Sarau, luau e o escambau

Sarau, luau e o escambau

Produção artística que vive à margem da indústria cultural

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Blog de luto: muita saudade, lágrimas, canções e merecidos aplausos no adeus à inesquecível Rosa Freitas

Por Arnaldo Afonso

Não acredito que isso aconteceu. Tá doendo demais… Chorei, chorei, chorei. Já se passaram três dias e eu ainda choro e sofro. E penso nela a cada instante. Jamais imaginei que um dia noticiaria sua morte em meu blog. Amiga tão querida, artista tão admirada, pessoa tão amada. Tudo tem que ser superlativo e tem que ter advérbio de intensidade pra elencar com alguma exatidão as suas múltiplas qualidades. Ô, Rosa Freitas… como isso foi acontecer logo com você, meu bem? Não me conformo, querida… Sinto demais a sua falta e estou sofrendo muito, muito, muito. Fico te ligando e te mandando mensagens pelo zap todos os dias. Você não atende, não me responde, sequer as visualiza… Fico desejando que um ladrão tenha lhe roubado o celular (ah… com certeza deve ter sido isso!). Acho que em breve você comprará outro aparelho, registrará o mesmo número e terá acesso a todos os textos bobos e amorosos que venho lhe escrevendo dia após dia desde que você entrou em sedação total e nunca mais falou comigo. Versos cheios de lágrimas e saudade. De amor e fúria. Versos tristes e desesperados. Cheios de raiva e indignação. E de um fiozinho inextinguível de esperança. Nem precisa se explicar, viu? Não quero saber o que houve, não. São tantos os contratempos dessa vida, né, Rosita? Mas nós temos que ensaiar pra live do Bel e você está atrasadaaaa (na certa ficou presa num desses malditos megacongestionamentos paulistanos). Só quero que você volte logo, querida. E que venha cantando, com aquele seu sorriso lindo, e assuma de novo seu lugar de atriz protagonista no palco escuro dessa minha existência que se arrasta sem graça por aí. Tô tão triste, faz muito frio. Tá um baita vazio aqui…

Conheci Rosa Freitas no Sarau Toca do Autor, numa terça-feira, dia 30 de janeiro de 2019. Lembro bem da data porque, na quinta-feira anterior, feriado e aniversário de Sampa, eu havia cantado duas canções minhas que falam da cidade, num sarau organizado pelo cantor e compositor Vieira Pato e pelo cordelista Costa Senna, na Galeria Olido (cheguei lá molhado: eu havia saído da Patuscada debaixo de uma chuva torrencial, após participar do lançamento da coletânea 40 Poetas em SP, do coletivo Sarau dos Conversadores).

Na Galeria Olido me dei conta que havia noticiado no blog alguns eventos ligados ao escritor Edgar Allan Poe que estavam rolando por lá. Entre eles, uma peça da Cia Nova de Teatro, da qual Rosa Freitas fazia parte, e eu nem sabia. Talvez ela estivesse por lá, nessa noite, mas não nos conhecíamos ainda. Após o sarau, resolvi que também iria ao Toca, na terça, para cantar as mesmas canções sobre SP.

E fui. Estava lá, ao lado do pilar central do Bar do Hotel Cambridge, esperando minha vez de cantar. Após duas cervejas, fui ao banheiro e pedi para meu amigo Zanatta ficar de olho no case do meu violão e na minha garrafinha de Heineken. Quando voltei, tinha uma mulher bonita no meu lugar, de lilás e cor-de-rosa, com os cotovelos no balcão, olhando serenamente para o palco, bem de frente à minha cerveja. Eu lhe dei um sorriso e disse um ‘oi’, meio sem jeito, tirando a heinekinha de sua frente. Ela se desculpou, eu disse ‘magina’. E começamos alguma conversa. Era a Rosa Freitas. Logo fui apresentado ao seu primo Chiquinho (que eu passei a chamar de ‘primo’, costume afetuoso que tenho com os parentes de amigos) e ao talentoso cantor e compositor Marcos Munrimbau. Nós três cantamos, tiramos uma foto e eu os convidei para irem ao Sarau da Maria que aconteceria no sábado. E não é que eles foram?

.

 

 

 

.

Rosa se apresentou com Munrimbau. E depois de terminado o sarau, ficamos por lá, cantando com uma tchurma boa, continuando o sarau, mesmo sem o público, por pura diversão (ela foi com Cicio Bonneges, grande cantador que conheci através dela). Nessa noite fiquei sabendo que Rosa era vizinha do bar Manjericanto e frequentava o Sarau Encontro de Expressões, organizado por seu amigo, o músico Cale Narman, que era meu convidado para o próximo Sarau da Maria (junto com sua também amiga, Elis Pessoti). Ou seja, íamos acabar nos conhecendo, de um modo ou de outro. Assim, passamos a nos ver mensalmente, pois a convidei para o Bloco da Maria (ela foi, com Chiquinho, num carnaval debaixo de muita chuva, em que segurou o guarda-chuva para ajudar Roberto Candido a fotografar) e também me prestigiou no show Rocks, Pops e uns Toques de Poesia, que realizei no palquinho dos Parlapatões (nesse dia, me presenteou com uns deliciosos chocolatinhos). Ficamos de cantar juntos num próximo sarau e passamos a trocar algumas mensagens. Mas não nos encontrávamos nunca porque meus horários no Estadão não eram nada fáceis. Ela então me mandava fotos de seus pés, de seus (des)caminhos, para ilustrar que sempre estávamos indo em direções opostas. Até que, finalmente (rsrsrs) fui demitido do Estadão e pude assistir suas peças e ficamos cada vez mais amigos. Que prazer poder cantar com ela. E vê-la nos palcos, grande atriz… Sua força interpretativa, sua dicção, seu envolvimento. Assim como nenhuma cena era uma cena qualquer, nenhum amigo era apenas mais um. Conheci ou fiquei amigo de Cleo, Lenerson, Carina, Ruy e de seus muito queridos amigos artistas e não-artistas (Aninha e Edney, Rico e Guta, as Marlis, Marlene, as bruxas, o pessoal da Cabesp, sua irmã, seus tios, sobrinhos e até das crianças da família). Mas Rosa, apesar das muitas ramificações de interesses e da diversidade de seu mundo, sempre foi uma só, inteira, e absolutamente leal com sua arte e amigos, com a família e seus amores novos e antigos, todos sempre com ela, juntos e misturados, todos merecedores de sua atenção e de seu devotado cuidado. Não, é? Que pessoa adorável, essa Rosa.

 

.

.

Esse post era só pra falar da Rosa Freitas. Mas eu ficaria escrevendo até amanhã… Tenho muitas histórias pra contar. Foram dois anos e meio de encontros, projetos, mensagens, fotos, lives, shows, saraus, ensaios, bares, peças, parcerias… e tudo passou tão rápido. De repente, estou aqui escrevendo sobre ela e tudo o que vivemos, para homenageá-la, após sua morte. Isso é inacreditável e terrivelmente doloroso. A ficha não quer cair.

