SÁBADO TEM SARAU DA MARIA >>> Às vésperas de completar seis anos, o Sarau da Maria reavalia sua trajetória e prepara mudanças de formato para o sarau de aniversário, a ser comemorado em abril. Por ora (no sarau de 2 de fevereiro e no desfile do Bloco da Maria, em 2 de março) entende que o mais importante é manter a programação e propiciar encontros entre os artistas. Neste momento de retrocesso político e volta da censura, é preciso marcar presença, estar unido e resistir ao obscurantismo que assola as esferas culturais e políticas do País. E este primeiro Sarau da Maria de 2019 está pra lá de especial: tem pocket-show do cantor e compositor Gabriel de Almeida Prado (Clube Caiubi e Chama Poética), tem a presença do poeta e ativista cultural Paulo Nunes e do violonista Alisson Amador (ambos vão contar algumas histórias do Instituto Juca de Cultura), tem o músico Cale Narman e a bailarina Elis Pessotti (do Sarau Encontro de Expressões, da ZN), tem o poeta e escultor Casulo (também conhecido como Gilmar Ribeiro, do Sarau Clamarte) e tem o Daniel Golinelli, cantor e compositor de Guarulhos (da turma do Sarau Terça Autoral, do Wolf do Vale e Lucas Golinelli). E o palco aberto, claro, pra quem chegar. No Clube Vila Maria (rua Profa. Maria José Barone Fernandes, 483), dia 2 de fevereiro, sábado, às 20h. Na semana que vem eu conto como foi.

… … …

SOLIDARIEDADE AO
POVO DE BRUMADINHO

… … …

Mesmo um blog de saraus não pode deixar de registrar sua indignação ao assistir as cenas da criminosa tragédia acontecida em Brumadinho. O pouco caso dos empresários e do governo, a repetição da tragédia de Mariana, a impunidade, um presidente que discursou mentiras sobre ‘proteção ambiental’ em Davos e depois deu vexame fugindo da entrevista coletiva com a imprensa mundial. Nessa hora de comoção, em que choramos nossos mortos, Bolsonaro não lembra de ter defendido a ‘flexibilização das leis ambientais’. Ou de ter dito que ‘é duro ser empresário no Brasil’. Duro, presidente, é ser assassinado diariamente, várias vezes, por um governo que se elegeu com votos do povo, para fazer ‘reformas’ que são do interesse de elites. Extraio das postagens de amigos nas redes sociais, poemas de Rosana Banharoli, Drummond e Saramago:

o silêncio
da morte
deixa
rastro
estridente

(Rosana Banharoli)

d

(Carlos Drummond de Andrade)

PRIVATIZE-SE TUDO!
(José Saramago)

A mim parece-me bem.
Privatize-se Machu Picchu, privatize-se Chan Chan,
privatize-se a Capela Sistina,
privatize-se o Pártenon,
privatize-se o Nuno Gonçalves,
privatize-se a Catedral de Chartres,
privatize-se o Descimento da Cruz,
de Antonio da Crestalcore,
privatize-se o Pórtico da Glória
de Santiago de Compostela,
privatize-se a Cordilheira dos Andes,
privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu,
privatize-se a água e o ar, privatize-se a justiça e a lei,
privatize-se a nuvem que passa,
privatize-se o sonho, sobretudo se for diurno
e de olhos abertos.
E, finalmente, para florão e remate de tanto privatizar,
privatizem-se os Estados, entregue-se por uma vez
a exploração deles a empresas privadas,
mediante concurso internacional.
Aí se encontra a salvação do mundo…
E, já agora, privatize-se também
a puta que os pariu a todos.

 

… … …

MINHAS ANDANÇAS POR AÍ

… … …

Semana agitada, niver de SP, saraus de montão e este velho poeta Arnaldão de folga do trampo no Estadão (inclusive na terça). Conclusão: fui a muitos eventos e vou ter que fazer um resumo minimalista das minhas andanças por aí:

SEXTA-FEIRA – Lançamento – Antologia “40 poetas em SP”… Fui à Patuscada e levei meu abraço e meu agradecimento aos curadores Cacá Mendes, Edson Tobinaga e Mariana Torres. O livro está muito bonito. Fico feliz de ter algumas poemas nele (e de estar ao lado de grandes escritores como Claudinei Vieira, Yara Camillo, João Caetano Nascimento, Fátima Oliveira, Germano Gonçalvez, Benedito Bergamo e Bruno Black, entre outros). Vale a pena conferir.

SEXTA-FEIRA – 6º Sarau Itinerante – Sarau da Vergueiro … Saí correndo da Patuscada a tempo de participar do Sarau Terra da Garoa, no Teatro da Galeria Olido. Organizado por Vieira Pato e Carlos Buono, o delicioso sarau abriu espaço para que os artistas mostrassem canções e poemas inspiradas em SP. Eu toquei duas de minha autoria. Mas teve clássicos de Adoniran, Vanzolini e até o ‘Carinhoso’, do Pixinguinha. Foi bão!

