Sarau, luau e o escambau

Sarau, luau e o escambau

Produção artística que vive à margem da indústria cultural

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os 13 anos do coletivo Poetas do Tietê, os livros de Cissa Lourenço e Filipe Luiz, a estreia do ‘Sons de Vila’ e a obra de Belchior nas ‘Lives do Bel-Prazer’

Por Arnaldo Afonso

Amar e mudar as coisas me interessa mais… Claro que eu queria ser contratado ou patrocinado e fazer esse showzão num teatro, com banda. Mas, quer saber?  Quando a gente quer mesmo fazer, a gente vai lá e faz. Então, anota aí: em breve, na minha página no Instagram, ‘As Lives do Bel-Prazer’. Arnaldo Afonso cantará as incríveis canções poéticas e filosóficas de Belchior, contando algumas histórias sobre o bardo cearense. Participação da cantora e atriz Rosa Freitas (que já cantou comigo nas lives sobre Cartola e Caetano).
A data da estreia ainda não está definida (será numa terça-feira, no final de outubro ou começo de novembro). Mas já dei início à pesquisa e à seleção das músicas, à leitura atenta das letras e livros sobre ele, à audição de lives, de entrevistas, de seus cds e dvds, às muitas anotações e aos ensaios propriamente ditos. Já estou fascinado e revigorado pelas ideias libertárias e inspiradoras de Belchior.
Decidi que serão ao menos duas lives (nem mesmo um pequeno perfil da obra de Bel caberia numa só…). Cada live terá cerca de 12 canções, sem contar as declamações de trechos de várias de suas letras (ao menos 30 de suas músicas serão cantadas, citadas ou comentadas). Eu precisava anunciar tudo isso já? Não, não precisava. Poderia esperar? Sim, poderia. Mas acontece que… eu não vejo a hora de fazer essa liveeeee… Viva Bel!
.
… … …
COMO FOI
… … …
COMO FOI 1 >>> 41º SARAU DA MARIA – Ano VIII – online >>> Em mais uma edição online, o sarau recebeu os escritores Beth Brait Alvim, Pedro Tostes, Shirlene Holanda e Veronica Lopes; os músicos Aline Lopes de Souza, Augusto Teixeira, Cássio Figueiredo e a banda performática Macaco Fantasma (com Chris Cruz e Flávio Hernandes). O cantor e compositor Dari Luzio também participou apresentando mais um vídeo com trechos de sua ópera-rock ‘Esse País é Teu’, ao lado da banda Jeca’s Blues e de atores convidados. Confira
>>> E teve nossa homenagem a Paulo Freire, pois “enquanto os toscos celebram torturadores, nós celebramos os educadores” (frase do cantor e compositor Déo Miranda)
COMO FOI 2 >>>> CANAL DO POETARIADO, live literária mensal apresentada por Cesar Augusto de Carvalho e Hamilton Faria homenageou a poeta e atriz Beth Brait Alvim. Assista 
COMO FOI 3 >>> MACACO FANTASMA >>> Grupo de poesia, performance e música encabeçado por Flavio Hernandes e Chris Cruz, apresentou ‘Transfluências Modernistas’, série de lives (com vários episódios) que fez parte do projeto Bibliotecas Online. Homem Revoltado aborda a obra de Oswald de Andrade
COMO FOI 4 >>> O NOVO NO OVO >>> Live de lançamento do livro transmídia da poeta Paula Valéria Andrade com a presença dos muitos artistas que participam do projeto. Veja como foi
.
… … …
1000 DIAS DE TORTURA
… … …
O Brasil tá se aguentando como pode. 1000 dias de (des)governo Bolsonaro acabam com os sonhos, a paciência e a saúde mental de qualquer nação (quando não mata, como fez a quase 600 mil vítimas da Covid). Suportamos 1000 dias de descaso administrativo, omissão na saúde, desmonte de políticas trabalhistas e de projetos sociais de inclusão, ataques à cultura, à democracia, ao Estado laico, além de negacionismos ridículos e anacronismos ideológicos variados. Somos vencedores: não foi fácil suportar tudo isso e chegar a outubro de 2021 com alguma esperança de redemocratizar o país (só após as eleições do ano que vem, claro).
Na semana passada comentei sobre a busca das classes dominantes (‘conceito ultrapassado’, né?) por uma suposta ‘terceira via’. Nos vendem a ideia de que o mal brasileiro seria o da tal ‘polarização’. Mas não é não. O mal do Brasil é o fascismo. É a falta de empatia. O mal brasileiro é ter uma elite cruel,  sanguinária e antipovo. É ter um ‘capetalismo’ (como diz meu amigo Rubens Jardim) que não direciona as políticas públicas para a formação de uma nação politizada, de cidadãos educados, empregados, com teto sobre a cabeça, livros nas mãos, sapatos nos pés e dentes tratados. E é por causa dessa negação dos direitos básicos de cidadão que, cada vez mais, nada será como antes. Há um abismo entre nós. Não dá para compactuar com o fascismo vigente.
Esse papo furado de ‘terceira via’ e de ‘polarização entre esquerda e direita’ foi o que nos levou a esse abismo. E os responsáveis por ele ainda não assumiram sua culpa. De empresários ‘de visão’ (só que não!) a políticos ‘honestos’ (só que não!). De celebridades ‘patriotas’, jogadores de futebol ‘importantes’ e artistas ‘que pensam no povo’ (só que não!) a jornalistas ‘isentos’ (só que não!). Todos que apoiaram a farsa bolsonarista e abraçaram o fascismo vestindo o ‘manto verde-e-amarelo’ da seleção estão com seus nomes sujos e não serão esquecidos. A lata de lixo da história é seu lugar. Que ao menos façam mea culpa, seus canalhas irresponsáveis! O Brasil precisa afastar de vez o fantasma do fascismo e reencontrar o caminho democrático.
(A ilustração ‘comemorativa’, colhida na net, é do grande artista Latuff)