Finalizo com meu texto emocionado no Facebook, após saber de sua partida (não tinha a menor condição psicológica, mas precisava escrever algo em sua página, né?) e com algumas das peças que ela participou, em meio a suas fotos e vídeos. Comecei a garimpar as frases de amigos em sua página no Facebook, mas desabei a chorar e deixo o link aqui pra quem quiser conferir o carinho e a admiração que todos tinham por ela. Ah, minha querida… que tragédia! Como dói isso tudo. Eu acordo a cada manhã torcendo pra que tenha sido apenas um pesadelo. Como eu queria que não tivesse acontecido…

 

 

ROSA ❤❤❤❤ >>> Minha querida Rosa Freitas se foi. Rosa formosa, sempre em meu coração… Para quem não sabe, é necessário informar: ela descobriu um câncer após a operação de retirada de útero e daí, tudo aconteceu rapidamente, de forma fulminante. Só escrevo para agradecer as mensagens de conforto que os amigos estão me mandando. Mas nem consigo articular palavras que descrevam essa dor. Essa situação tão sofrida e inacreditável que vivi ao lado dela, de seus familiares e amigos nos últimos dez dias. Não sei mais o que dizer. Vou tentar algumas palavras, porque ela merece ser lembrada. Mas estou arrasado.

Chorei muito esses dias todos. Por lembrar tantos momentos bons ao lado dela… e por não poder fazer mais nada pra salvá-la. Por mais que a gente soubesse que não havia mais jeito, na hora que o desfecho vem é muito triste e inconsolável. Rosa, querida Rosa…

 

 

.

Uma pessoa boa, especialmente boa, da mais elevada estirpe das pessoas boas. Amiga de todos, tão solidária, amorosa, generosa. Seu amor, sua graça, sua gentileza… Sua inteligência e compreensão das coisas. Rosa de muitas qualidades. Ela foi e sempre será uma alegria na minha vida. Minha parceira e cúmplice, minha doce e amada Rosa. Tantas conversas e projetos, tantas coisas legais ainda por realizar. Rosa, essa grande artista.

Você foi um sonho bom que eu tive, querida. E te guardo inteira aqui comigo. Obrigado por tudo. Por tanto amor, pelo incentivo e pelo prazer de viver, cantar e sonhar por uns tempos comigo. Eu fui muito feliz, viu? Adorei!

.

  

 

.

Abraços a todos os seus amigos e muita força pra sua irmã Ciça, pra família e pra todos nós que a amamos tanto. Aos mais chegados, que acompanharam de perto essa dor dos últimos dias, digo: a Rosa me contou muitas histórias de vários de vocês. Obrigado a todos e a cada um que rezou ou torceu por ela, que desejou sua cura, que lhe enviou as boas vibrações de seu amor, e que acreditou em sua recuperação até o fim. Rosa, sempre amorosa e solidária, teria feito o mesmo por vocês, por cada um de nós (como sabemos todos).

Após o velório, diante da campa, no último adeus, alguns amigos declamaram textos e cantaram para Rosa, entre flores, homenagens e muitos aplausos. Eu toquei ‘Eu Sei Que Vou Te Amar’, de Tom e Vinicius, e ‘Como é Grande o Meu Amor por Você’, de Roberto e Erasmo. Voz embargada, poros arrepiados, lágrimas escorrendo, beijei um botão de rosa e o lancei em sua direção, murmurando: ‘tchau, meu amor… obrigado por tudo’.

De um post do editor Luka Magalhães: ‘Soube que a incomparável Rosa Maria Freitas nos deixou. Aqui, a participação dela na coletânea Poesia na Varanda, livro publicado pela Edições Archangelus’ (clique na foto para ler melhor).

UMA LOUÇA QUEBRADA E NENHUMA ROUPA LAVADAClique e veja o vídeo da apresentação da peça da Meraki Cia Teatral na página da Casa de Cultura Vila Guilherme, o Casarão, no YouTube. O texto é baseado em pesquisas e depoimentos de mulheres que sofreram algum tipo de violência de gênero. No elenco, Cleo Moraes e Rosa Freitas (direção de Eduardo Osório). Após a transmissão, rolou um bate-papo com as atrizes )

BARULHO D’ÁGUA >>> Texto de Marco Martinelli, com direção e tradução de Carina Casuscelli. Atuam Alexandre Rodrigues (o fotógrafo Buscapé, do filme ‘Cidade de Deus’), Vençam Guigui, Fábio Mráz e Rosa Freitas. Espetáculo da Cia Nova de Teatro aborda o drama dos milhares de refugiados que morrem atravessando o mar Mediterrâneo, critica políticos e governos que tratam a questão da imigração como mercadoria. Houve uma versão online da peça que fez parte do projeto #EmCasaComSesc e foi tema de dois pequenos docs postados nas páginas do Sesc (no primeiro, depoimentos dos atores e produtores; no segundo, um resumo da história).

A CRIPTA DE POE (em formato Site Specific – na Vila Itororó) … Veja a versão criada pela Cia Nova de Teatro, explorando a arquitetura do Centro Cultural Vila Itororó para criar o universo fantástico e fantasmagórico dos contos e personagens de Edgar Allan Poe. Direção e dramaturgia de Lenerson Polonini. No elenco, Afonso Henrique Soares, Carina Casuscelli, Rosa Freitas, Rafael Schmitt e Claudia Wer. Participação especial em vídeo de Paulo César Peréio e Guil Silveira. No Facebook do CC Vila Itororó

>>> A Cripta 2. Assista também a ótima adaptação criada para apresentação na Biblioteca Mário de Andrade

POCKET POE >>> A atriz Rosa Freitas foi merecidamente contemplada no edital Respirarte, da Funarte, por sua brilhante performance interpretando, numa colagem de 5 minutos, fragmentos de contos de Edgar Allan Poe (veja o vídeo, na abertura da matéria). Rosa Freitas, também cantora, foi parceira de Arnaldo Afonso (este blogueiro) nos espetáculos musicais ‘Lives Caetanas‘, ‘Cartola‘ e ‘Dona Margarida‘. Saiba mais sobre ela em seu canal no YouTube 

PROJETO TRILOGIA RICHARD FOREMAN (VERSÃO ONLINE) >>> Três das obras mais representativas e inéditas do dramaturgo norte-americano Richard Foreman, ‘Badboy Nietzsche’, ‘Prostitutas Fora de Moda’ e ‘Os Deuses estão Marretando a Minha Cabeça’ foram remontadas e gravadas (na Funarte) pela Cia Nova de Teatro. Os espetáculos foram exibidos em outubro e ficaram disponíveis durante 24h no canal do grupo no YouTube. A companhia que, ao longo de seus 20 anos, vem investigando a cena performativa, visual e performática, tem Lenerson Polonini na direção das peças. No elenco da trilogia, Fábio Mráz, Carina Casuscelli, Rosa Freitas, Marcelo Marothy e Rafael Schmitt (com participação em voz off e vídeo de Paulo Cesar Peréio)