SÁBADO – Niver na Carauari – Eu não pude ir na quinta-feira ao show do grande Élio Camalle, na Carauari, pois estava de plantão no trabalho. Mas no sábado estive lá para parabenizar meus queridos amigos João Emilio, Deise Capelozza, Selma Bizon e Rosangela Alves. Claro que rolou um sarau bem legal e eu fui um dos últimos a ir embora (pra variar…)

DOMINGO – Bodega na Vitrine … No domingo, voltei à Galeria Olido (desta vez, à sala de vidro) e participei do sarau Bodega do Brasil, versão itinerante (normalmente ele acontece na rua General Jardim). Organizado pelo músico e cordelista Costa Senna (com Cacá Lopes e Júbilo Jacobino), o sarau fechou com chave de ouro a exposição Cordel na Vitrine, que teve presença de cordelistas, venda de cordéis, bate-papo poético, exposição e venda de xilogravuras, além das nossas apresentações musicais.

TERÇA-FEIRA – Toca Do Autor … Peguei uma folguinha que estava quase ‘vencida’ e aproveitei pra cantar no ‘Toca’, um dos saraus mais legais da cidade (olha lá eu na foto de minha amiga Rosa Freitas). Organizado pelo músico Alexandre Tarica (com apoio musical de Brau Mendonça, Rosangela Alves e Regina Cell), o sarau oferece som de qualidade e grava as apresentações, postando na net depois. Quer mais o que, Arnaldão? E eu nem falei nas belas cortinas vermelhas do Hotel Cambridge. Que cenário glamouroso!

 

… … …

INAUGURAÇÃO DO
TEATRO BRUTA-FLOR

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 21h … Show Sarah Abdala … Show marca a inauguração do Teatro Bruta Flor (no mesmo local onde antes funcionava o Teatro da Rotina). Agora, sob administração de um coletivo de artistas e ativistas culturais encabeçado pela jornalista e curadora musical Bijou Monteiro, o Bruta Flor promete abrir espaço para a arte de resistência (notícia auspiciosa nesse momento de censura e retrocesso). Sarah Abdala é uma cantautora goiana, radicada no Rio. Lançou os cds “Futuro Imaginário” (em 2014) e “Oeste” (em 2017). Na rua Augusta, 912, sala 12. Ingressos a R$40 e R$20

SÁBADO – 2 de fevereiro – 21h … Lucas Caram … Cantor e compositor apresenta trabalho autoral acompanhado por Daniel Altman (7 cordas) e Gabriel Altério (bateria). Na rua Augusta, 912, sala 12. Ingressos a R$40 e R$20

QUARTA-FEIRA – 6 de fevereiro – 21h … Roberta Zerbini … Cantora apresenta o show “Pedra”, acompanhada por André Bordinhon (guitarra), Eric Hirsch (guitarra) e João Antunes (baixo). Na rua Augusta, 912, sala 12. Ingressos a R$40 e R$20

 

… … …

OS HAXIXINS NA ‘IDADE
DA TERRA EM TRANSE’

… … …

DOMINGO – 3 de fevereiro – das 14h às 22h … 27ª Edição – “A Idade da Terra em Transe” … Festa roqueira e psicodélica acontece sempre no último domingo do mês, na ZL. Com exposição de artes, feira de vinis e show das bandas: Os Haxixins (e amigos), Capa Preta, Rafael Cirilo & Os Videntes Profanos, mais os djs Alice Martins, Ju Juliete, Lipa Zangrandi e Fernando Terror. No videoclube Charada, à rua José Antonio Fontes, 62, em Sapopemba

 

… … …

NOVO CLIPE DO
EDVALDO SANTANA

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 21h … Edvaldo Santana – Show de lançamento do novo videoclipe “Gelo no Joelho” … Clipe tem direção de Robson Timoteo e Anderson Choks e foi gravado no Campo do Vila Nova, num jogo do time dos “Amigos de Edvaldo”. No Bar do Frango – espaço cultural, à avenida São Lucas, 479. Entrada franca. Quando o clipe estiver disponível, eu posto aqui. Por enquanto, assista a entrevista que ele deu ao Carlos Magno, do programa ‘De Bar em Bar’, e conheça um pouco das ideias desse grande artista.