Sábado – 2 de outubro … Fora Bolsonaro: por democracia, comida, vacina e emprego, manifestações em todo o país pedem impeachmente do (des)presidente.

 

… … …
AGENDÃO
… … ….
Em minha página no Facebook, diariamente, publico a agenda com os eventos culturais da seara alternativa. Leia e compartilhe. Fortaleça a cena dos artistas independentes. Aqui, alguns destaques:

POETAS DO TIETÊ >>> Coletivo poético e performático completou 13 anos. Entre suas muitas atividades estão o ‘Poesia na Faixa’, sarau de rua; ‘Sarau Asas Abertas’ (para pessoas em privação de liberdade); ‘FELINO (Feira Literária da Norte); OCUPAZ (cortejos poéticos, saraus e oficinas para as crianças do CEU Paz) e o selo ‘Edições do Tietê’. Parabéns ao Paulo D’Auria, Cissa Lourenço e a todo o pessoal que coloca a poesia em seu devido lugar: na biblioteca, na rua, na cadeia, no Sesc, na Casa das Rosas, na Bienal, no CCJ, no Instituto Moreira Salles, em Paraty, no Jardim Paraná, na chuva e na fazenda.

Sábado – 2 de outubro – 19h … Cissa Lourenço lança seu primeiro livro, ‘Atrás dos muros, uma flor’, no Sarau A Plenos Pulmões (informações e inscrição em casadasrosas.org.br/agenda)

SONS DE VILA >>> Música, poesia, performances, artes plásticas, moda, djs e gastronomia. Às sextas-feiras, às 18h. Na estreia, show de Kátia Aqkino, Sérgio Basseti e Telo Ferreira. Evento gratuito, a céu aberto. No CC Vila Formosa

Sexta – 1 de outubro – 20h … Bate-papo com Cassio Figueiredo no Abrigo de Ideias

ANTÔNIO CUNHA >>> Ator interpreta ‘Corpo Sopro’, texto do poeta Carvalho Junior

Sexta – 1 de outubro – 20h … Poeta, cronista e contista Ingrid Morandian participa do ‘Notas de Escurecimento’, live de Plinio Camillo

FILIPE LUIZ >>> A Editora Sopa de Letrinhas apresenta ’60 Curras e Outros Poemas’, o segundo livro do poeta. Adquira aqui

Neste poema, Filipe usa as imagens dos maiores navios da Segunda Guerra pra falar sobre o fim de um relacionamento:

.

