Blocos loucos, saraus superlegais, coletivos ativos. Insiste não desiste o movimento. Vontade valente de gente louca seguindo em frente. Caminhando e cantando e botando seu bloco na rua. Criando música política carnaval e cultura. Compondo versos de luta na unha sem rancor. Nós e nossas bandeiras trincheiras de flor. Nossa arma é nossa arte nossa bala é nosso amor. Sim, a gente existe. Parabéns pra quem resiste. Carnavaletudo: há importância em cada gesto em cada passo em cada bloco. Toda ocupação é uma festa. A cidade é de quem a habitar. De quem manda no terreiro e não quer ser estrangeiro em seu próprio lar.

“A poesia é algo que anda pela rua. A poesia não quer adeptos, quer amantes.” Federico García Lorca, poeta espanhol (1898-1936)

BLOCO DA MARIA NA CARAUARI >>> Pelo quarto ano consecutivo, rolou o Bloco da Maria na Carauari. Com mais ou menos chuva que antes, lá fomos nós pra rua, radiantes. E foi lindo, mais uma vez. Quando a alegria é muita, a gente até desconfia da realidade. Mas aconteceu de verdade: éramos eu e meus amigos cantando marchinhas novas e antigas naquela praça da Vila Maria. Pulando feito crianças, entre abraços, sorrisos, brindes à amizade e à felicidade coletiva. Nós e nossa cara lavada, nossa alma pura, debaixo daquela baita chuva. Alegria, alegria e. muita força pra aguentar o dia a dia: lá vão os loucos do Bloco da Maria.

AGRADECIMENTOS >>> Que maravilha poder viver aquilo tudo. Mais uma vez, agradeço aos parceiros Marcio Butarello e Jamir Nogueira,  ao pessoal do Sarau da Maria; ao Rogério, ao Kita e ao Parpinelli, à Andrea, ao Toninho  e à tchurma da Mercearia, ao grande Roberto Candido (espalhei algumas fotos dele pelo post. Aqui você confere todas). Enfim, agradeço a todos os amigos que acreditaram nessa farra e foram lá mais uma vez pra colocar esse encontro na história (ao menos, na nossa história – na prosaica e muito feliz história das nossas vidas). Adorei!

 

NOMES DE BLOCOS >>> Sempre comentam comigo sobre os nomes de blocos. Então, lá vão alguns bem divertidos pra gente rir um pouco: ‘Encosta que ele Cresce’, ‘Não Empurra que é Pior’, ‘Trema na Linguiça’, ‘Já que tá Dentro, Deixa’, ‘Balança, meu Catete’, ‘Se eu não Lembro é porque eu Não Fiz’, ‘Só o Cume Interessa’, ‘Me Fode que eu sou da Produção’, Me Beija que eu sou Cineasta’, ‘Puxa que é Peruca’, ‘Quero Exibir meu Longa’, Quem não Guenta, Bebe Água’, ‘Cutucano Atrás’, ‘Arriano Suassunga’, ‘Bloco de Notas’, ‘Cagão Misterioso’, ‘As Virgens do Minhocão’, ‘Filhos de Glande’, ‘Rola Cansada Ainda Bica’, ‘Antes Aqui que na UTI’, ‘Ritaleena’, ‘Pauta Quente’ e o nosso (dos jornalistas) ‘Bota Calhau’, para o qual fiz uma irresponsável marchinha satirizando políticos, há uns anos atrás (aos curiosos, deixo aqui uma gravação meia-boca. Mas não levem a sério, pois é puro besteirol).

A DIVERSIDADE E O PRESIDENTE >>> Não adianta. Liberdade é coisa que ele não entende. Nem aprende. Ele gosta é de ditadura. Ele é fascista, né? O ‘coiso’ não compreende que as pessoas não são controláveis por tuítes, decretos e nem pela força dos exércitos. Na história da humanidade há muitas páginas sobre o poder da resistência popular. Mas ele parece que não leu. E perdeu mais uma oportunidade de ficar quieto. Eu nem vou comentar sua baixaria. Ele não passa de um político ridículo (ainda hoje, dia 7, ele aprontou mais uma. Num evento com militares, declarou, em seu estilo pomposo e idiótico: “Democracia só existe se as Forças Armadas quiserem”). Pena que um sujeito desses foi eleito e temos de suportá-lo (será que ele dura quatro anos?). Penso que ele deveria aproveitar a avalanche de óbvias críticas e aprender a admirar a beleza e a diversidade das gentes & motivos dos blocos: afros, gays, feministas, de ciclistas, da Rita Lee, do Alceu, dos bregas, de jazz, de big band, de música eletrônica, dos Beatles, de jornalistas, intelectuais, de saraus, de super-herois, blocos abordando ’empoderamentos’ vários, sustentabilidade, política e meio ambiente. Blocos só de farra, de bebuns e de malucos-beleza. Teve pra todo gosto e gasto. Teve sacanagem, palavras-de-ordem variadas e um coro que foi consenso em todos os lugares a que fui: “Bolsonaro, uh, vai tomar no cu!”. Teve vontade de extravazar liberdade. E isso, governo nenhum pode impedir. Às vezes impede, por um breve tempo. Mas, lentamente, as flores vão brotando novamente. Leia, presidente, o que um maravilhoso poeta chileno escreveu sobre a vida e suas mudanças: ‘a primavera é inexorável’.