ROSA ❤❤❤❤ >>> Lenerson Polonini e a Cia Nova de Teatro publicaram algumas palavras que eu também endosso, ao final desta singela homenagem à grande atriz e querida amiga Rosa Freitas:

‘Estou completamente devastado. Uma parte minha se vai contigo. Quantas coisas tínhamos para sonhar e fazermos juntos, minha amiga… Te amo pra sempre’

‘Estamos completamente consternados com a partida de Rosa Freitas, grande atriz do núcleo da Companhia Nova de Teatro. Era um símbolo de companheirismo, doçura e generosidade, dentro e fora de cena. Rosinha, atriz imensa com quem tivemos a honra de dividir os palcos, está eternizada na nossa memória e nos nossos corações’

>>> MAIS CIA NOVA DE TEATRO >>> O diretor Lenerson Polonini retomou na semana passada a série de bate-papos ‘Diálogos’ (disponíveis no canal da Cia no Youtube) em que entrevista personalidades de diversas áreas (cultura, política, saúde e comportamento). Na semana passada, a conversa foi com Richard Foreman, renomado dramaturgo americano do teatro de vanguarda e performático, criador do Teatro Ontológico Histérico. A Cia apresentou, recentemente, suas montagens para 3 peças de Foreman. Das declarações de Foreman, extraí algumas frases provocativas e interessantes:

A arte é um coice emocional
Eu fazia teatro pra despertar as pessoas
O mundo era posto pra dormir pela cultura
Eu sempre tentei fazer coisas que não parecessem estúpidas
Eu sempre odiei os EUA
O cinema é uma espécie de arte morta

Adorei a entrevista: seu discurso é muito coerente com o que vi nas peças. Curto, grosso e direto (bate-papo dura suficientes 19 minutos), eu ri em vários momentos do vídeo (e das peças). Sarcástico, de tão profundo e verdadeiro, gostei de ouvir da boca dele que, muitas vezes, era mesmo o riso que ele queria provocar. Parabéns ao Lenerson e à Cia Nova, pela entrevista e pelas ótimas versões para vídeo de suas três montagens de peças de Foreman apresentadas nas semanas anteriores (após prêmio em edital da Funarte).

.

.

… … …

NOVIDADES NA PROGRAMAÇÃO

… … …

O NOVO NO OVO >>> Novo livro de poesia de Paula Valéria Andrade é um belíssimo projeto transmídia (livro impresso, audiolivro e videobook) com participação de poetas, atores e artistas plásticos e gráficos convidados que colaboraram nos desdobramentos do processo criativo. Para compra online, clique aqui. Para saber mais, acesse

I JORNADA INTERNACIONAL DE POESIA VISUAL: PESQUISA E CRIAÇÃO >>> Evento online acontece de 8 a 12 de novembro. Organizado pelo Centro de Referência Haroldo de Campos (da Casa das Rosas), a USP e a UNESP, contará com alguns dos mais importantes poetas e pesquisadores em mesas de debates ou depoimentos em vídeo. Se inscreva para acompanhar

DIA DE SÃO NUNCA >>> Terceiro romance de Léo Nogueira, ‘Dia de São Nunca’ é inspirado em sua famosa canção homônima (parceria com Marcio Policastro), que, por sua vez, foi baseada em fatos reais. O autor, que mora no Japão, afirma que vem ao Brasil em fevereiro de 2022 para a noite de autógrafos. Lançado pela Kotter Editorial (com capa de Francisco Daniel e orelha escrita por Kleber Albuquerque), livro já está em pré-venda, com bom desconto. Para reservar o seu acesse

UM MUNDO EM NÓS >>> Já está nas plataformas digitais o cd que reúne canções com letras de Léo Nogueira. Produzido por Leonardo Costa e Augusto Teixeira (que canta), tem participação de artistas como Kleber Albuquerque, Zeca Baleiro, Chico Salem, Renata Pizi, Estela Lilian e Álvaro Cueva Moraes, com arte de Elifas Andreatto

SÁBADOS, às 14h >>> PODCAST >>> ‘História de Lenços e Ventos‘, maravilhosa peça de Ilo Krugli, do Teatro Ventoforte (que assisti com minha filha, quando ela era pequena) tem agora uma montagem em podcast, feita pelos artistas da Casa Realejo de Teatro, que será apresentada durante 5 sábados, às 14h, nas redes sociais do Sesc Bom Retiro, a partir de 16 de outubro. Minha querida amiga, a grande poeta Beth Brait Alvim, participou da adaptação do texto e também atua como atriz. Inscreva-se.

Sexta – 22 de outubro – 19h30 … ‘Companhia do Tijolo Canta Ilo Krugli’ é o espetáculo que homenageia o poeta, dramaturgo e diretor da Cia Ventoforte. Festival Paideia’ tem entrada franca e acontece no Teatro Paulo Eiró

Sábado – 23 de outubro – 11h … Abertura da exposição multimídia Ocupa Minas, em Poços de Caldas, com homenagem a 10 escritoras mineiras contemporâneas (Nívea Sabino, Stella Maris Rezende, Marina Carvalho, Madu Costa, Lorena Otero, Daniela Arbex, Conceição Evaristo, Cidinha da Silva, Ana Maria Gonçalves e Adriane Garcia).

>>> MOSTRA idealizada pela produtora cultural Leila Vilhena, com curadoria de Jéssica Balbino, traz podcasts sobre a vida e obra das autoras e lindos cartazes feitos por dez ilustradoras de várias regiões brasileiras (os visitantes ganharão cópias deles). A exposição abre oficialmente na segunda-feira (dia 25), na Biblioteca Centenário (Complexo Cultural da Urca), das 8h às 17h, mas pode ser acessada pelo site www.ocupaminas.com

POESIA NA NET >>> O poeta e ator Milton Luna divulga diariamente em grupos do zap o trabalho de poetas de todas as regiões brasileiras. Lá conheci os textos de ótimos escritores que vou publicando por aqui também. O 325° publicado na série ‘Meus Poetas’ foi Allan Jonnes, que lançou recentemente ‘Areia para engrenagens‘  (aqui, alguns outros poemas):

NÃO HÁ RITUAIS PARA OS QUE FURTAM
(Allan Jonnes)

Não há rituais para os que falham,
para os que preferem não ir adiante.
Não há rituais para os veteranos de uma guerra
perdida, os que esconderam-se.
Não há rituais para suicidas,
rituais para um divórcio.
Para os que abandonam seus recém-nascidos
em um córrego ou na casa de parentes.
Não há rituais para os que desistem de um livro,
para os que desistem da literatura
para os plagiadores de cueca
Os que alternam noites de barbitúrico
com noites de Derby & Rum Montilla
Não há rituais para os que largam a escola
Rituais para o cansaço.
Não há festejos nenhum para uma desistência.
Tudo isto ocorre no escuro,
à meia voz, às escondidas.
Apenas o que permanece é festejado,
o que perpetua-se, o que não se desfaz.
Não há rituais para imprevistos,
para o que desanda,
para o que fracassa.
Para quem esquece de viver,
Para isto há o poema.

