘matar uns 30 mil’, como disse o atual presidente, sem ser punido nem ter sua candidatura impugnada). Só não poderão evitar que Marielle renasça mais forte, todos os dias, no corpo e na mente de cada menina guerreira da cidade do Rio de Janeiro. Marielle presente.

No dia 14 de março de 2018 a vereadora, de 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e voltava de um evento com jovens negras quando foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Desde então, protestos contra o bárbaro crime se repetem diariamente em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos e mandantes. As balas que a mataram atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar assim? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Aqui as sugestões de programação para esta semana. Acompanhe também as opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!   

… … …

QUINTA-FEIRA – 4 de abril – 19h … Projeto Balaio dos Retirantes. Músicos alagoanos se apresentam no “Quinta dos Infernos”, à rua Coronel José Eusébio, 109

… … …

QUINTA-FEIRA – 4 de abril – 20h30 … Giovanni Iasi e Luísa Lacerda no Bona, à rua Álvaro Anes, 43

… … …

QUINTA-FEIRA – 4 de abril – 21h … Seis Graus de Etarismo … Espetáculo faz reflexões sobre a relação entre pessoas de diversas faixas etárias. Nos Parlapatões, à praça Roosevelt, 158

… … …

QUINTA-FEIRA – 4 de abril – 21h … Apresentação das cancões do álbum “Sonhos Líquidos” da banda ISSOO no Teatro Bruta Flor, à rua Augusta, 912

… … …

QUINTA-FEIRA – 4 de abril – 22h … Banda Rock Insane toca grunge, heavy metal e hard rock. No Manifesto Bar

… … …

QUINTA-FEIRA – 4 de abril – 23h … Festa Vitamina #11. Com os djs Brito Andrade, Irineu Bishop e Dubem. No Presidenta, à rua Augusta, 335

… … …

SEXTA-FEIRA e SÁBADO – 5 e 6 de abril – 11h … Exposição dos trabalhos de Regina Lopes Moreno, com presença da artista. No Eclipse Espaço Cultural, Bar e Café, à rua Astorga, 621, na ZL. A expo vai até 24 de abril

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 15h … Oficina de musicalização “Villa-Lobos para Todos”. Na Associação Cívica Feminina, à av. Francisco Matarazzo, 385

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h … O Selo toca Cabeça Dinossauro … Banda formada por Ernani Sanches (guitarra), Nereu Afonso (bateria) e Pedro Felicio (baixo) convida Sofia Botelho pra cantar na íntegra e na ordem o álbum clássico dos Titãs. No Breve, à rua Clélia, 470

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h … Barulho em Pinheiros … Com as bandas Agapantos, Videntes Cabeças de Cebola e Lisa Vai a Júpiter. No Cardeal Pub, à rua Cardeal Arcoverde, 1895. Ingressos a R$10

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h … Happy hour com Giba Ribeiro no Carauaribar, à praça Carauri, 8, na Vila Maria

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h … Molotov apresenta: Fil and the Guitar Gun, noite inspirada nos filmes italianos de faroeste da década de 60 e 70. No FFFront, à rua Purpurina, 199

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h … Show Musical Night: com Sabrina Carvalho & Felipe França. No Restaurante Fulô de Mandacaru, à rua Ferreira de Araújo, 883

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h … Aniversário do conjunto chileno Quinchamali, com participação da banda Entrelatinos. No Centro Cultural Butantã, à av. Corifeu de Azevedo Marques, 1882

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 19h30 … Contos dos Orixás e Angola Janga – Debate entre os autores das hqs, Hugo Canuto e Marcelo D’Salete. No Centro Cultural São Paulo

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 20h … Monólogo: “Medea Mina Jeje”. Peça dirigida por Juliana Monteiro, com dramaturgia de Rudinei Borges e atuação de Kenan Bernades. No Tendal da Lapa, à rua Guaicurus, 1100

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 20h … Dharma Samu, quarteto de música instrumental experimental paulista (liderado pelo músico, compositor e produtor Dharma Samu) se apresenta no Estúdio Toca do Disco, à rua Grecco, 629

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 20h … Élio Camalle e François Muleka, dois grandes cantores e compositores, se apresentam no Estúdio Aurora, à rua João Moura, 503

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 20h … Leo Middea em São Paulo – Voz e Violão. O artista brasileiro revisita o Brasil após dois anos na Europa. No Bona, à rua Álvaro Anes, 43