ZÉ DE ABREU E URSAL >>> Não bastasse a falta de projetos e as batidas de cabeça do (des)governo, Bolsonaro e sua turma também não têm humor. Eles acreditam que a URSAL existe e que elegemos Zé de Abreu nosso presidente. A resposta popular ao seu tuíte irresponsável coloca as coisas no devido lugar. Ao dizer que não sabia o que era ‘golden shower’, o presidente recebeu pronto esclarecimento: “é um termo em inglês para se referir a cheques depositados na conta da primeira dama, referentes a pagamentos de um suposto empréstimo de R$40 mil para quem movimentou 7 milhões em três anos, presidente. Chove ouro.” Agora ele já sabe.

O COISO >>> Eu ia colocar aqui vários comentários de amigos e artistas que responderam ao presidente pelas redes sociais. Mas… o cara é tão baixo, tão pobre de espírito, que a gente evita se sujar descendo até lá pra responder a todas as besteiras que ele diz. Comentei, na semana passada, que em sua visita ao Paraguai, ele elogiou o ditador Alfredo Stroessner. Temo que um dia ele visite a Alemanha e elogie Hitler. Vai ser muita vergonha para o Brasil.

ANHANGABAHY E DHARMA SAMU >>> No domingo fui ao espaço Parlapatões e me diverti com dois showzaços. Primeiro, me deliciei com o jazz brazuca e os solos de sopros de Dharma Samu (nome que o músico emprestou à própria banda). Depois, a banda Anhangabahy botou o pessoal pra pular com marchinhas e sambas autorais (Rui Condeixa é um dos melhores compositores da nova geração), além de entoar clássicos como ‘Minha Pequena Eva”, para alegria da galera.

“ANO PASSADO EU MORRI, MAS ESSE ANO EU NÃO MORRO” >>> Na segunda-feira fui à praça Rio dos Campos, na Pompeia, e acompanhei o bloco ‘Ano Passado eu Morri, mas Esse Ano eu Não Morro’, que se inspira nas canções do bardo cearense Belchior. A pegada firme da bateria do bloco é digna de elogios. E as canções de Bel me tocam desde a adolescência. Nesse momento de retrocesso político, senti renovada emoção ao entoar com a multidão versos certeiros como ‘sempre desobedecer, nunca reverenciar‘. Senti que a resistência à onda fascista cresce quando nos juntamos nas ruas. O carnaval (que os caretas de plantão detestam) pode ter sido a centelha pra reacendê-la.

… … …

DIA DA MULHER

… … …

Amanhã, dia 8, é o Dia Internacional da Mulher. Mais que de homenagens, é sempre um dia de luta. E de luto: no Brasil, uma mulher é estuprada a cada 11 minutos e espancada a cada 24 segundos. Por isso os coletivos feministas dos saraus e os movimentos organizados em geral realizam protestos, paralisações e manifestações por todo o País. O Brasil é o quinto país do mundo em violência contra a mulher. Só ‘perdemos’ para quatro países. Nós, homens brasileiros, somos machistas e violentos. Números frios e vergonhosos nos delatam. Temos que mudar isso. Já. Mudar desde a primeira infância, nas escolinhas, dentro de casa, dentro de cada um de nós, homens. Temos que educar nossos meninos, formar jovens melhores e punir homens violentos, não acobertando seus crimes. Temos de criar leis que protejam nossas filhas, amigas, namoradas e mães. Temos de pedir perdão por nosso histórico de crimes, por matá-las, espancá-las e amedrontá-las desde a pré-adolescência. Por cercear sua liberdade de ser, pensar, vestir, de ir, vir e estar, de se sentir à vontade, a qualquer hora e em qualquer lugar. Temos de ser homens de verdade, companheiros, pais, irmãos. Temos de respeitar a ‘ousadia’ de uma mulher ser ou querer ficar só. Ou a de compartilhar conosco um lar e nos dar filhos e futuro. Temos de criar, com elas, a possibilidade de sonhar um mundo melhor e uma vida mais bem dividida. Temos que respeitar as mina as mona as mana: nossas mães, namoradas e filhas. Nossas mulheres amadas, nossas amigas queridas.

AS FEMINISTAS >>> Eu sou homem e sei. Todo homem sabe. Não diga que não sabe do que as feministas estão falando. Você sabe muito bem. Nós sabemos. Elas não estão loucas. Não são histéricas. Olha os dados da violência. Os números gritam. Elas também. A cultura machista (em mim, em você) agoniza. Nós precisamos ser melhores, sim, respondi a um amigo, conversando sobre a questão feminista. Todos gostam de amor e sexo, mas não é disso que se trata. Afinal, eu e você sabemos muito bem o quanto pisamos na bola. Ele sorriu, nervoso, de canto de boca. Nosso perdão envergonhado e quase mudo começa a se ouvir. Nós sabemos, meninas. Desculpem, desculpem… Nós sempre soubemos de tudo!