FOTOGRAFIA EM DIÁLOGO >>> Eventos online acontecem até 8 de dezembro. Confira toda a programação

NO QUASE CLARO CÉU >>> Chega às plataformas digitais nesta sexta, 22 de setembro, o cd lançado em 2009 pela dupla Rene de França & Zé Terra (do trio Freu à Deriva, com Marcelo Mazzucatto). O disco tem várias participações e parcerias. Confira aqui o clipe da canção-título. Deles, ouça também o álbum gravado em 2002, Por Cima da Carne Seca

Segunda – 25 de outubro – 20h … Canal do Poetariado homenageia José Eduardo Degrazia (com participação de Jairo Klein e Sergio de Castro Pinto). Hamilton Faria e Cesar Augusto de Carvalho criaram o canal para conversar com escritores sobre poesia e literatura, focando no processo de criação de suas obras (veja as edições anteriores). Série tem colaboração editorial de Elcio Fonseca e Abel Coelho. Para assistir, acesse

Domingo – 24 de outubro – 17h … Sarau da Casa Amarela apresenta ‘As Antipandêmicas‘, com Janete Amaral, Karoline da Silva, Silvia Maria Ribeiro, Mahzinhah Santana, Modli Gurgel e Rosinha Morais. Transmissão pelo Facebook da Casa de Cultura de São Miguel Paulista

Quinta – 28 de outubro – 19h … Lançamento online de ‘Seol’, livro de poemas de Carlos Moreira. Trata-se de uma ‘obra visceral, criada em meio ao horror do tempo fascista que vivemos, mas que traz consigo a luta e a resistência’. Livro tem 160 páginas, custa R$35 e já está à venda no site da Editora Lavra

Domingo – 24 de outubro – 19h … Sarau do Massemba recebe a escritora e produtora cultural Marah Mends. Transmissão pelo Facebook

Sexta – 22 de outubro – 20h … Versão em vídeo de ‘Ensaio sobre um Triz‘, espetáculo solo de Rebeca Tadiello. Após a exibição, breve bate-papo com os artistas envolvidos na criação e desenvolvimento do trabalho. Para assistir, reserve ingresso gratuito no Sympla

Domingo – 24 de outubro – 19h … Ronaldo Ferro participa da live ‘Bando di Véio’, com transmissão pelo Facebook

Domingo – 24 de outubro – 10h … Trovadores Urbanos fazem show no Minhocão, na altura da rua Apa, dentro do projeto ‘Abra sua Janela para SP’

>>> Antes, na sexta-feira, dia 22 de outubro, das 20h às 21h30 (os portões serão abertos às 19h) tem mais Trovadores: na rua Aimberê, 651, em Perdizes. Entrada franca

ENCONTROS SOBRE TEATRO >>> Série ‘Aproximações Pedagógicas: a Formação do Ator’ traz quatro mesas com integrantes de grupos teatrais discutindo a formação do ator pela perspectiva dos processos realizados em coletivos. De terça a sexta (26 a 29 de outubro), às 19h, pela plataforma Zoom. Para participar, se inscreva no site do sesc. Na programação:

26/10: Cia Do Nó, Clowns de Shakespeare e Grupo Magiluth
27/10: Teatro Experimental de Alta Floresta, Teatro Negro e Atitude e a Trupe Olho da Rua
28/10: Companhia De Teatro Heliópolis, Coletivo Estopô Balaio e Grupo Xix de Teatro
29/10: Barracão Teatro, Grupo Galpão e Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz.

Sexta – 22 de outubro – 20h … Solos Coletivo de Dança Contemporânea convida, a cada sexta-feira, artistas diferentes para compartilharem suas criações nessa rede. Nesta edição, ‘Os Corvos’, espetáculo com Luis Arrieta e Luis Ferron. Adquira os ingressos e saiba mais

TENSÃO, TESÃO E CRIAÇÃO 2021 >>> 1º episódio da série já está no ar. Com direção geral de João Henrique Vieira e muitas participações, espetáculo é dedicado ao poeta Carvalho Junior (in memoriam)

POÉTICOS ENCONTROS >>> Em 10 episódios, primeira temporada do podcast conversou com poetas de nacionalidades diferentes e produções artísticas diversas. São encontros que reforçam a potencialidade da arte voltada para o bem comum. No canal do Instituto Casa Comum (no spotifybrasil) e no site

LÍRIA PORTO >>> Quarta edição da revista de literatura e ideias Vida Secreta comemora os 76 anos da poeta mineira. Participam Adelaide do Julinho, Nic Cardeal, Chris Herrmann, Adri Aleixo, Adriane Garcia, Adrienne Myrtes, Deborah Dornellas e Sergio de Castro Pinto, entre outros. Confira

DJAMI SEZOSTRE >>> Após morar por quase quatro anos em São Paulo e Curitiba, poeta mineiro retorna a Belo Horizonte (na foto, de Sebastián Moreno, ei-lo em uma de suas Ecoperformances). Informo que seu próximo livro sairá em breve pela Patuá. Aguardemos

A POESIA DE DJAMI SEZOSTRE >>> O Pássaro Zero é o mais recente livro do poeta performático Djami Sezostre, lançado pela Editora Urutau (saiba mais aqui) com prefácio de Ademir Demarchi e posfácio de Loretta Emiri (recomendo a leitura dos dois, brilhantes na tentativa de elucidar o intraduzível e preparar o leitor para o fluxo contínuo do jorro poético que há de vir). Sou muito fã deste genial escritor e de sua originalidade gráfica e verbal. Seus fonemas voam, seus experimentos são audíveis, seus poemas não cabem no papel (o que o levou a criar a ‘Poesia Biossonora’ e a ‘Ecoperformance’)

CONFISSÃO >>> Primeiro livro da poeta e atriz Marlene Araújo já está disponível para pré-venda no site da Desconcertos Editora. Acesse

.