… … …

ATÉ 28 DE ABRIL … DE SEXTA A DOMINGO – 20h (sex e sab) e 19h (dom) … Roda Viva – Remontagem da clássica peça de Chico Buarque. No Teatro Oficina, à rua Jaceguai, 520. Ingressos de R$5 a R$60

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 20h … Projeto Novo Rock Brasilis … Festa criada por Jairo Souza vem mostrar que existe muita vida além do mainstream. Nesta segunda edição, com a surf music da banda paulistana Os Carpas. Entrada franca (contribua no chapéu). No evento ainda tem a Feira da Charada Discos, com Gilberto Petruche apresentando suas raridades em vinil. Na Toca do Rock – Tattoo Beer Rock Bar, à av. Sapopemba, 7660, no subsolo

… … …

ATÉ 27 DE ABRIL – SEXTA-FEIRA E SÁBADO – 20h e 18h … Utopia Da Memória – Experiência teatral da Companhia Estudo de Cena. Na Oficina Cultural Oswald de Andrade, à rua Três Rios, 363

… … …

SEXTA-FEIRA E SÁBADO – 5 e 6 de abril – 20h30 e 15h30 … Cantos de São Paulo – Segunda Temporada … A cidade de São Paulo e suas contradições são o cenário do mais novo espetáculo do Coral Unifesp. Com direção musical de Eduardo Fernandes e direção cênica de Reynaldo Puebla. Com sucessos de Paulo Vanzolini, Adoniran Barbosa, Geraldo Filme e Criolo, entre outros. No Teatro Marcos Lindenberg, à rua Botucatu, 862. Ingressos a R$10 e R$20

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 21h … Uma Louça Quebrada e Nenhuma Roupa Lavada … Montagem da Meraki Cia Teatral aborda diferentes formas de violência contra a mulher. O texto é de Cléo Moraes, que atua ao lado de Rosa Freitas. Direção de Eduardo Osório. Mulheres pagam meia (homens vestindo alguma peça rosa também). No Espaço Parlapatões, à praça Roosevelt, 158

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 21h30 … Sapiranga, cantor, compositor e pesquisador de ritmos nordestinos, se apresenta no Bar Exquisito, à rua Bela Cintra, 532. Ingressos a R$12

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 21h30 … Augusto Teixeira … Músico apresenta as canções de seu cd ‘Estação Felicidade’. Com Lilian Estela e Iara Ferreira. No Alvenaria Espaço Cultural Colaborativo, à rua Turiassu, 799

… … …

SEXTA-FEIRA – 5 de abril – 22h … Basa & Nós, Os Chineses … Com Diego Basa (voz, guitarra e violões), Fábio Brum (guitarra), Fábio Pagotto (baixo e backing vocals) e Pedro Leo (bateria) a banda apresenta repertório de blues & rock em inglês e português. Participações da cantora Lu Vitti e do saxofonista Mr. Josh. Na rua Augusta, 2366

… … …

SEXTA-FEIRA E SÁBADO – 5 e 6 de abril – 23h … Almativos e Dog Door (sexta, entrada R$10). No sábado tem Pastilha, a Festa, com Tatá Brasilina (entrada franca) Na Casa Matahari Mariposa, à rua Silva Bueno, 729

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 10h … Oficina de Modelo vivo. o corpo como referência, caminho, reflexão e narrativa. Oficina ministrada pela artista e professora Denise Zinetti Bitencourt. No Instituto Sarath, na Vila Mariana

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 10h … I Feira Choque Literário … Primeira edição do evento reúne mais de 30 editoras de literatura, quadrinhos e outras publicações impressas. Na Associação Osaka, à rua Domingos de Morais, 1581

SÁBADO – 6 de abril – 10h … Dias ácidos, noites lisérgicas … Na Feira Choque Literário, Claudio Willer lança novo livro de crônicas. Na Associação Osaka, à rua Domingos de Morais, 1581

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 12h … Feijoada no Carauaribar com show de Poró William e Tiago Andrello. Na praça Carauari, 8, na Vila Maria

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 12h … Suspiros & Burbujas (com Laguz Circo) … Artistas utilizam as técnicas da acrobacia de dupla, malabares e música ao vivo tendo como base a linguagem da palhaçaria. No Tendal da Lapa, à rua Guaicurus, 1100

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 12h … Oficina Ensino Di Verso – Módulo 2019. Com vagas gratuitas. Na Casa de Cultura São Miguel

