TUDO TRISTEZA
(Vlado Lima)

essa ânsia, essa azia, essa taquicardia
esses traques, esses tiques, essa falta de apetite,
essa falta de ar, falta de luz, essa síndrome de avestruz
cavar o quintal, varar a vagina da China
currar o átomo, desintegrar a matéria
ser nada, ninguém, invisível
e não atender ao telefone, não responder e-mails
não limpar a casa, não limpar o cu
e secar uma garrafa de White Horse paraguaio
apagar, tremer de amnésia e apodrecer frente à tv
solo tristeza, solamente tristeza, tristeza
tristeza en mi corazón
tristeza en mi alma,
tristeza en mi cabeza
solo tristeza, solamente tristeza, tristeza

esse luto, esse escorbuto, esse cristo puto
esse sapo sem sal
esse gosto de gasolina na boca
a alma oca, a grana curta
o tédio farto, a porra louca,
a noite fria, o dia down
esse gato preto atropelado sob a cama
mamulengos de lama, pesadelos em câmera lenta
pirão de piranha com pimenta
tequila, caco de vidro salgado & gergelim
naufrágios engarrafados no olho de um furacão
promessas de cais, promessas de verão
dias lotados, menstruados, monstruados
e esse motherfucker carimbado no verso da minha sina
solo tristeza, solamente tristeza, tristeza
tristeza en mi corazón
tristeza en mi alma
tristeza en mi cabeza
solo tristeza, solamente tristeza, tristeza

A programação de eventos alternativos vai voltando ao normal, apesar do baque sentido com a vitória de candidatos nada representativos das forças democráticas atuantes nos movimentos sociais e culturais. Os coletivos (e este blog) continuarão ativos e vigilantes. Por que a eleição acabou, mas você sabe bem: não se trata apenas de uma questão eleitoral. Se trata da liberdade em nossa vida cotidiana. Se trata do futuro. O presidente eleito deu entrevistas para emissoras de tevê, privilegiando o ‘canal dos bispos’ (canais de tevê não são concessões públicas?). O que não deixa de ser uma forma inicial de ameaçar a Globo e todos que não lhe forem subservientes (como a Folha). No Jornal Nacional, o ‘jornalista’ Bonner ouviu calado a velha cantilena absurda e mentirosa do kit gay (Haddad foi ofendido e caluniado de forma inaceitável e merece um direito de resposta). Enquanto Bolsonaro forja a imagem de ‘ditador bonachão’ e ‘machistão gente-boa’ (né, Regina Duarte?), sempre se desculpando hoje dos absurdos proferidos ontem, jovens foram às ruas protestar contra os discursos homofóbicos e preconceituosos do presidente eleito, deixando clara sua postura firme em defesa das liberdades individuais e da democracia. Tempos de fortes embates virão, capitão (o governador eleito do Rio disse, sorrindo, que ‘a polícia vai mirar na cabecinha’. De quem???). Enquanto me for permitido, este espaço livre zelará pelos direitos humanos, pelo Estado laico e estará na luta contra leis, atitudes e discursos excludentes e fascistas. E engrossando os movimentos culturais pela diversidade. Nossa arma é a arte, nossa ‘mira’ é a convivência amorosa.

Abri o post com ‘Tristeza‘, lindo poema-canção de Vlado Lima, que traduz o espírito geral dos democratas após a eleição do ‘coiso’ e sigo com ‘Engenho da dor‘, de Josyara, que representa ‘a resistência de uma sociedade historicamente explorada e oprimida’.

‘Não vamos voltar pras senzalas, não
Não vamos voltar pros porões
Não vamos voltar pros armários
Não vamos voltar pras prisões’

48 vozes participaram da gravação e assinaram o texto: ‘nós, como cidadãos e agentes da cultura, nos posicionamos diretamente contra qualquer forma de discriminação, repressão e violência’. Pra finalizar o assunto, deixo dois links bastante comentados nas redes sociais: o post de Philippe Lacerda (no BemBlogado) e o do poeta Léo Nogueira (no O X do Poema). Léo também participa de uma embolada coletiva, juntando seus versos aos de Gilvandro Filho, Teju Franco e Marcio Policastro, que interpreta a indignada canção (feita antes da eleição) Hora Delicada. A hora é delicada, mesmo. Saibamos resistir e preservar a democracia.