EDVALDO SANTANA >>> Compositor, cantor, guitarrista. Você sabia que esse cara é parceiro de Tom Zé,Itamar, Arnaldo Antunes? E também de grandes poetas como Leminski, Akira Yamasaki e Ademir Assunção? Esse coração solidário está sempre presente nos saraus da cidade e nos eventos culturais de São Miguel (o clipe mostrando o cotidiano do bairro é sensacional!). Edvaldo rasga a voz pra cantar sua gente. Da estirpe dos ‘baitas’ (como diz o Akira), é daqueles que jamais se vendem. Bom saber que ainda existe artista assim. Ele sabe que o amor é de graça. Ouça esse ‘lobo solitário’. Você vai curtir…

 

… … …

CÉU: SHOW E
DISCOGRAFIA

… … …

SEXTA-FEIRA E SÁBADO – 1 e 2 de fevereiro – 21h30 … Céu – Lançamento da Discografia em Vinil … Cantora e compositora se apresenta com Marcelo Dworeck (contrabaixo), Zé Ruivo (teclado), Thomas Harres (bateria) e o músico belga David Bovée (guitarra). Na comedoria do Sesc Belenzinho, à rua Padre Adelino, 1000. Após ver um show de Céu, escrevi:

CÉU é celestial é sol é mar. Ave altaneira peixe-mulher sereia. Céu mergulha e decola, cantarola impávida, asa ávida de voo, voz de brancanegra, brasa brasileira. Céu criadora, deusa. Céu vertical, classuda, contemporânea. Em sua salada eletrônica, letras poéticas temas insólitos som viajante, psicodélico por vezes lisérgico. Céu entorpece e enternece. Céu em Sampa invadiu de azul minha tarde cinza, minha verdade solitária and blue. Céu é rosa amorosa vagarosa absoluta total. Como uma onda redonda que desmonta e retorna outra. É um som dançante que não se enquadra no padrão, groove quebrado e antenado que não se contenta com repetição. Pleno, rico de timbres inusitados, Céu é um caminho por onde a música vaza prazer. O gozo da melodia. Onde o canto se torna central e a periferia vira capital. Céu descamba no samba quebra requebra feito cabrocha clubber. Mistura tinturas partituras várias. Desfila diversidades com sobriedade e loucura no ponto certo, no grau. Céu é total. Celestial. E esse texto parece voltar ao começo. Como um céu imenso, como o universo curvo de Einstein, o céu de Céu não cabe em si. Seu show ainda me toca ainda toca na memória aqui. Ainda ecoa ecoa soa de boa e escoa céu em mim.

 

… … …

FESTIVAL NOS PARLAPATÕES

… … …

DOMINGO – 3 de fevereiro – 20h … Música Autoral – nos Parlapatões … Primeira edição do festival de música independente que reúne bandas com repertório autoral. O objetivo do festival é divulgar as bandas,  promover a interação entre elas e valorizar sua criação musical e poética. Sempre aos domingos no Teatro dos Parlapatões, à praça Roosevelt, 158. Entrada R$40 e R$20. Nesta semana, com Anhangabahy (que acaba de lançar o cd “Sonhar é a Solução”) e Manacá

 

… … …

50 ANOS DOS BEATLES
‘TOCANDO NO TELHADO’ 

… … …

Faz 50 anos que os caras subiram no terraço Apple e tocaram para ‘um público’ pela última vez. Ao final da ‘apresentação’ (interrompida pela polícia a pedido de comerciantes que ‘reclamaram do barulho’), John diz, irônico: “agradeço em nome do grupo e espero que tenhamos passado no teste”. Sim, meu querido beatle preferido. Vocês passaram no teste. Com louvor.

Aproveito o assunto Beatles e recomendo a biografia do Paul McCartney, escrita pelo Philip Norman (que já escreveu a do John, que eu também li há uns anos atrás). São mais de 800 páginas, mas passam voando (Wings?). Tem um trecho em que o Paul quase vai pra cadeia e um repórter pergunta se ele sentiu medo: “Acho que tudo ia ficar bem, desde que eu pudesse levar meu violão comigo”. Ah, querido beatle… Como é bom poder tocar um instrumento, né? Eu pensava nisso enquanto compunha minha última canção do ano. Por isso, postei nas redes sociais: “desejo que alguma coisa bonita (sei lá o quê, um amor, talvez) salve a vida de vocês, como a música sempre salva a minha”. Parece bobeira, piada, afirmação exagerada ou apenas frase de efeito. Mas não é, acredite: é a mais pura verdade.

As deliciosas histórias do livro me levaram a dois filmes que pesquisei na rede, assisti na netflix e recomendo a você. Um, sobre os 50 anos do lançamento de ‘Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, disco que revolucionou a música mundial (e a moda, os costumes, o design & etc). O outro, sobre a carreira do beatle mais introspectivo, George Harrison (excelente documentário realizado pelo cineasta Martin Scorsese). Dê uma olhada nos vídeos, veja os filmes, ouça umas canções deles e devore os livros. Os Beatles jamais morrerão (ao menos aqui, em meu coração).

 

… … …

UM ADEUS PARA MICHEL LEGRAND

… … …

Após falar de Beatles, não posso deixar de registrar a morte de outro grande da melhor música de todos os tempos: Michel Legrand. O pianista, maestro e compositor francês ganhou três Oscar e cinco Grammy. Autor da maravilhosa trilha de “Houve uma Vez um Verão”, era fã declarado de Tom Jobim e da música brasileira. Minha canção preferida dele talvez seja “The Windmills of Your Mind”, que gosto de ouvir com o Sting.  Posto aqui, outra interessante versão dela, em francês e inglês, com a linda cantora Tina Arena (que me foi apresentada esta semana por minha amiga Veronica Lopes). Valeu, Legrand!