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 13h … Acordes Urbanos. Metálica, blues, sons brasileiros, grafite, poetas urbanos. No Instituto Nova União da Arte – NUA

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 15h … Sarau Temperos de São Paulo. Encontro mistura Cultura, Gastronomia e Meio ambiente. Primeira edição traz homenageia o Mercadão Municipal (com o sanduíche de mortadela) e a praça da Liberdade (com o tempurá) a cargo do chefe Marinho. Na rua Coronel Joaquim Antônio Dias, 275. Com microfone aberto e artistas convidados:
– Exposição Dala lama Studio
– Troca de Ideia com Vander Che e Ana Margarete: O rio Tietê.
– Patrícia Meira com seu romance Emaranhado
– lançamento livreto Flores de Jô Freitas
– Musica ao vivo com Alldry Eloise, participação de Guina Theodoro
– Encerramento: Renato Pessoa – A cigarra na folha de pedra

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 16h … Os jornalistas José Petrola e Ricardo Chapola participam de bate-papo sobre processo criativo no Festival Viva Cultura. Petrola lança “O Beco do Rato” e Chapola relança “Faz de Conta que É Tudo Verdade”. Na Livraria Cultura – Shopping Villa Lobos

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 16h … Prosa & Samba – com Maíra da Rosa e Samba Negras em Marcha. O protagonismo e resistência da mulher na música. No Casarão da Vila Guilherme, à praça Oscar da Silva, 110

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 17h … A mpb de Dinho Nunes. No Lola Bar, à rua Brigadeiro Galvão, 469

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 17h … Trans(in)lúcido + Quarteto Refungá. Espetáculo teatral seguido de rastapé forrozeiro. No Estúdio Fiaca, à rua João Anes 117

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 17h30 … Lançamento: Piracema, de Esther Alcântara. Antologia poética contempla dez anos de escrita da autora. Na Livraria Nobel em Sorocaba, à avenida Barão de Tatuí, 867. Esther é formada em Letras e tem poemas em revistas, blogs (leia mais aqui) e também se apresenta em saraus. Abaixo, dois belos poemas do seu belo livro:

DESCABIMENTO

Dentro do vestido
tem um corpo
que veste um ser
e seus sentidos

É descabido
despir o vestido
e pendurar o ser
no cabide

CORAGEM

Havia um olho no meu cisco
tão grande
que via o risco do abismo
em tudo que cismo.

Nada disso, eu disse.
O perigo
sempre foi meu amigo
e a coragem
bate bola comigo.

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 19h … Lançamento “Poemas tímidos e gelatinosos”, de Marcelo Torres. Na Patuscada, à Rua Luís Murat, 40. Com performance de Lucia Capuchinqui e Piê, música de Carlos Henrique e André Raimundo e da cantora Giliane Meireles

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 19h … SPIO. Improvisos sonoros com a participação da guitarrista Natália Francischini. Na Alvenaria Espaço Cultural Colaborativo, à rua Turiassu, 799

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 19h … Coutry rock com a banda Hillbilly no Don Ramon Rock Bar, à rua Jaguarema, 47, em Guarulhos. Discotecagem de Marcio Alexandre

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 19h30 … O melhor da mpb, com a cantora Luciana Davila, acompanhada pelo acordeonista Chacrinha Brazil. No Beco das Garrafas, à rua Duvivier, 37, em Copacabana, no Rio de Janeiro

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 20h … Absurdos. Espetáculo do Grupo Ato Real dialoga com questões como preconceito racial, homofobia e relações abusivas de trabalho. Entrada franca. Na Aldeia Satélite, à rua Tenente Luiz Fernando Lobo, 118

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 20h … Show do cantor e compositor baiano Antonio Sapiranga. Na Livraria Nobel – Espaço Novo Mundo, na Avenida Salgado Filho, 1453, em Guarulhos

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 20h … Tributos a Motorhead e Black Sabbath com as bandas Motorhell e Bloody Sabbath. No Santa Sede, Avenida Luís Dumont Villares, 2104

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 20h30 … Cantora e violonista Luisa Lacerda apresenta canções de novos compositores dos cenários carioca e paulista. Participação da cantora Tati Parra. No Espaço 91 (reservas inbox)

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h … Ricardo Vignini – no Teatro Bruta Flor … Talentoso violeiro lança seu terceiro álbum solo, Viola de Lata, totalmente dedicado às violas dinâmicas ressonadoras. Na rua Augusta, 912