 

 

… … …

MINHAS ANDANÇAS
PELOS SARAUS

… … …

SARAU DA MARIA, NO SÁBADO … Na véspera de eleição, participei de mais uma edição emocionada do Sarau da Maria. Artistas e amigos se abraçaram e entoaram juntos os versos ‘sonhar mais um sonho impossível, lutar quando é fácil ceder‘. Não, nós não vamos ceder. Estiveram presentes artesãos que também têm trabalho musical ou poético, como a dupla Giliane Meireles & Gusmão, o músico João Emilio, a dupla Ligia Regina & Eder Lima, a cantora Rosa Rocha e o cantor e compositor Sebah de Assis (que também falou sobre o projeto ‘O Som do Bando’, na ZL, e cantou suas belas canções). Além deles, participaram Claudia de Castro & Cristini Freitas (com seus pães artesanais) e Ana Hermínia (pintura em cerâmica). O poeta Jaime Fran, falecido recentemente, foi lembrado em textos e na canção ‘Troupoeta’, poema dele que eu musiquei. O performático poeta Pedro Tostes lançou seu livro ‘Na Casamata de Si‘. No palco aberto se apresentaram Deise, Cordeiro, Zé Paulo, Vasqs, Silvia Maria, Byrodylan, Edmyl, Cá Berto, Cida Sarraf, Filó e Pedro (da dupla Pê Éfe), Aécio, Lourdes, Bráu & Rosângela e os Poetas do Tietê (que arrebentaram!). Saiba mais conferindo as fotos tiradas por Moacir Barbosa e Roberto Candido, nossos amigos que sempre registram os eventos alternativos.

SARAU AS MINA TUDO, NA TERÇA … Foi uma delícia assistir ao sarau de música e poesia ‘As Mina Tudo‘, apresentado pela cantora e atriz Rhaissa Bittar e organizado pelo coletivo que já reúne mais de 200 artistas mulheres. Bruna Moraes fez interpretação pungente de ‘Fora da Ordem’, de Caetano. Selma Fernands, à capela, comoveu com ‘Rosa dos Ventos’, linda canção de Bruno Batista. E ainda teve os grupos Manacá me viu pequena, Obinrin, Trio Beijo de Moça e cantoras e instrumentistas como Tchella, Tay Galega, Dessa Brandão, Giulia Borducchi e outras cujos nomes me fogem. No primeiro bloco se apresentam as  artistas que confirmam presença previamente. No segundo, as do palco aberto. Num final emocionante, ‘as mina’ se juntaram no palco e cantaram ‘Engenho da dor‘, de Josyara (ouça na matéria acima)O sarau acontece mensalmente no JazzB (rua General Jardim, 43) e eu vou noticiar aqui, claro. Fique ligado.

 

… … …

A PEÇA-SHOW ‘SONS
E FURYAS EM AMOR’

… … …

QUINTA-FEIRA – 1 de novembro – 22h … Sons e Furyas em ‘Amor’ … Show combina interpretações musicais de canções autorais das compositoras Vanessa Bumagny e Helô Ribeiro com a leitura performática de trechos do livro ‘Amor’, do escritor André Sant’Anna, realizada pelo próprio autor, que questiona, de maneira irônica (ou escrachada) os pilares morais sobre os quais a nossa sociedade se sustenta. O projeto engloba literatura e teatro dentro de uma apresentação musical. A banda Sons e Furyas é formada por Helô Ribeiro (voz), Vanessa Bumagny (voz), Zeca Loureiro (guitarra), Henrique Alves (baixo) e Rogério Bastos (bateria). Na Casa Gramo, à rua Bento de Abreu, 223. Entrada R$15. “Sons”‘ é diversão inteligente que você não pode deixar de ver. Eu, quando vi, escrevi:

Me diverti bastante assistindo ao espetáculo ‘Sons e Furyas em AMOR‘, concebido pelo escritor André Sant’Anna (que declama trechos de seu livro ‘Amor’) e pelas cantoras e compositoras Vanessa Bumagny e Helô Ribeiro (que cantam a bela canção do vídeo acima, a minha preferida). Sons e Furyas é um bem bolado show teatral e poético, onde machismos, moralismos e bolsonarismos vários são ridicularizados pelos poetas – atores – cantores. Citando ícones da cultura pop, André faz leituras debochadas e escrachadas dos poemas do seu livro e as cantoras Helô e Vanessa interpretam de forma irônica e performática os dramas e a angústia das relações amorosas. Elas também apresentam canções compostas a partir de trechos do livro “Joana a Contragosto”, de Marcelo Mirisola. O quadro em que André faz uma ‘oração’ e Vanessa ‘traduz’ para a linguagem de surdo-mudos é hilário. Outros momentos marcantes são o ‘discurso da rainha da Inglaterra’, feito por Helô, e o poema de André, seguido pela bela interpretação que o guitarrista Zeca Loureiro faz do clássico ‘O Divã’, de Roberto Carlos’.

Além da música do Rei, Tatá Aeroplano (com ‘Dê’) e Zeca Baleiro (com ‘Quando Você Brochou’) contribuem para a trilha composta por Vanessa e Helô. Os músicos Henrique Alves (baixo) e Rogério Bastos (bateria), completam o time de palco. Muitos convidados atuaram nas várias temporadas de ‘Sons’ ao longo dos últimos anos: Élio Camalle, Kleber Albuquerque, Marcelo Mirisola, Nô Stopa, Sérgio Sant’Anna e Caio Blat, que brilhou no dia em que assisti. André Sant’Anna diz que “Amor” é um “poema em prosa, que fala da dor provocada pelo amor e de como ela interfere em todas as coisas que há. Os personagens do livro e, consequentemente, do espetáculo, são as pessoas que sofrem muito por amor”. É nóis. Né?