ENTRE O BISMARCK E O YAMATO
(Filipe Luiz)

entre o Bismarck e o Yamato
há sempre um disparo acidental
um grito doloroso
dois túmulos erguidos,

há sempre um gemido em destroços
um leme dividido
um porto vazio
corações arruinados

entre o Bismarck e o Yamato
há sempre uma centelha de remorso
um áspero deserto
uma nau em destroços devorada na hidra

ovantes marchas pelo nunca mais
uma ferida incurável
a aflição da bruma
pesadelos na ilha

entre o Bismarck e o Yamato
há sempre um soluço embargado
uma tropa de insultos
um amor batendo em retirada

já era um natimorto
antes mesmo de zarpar
era neblina de afetos
um baú de chumbo rumo a tempestade

entre o Bismarck e o Yamato
há sempre outra derrota à vista,
pedaços de passado,
dois corpos distantes
naufragando

na mesma cama…

OCUPAÇÃO PAULO FREIRE >>> Exposição no Itaú Cultural conta a história do educador Paulo Freire. Em tempos nazi-negacionistas, é fundamental disseminar um pouco das ideias e do projeto humanista desse grande brasileiro que, em toda a sua vida, defendeu conceitos como pluralidade, transcendência, diálogo, humildade, trabalho e amor. A ‘Ocupação’ convida o público a conhecer e reinventar a prática desse professor que nos orienta a redescobrir as palavras para reescrever um mundo melhor. Saiba mais

>>> MAIS PAULO FREIRE >>> Acompanhe algumas páginas e sites que prestam homenagem ao educador em seu centenário de nascimento: Centenário Paulo Freire (com depoimentos, podcasts, sugestão de livros e links variados) Coletivo Paulo Freire – Por uma Educação Democrática (página é iniciativa da deputada federal Luiza Erundina com o apoio de pensadores, educadores e pessoas ligadas aos movimentos na defesa da Educação) – Instituto Paulo Freire (entidade reúne pessoas e instituições movidas pelos ideiais de uma educação humanizadora e transformadora) , para aprofundar reflexões, melhorar suas práticas e fortalecer a luta pela construção de um outro mundo possível  – Um link para baixar em pdf 17 livros do educadora reportagem O Legado Permanente de Paulo Freire (com prêmios recebidos e livros publicados) e um vídeo sobre sua história produzido pelo Nexo Jornal (Quem foi Paulo Freire e seu trabalho como professor)

UM MUNDO EM NÓS >>> Já está nas plataformas digitais o cd que reúne canções com letras de Léo Nogueira. Produzido por Leonardo Costa e Augusto Teixeira (que canta), tem participação de artistas como Kleber Albuquerque, Zeca Baleiro, Chico Salem, Renata Pizi, Estela Lilian e Álvaro Cueva Moraes, com arte de Elifas Andreatto

Domingo – 3 de outubro – 14h … Martinho Jorge canta clássicos do samba e da Velha Guarda da Mangueira (com Sergio Bello, Dino Daia e Marrom Nassor). No Bar Birô, da Vila Mariana

ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Live do programa Geringonça promove interessantes debates semanais sobre questões contemporâneas: cultura, política e saúde. Fique ligado no canal e para assistir e participar: Coletivo Resistência/CCD-LL no Youtube

PROJETO TRILOGIA RICHARD FOREMAN (VERSÃO ONLINE) >>> Três das obras mais representativas e inéditas do dramaturgo norte-americano Richard Foreman, ‘Badboy Nietzsche’ (9 de outubro), ‘Prostitutas Fora de Moda’ (2 de outubro) e ‘Os Deuses estão Marretando a Minha Cabeça’ (25 de setembro) foram remontadas e gravadas (na Funarte) pela Cia Nova de Teatro para transmissão online no canal do grupo no YouTube. A companhia que, ao longo de seus 20 anos, vem investigando a cena performativa, visual e performática, tem Lenerson Polonini na direção das peças. No elenco da trilogia, Fábio Mráz, Carina Casuscelli, Rosa Freitas, Marcelo Marothy e Rafael Schmitt (com participação em voz off e vídeo de Paulo Cesar Peréio). Os três espetáculos serão exibidos às 11h e ficarão disponíveis no canal por um dia

.