O ASSÉDIO >>> Você aí, homem como eu, meu igual, meu amigo. Escute aqui, meu querido, não se faça de desentendido, não finja que não é contigo. Abra os olhos, os braços, a cabeça. E as receba. Destape seus ouvidos, ouça as queixas e perceba: elas estão agindo, reagindo, se insurgindo. As velhas estruturas estão ruindo. Um novo mundo vem surgindo. E é melhor. Não ignore, não deboche, não seja mais o ‘macho escroto branco sempre no comando’. Homens, nós sabemos muito bem do que elas estão falando. E, infelizmente, sabemos que elas têm razão do que dizem sobre nós. Respeita as mina! E ponto final.

O MACHISMO >>> Ainda sobre o tema, já postei aqui sobre uma página no Facebook, criada em 2015, chamada #Nãopoetizeomachismo. É uma tomada de atitude de mulheres que sofreram abusos e discriminações em saraus, slams, batalhas de mcs e em vários espaços culturais. Entrem na página, leiam os relatos e vejam fotos das participantes.

 

… … …

QUASE UM ANO REPETINDO:
QUEM MATOU MARIELLE?

… … …

QUE VERGONHA, BRASIL! >>> Quase um ano depois e os criminosos continuam impunes. A nação (pacificada? bestificada?) segue seu dia a dia, indiferente. Uma representante do povo foi assassinada, os assassinos estão soltos e não ouço panelas: vários ‘suspeitos’ presos, muito blablablá e… nada! Não é prioridade dos atuais governantes (aparentemente tão preocupados com a criminalidade) resolver esse caso. Vocês acreditam que a polícia (num Rio de Janeiro que estava sob intervenção militar) ainda não ‘descobriu’ quem são os assassinos de Marielle Franco? E ainda temos que ouvir o presidente eleito (& filhos) e suas balelas sobre armamentos e ‘militarização’. Já são mais de onze meses de impunidade. No dia 14 de março de 2018 a vereadora, de 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e voltava de um evento com jovens negras quando foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Protestos e manifestações contra o bárbaro crime se repetem diariamente em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos. As balas que a mataram também atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

VERGONHA 2 >>> Se o atual presidente fosse mesmo ‘bom de segurança’, uma vereadora não teria sido assassinada (ao que tudo indica, por milicianos – leia matéria do jornalista Marcelo Godoy com o secretário da Segurança Pública do Rio entrevista de Fernanda Chaves, assessora de Marielle, à Mônica Bergamo) no Estado onde ele fez toda sua carreira política (e que se encontrava sob ‘intervenção militar’). Será que seus eleitores refletiram sobre isso? Apoiadores do ‘coiso’ posaram para fotografias sorrindo ao quebrar ao meio uma ‘placa de rua’ com o nome de Marielle (junto a eles, o atual governador do Rio. Pode?). Será que os eleitores do ‘coiso’ concordaram com essa ‘brincadeira’? Não posso crer nisso. Como também não consigo compreender o porquê do ‘coiso’, ou do governador fluminense, jamais terem exigido publicamente o esclarecimento do ‘caso Marielle’. Por que será?

VERGONHA 3 >>> O delegado responsável pela investigação do assassinato de Marielle, Giniton Lages, foi mantido (pelo novo chefe de polícia, delegado Marcus Vinicius Braga) no cargo até o final do inquérito. Braga foi nomeado secretário pelo governador Wilson Witzel. A justificativa da nova cúpula é não interromper o trabalho da equipe atual, que vai ser ampliada para que a investigação ‘seja finalizada ainda no início do ano’ (e já estamos em meados de fevereiro). Também foram mantidos os responsáveis pelas unidades da Baixada Fluminense e de Niterói e São Gonçalo, Daniel Rosa e Bárbara Lomba. Parabéns aos envolvidos, só que não: afinal, já são mais de 11 meses de impunidade. É uma vergonha! 

VERGONHA 4 >>> Após quase um ano de impunidade dos assassinos de Marielle, a Polícia Federal realizou operação, na manhã da quinta-feira (dia 21 de fevereiro), para cumprir oito mandados de busca e apreensão com o objetivo de apurar ‘suposta tentativa de obstruir a investigação do crime’. Será? (pergunta irônica)

MANGUEIRA, CAMPEÃ COM MARIELLE >>> A Mangueira venceu o carnaval com o samba-enredo que cita e homenageia Marielle. O enredo ‘História pra Ninar Gente Grande’ teve como tema a ‘história que a história não conta’. O samba ‘Eu quero um Brasil que não está no retrato’ foi composto por Tomaz Miranda, Deivid Domênico, Mama, Marcio Bola, Ronie Oliveira e Danilo Firmino. Enquanto eu ouvia o samba, fiquei muito emocionado e chorei. De revolta (pela impunidade dos assassinos da vereadora e do motorista e pela omissão das autoridades recentemente eleitas) e de alegria (porque a mais tradicional escola de samba do País levantou sua voz em defesa da liberdade). Obrigado, Mangueira! São atitudes assim que nos dão algum alento para enfrentar esse momento vergonhoso de nossa história. Semana que vem, o assassinato de Marielle completa um ano. Espero que os assassinos estejam presos. As autoridades têm mais uma semana pra provar a que vieram. Leia a letra do samba:

Brasil, meu nego
Deixa eu te contar
A história que a história não conta
O avesso do mesmo lugar
Na luta é que a gente se encontra

Brasil, meu dengo
A mangueira chegou
Com versos que o livro apagou
Desde 1500
Tem mais invasão do que descobrimento
Tem sangue retinto pisado
Atrás do herói emoldurado
Mulheres, tamoios, mulatos
Eu quero um país que não está no retrato

Brasil, o teu nome é Dandara
Tua cara é de cariri
Não veio do céu
Nem das mãos de Isabel
A liberdade é um dragão no mar de Aracati

Salve os caboclos de julho
Quem foi de aço nos anos de chumbo
Brasil, chegou a vez
De ouvir as Marias, Mahins, Marielles, malês

Mangueira, tira a poeira dos porões
Ô, abre alas pros teus heróis de barracões
Dos Brasil que se faz um país de Lecis, jamelões
São verde- e- rosa as multidões

… … …

AGENDÃO

… … …

Aqui as sugestões de programação para esta semana. Acompanhe também as opções contidas na página da Agenda da Periferia. Informe-se, inconforme-se, atue e divirta-se! A maioria dos eventos lembra as lutas e comemora o Dia da Mulher. Ainda vou inserir outras programações. Acompanhe diariamente.  

… … …

QUINTA-FEIRA – 7 de março – 11h … O Programa Toque, de Clovis Ribeiro, entrevista o professor, cantor e compositor Marcos Fonseca. Na Rádio Cidadã FM 87,5

… … …

QUINTA-FEIRA – 7 de março – 19h … Festival Eva Diva … Festival feminista promove encontro de artes e ativismo, com feira, exposições de artistas locais (clique no cartaz). Ingressos a R$15 e R$30. No Teatro de Arena, à avenida Borges de Medeiros, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul

… … …

QUINTA-FEIRA – 7 de março – 20h … ‘Já nascemos mortos’ – Peça aborda preconceito e violência contra homossexuais. No teatro do Centro Cultural Olido

… … …

QUINTA-FEIRA – 7 de março – 21h … Radinho de Pilha – no Al Janiah … Banda apresenta repertório para dançar e pensar. Com Tonho Penhasco, Clerouak, Boi, Ricardo Cunha e Malu Maria.

… … …

QUINTA-FEIRA – 7 de março – 22h … Festa Vitamina #10 – Pós Carnaval … Com os djs Irineu Bishop, Brito Andrade, Luca Martins Cardozo e o Sarau Erótico Yopará. No Presidenta – Bar e Espaço Cultural

… … …

QUINTA-FEIRA – 7 de março – 23h … Especial ‘Caetano de Carnaval’ com a banda Golonka. Com releituras de músicas do álbum ‘Transa’. Na NossaCasa Confraria das Ideias

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 16h … Sob o lema “8 de março – SP 2019 – Mulheres Contra Bolsonaro. Vivas, por Marielle! Em defesa da previdência, da democracia e dos direitos”, ato tem a participação do bloco Obscênicas

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 17h … Slam Racha Coração – no Sarau da Tribo. Na praça Padre João Álvares

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 17h30 … Kalango Juca Jazz #8 … Violonista Guilherme Lamas faz show em homenagem às mulheres com músicas de Paulinho da Viola, Tom Jobim, Eduardo Gudin e Pixinguinha, além de composições autorais. Na Kalango Cervejaria, em Americana

… … …

SEXTA-FEIRA A DOMINGO – 8 a 10 de março … Inauguração do Eclipse Espaço Cultural, Bar e Café … Adriana Caló, Andréa Caló, Karina Caló da Fonseca e Nelio Moraes inauguram espaço cultural no Dia Internacional da Mulher com apresentação da Banda Shivas. No sábado tem sarau e no domingo lançamento de livro (ver cartaz). À rua Astorga, 621, na Vila Guilhermina

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – das 18h às 5h … Lia Ribas Festival – na rua Augusta, 339. Ingressos a R$20 e R$25. Na programação:
19h – Matheus Pitta – Banda Pitá – abertura da casa – Bnd 1
20h – Lidio Mateus Costa Gomes (palco 30 minutos) – Bnd 2
21h – Mantenha a Dúvida (cover) CBjr – Bnd 3
22h – Lottus Mob (reservado) Bnd 4
23h – Zandare – Bnd 5
0h – Glowing Tree – Bnd 6
1h – Anhangabahy – Bnd 7
2h – The Loop – Bnd 8
3h – 3 pipe problem – Bnd 9
4h – 4RAGE – ‘Glauber’ Bnd 10

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 19h … Élio Camalle no Alvenaria Espaço Cultural Colaborativo … Artista franco-brasileiro, o cantor e compositor engajado apresenta suas composições inspiradas nos movimentos contestatórios e na situação atual do país. Na rua Turiassu, 799,

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 19h … Happy hour com a Banda Terapia de Grupo interpretando clássicos do rock. No Carauaribar

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 19h30 … Pocket-show “Sabor da Vida” com a cantora e compositora Jordana. No Piccolo Teatro, à rua Avanhandava, 40

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 20h … Itaú Cultural apresenta Indy Naíse & Banda … Cantora faz show de lançamento do disco “É Questão de Cor” com participação de Camila Trindade e Yasmin Olí. Entrada franca. As canções abordam temas como o genocídio da juventude negra, racismo estrutural, feminismo negro, sexualidade e o desastre ambiental de Mariana. Na Avenida Paulista, 149

… … …

SEXTA-FEIRA e SÁBADO – 8 e 9 de março – 20h30 … Mundo Melhor 15 anos – No Sesc Pompéia … Desde 2000 Alfredo Bello (dj Tudo) registra em audio e vídeo grupos tradicionais e festas populares. Já são 32 lançamentos entre cds, lps e dvds, disponíveis nas plataformas digitais. O álbum “Mundo Melhor volume 1″, que resume a história do selo, será lançado.