 

… … …

‘MULHERIO DAS LETRAS’,
NO GUARUJÁ

… … …

SEXTA, SÁBADO E DOMINGO – 2, 3 e 4 de novembro – 20h … II Encontro Nacional Mulherio das Letras – Guarujá/SP … Mulherio das Letras é um coletivo de mulheres diretamente interessadas na expressão pela palavra escrita ou oral e ligadas à cadeia produtiva do livro. Encontro reúne mulheres escritoras de todo o Brasil (entre elas, Esther Alcântara, Paula Valéria Andrade e Marilia Kubota) e oferece três dias de programações artísticas variadas, com música, cinema, teatro, contação de histórias, oficinas, debates e saraus. Clique nos três cartazes (acima) e leia a programação completa

 

… … …

FOCUS DANÇA AS CANÇÕES
DE ROBERTO – NO RJ

… … …

SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO – dias 2, 3 e 4 de novembro … A Focus Cia da Dança apresenta o premiado espetáculo que está há seis anos em cartaz, “As Canções que Você Dançou pra Mim“, com coreografias de Alex Neoral para as músicas de Roberto Carlos. São mais de 70 trechos de composições, sempre na voz do Rei, em versões originais. No Teatro Municipal de Niterói, à rua Quinze de Novembro, 35, no RJ. Ingressos a R$40. Sexta e sábado, às 20h. Domingo, às 19h. Aqui, o sensacional ‘duo do beijo’:

Focus, fundada em 2000,  é hoje um dos mais atuantes grupos de dança do Brasil, possuindo no repertório coreografias como Ímpar, 3 Pontos, Dente de Leite e Saudade de Mim (sobre a obra de Chico Buarque e Portinari). Recentemente a companhia fez uma curta temporada da sua mais recente criação, “Still Reich”, que recebeu três indicações ao Prêmio Cesgranrio de Dança (o espetáculo voltará aos palcos ainda em novembro, no Rio). Atualmente integram seu elenco os bailarinos Alex Neoral, Carolina de Sá, Cosme Gregory, José Villaça, Marcio Jahú, Monise Marques, Marina Teixeira e Roberta Bussoni.

 

 

… … …

10 ANOS DA CIA MUNGUNZÁ

… … …

ATÉ 10 de DEZEMBRO –  Cia Mungunzá 10 anos – repertório completo’ … Comemorando aniversário, a Mungunzá apresenta seus cinco espetáculos. Cada peça fica duas semanas em cartaz. As apresentações acontecem no Teatro de Contêiner Mungunzá, à rua dos Gusmões, 43, em Santa Ifigênia. O público decide quanto pagar pelo seu ingresso, de acordo com sua condição financeira e consciente do trabalho envolvido para realização do espetáculo. Aqui a programação com as próximas peças e as datas:

SEXTA-FEIRA E SÁBADO – 2 e 3 de novembro – 20h … “Poema suspenso para uma cidade em queda” – direção de Luiz Fernando Marques (Lubi) – Também de de 9 a 12 de novembro (sexta a segunda, às 20h)

“Era uma Era” – direção de Verônica Gentilin – de 3 a 11 de novembro (sábados e domingos, às 16h)

“Luis Antonio – Gabriela” – direção de Nelson Baskerville – de 16 a 26 de novembro (sextas às 21h, sábados, domingos e segundas às 20h) – atriz convidada para a temporada: Fábia Mirassos

“Porque a criança cozinha na polenta” –  direção de Nelson Baskerville – de 30 de novembro a 10 de dezembro (sextas, sábados, domingos e segundas, às 20h)

 

… … …

SETE MESES REPETINDO:
QUEM MATOU MARIELLE?

… … …

QUE VERGONHA, BRASIL! >>> Uma representante do povo foi assassinada, os assassinos estão soltos e não ouço panelas: vários ‘suspeitos’ presos, muito blablablá e… nada! Vocês acreditam que a polícia (num Rio de Janeiro sob intervenção militar) ainda não descobriu quem são os assassinos de Marielle Franco? E ainda há candidato discursando balelas de ‘militarização’ por aí. Já são mais de sete meses de impunidade. No dia 14 de março a vereadora, de 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e voltava de um evento com jovens negras quando foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Protestos e manifestações contra o bárbaro crime se repetem diariamente em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos. As balas que a mataram também atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

VERGONHA 2 >>> Se o presidente eleito fosse mesmo ‘bom de segurança’, uma vereadora não teria sido assassinada (ao que tudo indica, por milicianos) no Estado onde ele fez toda sua carreira política (e que se encontra sob intervenção militar). Será que seus eleitores refletiram sobre isso? Apoiadores do ‘coiso’ posaram para fotografias sorrindo ao quebrar ao meio uma ‘placa de rua’ com o nome de Marielle. Será que os eleitores do ‘coiso’ concordaram com essa ‘gracinha’? Não posso crer nisso. Como também não consigo compreender o porquê do ‘coiso’ jamais ter exigido o esclarecimento do caso Marielle. Por que será?