Sábado – 2 de outubro – 11h … Prostitutas Fora de Moda. Peça navega entre o expressionismo e o surrealismo, entre o lirismo e o sarcasmo, numa narrativa que se esforça em reconstruir a jornada sentimental de um homem que envelheceu perdido entre o mundano e o platônico. A atual montagem busca mesclar histórias das prostitutas dos grandes centros urbanos, discutindo questões sobre a decadência humana. No YouTube

GRINALDA DE UM POETA … O poeta (e editor da Algaroba) Daniel Perroni Ratto lança primeira coletânea de sua obra. ‘Grinalda de um poeta‘ tem pintura de capa feita por Manoel Britto, prefácio de Claudio Willer, apresentação de Tavinho Paes, ‘orelhas’ de Manoel Herzog (Germano Quaresma). O poeta, jornalista, músico e editor da Editora Algaroba já publicou ‘Urbanas Poesias’ (Ed. Fiúza, 2000), ‘Marte mora em São Paulo’ (A Girafa, 2012), ‘Marmotas, amores e dois drinks flamejantes’ (Ed. Patuá, 2014), ‘VoZmecê’ (Ed. Patuá, 2016) e ‘Alucinação’ (Algaroba, 2018). Em 2020 ganhou o ‘Prêmio por Histórico de Realização em Literatura’, da Secretaria de Cultura do Estado de SP. ‘Grinalda’ tem mais dois lançamentos marcados:
Dia 2 de outubro: 17h – Cantinho do Frango, Fortaleza
Dia 7 de outubro: 19h – O Cangaço Bar, Juazeiro do Norte
(no Rio de Janeiro a data ainda está sendo acertada)

ÀS SEXTAS – 20h … Programa Papo Rock, com Arnaldo Marques. Clique no link da web rádio CDR. Também na segunda-feira, às 23h (saiba mais aqui

ANDRIO CANDIDO >>> Artista e produtor cultural ministra a Oficina Online de Literatura Periférica, com foco em escrita criativa e criação de performance (pelo Teatro Flávio Império). Até 15 de dezembro, das 19h às 22h. Saiba mais

POESIA EXPERIMENTAL PORTUGUESA >>> Até 14 de novembro acontece a exposição que traz cerca de 80 trabalhos de 18 artistas portugueses, perpassando seis décadas de produção poética em variados formatos e suportes: impressões, pinturas, caligrafias, fotografias, objetos, áudios e vídeos. No CCSP – Centro Cultural São Paulo. Saiba mais

Sábado – 2 de outubro – 16h… Kleber Albuquerque segue com as lives que culminarão na gravação uma nova versão de sua clássica canção ‘Os Presentes’ e convida o público a participar (do clipe e da produção da música). No YouTube

CABELOS DO MAR >>> Saiu o videoclipe da música de Joca Freire em parceria com Léo Nogueira e Márcio Policastro (acordeom de Adriano Magoo, percussão de Jota Erre e arranjo de Raul Misturada). Direção de Alex Correia

RENE DE FRANÇA >>> Foi lançado o álbum ‘Canções do Reino de São Ninguém‘, de Rene de França (da banda Freud à Deriva), em todas as plataformas digitais

CARLA ANDRADE >>> Já está disponível para pré-venda o livro ‘Ando caindo cada vez mais leve‘, da poeta mineira Carla Andrade que já lançou ‘Voltagem’, ‘Artesanato de Perguntas’ e ‘Conjugação de Pingos de Chuva’ (já falei dela no blog). Clique e reserve seu exemplar.