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 20h30 … Musas e Músicas com Rosane Queiroz – no Quinto Pecado … Na programação do Dia Internacional da Mulher, canções com nomes femininos: de Amélia a Anna Júlia, passando por Lígia, Tigresa, Pérola Negra, Dona, Yolanda e muitas outras. Na rua Coronel Artur de Godoi, 12. ?Couvert R$20

… … …

SEXTA-FEIRA E SÁBADO – 8 e 9 de março – 21h … Medusa de Rayban … Remontagem da peça (elogiada em 1997 por inovadoras referências às hqs e ao rock) narra os conflitos de quatro assassinos de aluguel, abordando a violência sem descartar o humor. Texto e direção de Mário Bortolotto (clique no cartaz). No Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384. Ingressos a R$40 e R$20

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 21h … Mirianês Zabot no Teatro Bruta Flor … Cantora apresenta canções de Gonzaguinha (como “Maravida”, “Sangrando”, “Espere por Mim, Morena” e “Comportamento Geral”) acompanhada pelo violonista Oswaldo Bosbah. Na rua Augusta, 912

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 21h … Banda Soul na Pele apresenta o show Alma Feminina. No Bar da Praça – Flash Back, à av. Eduardo Cotching, 478, na Vila Formosa

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 21h … Drik Barbosa convida Bia Ferreira, Yzalú & Slam das Minas. No Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 22h … Brincante Musical – A cantora e violonista carioca Luísa Lacerda apresenta canções de novos compositores das cenas carioca e paulista contemporânea. Participação de Maria Clara Valle (violoncelo) e Carol Panesi (violino). No Instituto Brincante, à rua Purpurina, 412

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 22h … ‘Voltando Belchior’ … Show do trio ‘Pessoas Cinzas Normais’ revisita os maiores sucessos e um pouco do lado B do artista cearense. No Lapeju Bar, à rua Frei Caneca, 892

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 22h … Pussy Power … Quatro cantoras se apresentam na Fábrica de Extintores: Gika Bacci, Lu Vitti, Karol Sun e Camila Kerr. Na rua Flávio Uchôa, 2151, em Ribeirão Preto

… … …

SEXTA-FEIRA A DOMINGO – 8 a 10 de março … Pico Music Week … Picanha de Chernobil e mais sete bandas se apresentam na rua Paulo Ney, 336, na Vila Mariana. Clique no cartaz

… … …

SEXTA-FEIRA – 8 de março – 23h … Poetas da Nova Era & Grupo Noir. Show das bandas no Burako’s “Quase no Centro da Terra”, à rua Marques de Herval, 11/13, no Valongo, em Santos

… … …

SÁBADO – 9 de março – 11h às 18h … Feira Cultural de Oz. Música, arte e artesanato, antiquários, roupas customizadas, livros e outros produtos exclusivos. Na praça do Samba, à rua Alexandre Baptistone, 190, em Osasco

… … …

SÁBADO – 9 de março – 15h … Homenagem às Mulheres c/ Tributo ao Rei … Banda ‘Pessoas Cinzas Normais’ apresenta canções de Roberto Carlos desde a época da jovem guarda, passando pela fase roqueira, as baladas e o brega. No Embarxador – Beer & Food, à rua Embaixador João Neves da Fontoura, 306, em Santana

… … …

SÁBADO – 9 de março – 16h … Lançamento Jornal de Borda … Periódico de arte contemporânea lança sexto número com o tema ‘Fronteiras e Encruzilhadas’. Bate-papo com colaboradores como Bruna Kury, Edith Derdyk, Fernanda Grigolin, Laura Daviña, Lucia Parra, Paula Monterrey e Samanta Colhado Mendes. Na Casa do Povo, à rua Três Rios, 252, no Bom Retiro

… … …

SÁBADO – 9 de março – 17h … 4 Sem Tirar De Dentro – Show Beneficente para Tarso Carnal, vocalista e guitarrista do Carnal Desire, figura emblemática do cenário musical de Santos. O dinheiro arrecadado será doado para custear seus exames. No Boteco Valongo, à rua São Bento, 43, em Santos

… … …

SÁBADO – 9 de março – 17h … Lançamento do livro ‘cartonero’ da poeta Argentina Flor Codagnone – diario poético en tiempos macristas. Dedicado “A las mujeres latinoamericanas, a todas las personas que gestan el pueblo.”