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Eis aqui a superagenda dos saraus para o seu findi, com fotos e vídeos (clique nas palavras azuladas para acessar links e nos cartazes para ampliar a imagem e ler detalhes). Acompanhe também as muitas opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

ATÉ 30 DE NOVEMBRO – À Mesa Negra II … Todos os dias de novembro, ao meio-dia, você pode se sentar à mesa-texto de uma autora negra ou autor negro, nacional ou internacional, da poesia, prosa ou teatro, atual ou das antigas e desfrutar de um cardápio muito variado: racismo, escravidão, injustiça, preconceito, fome, silenciamentos, exclusão socioeconômica e solidão, mas também ancestralidade, realeza, poder, amor, família, comunidade, futuro e conquistas. Evento criado e organizado pela escritora Cátia Luciana Pereira (entre na página Letras Catitas)

… … …

ATÉ 23 DE DEZEMBRO – de QUINTA a SEGUNDA-FEIRA – 19h30 … Teatro – Vala Comum … Espetáculo surge a partir de depoimentos de jovens artistas do grupo “Impulso Coletivo” sobre abusos e ações arbitrárias de agentes e do aparelho do Estado. A narrativa compara o processo de abatimento do boi com a gestão de morte e violência reforçada por esquemas de controle, exclusão e vigilância. Numa casa no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro (mandar mensagem inbox)

… … …

ATÉ 5 de novembro … Mostra “Buster Keaton – O Mundo é um Circo”, no CCBBSaiba mais aqui.

… … …

QUINTA A DOMINGO – 1 a 4 de outubro … Os 3 Mundos … Primeira obra teatral dos quadrinistas Fábio Moon e Gabriel Bá, o espetáculo multimídia mescla teatro, cinema, hq e kung-fu. Com direção de Nelson Baskerville. No elenco, Paula Picarelli, Thiago Amaral, Tamirys Ohanna, João Paulo Bienemann, Alice Cervera, Artur Volpi, Rafael Érnica E Luciene Bafa. Até dezembro. No Sesi, à av. Paulista, 1313. Entrada franca (reserve ingressos). Quinta, sexta e sábado às 19h. No domingo, às 20hAté 16 de dezembro.

… … …

QUINTA-FEIRA – 1 de novembro – 19h30 … Alex Dupas no BBC … No repertório, clássicos do blues como Muddy Waters, Little Walter e Sonny Boy WIlliansom. O gaitista Alex Dupas é acompanhado por Livio Segnini (guitarra), Ricardo Lemos (baixo) e Guillermo Ezquerra (bateria).Na rua Vergueiro, 2757, na Vila Mariana

… … …

QUINTA-FEIRA a SÁBADO – 1 a 3 de novembro – 20h … Nova temporada – ‘Comum’ … Peça aborda o período ditatorial brasileiro e a descoberta da vala clandestina do Cemitério Dom Bosco, em 1990, onde foram identificados desaparecidos políticos e cidadãos mortos pela violência da ditadura militar. Ás quintas, sextas e sábados (18h), até 10 de novembro. Entrada franca. Na Oficina Cultural Oswald de Andrade, à rua Três Rios, 363, no Bom Retiro

… … …

QUINTA-FEIRA – 1 de novembro – 20h … Pré-feriado: São Yantó faz show acompanhado pelos músicos Charles Tixier e Chicão. Participação da cantora e compositora Luiza Lian. No Mundo Pensante, à rua Treze de Maio, 830. Entradas a R$15 e R$20

… … …

QUINTA-FEIRA – 1 de novembro -20h … Sandro Premmero na Carauari … Músico apresenta o melhor do pop, rock, jazz, blues e mpb. N paraça Carauari, 8, na Vila Maria

… … …

QUINTA-FEIRA – 1 de novembro – 20h … Sobrenome Liberdade #88 … Sarau tem palco aberto e convidados. Janaína Moitinho lança o livro Cartonera “Híbrida”, João Inecco lança o livro artesanal “Tinto” e Dan Silva & banda fazem pocket-show de encerramento. No Relicário Rock Bar, à rua Manoel de Lima, 178, em Interlagos

… … …

QUINTA-FEIRA – 1 de novembro – 21h … Quinta de Forró no CCB com a Banda Sarrabulho (gratuito) … No Centro Cultural Butantã

… … …

QUINTA-FEIRA – 1 de novembro – 22h … Sons e Furyas em ‘Amor’ … Show combina interpretações musicais de canções autorais das compositoras Vanessa Bumagny e Helô Ribeiro com a leitura performática de trechos do livro ‘Amor’, do escritor André Sant’Anna, realizada pelo próprio autor, que questiona, de maneira irônica (ou escrachada) os pilares morais sobre os quais a nossa sociedade se sustenta. O projeto engloba literatura e teatro dentro de uma apresentação musical. A banda Sons e Furyas é formada por Helô Ribeiro (voz), Vanessa Bumagny (voz), Zeca Loureiro (guitarra), Henrique Alves (baixo) e Rogério Bastos (bateria). Na Casa Gramo, à rua Bento de Abreu, 223. Entrada R$15