ZIPER ABERTO >>> Além de grande cantora e compositora, Marcia Cherubin mantém uma página onde publica regularmente suas pensatas e crônicas

ALVARO ALVES DE FARIA >>> Poeta lançou ‘Pandemia, 27 poemas brasileiros’

REVISTA PIÚNA >>> Saiu a quinta edição do periódico literário digital trimestral da UBE-MS. Leia aqui, também, as edições anteriores

ROGERIO BRITO CORREIA >>> ‘Lanço a lança no Tempo, Imorredouro’, Livro de poemas saiu pela Edições Archangelus

A TAL ROSA >>> Já está disponível (em pré-venda) o livro de poemas da cantora e compositora Grazi Nervegna pela Carpe Librum Editora. Com prefácio de Fernanda de Paula e capa e ilustrações de Amanda Barros Velloso. Saiba mais

UILSON PAIVA >>> Cantor e compositor lançou a canção ‘Bem Sei‘ em todas as plataformas digitais. Confira

TV DA MARIA >>> Pra quem não sabe, no YouTube tem um canal com um montão de vídeos de diversas apresentações acontecidas no saraus e shows organizados pelo coletivo Sarau da Maria ao longo de seus 8 anos de atividades. As filmagens foram feitas pela querida Selma BizonEntre lá e confira

BÓRA – FOTOGRAFIA, OFICINAS E SABERES >>> Projeto oferece 15 cursos gratuitos, com diversos temas e profissionais. Inscrições abertas para 4 de outubro, das 19h às 21h. Monica Zarattini faz oficina ‘Fotógrafos Inspiradores, Textos Inspiradores’. Saiba mais

TOM KBÉLO >>> Tom é um guerreiro na divulgação dos eventos de produtores culturais, músicos e poetas do circuito alternativo. A Tom-K Produções Culturais tem promovido entrevistas e shows com artistas de várias regiões do país. Lá, este blogueiro e cantor  apresentou live autoral

>>> ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Ouça o Propagassom Tom-K, na rádio Expedição CoMMúsica. Apresentado por Tom Kbélo, programa tem reprise aos sábados, às 15h (no link)

COMMÚSICA >>> Criado por Dênio Patrik, Grívan Narvìg e Elizabeth Del Nero, site recebe inscrições para mapear o cenário de bandas e artistas independentes, promovendo a divulgação de seus trabalhos, suas redes sociais e fortalecendo as conexões entre eles. O mapa virtual da Expedição CoMMúsica tem geolocalização e representação por fotos de satélite. Canal objetiva a interação entre artistas periféricos e independentes, democratizando o acesso à música e buscando novos recursos digitais que aproximem a arte do público, garantindo a sobrevivência dos artistas’. Saiba mais

>>> ÀS QUINTAS – 22h >>> Programa ‘Quintas Elétricas Delirantes’, do músico e dj Eduardo Osmedio apresenta temas musicais variados a cada edição. No site da Expedição CoMMúsica

>>> ÀS SEXTAS – 19h >>> Sons da Resistência, programa apresentado por Elizabeth del Nero, mistura revelações a artistas consagrados. Pela Expedição CoMMúsica

ÀS SEXTAS – 20h >>> Cantoria na janela da casa dos seresteiros Trovadores Urbanos. Evento gratuito (e amoroso) para moradores e turistas da cidade. Saiba mais

34ª BIENAL ‘FAZ ESCURO MAS EU CANTO’ – Com título que homenageia o grande poeta Thiago de Mello, a exposição acontece até 5 de dezembro, no Parque do Ibirapuera, com entrada franca. Terça, quarta, sexta e domingo, das 10h às 19h. Às quintas e sábados, das 10h às 21h. Acesso mediante apresentação de comprovante de vacinação contra Covid-19. Saiba mais

EXPOSIÇÃO TRIÂNGULO DAS ARTES >>> Até 3 de outubro, três galerias (Contemporâneos Galeria de Arte, Galeria Arte4 e Casa Alphonsus Arte & Galeria) se encontram no 6° Circuito Arte Búzios para integrar e promover o intercâmbio cultural entre os polos artísticos do Rio de Janeiro, Búzios e Ouro Preto, reunindo trabalhos de 20 artistas (no cartaz). Acompanhe as galerias no Instagram (e saiba mais aqui)

>>> ‘MULHERES SELVAGENS’ >>> Até 13 de outubro a Contemporâneos apresenta a exposição virtual de Tatti Simões com 16 obras em aquarela, inspiradas no universo feminino (saiba mais)

NOVO PROJETO DE CARLOS MATTOS >>> Editor da Essencial, o escritor Carlos Mattos, apresenta um canal aberto para depoimentos de autores, tradutores, revisores, editores, ilustradores e a todos na área da literatura (veja aqui). A ideia é de arquivar as entrevistas para que possam ser usadas como portfólio, fonte de debates e disseminação de conhecimento. Entre na página e marque seu depoimento

>>> INSCRIÇÕES ABERTAS >>> Editora Essencial também apresenta novo selo editorial, o ‘Carne Sem Luz‘ e lança edital para sua primeira antologia ‘O Lamento das Coisas‘, de contos de terror, mistério e suspense. Até 2 de novembro, inscreva-se no link

.