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h … Bandas Caraná & Carcaju se apresentam na Casa do Mancha, à rua Felipe de Alcaçova. Ingressos a R$20

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h … Zulu de Arrebatá – Show Cena de Cinema, com participação de Vladinsky & Cordeirovich. No Eclipse, à rua Astorga, 621

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h … Pink and the Brain – Pink Floyd Tributo no The Wall Café, à rua Treze de Maio, 152. Show de som, luzes e efeitos. Ingressos a R$20

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h … Ligia e Eder no Bar do Frango, à avenida São Lucas, 479. Pré-lançamento do cd Pisagens e lançamento do livro ‘Quando a Alma tem Olhos de Zinco’, de Ligia

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h … Mutzka no Dragster Rock Bar, à rua Curuçá, 439, na Vila Maria. Artista apresenta mpb, blues, rock gringo e tupinikin, além de algumas músicas autorais do cd Epfania

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h … Show das 22h, com a Orquestra Livre de Rabeca. No Estúdio Bixiga, à rua Treze de Maio, 825. Após o show, festa do Bloco de Pífanos. Ingressos a R$10 e R$25

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 21h30 … Show do guitarrista congolês Yannick Delass no Exquisito Bar, à rua Bela Cintra, 532

… … …

SÁBADO – 6 de abril – 23h … Sons e Furyas em Amor. Espetáculo musical e teatral concebido pelo escritor André Sant’Anna e pelas cantoras e compositoras Vanessa Bumagny e Helô Ribeiro. No Picles, à rua Cardeal Arco Verde, 1838. Entrada franca

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 14h … Ato da Jornada Lula Livre na Praça do Ciclista (esquina da Paulista com Consolação). De 7 a 10 de abril serão realizadas mobilizações para mostrar ao país e ao mundo que a prisão do ex-presidente foi baseada em condenações sem provas e em processos marcados por irregularidades. Com a presença de diversos coletivos artísticos

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 15h … Sarau Do Vopo na Casa das Rosas. Com participação do projeto Bordando a Diversidade coordenado pela profa. Fernanda Garkauskas

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 17h … Evento Mundo Livrx, sob o comando do poeta Ni Brisant, tem microfone aberto, dj Márcio Sno, presença da kombi Itinerância Poética e projeção de fotopoemas de diversxs artistas. Na rua Mourato Coelho, 1094

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 18h … 1ª Jazz Era com Jonatás Sansão Quinteto no Vídeoclube Charada, à rua José Antonio Fontes, 62, em Sapopemba. Com exposições e feira de vinil

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 18h … Tributo a Noel Rosa com Marco Santos & 4 in Band no Casarão da Vila Guilherme, à praça Oscar da Silva, 110

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 19h … Tributo a Raul Seixas. Com Sylvio Passos, Agnaldo Araújo e André Lopes, da Putos BRothers Band. No Grão Espresso, à rua Voluntários da Pátria, 3558

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 19h … Augusto Teixeira apresenta canções de seu cd ‘Estação Felicidade’. Com Lilian Estela. Participações de Daniel Arthur e Lucio Prado. Em Marília, no Teatro Municipal Waldir Silveira Mello

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 19h30 … Celia e Celma no show ‘Ary Barroso Mineiro’. Com Álvaro Couto (acordeom) e Serginho Arruda (violão). Participação da cantora Jordana Souza. No Bar do Alemão, à av. Antártica, 554

… … …

DOMINGO – 7 de abril – 20h … Interiores … Dividida em quatro momentos, que correspondem a habitações diferentes, a peça trata das relações que se estabelecem em torno da venda desses imóveis, de seus espaços vazios e de suas ausências. Texto e direção de Lucas Mayor e Marcos Gomes. No Teatro Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 8 de abril – 19h … Sarau Submerso Secreto – Quadros, livros e fanzines à venda. Entrada franca, reservas inbox. Evento da Escotilha (entre o Bixiga e a av. Paulista)

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 8 de abril – 19h … Lançamento de “Elias Andreato – A máscara do improvável” … Jornalista Dirceu Alves Jr revela detalhes da trajetória de vida e da obra do ator e diretor. Livro estará à venda por R$43. Na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, à avenida Paulista, 2073

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 8 de abril – 19h30 … Sarau Suburbano em prol da continuidade da Livraria Suburbano Convicto. Mais de 50 artistas e poetas confirmaram presença (clique no cartaz).