… … …

SEXTA-FEIRA – 2 de novembro – 14h … Temporada Irmãos Carreto – Trupe DuNavô … Dois palhaços irmãos travam disputa de habilidades. O vencedor fica com o maior bem da família: um carreto de materiais recicláveis herdado do pai. Com Renato Ribeiro e Vinicius Ramos. No Sesc Santana, à av. Luís Dumont Villares, 579. Também nos dias 10, 15 e 17 de novembro. Entrada franca

… … …

SEXTA, SÁBADO E DOMINGO – 2, 3 e 4 de novembro – 20h … II Encontro Nacional Mulherio das Letras – Guarujá/SP … Mulherio das Letras é um coletivo de mulheres diretamente interessadas na expressão pela palavra escrita ou oral e ligadas à cadeia produtiva do livro. Encontro reúne mulheres escritoras de todo o Brasil (entre elas, Esther Alcântara, Paula Valéria Andrade e Marilia Kubota) e oferece três dias de programações artísticas variadas, com música, cinema, teatro, contação de histórias, oficinas, debates e saraus. Leia a programação completa (na matéria no alto)

… … …

SEXTA-FEIRA E SÁBADO – 2 e 3 de novembro – 20h … “Poema suspenso para uma cidade em queda” – direção de Luiz Fernando Marques (Lubi) – No Teatro de Contêiner Mungunzá, à rua dos Gusmões, 43, em Santa Ifigênia.  Também de 9 a 12 de novembro (sexta a segunda, às 20h)

… … …

SEXTA-FEIRA – 2 de novembro – 20h … Cantor e ator Rubi faz show no Itaú Cultural acompanhado pelos músicos Peri Pane (violoncelo) e Paola Pelosini (baixo acústico). Na avenida Paulista, 149. Entrada franca

… … …

SEXTA-FEIRA – 2 de novembro – 21h … Festa das Bruxas com rock. Com as bandas Fernandes, Pompeia 72 e A Casa. No Santa Sede, à avenida Luís Dumont Villares, 2104

… … …

SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO – 2, 3 e 4 de novembro … Birdland –  … Montagem do grupo Cemitério de Automóveis para texto do dramaturgo Simon Stephens. Com direção de Mário Bortolotto. Na rua Frei Caneca, 384 (clique no cartaz para mais informações). Até 25 de novembro

… … …

SEXTA-FEIRA A DOMINGO – 2 a 4 de novembro … Mortos Vivos – uma ex-conferência … Após o ‘apocalipse zumbi’, peça mostra uma conferência à beira do abismo onde quatro especialistas analisam a crise que tomou o mundo e instruem os espectadores sobre as estratégias de sobrevivência. Texto de Alex Cassal, direção de Renato Linhares. No Sesc Belenzinho, à rua padre Adelino, 1000 (sexta e sábado, às 21h30; no domingo, às 18h30)

… … …

SEXTA-FEIRA – 2 de novembro – 22h … O som autoral do Grupo Noir e as versões roqueiras de clássicos da música com a Banda Opala meia9. No Burako’s “Quase no Centro da Terra”, à rua Marques de Herval, 11/13, no Valongo, em Santos

… … …

SEXTA-FEIRA – 2 de novembro – 22h30 … XXXbórnia de Halloween … Shows das bandas Raffa Moreira, Big Pacha, Gumes e Araras Negras. Discotecagem de King Pindalbas, Mario the golden goat, Peter Pedro, Bandivas e D La Veiga. Na Trackers, à rua Dom José de Barros, 337. Ingressos a R$30 e R$40

… … …

3 a 11 DE NOVEMBRO – 11ª Mostra Cultural da Cooperifa … Do sábado (dia 3) até domingo (dia 11) acontece a 11ª Mostra Cultural da Cooperifa. Ao todo, 68 atividades que envolvem literatura, teatro, dança, artes plásticas, cinema, música e rodas de conversa vão ocorrer em locais públicos da periferia de São Paulo. Neste ano, shows de artistas como Ellen Oléria, Criolo, KL Jay, Odair José, Marcelino Freire, Renata Prado, Salloma Salomão, Joice Berth, Elizandra Souza, Paulo Miklos, Tássia Reis, Débora Garcia, Lino Krizz, Consciência Humana e Fernando Anitelli, entre outros. Com distribuição de livros e oficinas. A programação diária, com horários e locais você confere aqui.