 

… … …

UMA FORÇA PARA O
POETA 
CLAUDIO WILLER

… … …

Artistas e amigos de Claudio Willer estão divulgando nas redes sociais um texto em que pedem ajuda ao poeta. Gente acima de qualquer suspeita, como Celso de Alencar, Ademir Assunção, Marcelino Freire, Luiz Roberto Guedes, Jotabê Medeiros, Eduardo Lacerda e muitos outros escritores, jornalistas e intelectuais. Leia e colabore depositando valores generosos na conta pessoal de Claudio Willer: Banco do Brasil, ag. 712-9. CC. 1890-2. CPF: 516.745.138-87

 

… … …

DEZ MESES REPETINDO:
QUEM MATOU MARIELLE?

… … …

QUE VERGONHA, BRASIL! >>> Já estamos em 2019 e esse crime continua impune. Uma representante do povo foi assassinada, os assassinos estão soltos e não ouço panelas: vários ‘suspeitos’ presos, muito blablablá e… nada! Vocês acreditam que a polícia (num Rio de Janeiro que estava sob intervenção militar) ainda não ‘descobriu’ quem são os assassinos de Marielle Franco? E ainda temos que ouvir o presidente eleito e suas balelas sobre armamentos e ‘militarização’. Já são dez meses de impunidade. No dia 14 de março a vereadora, de 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e voltava de um evento com jovens negras quando foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Protestos e manifestações contra o bárbaro crime se repetem diariamente em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos. As balas que a mataram também atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

VERGONHA 2 >>> Se o atual presidente fosse mesmo ‘bom de segurança’, uma vereadora não teria sido assassinada (ao que tudo indica, por milicianos – leia matéria do jornalista Marcelo Godoy com o secretário da Segurança Pública do Rio entrevista de Fernanda Chaves, assessora de Marielle, à Mônica Bergamo) no Estado onde ele fez toda sua carreira política (e que se encontrava sob intervenção militar). Será que seus eleitores refletiram sobre isso? Apoiadores do ‘coiso’ posaram para fotografias sorrindo ao quebrar ao meio uma ‘placa de rua’ com o nome de Marielle (junto a eles, o atual governador do Rio. Pode?). Será que os eleitores do ‘coiso’ concordaram com essa ‘brincadeira’? Não posso crer nisso. Como também não consigo compreender o porquê do ‘coiso’, ou do governador fluminense, jamais terem exigido publicamente o esclarecimento do caso Marielle. Por que será?

VERGONHA 3 >>> O delegado responsável pela investigação do assassinato de Marielle, Giniton Lages, foi mantido (pelo novo chefe de polícia, delegado Marcus Vinicius Braga) no cargo até o final do inquérito. Braga foi nomeado secretário pelo governador Wilson Witzel. A justificativa da nova cúpula é não interromper o trabalho da equipe atual, que vai ser ampliada para que a investigação ‘seja finalizada ainda no início do ano’. Também foram mantidos os responsáveis pelas unidades da Baixada Fluminense e de Niterói e São Gonçalo, Daniel Rosa e Bárbara Lomba. Parabéns aos envolvidos, só que não: afinal, já são 10 meses de impunidade. É uma vergonha! 

 

… … …

AGENDÃO

… … …

Aqui as sugestões de programação para esta semana. Acompanhe também as opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se!

… … …

ATÉ 14 DE FEVEREIRO – ÀS QUINTAS-FEIRAS – 15h … Oficina de Poesia Falada … Slam do 13 desenvolve diversas oficinas de escrita, performance e oralidade, a fim de possibilitar o surgimento de novos artistas por meio do poetryslam. No Sesc Santo Amaro, à rua Amador Bueno, 505

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – das 18h às 21h … Último dia do curso: O cinema de Stanley Kubrick … Prof. Dr. Marcos Soares aborda alguns dos mais importantes filmes do diretor: 2001 – Uma Odisseia no Espaço (1968), Laranja Mecânica (1971), O Iluminado (1980), De Olhos Bem Fechados (1998). No Espaço 8 arte e cultura, à rua Juquis, 28. Investimento: R$200 (ver parcelamentos e condições especiais)

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 18h30 … Bia Doxum & Banda … Cantora e compositora da ZL apresenta trabalho autoral. No Mirante, atrás do Masp

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 19h … Lançamento – Coleção Töpffer … O organizador André Caramuru Aubert e a cartunista Luli Penna falam sobre o ‘pai dos quadrinhos’. Na Livraria da Vila, à rua Fradique Coutinho, 915

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 19h … O Primo do Elvis – com os Coronel Parker. Na Quinta dos Infernos