… … …

OUTROS DESTAQUES

… … …

Em minha página no Facebook, posto regularmente esses e outros eventos culturais da seara alternativa (leia e compartilhe; fortaleça a cena dos artistas independentes):

Sexta – 22 de outubro – 20h30 … Cantor e compositor Teju Franco se apresenta no Ecla. Couvert R$20

Sexta – 22 de outubro – 19h … Happy Hour no Bar e Mercearia Carauari. Os queridos Andrea e Toninho anunciam o retorno das atividades presenciais com apresentação da banda RockBites. Na praça Carauari, 8, na gloriosa Vila Maria (fiquei sabendo que vai ter promoção de cerveja…)

Sábado – 23 de outubro – 15h … O grande cantor e compositor Edvaldo Santana é o convidado do programa Almanaque do Vinil. Transmissão pelo YouTube da GGN

Sábado – 23 de outubro – 20h30 … Eli Moringa apresenta seu mais recente trabalho ‘Açuncena, A Flor do Sertão’. No Bar do Frango, na ZL

Sexta – 22 de outubro … Live do multiartista Tavinho Paes não tem hora pra acontecer. Fique ligado que os temas e comentários sempre são muito interessante

THIAGO MALAKAI >>> Artista lançou clipe falando sobre o ego e o término de relacionamentos na vida do homem preto de periferia. Se inscreva em seu canal no YouTube

RICARDO KELMER >>> Aproveitando sua estadia em São Paulo durante o mês de outubro, o escritor e multiartista cearense fez relançamento de seu mais recente livro ‘Viajando na Maionese Astral‘ (saiba mais aqui)

ESTRANHOS ROMÂNTICOS >>> Banda formada pelo vocalista e guitarrista Marcos Müller, o baixista Mauk, o tecladista Luciano Cian e o baterista Pedro Serra, tem ligações com o Rockarioca, movimento de 25 artistas de várias vertentes do rock do Rio. ‘Último Sol’ é seu 3º e último álbum (ouça na íntegra). O disco de despedida tem 9 músicas inéditas e traz misturas de rock indie, tropicália, new wave, jovem guarda, pós-punk e rock psicodélico. Saiba mais

Sexta e sábado – 22 e 23 de outubro – 20h … Ainda Existem Auroras. Espetáculo teatral inspirado nos poemas de Bertolt Brecht e na militância política do ator, diretor e professor Wolney de Assis, retrata os tempos sombrios vividos por ele e seus companheiros sob a ditadura militar. Monólogo tem interpretação de Carla Shinabe e direção de Walmir Pinto. Peça traça paralelo com os dias atuais, em que, através de um golpe político, a ascensão de um grupo direitista coloca em risco as instituições democráticas, os direitos civis, sociais e a cultura. Retire ingressos gratuitos com antecedência, das 8h às 17h, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi – R. Benjamin Constant, 682, em Suzano

>>> WALMIR 2 >>> ‘Tá Faltando Poesia‘ é a coletânea de interpretações feitas por Walmir Pinto durante os meses da quarentena, unindo sua história com o teatro à experiência acumulada no audiovisual (8 novelas e 4 filmes), além do gosto inerente por poesia

JANAINA SANT’ANA >>> Por sugestão de Celso de Alencar, numa live do Canal do Poetariado, a atriz produziu vídeo onde interpreta 3 poemas de Renata Pallottini, escritora, dramaturga e professora falecida recentemente. Janaina Sant’Ana já foi premiada por sua brilhante montagem ‘Juliana, do rancor‘, baseada na personagem de ‘O Primo Basílio’, livro de Eça de Queiros

SÃO PAULO É FORRÓ >>> No livro ‘São Paulo é Forró do Gogó ao Mocotó’ a história do ritmo é contada por quem a protagoniza: os próprios forrozeiros. O projeto teve origem nas entrevistas realizadas por Antonio Carlos da Fonseca Barbosa, idealizador e editor da Revista RitmoMelodia, que reuniu vasto material produzido nos últimos vinte anos. Saiba mais

>>> RITMOMELODIA >>> Antonio Carlos da Fonseca Barbosa é o criador e editor responsável pela revista digital RitmoMelodia (acesse), que existe desde 2001. Jornalista, músico e poeta, Antonio Carlos propaga a diversidade musical brasileira através de entrevistas e artigos. A revista já entrevistou e mantém disponível no site depoimentos de Edvaldo Santana, Élio Camalle, Kleber Albuquerque, Conrado Pera, Sabah Moraes, Bocato, Zé Geraldo, Nô Stopa, André Abujamra, Socorro Lira, Hélio Braz, Jean Garfunkel, Etel Frota, Costa Senna, Geraldo Vandré, Paulinho da Viola e até Gilberto Gil, entre muitos outros

O OLHO ESQUERDO DA LUA >>> Já está disponível em pré-venda o livro da poeta Jade Luísa, a ser lançado pela Penalux. No link, leituras de seus poemas por Carla Andrade, Lourença Lou e Daniela Pace Devisate

SILVANA GUIMARÃES >>> ‘O corpo inútil’ (no prelo) é o primeiro livro de poesia da escritora mineira (você pode ler seus textos e saber um pouco dela em sua página no Facebook). Nesse link, da Revista Acrobata, tem seis de seus poemas

REVISTA ACROBATA >>> Editada por Demetrios Galvão e Aristides Oliveira, com apoio dos colaboradores Floriano Martins (editor de outra revista de cultura, a Agulha), Dante Galvão, Monyse DamascenoAnna Apolinário e Paola Marugan, entre outros, a revista oferece poemas, artigos, contos e entrevistas com cineastas, escritores e músicos

SONS DE VILA >>> Música, poesia, performances, artes plásticas, moda, djs e gastronomia. Às sextas-feiras, às 18h. Nesta edição, com Débora Christian. Evento gratuito, a céu aberto. No CC Vila Formosa, à Avenida Renata, 163

TEMPESTADE URBANA >>> Novo livro de poemas de Adriana Aneli ‘é um exercício de coletividade, de amor pela cidade e pela arte urbana que brota, esplendorosa, do seu asfalto’. Tem prefácio de Jorge Nagao, arte gráfica de Lunna Guedes e ilustrações de Puf Capitão Caverna. Com lançamento previsto para 27 de novembro, já está disponível para pré-venda aqui

ZOOM ZOOM ZOOM… É POESIA! >>> Programa do multiartista Claudio Laureatti, que acontece desde agosto de 2020, é uma vitrine de poetas e suas tendências, convidando também artistas de circo, contadores de histórias, músicos e atores. Na edição mais recente, com Aroldo Pereira, do Psiu Poético

OCUPAÇÃO PAULO FREIRE >>> Exposição no Itaú Cultural conta a história do educador Paulo Freire. Em tempos nazi-negacionistas, é fundamental disseminar um pouco das ideias e do projeto humanista desse grande brasileiro que, em toda a sua vida, defendeu conceitos como pluralidade, transcendência, diálogo, humildade, trabalho e amor. A ‘Ocupação’ convida o público a conhecer e reinventar a prática desse professor que nos orienta a redescobrir as palavras para reescrever um mundo melhor. Até 5 de dezembro. Saiba mais

ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Live do programa Geringonça promove interessantes debates semanais sobre questões contemporâneas: cultura, política e saúde. Fique ligado no canal e para assistir e participar: Coletivo Resistência/CCD-LL no Youtube

BRASIL POR DENTRO >>> Todos os domingos, às 17h, programa de Socorro Lira promove um encontro com grandes artistas no canal do PGM no YouTube

TOMA AÍ UM POEMA >>> Projeto com declamação de poesia realizado por Andreia Moema e Jéssica Iancoski no YouTube. Confira a edição com participação de Alexandre Paulino

ÀS SEXTAS – 20h … Programa Papo Rock, com Arnaldo Marques. Clique no link da web rádio CDR. Também na segunda-feira, às 23h (saiba mais aqui

MULHERES INSOLENTES e Outros contos >>> Livro de Luis Mendes ilustrado por Surama Caggiano. Saiba mais e adquira pelo site da Desconcertos (na foto a capa do livro e sua bela ilustração na camiseta)

34ª BIENAL ‘FAZ ESCURO MAS EU CANTO’ – Com título que homenageia o grande poeta Thiago de Mello, a exposição acontece até 5 de dezembro, no Parque do Ibirapuera, com entrada franca. Terça, quarta, sexta e domingo, das 10h às 19h. Às quintas e sábados, das 10h às 21h. Acesso mediante apresentação de comprovante de vacinação contra Covid-19. Saiba mais

ÀS TERÇAS – 17h >>> Programa ‘Diário Negro’, de Anelito Oliveira, recebe artistas e pensadores para conversas sobre racismo, diversidade e outras questões contemporâneas. Acompanhe o canal de Anelito no YouTube

Terça – 26 de outubro – 19h … A Fim de Poesia, programa de bate-papo e declamações apresentado por Noelia Ribeiro (no Instagram) recebe Dércio Braúna, Tito Leite e Jussara Salazar.

CISSA LOURENÇO >>> Escritora do coletivo Poetas do Tietê lançou seu primeiro livro, ‘Atrás dos muros, uma flor’. Saiba mais aqui

TOM KBÉLO >>> Tom é um guerreiro na divulgação dos eventos de produtores culturais, músicos e poetas do circuito alternativo. A Tom-K Produções Culturais tem promovido entrevistas e shows com artistas de várias regiões do país. Lá, este blogueiro e cantor  apresentou live autoral

>>> ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Ouça o Propagassom Tom-K, na rádio Expedição CoMMúsica. Apresentado por Tom Kbélo, programa tem reprise aos sábados, às 15h (no link)

COMMÚSICA >>> Criado por Dênio Patrik, Grívan Narvìg e Elizabeth Del Nero, site recebe inscrições para mapear o cenário de bandas e artistas independentes, promovendo a divulgação de seus trabalhos, suas redes sociais e fortalecendo as conexões entre eles. O mapa virtual da Expedição CoMMúsica tem geolocalização e representação por fotos de satélite. Canal objetiva a interação entre artistas periféricos e independentes, democratizando o acesso à música e buscando novos recursos digitais que aproximem a arte do público, garantindo a sobrevivência dos artistas’. Saiba mais

>>> ÀS SEXTAS – 19h >>> Sons da Resistência, programa apresentado por Elizabeth del Nero, mistura revelações a artistas consagrados. Pela Expedição CoMMúsica

ÀS QUARTAS – 22h15 … Programa Toca do Autor na Rádio Brasil Atual, pelo 98,9 FM ou pela internet. Apresentação de Alexandre Tarica e Regina Cell

POESIA EXPERIMENTAL PORTUGUESA >>> Até 14 de novembro acontece a exposição que traz cerca de 80 trabalhos de 18 artistas portugueses, perpassando seis décadas de produção poética em variados formatos e suportes: impressões, pinturas, caligrafias, fotografias, objetos, áudios e vídeos. No CCSP – Centro Cultural São Paulo. Saiba mais

TV DA MARIA >>> Pra quem não sabe, no YouTube tem um canal com um montão de vídeos de diversas apresentações acontecidas no saraus e shows organizados pelo coletivo Sarau da Maria ao longo de seus 8 anos de atividades. As filmagens foram feitas pela querida Selma Bizon.  Entre lá e confira

ESTUÁRIO DE INCOMPLETUDES >>> Antônio Cunha lança livro de poemas sobre ‘a vida que finda incompleta, como um personagem que passa na rua até não passar mais’. Com prefácio de Celso de Alencar e orelha de Viegas Fernandes da Costa, está disponível para pré-venda na Kotter Editorial. Ator, dramaturgo, diretor e poeta, Antônio Cunha é membro do Grupo Armação e presidente da Academia Catarinense de Letras e Artes – ACLA. Acompanhe os vídeos que ele posta em seu canal, no YouTube, na série “Do InVerso a Toda Prosa”. Tem um de autoria de Arnaldo Afonso: ‘Presença

SARAU DA MARIA… VEM AÍ>>> Sábado, dia 30 de outubro, às 20h, tem mais uma edição do Sarau da Maria (com ‘Feirinha de Livros’). Os músicos e escritores que participarão são: João Caetano e Claudemir Darkney dos Santos (pela Lavra), Vlado Lima (pela Sopa de Letrinhas), Claudinei Vieira e Marlene Araujo (pela Desconcertos), Esther Alcântara (pela Carpe Librum), Marcelo Nocelli e Pollyana Sousa (pela Reformatório), Luka Magalhães e Fernandes Oliveira (pela Archangelus), Kleber Albuquerque, O Zi Stafuzza e Cris Pini, Ligia Regina e Eder Lima e mais a homenagem à Rosa Freitas (em vídeo com Cicio Bonneges). No Facebook do sarau

.

.