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 16h … Lançamento do livro: Cartas e silêncios [policromia] … Coletânea poética de Deolinda Nunes e Maria Lúcia López. No evento, participação do cantor e educador Marcos Munrimbau e da musicista Nicolly Silva. Na Boutique Vintage, à rua Padre Adelino, 949, quase em frente ao Sesc Belenzinho

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 16h30 … Tardes Musicais – Nega Duda canta Rainha Quelé (Clementina de Jesus). Na Fundação Ema Klabin, à rua Portugal, 43, no Jardim Europa. Entrada franca

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 17h … Vitoru Kinjo … Indicado ao Prêmio da Música Brasileira 2018 como melhor cantor na categoria Regional, Vitoru se destaca na nova mpb mesclando referências japonesas, tradições brasileiras, pop e rock. No Sesc Registro, à avenida Prefeito Jonas Banks Leite, 57, em Registro

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 17h … Quarteto São Jorge toca clássicos dançantes de Gil, Tim Maia, Alceu, Benjor, Timbalada, Caetano, Novos Baianos, Nação e outros. Nos intervalos, discotecagem do dj Obá Amar, com samba rock e música brasileira. Na Nossacasa Confraria das Ideias, à rua Mourato Coelho, 1032

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 19h … Grupo Clariô apresenta: Severina Da Morte A Vida … Saga do sertanejo Severino, guiado por Severina (figura misteriosa que surge da Terra) num mundo onde o “público” morreu. Duas personagens em busca de identidade e vida, numa terra seca e quase morta. Texto de Will Damas, livremente inspirado na obra de João Cabral de Melo Netto. Direção de Naruna Costa. No Centro Cultural Olido, à avenida São João, 473.

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 19h … O Encantamento da Rabeca … Espetáculo da Cia O Buraco d`Oráculo na Ocupação Cultural Mateus Santos, à avenida Paranaguá, 1633, em Ermelino Matarazzo

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 20h … Violonista Paulo Miranda apresenta o show instrumental ‘Referências’. Participação de Beatriz Carvalho na percussão. No Bar do Frango, à av. São Lucas, 479, na ZL

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 20h … Anelis Assumpção na programação do 15° Cardápio Underground … Com Roda de Conversa (20h30), Performance “Tapete Manifesto“ (22h), dj Fernanda Ferrari (22h30), show de Anelis (meia-noite) e dj Simoníssima (1h30). Ingressos de R$20 a R$60. No Galpão Busca Vida, na Estrada da Serrinha, km 3, em Bragança Paulista

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 20h30 … SPIO (São Paulo Impro Orquestra) … Grupo é formado por músicos e artistas sonoros que desenvolvem práticas em torno da improvisação não idiomática e da improvisação dirigida. No Leviatã, à rua Sete de Abril, 356, 4º andar. Entrada franca

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 21h … Show das bandas Abacaxepa e Banana Maçã na Casa do Mancha, à rua Felipe de Alcaçova. Ingressos a R$20

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 21h … Noise Rock Fest … Com as bandas cover de Evanescence (Synthesis), Marilyn Manson (Cahh Manson), Rammstein (Benzine), Matanza (Kalango Kid). Ingressos a R$10 e R$15. Na Fofinho Rock Bar, à av. Celkso Garcia, 2728

… … …

SÁBADO – 3 de novembro – 21h … Banda ‘Meu Nome É Francisco’ se apresenta no Augusta City Limits, à rua Augusta 339. Ingressos R$20 e R$30

… … …

DOMINGO – 4 de novembro – 16h … Lançamento do livro “Exercício de leitura de mulheres loucas”, poemas de Cinthia Kriemler. A autora também autografará seus livros anteriores, como o romance ‘Todos os abismos convidam para um mergulho’, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura. Na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena. O exemplar estará à venda por R$38

… … …

DOMINGO – 4 de novembro – 17h30 … Angola Cultural 43 … Show comemora aniversário de independência do país com atrações culturais angolanas (música, dança, poesia, documentário, exposições de arte e foto, lançamento de livros, outorga de diplomas e bolo). No Centro Cultural Olido, à av. São João, 473

… … …

DOMINGO – 4 de novembro – 17h … Cantora e percussionista Anná interpreta os sucessos de Dona Ivone Lara. Com Samuel da Silva (violão), Edinho Silva (cavaco), Angela Coltri (flauta), Luiz Fonseca Lobo (percussão). No Sesc Bauru, à avenida Aureliano Cárdia, 6-71, em Bauru. Entrada franca

… … …

DOMINGO – 4 de novembro – 17h30 … Sarau da Casa Florida – Arte Seja Como Flor … Noite de histórias, músicas, cantorias e surpresas, além de uma culinária muito especial. Entre os convidados estão Andi Rubinstein, Giuliano Tierno e Anita Galvão Bueno, Binho Geronimo e a palhaça Ligia Maria, de Daniela Biancardi. Na parte musical, Chico Saraiva e Consuelo de Paula. Na rua João Gomes Junior, 639, no Butantã. Entrada R$20

… … …

DOMINGO – 4 de novembro – 18h … Gafieira João de Barro traz a força do samba, da gafieira e uma pitada de forró. Entrada R$20. No Café Piu Piu, à rua Treze de Maio, 134