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 19h30 … Leia Mulheres – Dalila Teles Veras … Discussão do livro “À Janela dos Dias”. Na Alpharrabio Livraria, à rua Doutor Eduardo Monteiro, 151, em Santo André

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 20h … Lançamento de ‘Puma’, livro de poemas de Sergio Mello. No Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 20h … Bate-papo … Zeca Baleiro, Vange Milliet e Andre Abujamra conversarão sobre os processos de produção e criação, aspectos lúdicos e estéticos e as peculiaridades da composição de músicas para crianças. No Sesc Consolação, à rua Doutor Vila Nova, 245

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 21h … Não Sou Obrigadx – Stand-up com humoristas LGBTQ+. No Castro Burger, rua Joaquim Távora, 1517

… … …

QUINTA-FEIRA – 31 de janeiro – 21h30 … Chico César e Vitor Ramil … Talentosa dupla entremeia canções e histórias de vida. No repertório, parcerias como “Olho d’água, água d’olho”, além de “Estado de poesia”, “Moer cana”, “Pensar em você” (de Chico) e “Deixando o pago”, “Labirinto” e “Estrela, estrela” (de Vitor). Na Casa de Francisca, à rua Quintino Bocaiúva, 22. Ingressos a R$80

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 17h … Sarau Socialista … Projeto democrático de difusão cultural: poesia, prosa, verso, repente, dança, canto, batuque ou pintura. Entrada: 1 Poema ou 1kg de alimento não perecível. No Boteco Socialista, à avenida Dr. Francisco Ranieri, 767 , no Mandaqui

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 19h … Cinema russo em São Paulo … Exibição de “Ёлки” (Árvores de Natal), filme popular e divertido sobre milagres de ano novo. Com petiscos russos e chá. Contribuição R$25. No Clube Eslavo, à rua Cubatão, 666c, na Vila Mariana

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 19h … Fetén no choro … Bar espanhol convida o Regional do Azedão, quarteto de choro composto por Anuar Abduch (cavaquinho), Allan Pio (pandeiro), João Pellegrini (violão 7) e Tiago Azevedo (flauta). Na rua Raul Pompéia, 206

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 19h … Dia Nacional do Quadrinho do ABC … Exposição “Café Ilustrado & Convidados” tem curadoria de Thina Curtis e seguirá aberta para visitação até 28 de fevereiro. No Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa, à rua Senador Fláquer, 470, centro de Santo André

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 19h30 … Chico César e Vitor Ramil – Rio de Janeiro … No Teatro Rival Petrobras, à rua Álvaro Alvim, 33 – 37, no subsolo. Na Cinelândia, Rio de Janeiro. Ingressos a R$40 e R$80

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 19h30 … Show com Luiza Ciglione e Vitor Sobral … No repertório, Led Zeppelin, Amy Winehouse, Alanis Morissette, Deep Purple, AC/DC, Pearl Jam e Red Hot. No Carauari Bar e Mercearia, à praça Carauari, 8, na Vila Maria

… … …

ATÉ 2 DE MARÇO – SEXTA-FEIRA e SÁBADO – 20h e 19h … Peça “Comum” … Grupo Pandora de Teatro faz 15 anos e apresenta espetáculos do repertório. Na Ocupação Artística Canhoba, à rua Canhoba, 333

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 20h30 … Nós – Matheus Pezzotta e Selma Fernands … Canções, vozes e o violão entrelaçados. No Quinto Pecado Café Bistrô, à rua Coronel Artur de Godoi, 12, na Vila Mariana. Ingressos a R$15

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 21h … Festa Somos – primeira edição na Casa do Mancha … Com shows de Manu Maltez, Olympic e Corte. Discotecagem de Tatá Aeroplano e visuais de Haxatag. Ingressos a R$20. Na rua Filipe de Alcaçova, 89

… … …

ATÉ 9 DE FEVEREIRO – ÀS SEXTA-FEIRAS E SÁBADOS – 21h … Homens, Santos e Desertores … Peça de Mário Bortolotto (que também atua, ao lado de Gabriel Pinheiro). Direção de Fernanda D’Umbra. No Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 21h … Izzy Gordon & Família … Sobrinha de Dolores Duran, a cantora irá dividir algumas canções com Denise Duran (sua mãe). No repertório, homenagem a Duke Ellington, e canções dos 30 anos de carreira. No Bona, à rua Álvaro Anes, 43

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 22h30 … Mais Vermelho que Nunca … Fabian Famin, o cantautor argentino radicado em SP (voz masculina do Raices de América) e o violonista e guitarrista Matheus Rocha apresentam músicas autorais e clássicos latinoamericanos. No Ecla e Toca do Saci, à rua Abolição, 244

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 23h … Charanga Do França convida Siba … Entre pesquisas de novos caminhos musicais e influências da música brasileira, do jazz e das tradições afro-brasileiras, o saxofonista e compositor Thiago França propõe uma releitura das tradicionais charangas brasileiras. No Mundo Pensante, à rua Treze de Maio, 830. Ingressos a R$20 e R$40