… … …

SÁBADO – 9 de março – 17h … Negros do Bixiga: conversa com Rose da Lavapés sobre memórias, samba e protagonismo feminino. Na rua Rocha, 259

… … …

SÁBADO – 9 de março – 18h … Gira de aniversário do Kleber Albuquerque no Sarau do Tempo Livre. O grande cantor e compositor (a quem parabenizo) convida amigos para um encontro musical comemorativo. Com palco aberto e a participação de Carô de Oliveira, Sérgio Lima, Regina Vasto e Peter Dietrich. Entrada R$12. Na rua Doutor Bacelar, 649, na Vila Mariana

… … …

SÁBADO – 9 de março – 18h … 118° Sarau Bodega do Brasil. Sarau organizado pelo cordelista Costa Senna tem edição especial dedicada ao Dia da Mulher, com palco aberto a manifestações culturais que remetam à igualdade de gênero e que sejam contra todo tipo de violência. Entrada franca. Na Ação Educativa, à rua General Jardim, 660

… … …

SÁBADO – 9 de março – 19h … Sarau na Galeria – Elas na Resistência, ocupando espaços com arte e discussão política. Sarau inaugura série de rodas de conversa. Na escola Prof. Geraldo Justiniano de Rezende Silva, em Suzano

… … …

SÁBADO – 9 de março – 19h … ‘Idas e Vindas’ é o  show com os violonistas Guilherme Lamas e Rafael Thomaz. No Sesc Santana.

… … …

SÁBADO – 9 de março – 19h30 … Vozes femininas diante do mundo: lançamento dos livros ‘As Dezenove Regras do Romance Policial’, de Evelyn Blaut-Fernandes (Selo Demônio Negro) e ‘Casa de Mim’, de Veronica Paulics (Selo Edith). No Estúdio Lâmina, à avenida São João, 108

… … …

SÁBADO – 9 de março – 20h … Show ‘Cena de Cinema’, do cantor e compositor Zulu de Arrebatá. Na Livraria Nobel, em Guarulhos. Com participação da dupla Vladinsky & Cordeirovich. Na avenida Salgado Filho, 1453

… … …

SÁBADO – 9 de março – 20h … Alma Thomas em Tributo a Nina Simone. No Blue Note Rio de Janeiro

… … …

SÁBADO – 9 de março – 20h … Era uma Vez no Oeste VII – Mulheres no Folk – 7ª edição do festival com co-curadoria de Douglas Mam e Nany Gottardi traz as artistas Flávia Felício, Lívia Mendes e Magê. No Piccolo Teatro, à rua Aavanhandava, 40

… … …

SÁBADO – 9 de março – 20h30 … Sarau arte canal – Mulheres, Presente! Na programação, o espetáculo ‘Progênie’, com o Grupo Teatral Ansur, sobre a violência vivenciada pela mulher através das gerações. Dança do ventre com Mayara Ketlin e música com Lígia Regina Lima. Textos e poesias com EuPoetisa e Jaqueline Silva. Cena ‘Pano Rasgado’ com o grupo Cena Aberta. E mais os artistas da casa Dark’ney e Ivan Neris. Na Aldeia Satélite, à rua Tenente Luiz Fernando Lobo, 118

… … …

SÁBADO – 9 de março – 20h30 … Augusto Teixeira – no Quinto Pecado Bistrô … Talentoso cantor e compositor apresenta as canções de seu cd Estação Felicidade, que tem participação de Ceumar e Zeca Baleiro. Ingressos a R$15. Na rua Coronel Artur de Godoi, 12, na Vila Mariana

… … …

SÁBADO – 9 de março – 21h … Show Canção pra Dois – no Teatro Bruta Flor … Encontro de Carol Andrade (cantora e compositora) e Alex Maia (violonista e arranjador). Na rua Augusta, 912

… … …

SÁBADO – 9 de março – 21h … Som da Estrada – no Bar do Frango … Dupla da cantora Giliane Meireles e do compositor e violonista Valter Gusmão apresenta seu repertório de mpb e rock rural. No lendário bar da ZL, na av. São Lucas, 479. Entrada franca

… … …

SÁBADO – 9 de março – a partir de 22h … Zé Geraldo … Cantor e compositor faz show acústico na Fofinho

… … …

DOMINGO – 10 de março – 16h … Discoteca do Rock – Seleção especial de metal e comemoração de nivers. No bar externo da Fofinho Rock Club, à av. Celso Garcia, 2.728

… … …

DOMINGO – 10 de março – 16h … Xtreme Blues Dog – no Hotel Bar … Show da ‘banda de um homem só’. Na rua Matias Aires, 78

… … …

DOMINGO – 10 de março – 17h … Skarnaval no Mundo Pensante … Ska, carnaval e pitadas de rock. Com o dj Romani e as bandas Sapo Banjo, Buena Onda Reggae Club, Marzela e Música Agosto. No Bixiga

… … …

DOMINGO – 10 de março – 18h … Inês Santos lança livro ‘Entrelaçamentos’ no Bar do Frango (av. São Lucas, 479). Abaixo, um de seus poemas:

MINHA MÃE DIZIA QUE:

Casa com porão
De ratos tem criação
Na casa do poder
São tantos os porões

Quando haverá lá
Uma desratização
De fato?