… … …

DOMINGO – 4 de novembro – 19h … Cantora Déborah Castolline apresenta ‘Como Nascem as Manhãs’. Com Liw Ferreira (guitarra e violão), Débora Gurgel (piano, teclado e flauta), Beatriz Pacheco (saxofone), Rogério Clementino (baixo), Matheus Marinho (bateria) e Pedro Teixeira (percussão). Participação da cantora Vanessa Moreno. No Itaú Cultural, à av. Paulista, 149. Entrada franca

… … …

DOMINGO – 4 de novembro – 19h30 … Flaira Ferro – no Bona … Cantora pernambucana apresenta músicas do seu primeiro disco “Cordões Umbilicais” e inéditas do próximo cd. Performance da bailarina Camila Bosso e participação dos cantores e compositores Vertin Moura, Ceumar e Anna Tréa. Na rua Álvaro Anes, 43, em Pinheiros

… … …

5 a 11 de NOVEMBRO … Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MicBR) … É empreendedor, artista ou produtor? Amante da arte, cultura e criatividade? Então inscreva-se gratuitamente em alguma das palestras da primeira edição do megaevento de negócios que reúne centenas de empresas e milhares de criadores e empreendedores dos setores culturais e criativos do Brasil e de outros países. É esperada a participação diária de 2 a 3 mil pessoas, números que devem saltar para até 30 mil no fim de semana, nas atrações artísticas espalhadas pelos centros culturais da avenida Paulista.

FUNARTE >>> Integrando o evento, a Funarte (Fundação Nacional de Artes) realiza, de 8 a 10 de novembro (quinta a sábado), das 13h30 às 15h30, a Mostra Paralela de Artes Cênicas, com seis companhias apresentando versões compactas de peças do seu repertório na Sala Renée Gumiel da Funarte, à alameda Nothmann, 1058 (convidados têm prioridade mas, se houver lugar, o público tem entrada franca). Confira no cartaz.:
Dia 8 (quinta-feira): Balé Teatro Castro Alves (BA) & Cia. Híbrida (RJ)
Dia 9 (sexta-feira): Jorge Garcia Cia de Dança (SP) & Cia. Solas de Vento (SP)
Dia 10 (sábado): Circo Mínimo (SP) & Focus Cia. de Dança (RJ)

… … …

DE 5 DE NOVEMBRO A 16 DE DEZEMBRO … MPA 40 anos … Uma série de eventos artísticos marca a comemoração dos 40 anos do Movimento Popular de Arte – o MPA de São Miguel Paulista, na ZL, de 5 de novembro a 16 de dezembro em vários locais do bairro. A abertura oficial acontece na sexta feira, dia 9, às 19h, na Casa de Cultura Antonio Marcos (Rua Irineu Bonardi,169) com a exibição do filme “São Miguel – Destino: Movimento Popular de Arte”, de Escobar Franelas, seguido de roda de conversa sobre o MPA. A seguir, às 21h, show com o poeta, compositor e cantor Luiz Casé. No mesmo local, no sábado, às 17h, sarau com microfone aberto e show com o Grupo Auá (às 19h). Confira no cartaz a programação completa (nesta segunda-feira, dia 5, já tem sarau, teatro e roda de conversa)

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 5 de novembro – 18h … Slam Resistência … Batalha poética acontece toda primeira segunda-feira do mês, no escadão da praça Roosevelt com a rua Augusta. Sarau convida Guma, do Reduto do Rap.

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 5 de novembro – 21h … Jeanne Darwich Canta Amazônia E O Pará … Cantora, compositora e bailarina paraense radicada em SP, canta cúmbias, lundús, carimbós e xotes, além de canções autorais, acompanhada pelos músicos Bráu Mendonça e Ygor Saunier. No Ó do Borogodó, à rua Horácio Lane, 21, em Pinheiros

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 19h … Lançamento de ‘Itinerários para o fim do mundo’, romance de Alexandre Rabelo. Na Patuscada, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena. O exemplar estará à venda por R$40

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 20h … Mostra de processos do Núcleo de Dramaturgia da Escola Livre de Teatro. Serão apresentadas cenas curtas de projetos individuais dos aprendizes, que criaram dramaturgias a partir do tema “Insurgências”. Após as apresentações, os dramaturgos conversam com o público. Também nos dias 14, 21 e 28 de novembro. No Sesc Ipiranga, à rua Bom Pastor, 822

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 20h … Çarau do burro … Um espaço pra livre experimentação poética. Com lançamento do livro ‘Lendas da rua, um estudo músico-visual do folclore brasileiro’. Na A7MA, à rua Harmonia, 95

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 20h … Sarau África … Bhetty Brazil, autora de ‘A Poesia e o Tempo em Movimento’, convida para as atividades artísticas promovidas pelo 29° Sarau da Biblioteca Municipal Feitiço da Vila, no Ceu de mesmo nome, à rua Feitiço da Vila, 399 – Chácara Santa Maria