… … …

SEXTA-FEIRA – 1 de fevereiro – 23h … Samba da Gruta #21 … Tradicional roda de samba que atravessa a madrugada. Na Gruta, à rua Major Quedinho, 112a. Entrada R$10

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 9h30 … Meu corpo, minha fé: violências e abusos da religião … Roda de conversa com teólogas, historiadoras e representantes de instituições religiosas. Na rua do Carmo, 56

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 13h … JC Zeppelin Band & Thiago … No Bar da Beth, à rua Embirucu, 211, na Penha. Sem cobrança de couvert

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – das 14h às 17h … Curso de Teatro gratuito – na Aldeia Satélite … Curso de preparação artística para atores e interessados, abordando técnicas de Stanislavsky e da linguagem clown. Sob a coordenação de Claudemir Santos, é composto por atividades práticas, leituras, criação de espetáculo e apresentação do resultado obtido. Aos sábados, de 2 de fevereiro a 13 de abril (dez encontros). Na rua Tenente Luiz Fernando Lobo, 118

… … …

SÁBADOS DE FEVEREIRO – 2, 9,16 e 23 de fevereiro – das 15h às 17h … Como Musicar Poesia? … Adotando a obra de Fernando Pessoa como eixo criativo, a cantora portuguesa Joana Reais conta sua experiência na musicalização de poemas do poeta português e apresenta ao público os seus métodos de trabalho, intercalando momentos teóricos e práticos. Entrada franca. Na Casa das Rosas, à av. Paulista, 37

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 15h … Roda de Poesia do CAPSArtes no Sesc Interlagos. Com mediação de Maira Garcia, Márcio Ricardo da Silva e Maria Vilani. No Centro de Arte e Promoção Social, à rua Jeriquituba

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 15h … Slam do Helipa (Edição2) … Parceria entre a Editora Gráfica Heliópolis, o rapper Lews Barbosa e o Ceu Heliópolis, o campeonato de poesia falada acontece no primeiro sábado de cada mês. Com microfone aberto, lançamento de livros, sorteios, exposições e outras formas de intervenções. Nesta edição, presença do grupo de rap Loucos d’La Mente. Na Estrada das Lágrimas, 2385

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 17h … A poeta Inês Santos lança o livro ‘Entrelaçamentos’. Na av. Salgado Filho, 1453, em Guarulhos

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 18h … 2 anos de Sarau do Capão … Com palco aberto, pocket-show de Barbara Bivolt e lançamento do zine do poeta Kaya Matheus. Na Fábrica de Cultura do Capão Redondo, à rua Algard, esquina com rua Trevo Branco, s/n

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 20h … Pit Stop – Inauguração … Fernandes (voz e violão) interpreta canções autorais e músicas de Nando reis, Zeca Baleiro e Tim Maia. A banda João Varandas toca clássicos do rock mundial e Carla Passos canta sucessos nacionais. Na avenida Guapira, 1781

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 20h30 … Deh Oliveira – no Manjericanto … Músico faz show de voz e violão, cantando mpb, rock, pop e outros gêneros musicais. Na rua Voluntários da Pátria, 3558

… … …

ATÉ 25 DE FEVEREIRO – SÁBADOS, DOMINGOS E SEGUNDAS … Ledores no Breu … Peça inspirada no texto “Confissão de Caboclo” do poeta Zé da Luz e no pensamento e prática do educador Paulo Freire. Espetáculo trata das relações entre o homem sem leitura e sem escrita com o mundo ao seu redor. Com Dinho Lima Flor. Direção de Rodrigo Mercadante. Ingressos a R$40 e R$20. Aos sábados e segundas (21h) e domingos (20h). No Ágora Teatro, à rua Rui Barbosa, 672.

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 21h … Clube Caiubi Relembra Zé Rodrix … O grande Zé era incentivador e parceiro de alguns compositores do Clube. Participam do show: Ricardo Moreira, Vlado lima, Álvaro Cueva, Alê Cueva, Sonekka, Márcio Policastro, Teju Franco, Nando Távora e Rica Soares. No Brazileria, à rua Clélia, 285

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 21h … Drag fest … Comemoração de niver e festa trans. No Espaço Arranca, à rua Santa Catarina, 520, em Guarulhos

… … …

SÁBADO – 2 de fevereiro – 22h … Marcelo Gross Trio … Guitarrista apresenta (em power trio) músicas de sua carreira solo. No Clandestino Estúdio, à rua Augusta, 2366. Ingressos a R$20

… … …

DOMINGO – 3 de janeiro – 11h40 … Boletim Poesia é da hora – Programa Meu Caro Amigo … Programa semanal apresentado por Romeyka Pereira, Marah Mends e Gilberto Cruz divulga textos poéticos. Nesta edição, com a poeta Ana dos Santos, de Porto Alegre.
Na Rádio Comunitária Cantareira (87.5 FM), à rua Jorge Pires Ramalho, 71