… … …

MAIS 10 LIVROS 

… … … 

Livro falado alado pesado prensado musicado. Livre leve levado achado roubado perdido. Livro livre lindo relido. Livro é bicho vivo. Eis aqui mais uma lista de livros de autores do circuito alternativo. O blog sempre dá alguns registros (não necessariamente de lançamentos). Confira:

GRINALDA DE UM POETA … O poeta (e editor da Algaroba) Daniel Perroni Ratto lança primeira coletânea de sua obra. ‘Grinalda de um poeta‘ tem pintura de capa feita por Manoel Britto, prefácio de Claudio Willer, apresentação de Tavinho Paes, ‘orelhas’ de Manoel Herzog (Germano Quaresma)

FILIPE LUIZ >>> A Editora Sopa de Letrinhas apresenta ’60 Curras e Outros Poemas’, o segundo livro do poeta. Adquira aqui

GRACIELA MAGNONI >>> Grande fotógrafa, Graciela Magnoni lançou o livro ‘Watan‘, com uma seleção de seus cliques peculiares. Encomende no site da Setanta Books, do Reino Unido

MARX >>>Karl Marx: uma biografia‘, de José Paulo Netto, lançado pela Boitempo em dezembro passado, teve sua primeira edição (de 6 mil exemplares) esgotada. Ao blog da editora, o autor afirmou: “o interesse e a simpatia com que o livro foi recebido decorrem da relevância contemporânea da obra de Marx. Não me surpreende a informação de que a maioria dos seus leitores seja constituída de jovens universitários e militantes de movimentos sociais. Na pandemia, a ordem capitalista desvestiu todas as suas fantasias – e, num país como o nosso, que tem um mentecapto à frente do poder executivo operando descaradamente a necropolítica do capital, é compreensível o interesse dos jovens pela vida e pela obra do homem que foi o primeiro a examinar com rigor, entre outras, as raízes da desigualdade social”. Saiba mais

GERAES >>> O romance do escritor Daniel Guaccaluz já está disponível para venda no site da Lavra Editora

ADRIANE GARCIA >>> Já está disponível a edição digital de ‘Fábulas para adulto perder o sono‘, livro com que a escritora mineira venceu o Prêmio Paraná de Literatura em 2013 na categoria poesia. A obra lança novo olhar sobre fábulas conhecidas. Com ilustração de capa da artista Bruna Mitrano e novo projeto gráfico da Camino Editorial (compre aqui)

‘MALANGUE MALANGA – 30 poemas para ler no exílio’ >>> De Wilson Alves Bezerra, pela Iluminuras. Assista a live de lançamento (com participação do poeta Eduardo Jorge) e clique para saber mais e adquirir o livro. Ouça um dos textos na voz de Natália Barros

CANDINHO >>> O livro ‘O Poeta Militante’ resgata a história do militante comunista e poeta de cordel Cândido Antonio dos Santos, o popular Candinho, da ZN. Escrito pelo jornalista João Teixeira, inclui a tese de doutorado de Gilvan Matias (que conheceu e entrevistou Candinho), depoimentos, ilustrações, fotos e bela produção gráfica de Genivaldo Matias. Os interessados em adquiri-lo devem entrar em contato pelo email geni.matias2@gmail.com ou por inbox, no Facebook

    

OSWHALDO ROSA >>> Poeta apresenta seu primeiro romance, ‘Ilha de Mar Nenhum‘, disponível para pré-venda na Editora Crystal Books. Capa de Elifas Andreato. Acesse, leia a sinopse e adquira o livro. O poeta Oswhaldo Rosa é autor de ‘Ácido Paulistânico’, ‘Amornauta’ e ‘O céu é vertical’. Lançou livro duplo (dois em um) com a ‘A Bomba que Falta’ (contos) e ‘O Domador de Cometas’ (poesia). Letrista, é parceiro de Susie Mathias (no cd ‘Canção das Moças‘), de Paulo Barroso (no cd ‘As Marés’) e de Joca Freire (no samba ‘Alerta Geral‘)

VALDIR ROCHA >>> Sequência de ‘Quintus’ e ‘Catarse’, também com desenhos feitos durante a pandemia de 2020 e 2021, ‘Perguntário’ é o novo livro do artista. São 232 desenhos, feitos nos primeiros meses de 2021, reproduzidos em 240 páginas no formato 26,5 x 25,0 cm, com capa dura. Nos próximos dias estará disponível no site. Ao todo, são 696 desenhos nos três livros. Saiba mais sobre o artista

.

.

… … …

AGENDÃO 

… … … 

CCN NOTÍCIAS >>> O Coletivo de Comunicação Norte Notícias (acesse o site), voltado principalmente para a Zona Norte, é o site de notícias de que este blogueiro (Arnaldo Afonso) participa como colaborador. Nele, dou prosseguimento ao meu trabalho no blog, informando sobre as atividades culturais dos artistas alternativos. Divulgue também mais essa iniciativa em prol de um jornalismo progressista, antifascista e em defesa da democracia

REVISTA SER MULHERARTE >>> Feita por um coletivo feminista, revista tem por objetivo valorizar e dar maior visibilidade à produção artística de mulheres. Além da publicação de poemas, entrevistas e podcasts, o coletivo lançou a antologia ‘Porque somos mulheres’. Conheça a seção onde a editora Chris Herrmann faz entrevistas de áudio com escritoras e ativistas feministas, visite o site da revista, o livro ‘Entre Amoras e Amores e o Mulherio das Letras na Lua


FICHA TÉCNICA >>> Blog do músico Edmar Silva divulga o trabalho de artistas independentes desde os anos 2000. Lá estão perfis de artistas como Os Mortos, Daniel Tobaja, Ala Mil, Os Haxixins, Guerras, Jacinto, Robsongs e George Christian, entre outros. Clique e saiba mais

GRUPO MACAIA SHOW >>>Violas, Encantos e Pontos‘ é o vídeo completo da apresentação do grupo liderado pelo cantor, compositor e produtor cultural Marcio Balthazar, o ZeMarcio Kaipira Urbano, organizador entre outros eventos, do Sarau das Águas.

POETAS PELA DEMOCRACIA >>> O poeta Elcio Fonseca, criador e organizador do projeto, define: “é um coletivo dos mais expressivos talentos da rede, numa rede de proteção à democracia”. Todos os dias, ao meio-dia, um poeta apresenta um poema com temática política, na perspectiva de que ‘não podemos nos calar diante do retrocesso por que passa o país. Inscreva-se e confira tudo na página deles no Instagram

ÀS TERÇAS – 20h >>> Programa ‘Contraponto‘ entrevista produtores, instrumentistas e compositores para compreender um pouco mais do mercado brasileiro da música. Com Serginho Sagitta, do programa Sons do Brasil, e Mateus Mello, do canal Tropicalismo Selvagem. Se inscreva no canal do YouTube

GRUPO OS TRÊS MAL- AMADOS-BRASÍLIA >>> Grupo formado pelos poetas Fernando Freire, Jorge Amâncio e Josafá Santana tem como objetivo divulgar tudo que diz respeito à poesia. Conheça os vídeos do canal

ÀS TERÇAS – 21h >>> Cantora Verônica Ferriani faz lives temáticas em seus canais no Face, Insta e Youtube. Aqui, um vídeo da série ‘Diário de Viagem Cantado’, onde ela canta canções ao ar livre

DAN SANTOS >>> Cantor e compositor tem feito diariamente, das 12h às 14h, as lives ‘Volume’, em sua página no Facebook. Além das canções autorais, pode pedir clássicos do cancioneiro nacional que ele atende

ÀS TERÇAS – 21h … Sarau Elétrico. Leituras de textos por Luís Augusto Fischer, Diego Grando e Katia Suman, com um convidado escritor e outro músico. Pelo www.rádioeletrica.com ou na página de Katia no YouTube. No vídeo acima, a edição da semana passada