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 20h30 … AI-5: 50 anos … Peça reconstitui a reunião que criou o Ato Institucional Nº5, resultando na ditadura militar brasileira. No Espaço Redimunho, à rua Álvares de Carvalho, 75, perto do metrô Anhangabaú

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 20h30 … João Macacão e Conjunto Paulistano (com André Fajersztajn de Almeida no clarinete e Ivan Banho no pandeiro) cantam sambas, choros e serestas. No repertório, clássicos de Noel, Ary, Hervê Cordovil, Monsueto, Sílvio Caldas e Cartola, entre outros. No Bar do Alemão, à av. Antártica, 554. Sempre às terças, até 18 de dezembro

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 21h … Terça em Cena … 50ª edição do projeto idealizado por Lucas Mayor e seu grupo, a “La Plongee” (clique no cartaz). No Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384. Ingressos a R$40 e R$20

… … …

TERÇA-FEIRA – 6 de novembro – 21h … Cantora brasileira Anná convida a espanhola Irene Atienza. Com Samuel Silva, Matheus Silva, Lobo e Angela Coltri. Na Casa Barbosa, à rua Rui Barbosa, 559. Entrada R$15

… … …

QUARTA-FEIRA – 7 de novembro … Lançamento online do single ‘O Tempo Voa‘, do talentoso poeta e slammer Lucas Afonso, com participação da poeta e apresentadora Roberta Estrela D’Alva. Acompanhe pela página de Lucas no Facebook 

… … …

QUARTA-FEIRA – 7 de novembro – Vizinhanças nas entrelinhas … Em face de um quadro bastante complexo da situação atual de Angola, Moçambique, África do Sul e Zimbábue, o evento pretende discutir impasses de várias ordens nesses países. Com debates, vídeos e lançamento de livros. Clique no cartaz e veja a programação completa. Na FFLCH-USP, à rua Professor Luciano Gualberto, 315

… … …

QUARTA-FEIRA a DOMINGO – 7 a 11 de novembro – Parte Feira de Arte Contemporânea – 2018 … Feira com 45 galerias e coletivos de arte e mais de 400 artistas. Mais informações aqui: https://linktr.ee/feiraparte. Ingressos a R$20 (R$10 para estudantes e +60). Gratuito para crianças até 12 anos. Na rua dr. Alberto C. De Melo Neto, 115, no Jardim Paulistano, Salão Marc Chagall do Clube A Hebraica. De quarta à sábado, das 14h às 21h. No domingo, das 11h às 19h

… … …

QUARTA-FEIRA – 7 de novembro – 19h … Uma Poesia Hoje, Antologia Brasil – Itália … O Sarau dos Conversadores em parceria com o Sarau Desconcertos convida para o lançamento do livro ‘Uma Poesia Hoje – Antologia Brasil/Itália’, na Patuscada Livraria Bar & Café, à rua Luís Murat, 40, na Vila Madalena. A mesma obra também será publicada na Itália pela Gilgamesh Edizioni, em edição bilíngue. O Sarau dos Conversadores promoverá diversos ‘Encontros Brasil-Itália’ para divulgar o livro (com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura). Veja as datas e locais no cartaz:

No evento desta quarta-feira, além da poesia falada da antologia, nas vozes dos autores brasileiros presentes (Ingrid Morandian, Ligia Regina Lima, Caberto Carlos Ildefonso e Cacá Mendes), a escritora ítalo-brasileira Rosana Crispim da Costa fará leitura dos poetas italianos (Lisa Bortolato, Valéria Raimondi, Andrea Garbin e Giovanni Fierro) no original e em português. O evento, que tem também a poeta Silvia Maria Ribeiro na produção artística, conta ainda com a música e a poesia falada da dupla “Os Conversadores” (Cacá Mendes e Edson Tobinaga) e participação do saxofonista Flávio Bala.

… … …

QUARTA-FEIRA – 7 de novembro – 20h … Grupo Clariô apresenta: Severina Da Morte A Vida … Saga do sertanejo Severino, guiado por Severina (figura misteriosa que surge da Terra) num mundo onde o “público” morreu. Duas personagens em busca de identidade e vida, numa terra seca e quase morta. Texto de Will Damas, livremente inspirado na obra de João Cabral de Melo Netto. Direção de Naruna Costa. No Teatro Leopoldo Fróes – Centro Cultural Municipal de Santo Amaro, à avenida João Dias 822

… … …

QUARTA-FEIRA – 7 de novembro – 20h … Samba de Terraço – com Élio Camalle … O supertalentoso cantor e compositor brasileiro radicado na França inicia a temporada do espetáculo ‘Samba D’Accord’, com releitura de clássicos e canções autorais engajadas, acompanhado por um time de músicos da pesada. No Terraço 775, à rua Domingos de Morais, 775, na Vila Mariana

… … …

AGENDÃO >>> Fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado. E toda quinta-feira tem um post novo. 

… … …