… … …

DOMINGO – 3 de fevereiro – das 12h às 22h30 … Festival Ranhuras … Cinco bandas se apresentam: Corona Kings, Forte Norte, Molho Negro, The Monic e Toca-Fita de Corcel. No Container Pub Stop, à rua Orense, 60, em Diadema. Ingressos a R$15 e R$20

… … …

DOMINGO – 3 de fevereiro – das 16h às 20h … Show NGUZU + Oficina de Maracatu … NeguEdmundo liga seu microfone à mesa de som e aos efeitos do dub-maker Eduardo Mancha (Dubdubom), acompanhado por Mau (baixo), Thiago Duar (guitarra) e pelos percussionistas Toca Ogan (Nação Zumbi) e Eder ‘O’ Rocha (Mestre Ambrósio). No Centro de Culturas Negras do Jabaquara, à rua Arsênio Tavolieri, 45

… … …

DOMINGO – 3 de fevereiro – 16h … Baião de Spokens convida Siba … Performances poéticas com experimentações sonoras. Com Caco Pontes (voz, efeitos e direção geral), Caleb Mascarenhas (guitarra e sintetizadores), Felipe Chacon (bateria), Ligia Kamada (voz e percussão) e Lua Bernardo (baixo e vocais). No Sesc Parque Dom Pedro II, na praça São Vito, s/n

… … …

DOMINGO – 3 de fevereiro – das 17h às 22h … Bailão do Santo … Música, dança e bate-papo. Antes da festa, debate “Painel Música Autoral – Diálogos entre as artes”. No Casa Velha, Boulevard Othon Feliciano, 10, no bairro do Gonzaga, em Santos

… … …

DOMINGO – 3 de fevereiro – 18h … ‘Pessoas Estranhas’ se apresentam no Almanaque Urbano, à rua Martin Carrasco, 110, ao lado da estação Faria Lima do metrô. Entrada franca

… … …

ATÉ 17 DE FEVEREIRO … Sampa – 465 Tons de Cinza … Os fotógrafos Jorge Araújo e Filipe Araújo, pai e filho, expõem suas visões da metrópole cinza. No Porão da Cerveja, à rua Gal. Olímpio da Silveira, 39, em Santa Cecília (as imagens estão à venda)

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 4 de fevereiro – 18h … Slam Resistência – Lançamento do livro ‘Maloca’, de Rafael da Silva Carnevalli. Na Praça Roosevelt, 100

… … …

Até 25 de fevereiro – às SEGUNDAS-FEIRAS – 4 de fevereiro – 19h … Teatro na Mário: O Atormentador – Textos de Eduardo Galeano … Inspirada no “Livro dos Abraços”, peça traz à cena as vozes do povo latinoamericano. Com Nino Batista e Glauce Guima. Direção de Eid Ribeiro. Na rua da Consolação, 94. Entrada franca

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 4 de fevereiro – 20h … Café Poético #40 – no Bar Bela Santos … Evento criado em Porto Alegre pela poetisa e guia de turismo Nayara Lemos promove a literatura e a troca de ideias. Com expositores, artistas, músicos, dançarinos, fotógrafos, oficineiros, bibliotecários, poetas e palestrantes. Nesta edição com Elvis Silva, Rafa Fujii e Lincon David e Oliveira. Na Alameda Santos, 2444, nos Jardins

… … …

TERÇA-FEIRA – 5 de fevereiro – 19h … “Margens: Entre Cicatrizes e Poesia” … As poetas Ryane Leão e Lâmia Brito participam de bate-papo e oficina sobre como a escrita e a literatura podem ser cura. Mediação da jornalista Jéssica Balbino. Entrada franca. No Sesc Pinheiros, à rua Paes Leme, 195

… … …

TERÇAS-FEIRAS – 5 E 12 de fevereiro – 20h … Fernando Catatau: Luz do Fim de Tarde … Guitarrista apresenta músicas que farão parte de seu primeiro trabalho solo. No Centro da Terra, à rua Piracuama, 19

… … …

TERÇAS E QUARTAS – ATÉ 27 DE FEVEREIRO – 20h … ‘Café’ no CCSP … Dois garotos se conhecem em uma cafeteria e vivenciam trajetória amorosa permeada por um único assunto: café. A peça, construida a partir de poema homônimo de Herácliton Caleb, tem direção de Bruna Vilaça. No elenco, Gabriel Galante e Weslley Nascimento. Na rua Vergueiro, 1000

… … …

TERÇA-FEIRA – 5 de fevereiro – 20h30 … No Cinema Jã, exibição do filme ‘El Cochecito’. Na rua Descalvado, 116, perto do metrô Sumaré. Entrada: comes ou bebes