GIRO CULTURA VIVA >>> Programa diário que divulga o cenário musical independente, surgiu como um dos quadros do Programa Cultura Viva e foi ganhando seu espaço. Com Daniela Bontempi

RÁDIO USP É A MELHOR >>> Blog elegeu a Rádio USP como a melhor entre todas as rádios (obviously, para quem procura jornalismo de qualidade, com um mínimo de isenção, e programação musical que contemple a diversidade do caldeirão cultural brasileiro). Parabéns aos envolvidos. A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou nesse linkO ‘Diversidade em Ciência‘, do Ricardo Alexino Ferreira, e o ‘Diversas‘, de Fabiana Ferraz, são dois dos muitos programas legais que a rádio oferece

REGINA MORENO >>> Artista plástica iniciou em março de 2020 o ‘Criativando – Projeto Pandemia‘, em que produz esculturas com lixo e materiais recicláveis descartados, a partir de depoimentos de músicos e poetas sobre suas sensações nos primeiros meses do isolamento social. Ao final do projeto, será realizada uma exposição com divulgação das obras e a presença de alguns dos depoentes. Entre eles, Alohá De La Queiroz, Darc Maia, João Aranha, Zulu de Arrebatá e este blogueiro que vos digita. Aguardemos.

SINTONIZAÍ >>> Sábados, às 17h, tem a Agenda Cultural da Periferia, na Rádio Heliópolis FM, parceria com a Ação Educativa. Tem dica de sarau, slam, lançamento de livros e discos, bate-papo, cursos, apresentações de teatro, dança, música e live. Apresentação de Ruivo Lopes

ÀS QUINTAS – 20h … Live de Marciah Liedk discute práticas mais adequadas para restaurar e manter a saúde física e mental. Na página dela no Instagram

MASTIGANDO LIVROS >>> Em seu canal no YouTube, a poeta Daniela Pace Devisate comenta os livros lançados no mercado (em especial, os de autoria feminina). Nos links ela comenta livros artesanaise fala da pré-venda do livro ‘Escrituras da Menarca‘, organizado por ela para o selo Hecatombe, da editora Urutau

BETH BRAIT ALVIM >>> A escritora (poeta, contista, cronista e ensaísta) e atriz tem postado leituras e performances em seus canal no YouTube. Beth é autora de ‘Mitos e ritos’, ‘Visões do medo’, ‘A febre e a mariposa’, ‘A noite e o meio’ e ‘Ciranda dos tempos-espaços do desejo’

.
… … …

NALDOS NEW’S

… … …

E ESTE BLOG, HEIN? – PARTE 2 >>> Comuniquei que pretendo reavaliar o papel desse blog e sua continuidade ou não em 2022. Diante de algumas dúvidas e das muitas mensagens de amigos (a quem agradeço as palavras gentis e incentivadoras), esclareço: como o blog aniversaria dia 14 de dezembro, devo fazer a última postagem do ano no dia 10, comemorando os 6 anos de atividades. Depois disso, dou uma parada por cerca de dois meses (até meados de fevereiro). Mas volto em 2022 nem que seja só pra anunciar o fim ou um novo jeito de continuar com o blog. Ok?

AS LIVES DO BEL-PRAZER >>> Amar e mudar as coisas me interessa mais… Vêm aí, ‘As Lives do Bel-Prazer’, na minha página no Instagram. Arnaldo Afonso (este blogueiro) realizará duas lives interpretando as incríveis canções poéticas e filosóficas de Belchior e contando algumas histórias sobre ele. A data da primeira live ainda não está definida (será numa terça-feira, no final de outubro ou começo de novembro)

OUTRAS LIVES DE ARNALDO AFONSO >>> Este blogueiro, poeta e cantor, informa aos interessados que, além do show com canções de Belchior, tem mais quatro espetáculos prontinhos da Silva para apresentações presenciais nas Casas de Cultura, Ceus, Bibliotecas e Sescs após a pandemia e que foram adaptados para o formato de lives (que já realizei no Face, Insta e Youtube – contatos por inbox). São eles:

1 – Arnaldo Afonso Canta e Conta Cartola >>> No show, são interpretadas cerca de 20 canções do grande compositor entremeadas por curiosidades sobre sua vida e obra. Além das Casas de Cultura, o espetáculo foi apresentado recentemente no Festival Satyrianas

2 – Rocks, Pops & uns Toques de Poesia >>> Arnaldo Afonso canta repertório autoral e fala de seus parceiros e dos artistas que o influenciaram. Versão online de shows presenciais realizados no palco dos Parlapatões, no Bar do Frango, no Eclipse, no Centro Cultural Charada e na Tom-K Produções

3 – Embebedai-vos! >>> Live de bate-papo e confraternização, entre goles de caipirinha, onde leio as mensagens dos internautas e canto clássicos do cancioneiro nacional (da mpb ao brega)

ATENÇÃO!!! >>> A live Embebedai-vos! é recomendável apenas para os ‘fortes’: a primeira da série durou quase 4 horas, com mais de 40 canções bebidas e duas jarras de caipirinha interpretadas (ou coisa parecida – veja como foi). Você güeeeenta?


4 – Lives Caetanas >>> Série teve 6 edições (a primeira teve mais de 1.500 visualizações, mais de 700 comments e cerca de 150 compartilhamentos). Aqui, uma delas

ARNALDO AFONSO TEM CANAL NO YOUTUBE >>> Após postar no YouTube minhas canções Além da Lenda (em parceira com Conrado Pera), Chama de Amor e Tom Jobim no Telhado, me dei conta de que estou com dois canais lá (canal um e canal dois), além das várias postagens espalhadas pelas páginas dos saraus de que participei (é só pesquisar pelo meu nome que elas vêm – ouça ‘Barbárie Moderna‘, ‘Eu e a minha solidão‘, ‘Lágrima no Asfalto‘, ‘Coração Jazz‘, A Sereia EncantadaParaísos Cotidianos (Paraisópolis)A Música e Eu‘, ‘Vida Gozada‘ e a minha recente parceria com o poeta Vlado Lima, Os Desperdiçados do Mundo).

O blog também está no YouTube: já entre lá pra se inscrever no ‘nosso’ canal

 

… … …

TRÊS ANOS E MEIO DE
VERGONHOSA IMPUNIDADE

… … …

MARIELLE >>> No dia 14 de março de 2018 a vereadora Marielle Franco, aos 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e após voltar de um evento com jovens negras, foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Desde então, protestos contra o bárbaro crime se repetem em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Três anos depois, este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos e mandantes. As balas que a mataram atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

… … …

Fique ligado em minha página no Facebook, onde divulgo as lives e textos deste blog, além de outras inserções. E, anote: toda sexta-feira tem post novo. Até lá!

… … …