… … …

TERÇA-FEIRA – 9 de abril – 19h … Encontro com Frei Betto. Na rua Serra de Jairé, 316, no Belenzinho. Frade dominicano e escritor, ganhador do prêmio Jabuti, autor de mais de 60 livros, Frei Betto é o terceiro entrevistado da série.

… … …

TERÇA-FEIRA – 9 de abril – 20h … “Grande sertão: veredas” … Relançamento do clássico de Guimarães Rosa conta com a participação do escritor moçambicano Mia Couto e do Grupo Miguilim, com direção de Bia Lessa. No Sesc Pinheiros, à rua Paes Leme, 195

… … …

TERÇA-FEIRA – 9 de abril – 21h30 … Terça em Cena. Projeto leva ao palco quatro peças curtas. No Cemitério de Automóveis (clique no cartaz)

… … …

TERÇA-FEIRA – 9 de abril – 21h30 … Show “Lula Livre” com Mistura Popular … Grupo apresenta forró, frevo, xote, rock nacional e carimbó. Evento faz parte da Jornada Mundial Lula Livre, que ocorre de 7 a 10 de abril, no Brasil e no mundo, e tem como objetivo ampliar as mobilizações em prol da liberdade do ex-presidente Lula. Entrada R$10. No Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269

… … …

QUARTA-FEIRA A DOMINGO – 10 a 14 de abril – das 9h às 21h … II Feira do Livro da Unesp … Com estandes de mais de 140 editoras e livros com no mínimo 50% de desconto. No Câmpus da Unesp de São Paulo, ao lado da estação Palmeiras Barra Funda, à rua Jornalista Aloysio Biondi, s/n. Confira a lista das editoras e mais informações clicando aqui

… … …

QUARTA-FEIRA – 10 de abril – 19h30 … Pedro Tostes no Sarau Gente de Palavra, em Porto Alegre. Tradicional sarau traz o poeta paulistano que lança seu livro “Na Casamata de Si”

… … …

QUARTA-FEIRA – 10 de abril – 19h30 … I Hope Show # 5 Especial – Aniversário de Zeca Baleiro … Festa promovida e animada pela Banda Gorda recebe e homenageia o cantor. Participam do evento Vange Milliet e Tatá Aeroplano, entre outros artistas. No Estrella Galicia Estação Rio Verde, à rua Belmiro Braga, 119. Ingressos a R$30 e R$40

… … …

QUARTA-FEIRA – 10 de abril – 20h30 … Ricardo Vignini lança seu cd Viola de Lata no Rio de Janeiro. Participação do cantor Posada e do percussionista Marcos Suzano. No Audio Rebel, à rua Visconde de Silva, 55, em Botafogo

… … …

QUARTA-FEIRA – 10 de abril – 21h … Trabalho … Peça aborda relações trabalhistas sob o mote “eu quero aproveitar o meu tempo de forma que eu me humanize”. Textos de Bruna Pligher, Carla Kinzo, Lucas Mayor e Marcos Gomes. No Cemitério de Automóveis (clique no cartaz)

… … …

ATÉ 7 DE ABRIL – De terça a domingo … Ocupação Manoel de Barros, no Itaú Cultural. Exposição de manuscritos e diversos materiais selecionados do acervo pessoal do grande poeta matogrossense Manoel de Barros (1916-2014). Além da exposição, o projeto deu origem a uma série de vídeos e outros conteúdos on-line (clique aqui e saiba mais).

… … …

ATÉ 13 DE ABRIL – AOS SÁBADOS – das 14h às 17h … Curso de Teatro gratuito – na Aldeia Satélite … (no carnaval, a confirmar) … Curso de preparação artística para atores e interessados, abordando técnicas de Stanislavsky e da linguagem clown. Sob a coordenação de Claudemir Santos, é composto por atividades práticas, leituras, criação de espetáculo e apresentação do resultado obtido. Na rua Tenente Luiz Fernando Lobo, 118

… … …

ATÉ 20 DE ABRIL (menos aos domingos) … Exposição André Dahmer … O grande cartunista, que publica diariamente na Folha e no Globo, apresenta dezoito trabalhos originais e cinco gravuras em serigrafias numeradas e assinadas. De segunda a sábado, na 9° Arte Galeria, à rua Augusta, 1371 (térreo da galeria Ouro Velho)

… … …

AGENDÃO >>> Fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado. E toda quinta-feira tem um post novo.

… … …