… … …

TERÇA-FEIRA – 5 de fevereiro – 21h … Luiza Caspary e Rhaissa Bittar … Cantoras dividem o palco do Paris 6 Burlesque, apresentando seus trabalhos solo e algumas canções juntas. Na rua Augusta, 2809. Ingressos R$50

… … …

TERÇA-FEIRA – 5 de fevereiro – 21h … Terça em Cena … Projeto sempre apresenta quatro peças curtas (clique no cartaz). No Teatro Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384. Entrada R$40 e R$20

… … …

ATÉ 27 de fevereiro – QUARTAS-FEIRAS – 6, 13, 20 e 27 de fevereiro – 19h … Fotografia: gênero, política e construção do desejo. Curso com Prof. Dr. Marcos Fabris. No Espaço 8 arte e cultura, à rua Juquis, 287, em Moema

… … …

QUARTA-FEIRA – 6 de fevereiro – 19h … Quarta Autoral – no Don Ramon … Com as canções autorais do cantor e guitarrista Aurélio Pedro, famoso por ‘tocar Raul’ na banda Cachorro Urubu. Na rua Jaguarema, 47, em Guarulhos

… … …

QUARTA-FEIRA – 6 de fevereiro – 19h … Cantoria de marchinhas … Cantora Dani Mattos convida para um esquenta de carnaval, com pequena banda acompanhando a cantoria das marchinhas. No Atelier Paulista, à rua Amália de Noronha, 301

… … …

QUARTA-FEIRA – 6 de fevereiro – 20h30 … Noite flamenca com Irene Atienza … Cantora e compositora espanhola radicada no Brasil se apresenta acompanhada por Flávio Rodrigues e Luciano Khatib. No Bona, à rua Álvaro Anes, 43. Ingressos a R$40

… … …

QUARTA-FEIRA – 6 de fevereiro – 21h … Nova montagem de ‘Macunaíma Ópera Tupi – Trans_criação’, da cantora e compositora Iara Rennó. No papel do escritor, o ator Pascoal da Conceição. Também nos dias 7 e 9 (às 21h) e 10 (às 18h). No sesc Vila Mariana, à rua Pelotas, 141

… … …

QUARTA-FEIRA – 6 de fevereiro – 21h … Gringa Music apresenta a cantora peruana Martha Galdos … No Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269. Ingressos a R$10

… … …

QUARTA-FEIRA – 6 de fevereiro – das 22h às 3h … Edgar, Saulo Duarte e Curumin (Brasil Music Summit) … Três artistas se apresentam na ‘noite Brasil’ do Festival. No JazznosFundos – CCMI, à rua Cardeal Arcoverde, 742. Ingressos a R$30 e R$40

… … …

ATÉ 2 DE FEVEREIRO … Programação de férias no CCPenha … Contação de histórias, teatro, circo, palhaçada, música, cinema, oficina e atividades diversas para as crianças. Veja a programação completa aqui. No Centro Cultural da Penha, no Largo do Rosário, 20

… … …

ATÉ 3 DE FEVEREIRO … Férias no MIS – Na programação: cinema, música, exposições, quadrinhos, fotografia e cursos. De terça a sábado, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 9h às 18h. Até 3 de fevereiro. Saiba mais aqui. Na Avenida Europa, 158

… … …

ATÉ 3 DE FEVEREIRO – SEXTAS, SÁBADOS E DOMINGOS  … União e Olho Vivo … Apresentação da peça ‘Bom Retiro Meu Amor Ópera Samba’ (horários variados, duas sessões diárias). Na rua Newton Prado, 766

… … …

ATÉ 8 DE FEVEREIRO … Centro de Música Sesc Vila Mariana – Especial de Férias … Entre as muitas atividades, vai ter aula-espetáculo com Pepeu Gomes, bate-papo com Derrick Green, do Sepultura, curso com os músicos do Angra, oficina de bateria para garotas (foto), Ricardo Herz, Toninho Ferragutti e Guinga discutindo as conexões entre a música popular e erudita. Na rua Pelotas, 141. Confira a programação completa

… … …

SEXTAS A DOMINGOS – ATÉ 10 DE FEVEREIRO DE 2019 … Roda Viva … Zé Celso e seu grupo remontam, 50 anos depois, a histórica peça de Chico Buarque. No Teatro Oficina, à rua Jaceguai, 520. Sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h.

… … …

SÁBADOS E DOMINGOS – ATÉ 24 DE FEVEREIRO … Grande Sertão: Veredas … No espetáculo, montado na área de convivência do Sesc Pompeia, a diretora Bia Lessa propõe a um só tempo uma peça de teatro e uma instalação em sua adaptação da obra-prima de Guimarães Rosa. Com Caio Blat, Luiza Lemmertz, Leo Miggiorin e elenco. Ingressos de R$12 a R$40. No Sesc Pompeia, à rua Clélia, 93. Aos sábados (20h30) e domingos (18h30)

… … …

AGENDÃO >>> Fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado. E toda quinta-feira tem um post novo.

… … …