… … …

MAIS 10 LIVROS 

… … … 

Livro falado alado pesado prensado musicado. Livre leve levado achado roubado perdido. Livro livre lindo relido. Livro é bicho vivo. Eis aqui mais uma lista de livros de autores do circuito alternativo. O blog sempre dá alguns registros (não necessariamente de lançamentos). Confira:

VESTÍGIOS‘ >>> Bandeirola lança a segunda edição do thriller político ‘Vestígios – Mortes Nem Um Pouco Naturais‘, de Sandra Abrano. O bairro de Vila Maria é o palco dessa história de suspense que começa em 1976 e vai até os anos 2000 (na nova edição, há páginas brancas, cinzas e negras, se alternando ao longo do tempo). Adquira o livro aqui

RISCA FACA >>> Novo livro do poeta Ademir Assunção. Adquira com preço promocional e dedicatória do autor pelo site da Demônio Negro

LUKA MAGALHÃES >>> O escritor e editor da Archangelus, autor de ‘Ecos do Silêncio’ (publicado em 2018) lançou ‘Entre cruzes e dores’, livro de poemas e contos, com prefácio de Carvalho Junior (in memoriam) e nota de orelha por Maria Gorete de Jesus Coutinho Cordeiro. Para saber mais e adquirir o livro, mande mensagem

O LIVRO DO TOM >>> Já está disponível para pré-venda o livro Anjos Bailam, do poeta e ativista cultural Tom Kbélo, pela Carpe Librum Editora, com bela capa de Amanda Barros Velloso e preço promocional de R$30 (com frete grátis para todo o Brasil). Para adquirir, acesse o link

EDMAR SILVA >>>São Paulo em Preto e Branco‘ é o livro de poesia visual em que o multiartista Edmar Silva apresenta artes produzidas desde 2018, formando um pequeno manual que retrata a cidade de SP. Com capa de Rauni Vilasboas, o pdf do livro pode ser baixado gratuitamente

CACÁ MENDES >>> Manifesto do Fim do Mundo é o livro de poemas lançado pelo multiartista da dupla Os Conversadores. Pela Desconcertos Editora (adquira aqui)

XILOGRAVURA DE PÁSSAROS >>> Lançamento póstumo do livro de Carvalho Junior, talentoso poeta (falecido em 30 de março passado). Editado por José Couto, tem prefácio de Claudio Daniel e posfácio de Antonio Aílton, além de textos de apresentação por Maya Falks, Dalila Teles Veras e Ricardo Leão. Capa e ilustrações de Tita do Rêgo. Pela Penalux (adquira aqui)

NEBULOSA >>> Livro de André Cáceres está disponível para pré-venda na loja da Editora Patuá. Em ‘Nebulosa’, assim como no Brasil de 2021, a ciência é uma seita marginalizada, perseguida e em risco de extinção. Escritor, crítico e jornalista, André é autor do romance distópico Cela 108 (Multifoco, 2015) e coautor do livro-reportagem Corações de Asfalto (Patuá, 2018)

A REBELIÃO DO AMOR >>> Livro de poemas do cantador e compositor Mauri de Noronha, pela Lavra Editora, com ilustração de capa feito pelo artista plástico Rodrigo Martins. À venda por R$30 (adquira aqui)

OS LIVROS DO VLADO LIMA >>> O poeta e agitador cultural Vlado Lima já publicou ‘Sabe de Nada, Inocente!‘, ‘Como Suportar Jabs no Baço e Encarar Nocautes‘ e ‘Pop Para-Choque‘, além de criar e apresentar o Sarau Sopa de Letrinhas, há mais de 18 anos. Vlado, também cantor e compositor, é um dos fundadores do famoso Clube Caiubi. Ele tem postado no zap e no Facebook alguns textos que farão parte de seu próximo livro, em elaboração (veja aqui)

.

… … …

TRÊS ANOS E MEIO DE
VERGONHOSA IMPUNIDADE

… … …

E os mandantes do assassinato de Marielle e Anderson continuam impunes. Pega mal pro Brasil, né? É uma vergonha… Mas o que poderia se esperar de um presidente que defende ditadura, tortura, pena de morte e porte de armas? Assassinatos impunes, obviously: milícia carioca envolvida e blindada, intervenção na PF do RJ (estado onde a família Bolsonaro fez ‘carreira política’, digamos assim…), indicação de ministro ‘amigo da família’, proteção aos filhos do presidente acusados de envolvimento com as milícias, sumiço do porteiro do prédio onde o presidente mora, sumiço dos celulares de um envolvido que foi morto na Bahia, entre outros ‘mistérios’…

Uma representante do povo foi assassinada (seu motorista também) e os mandantes do crime continuam impunes. E ninguém entrevistou nem ouviu uma única palavra dos dois assassinos confessos. Só mesmo numa ditadura ou sob um governo fascista isso poderia acontecer. E é isso que o golpe de 2016 (encaminhado pelo juiz de araque e seus procuradores paus-mandados, com apoio do Congresso e ‘com o Supremo, com tudo’) nos deu: o impeachment de Dilma, a prisão de Lula e o massacre diário para desmoralizar o PT, na mídia, provocaram a eleição de um fascista idiota e genocida, cercado por anacrônicos e perigosos anticomunistas debilóides.

Empresários ‘de visão’ (só que não!), celebridades ‘patriotas’ (só que não!), políticos ‘honestos’ (só que não!), jogadores de futebol e artistas ‘que pensam no povo’ (só que não!) e jornalistas ‘isentos’ (só que não!) apoiaram essa farsa (que começa a ser desmascarada até mesmo na esfera ‘legal’). Todos abraçaram o fascismo vestindo o ‘manto verde-e-amarelo’ da seleção. Seus nomes estão sujos na história e não serão esquecidos. Que ao menos façam mea culpa, seus canalhas irresponsáveis! O Brasil precisa afastar de vez o fantasma do fascismo e reencontrar o caminho democrático.

.

MARIELLE 2 >>> Eu já sabia, né? Tava na cara. Eu repito esse texto há três anos e meio e vou continuar repetindo enquanto este blog existir. É meu compromisso em defesa da democracia e da liberdade, ambas ameaçadas pela impunidade de assassinos ou pela omissão das autoridades. Se temos dois suspeitos presos (a quem ninguém entrevistou, confrontou, nem perguntou os motivos do crime) ainda falta saber quem mandou matar Marielle. Três anos e meio depois, Marielle continua sendo baleada, morrendo todas as noites e renascendo a cada manhã. Porque pessoas íntegras como ela não morrem jamais. Se eternizam e viram exemplo de luta. Nós, brasileiros democratas, estamos aqui, de braços dados com Marielle, esperando que a justiça seja feita. Os assassinos talvez tenham a proteção momentânea de organizações ou de eventuais autoridades fascistas. E podem ameaçar os democratas (como fizeram com Freixo, Marcia Tiburi, Jean Wyllis…) ou mirar e atirar em nossas altivas cabeças. E até nos matar, um a um (‘matar uns 30 mil’, como disse o atual presidente durante sua campanha, sem ser punido nem ter sua candidatura impugnada). Só não poderão evitar que Marielle renasça mais forte, todos os dias, no corpo e na mente de cada menina guerreira da cidade do Rio de Janeiro. Marielle presente.

.
MARIELLE 3 >>> No dia 14 de março de 2018 a vereadora Marielle Franco, aos 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e após voltar de um evento com jovens negras, foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Desde então, protestos contra o bárbaro crime se repetem em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Três anos depois, este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos e mandantes. As balas que a mataram atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?
.
.
.
ATÉ SEXTA-FEIRA QUE VEM >>> Fique ligado em minha página no Facebook, onde divulgo, diariamente, as lives e textos deste blog, além de outras inserções de dicas culturais. E, anote: toda sexta tem post novo. Até lá!