… … …

DOMINGO – 10 de março – 18h … Gross Trio no CCSP … O guitarrista Marcelo Gross, da banda Cachorro Grande, se apresenta com Eduardo Barretto (baixo) e Alexandre Papel (bateria).

… … …

DOMINGO – 10 de março – 18h … Show de aniversário do escritor e compositor Thiago Che Romaro – no Alvenaria Espaço Cultural Colaborativo, à rua Turiassu, 799

… … …

DOMINGO – 10 de março – 18h … Patrícia Bastos no Sesc Pinheiros … Cantora lança LP de seu mais aclamado disco, Zulusa (junção de zulus com lusitanos). Com direção musical de Dante Ozetti e participação Zé Renato, Manoel Cordeiro, Felipe Cordeiro e Marcelo Pretto. Na rua Paes Leme, 195.

… … …

DOMINGO – 10 de março – 19h … Café Poético #43 no Casa Azul. Poeta Nayara Lemos organiza manifestação artística que promove o turismo cultural de cada região. Na rua General Lima e Silva, 912, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul

… … …

DOMINGO – 10 de março – 19h … Ricardo Vignini – Lançamento do álbum Viola de Lata, no Itaú Cultural, à av. Paulista, 149. O violeiro é referência na pesquisa e resgate de sonoridades, melodias e tradições musicais da cultura popular do sudeste. Já gravou cinco cds com a banda Matuto Moderno, tem dois cds solo (Na Zoada do Arame e Rebento), participa dos principais eventos de viola no Brasil e integra o duo Moda de Rock (com o violeiro Zé Helder)

… … …

DOMINGO – 10 de março – 20h … Interiores … Dividida em quatro momentos, que correspondem a habitações diferentes, a peça trata das relações que se estabelecem em torno da venda desses imóveis, de seus espaços vazios e de suas ausências. Texto e direção de Lucas Mayor e Marcos Gomes. No Teatro Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384.

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 11 de março – 16h … Mulheres, corpo e resistência na literatura. Curso online com Jéssica Balbino. Informe-se mais aqui

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 11 de março – 19h … Slam Do Prego – Com Mariana Félix (livros), Yasmin Gabrielle (zine) e Marcy Santtos (pocket-show). Na Praça Getúlio Vargas, em Guarulhos

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 11 de março – 19h … Carlos Pial – show do dvd Alquimia dos Sons … Percussionista maranhense, que mescla jazz com samba e música regional brasileira, se apresenta acompanhado por Hamilton Pinheiro (baixo e direção musical), Pedro Almeida (bateria), Agilson Alcântara (guitarra), Misael Silvestre (teclado) e Westonny Rodrigues (trompete e flugelhorn). Participação de Gerson da Conceição (da banda Mano Bantu). Na rua Doutor Vila Nova, 245. Entrada franca

MAIS PIAL >>> Na QUARTA-FEIRA, dia 13 de março, às 21h, músico, banda e convidado repetem a dose no Tonton Jazz & Music, à al. dos Pamaris, 55, em Moema. Ingressos a R$30

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 11 de março – 19h … Conversa Musical Ilustrada – Os Mais Doces Bárbaros. Em quatro encontros a atriz e cantora Ana Clara Fischer e o músico André Bedurê abordam a obra do quarteto baiano como grupo e individualmente. No Centro de Pesquisa e Formação – Sesc. Saiba mais aqui

… … …

SEGUNDA-FEIRA – 11 de março – 20h … Recital de Jazz com Adolfo Mendonça … Acompanhado pelo baixista Maurício Jesus e pelo baterista Vinícius Navarro, Adolfo interpreta ao piano canções como “Have you Met Miss Jones” (Richard Rodgers), “All the Things You Are” (Jerome Kern), “Aquarela do Brasil” (Ary Barroso), “Triste” (Tom Jobim), Billy Jean (Michael Jackson), “Misty” (Erroll Garner) e comentar detalhes técnicos das composições. Entrada franca. No Conservatório Municipal de Guarulhos, à rua Abilio Ramos, 122

… … …

TERÇA A SEXTA-FEIRA – 12 a 15 de março – 14h30 … Margens – nas Fábricas de Cultura … Bate-papo com escritoras participantes do projeto criado pela jornalista Jéssica Balbino (veja o vídeo), que mapeia e divulga a literatura de mulheres das periferias de todo o Brasil. Entrada franca (também na terça e quarta da semana que vem):

TERÇA – 12 de março – Thata Alves, na Brasilândia
QUARTA – 13 de março – Ryane Leão, na Vila Nova Cachoeirinha
QUINTA – 14 de março Carol Peixoto, no Jardim São Luís
SEXTA – 15 de março Carol Peixoto, no Capão Redondo
TERÇA – 19 de março Thata Alves, no Jaçanã
QUARTA- 20 de março Ryane Leão, em Diadema

… … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 15h … Programa da rádio Nova Paraisópolis FM87,5 (às terças e quintas) entrevista artistas, esportistas e educadores sociais. Nesta edição, bate-papo com o rapper Soul Gerais, que participa de saraus, slams e canta rap nas periferias desde 1998

.. … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 19h … Lançamento da Revista Laranja Original 2. No bar Balcão, à rua Dr. Melo Alves, 150

… … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 19h … Convocação Geral – Audiência Cidadã da Cultura … Coletivos artísticos traçam panorama do cenário e das políticas públicas culturais das periferias da cidade. Confirmada a presença do novo secretário municipal de cultura, Alexandre Youssef. Na sede do Pessoal do Faroeste, à rua do Triunfo, 301/305

… … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 19h30 … Santa Cecília Sem Medo … Coletivo debate a conjuntura, ações pós-Carnaval, Reforma da Previdência e discute atividades em memória de Marielle Franco. Na alameda Barão de Limeira, 1412

… … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 19h30 … Cine Gorila Beer House – 2ª Edição … Evento promove a produção artística independente com exibição de videoclipes, cinepoesia e música com Thiago Romaro, Bruna Romaro e La Tchurma, Relative, entre outros convidados. Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1153

… … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 20h … Toca do Autor – Sarau do músico Tarica no bar do Hotel Cambridge, perto da estação Anhangabau do metrô. Cada artista apresenta duas canções. As apresentações são gravadas e disponibilizadas na net.

… … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 20h30 … Show de pré-lançamento de ‘Ling Leng’, disco de Danilo Penteado com Bruno Prado na percussão, Guilherme Kafé no baixo e Igor Caracas na bateria. Parcerias com Gilberto Gil, Luiz Tatit, Rômulo Fróes, César Lacerda, Fábio Barros, Meno Del Picchia e Heloísa Adballa. No Bona, à rua Álvaro Anes, 43. Ingressos a R$35

… … …

TERÇA-FEIRA – 12 de março – 21h … Terça Em Cena … Quatro peças curtas, no Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384 (clique no cartaz)

… … …

QUARTA-FEIRA – 13 de março – 20h … Notas Contemporâneas – com Zélia Duncan – Grátis. No MIS. Cacá Machado media o bate-papo com a cantora e compositora, enquanto a Banda MIS interpreta suas músicas. O público pode enviar perguntas.

… … …

QUARTA-FEIRA – 13 de março – 21h … Talento MPB – Mila Amorim no Bar Brahma … Cantora mineira (da banda Sagrado coração da Terra, de Marcus Viana) se apresenta acompanhada por trio. Na esquina da av. São João com Ipiranga

… … …

QUARTA-FEIRA – 13 de março – 21h … Gringa Music – com Joana Reais … Cantora portuguesa radicada no Brasil apresenta novo espetáculo “Há Fado no Samba e Samba no Fado”. No Al Janiah, à rua Rui Barbosa, 269. Ingressos a R$10

… … …

ATÉ 14 DE MARÇO – Às quartas e quintas-feiras – 21h … Tudo Que Dói … Contemplada na 8ª edição do Prêmio Zé Renato, a peça conta a história de um consagrado escritor  que passa os dias no bar de uma cidadezinha, rodeado de outros bêbados, na tentativa de esquecer o passado. A chegada de uma jornalista interessada em entrevistá-lo coincide com a visita de sua filha, que atingiu a maioridade e deseja conhecer o pai. Texto e direção de Mário Bortolotto (clique no cartaz). No Cemitério de Automóveis, à rua Frei Caneca, 384. Ingressos a R$20 e R$10

… … …

ATÉ 15 DE MARÇO … Mulheres de ArTitude – Primeira exposição do coletivo de grafiteiras. Na Casa de Cultura São Miguel, à rua Irineu Bonardi, 169

… … …

ATÉ 20 DE MARÇO (menos aos domingos) … Exposição “Derivações de uma Mártir”, de Bruna Alcântara … Artista expõe série de obras relacionadas à gênero, maternidade e feminismo. Entrada franca. De segunda a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, das 10h às 18h. Na Oficina Cultural Alfredo Volpi, à rua Américo Salvador Novelli, 416

… … …

ATÉ 7 DE ABRIL – De terça a domingo … Ocupação Manoel de Barros, no Itaú Cultural. Exposição de manuscritos e diversos materiais selecionados do acervo pessoal do grande poeta matogrossense Manoel de Barros (1916-2014). Além da exposição, o projeto deu origem a uma série de vídeos e outros conteúdos on-line. . Clique aqui e saiba mais sobre a trajetória do autor de poemas incríveis como esse:

Tratado geral das grandezas do ínfimo
(Manoel de Barros)

A poesia está guardada nas palavras — é tudo que eu sei.
Meu fado é o de não saber quase tudo.
Sobre o nada eu tenho profundidades.
Não tenho conexões com a realidade.
Poderoso para mim não é aquele que descobre ouro.
Para mim poderoso é aquele que descobre as insignificâncias (do mundo e as nossas).
Por essa pequena sentença me elogiaram de imbecil.
Fiquei emocionado.
Sou fraco para elogios.

… … …

ATÉ 13 DE ABRIL – AOS SÁBADOS – das 14h às 17h … Curso de Teatro gratuito – na Aldeia Satélite … (no carnaval, a confirmar) … Curso de preparação artística para atores e interessados, abordando técnicas de Stanislavsky e da linguagem clown. Sob a coordenação de Claudemir Santos, é composto por atividades práticas, leituras, criação de espetáculo e apresentação do resultado obtido. Na rua Tenente Luiz Fernando Lobo, 118

… … …

ATÉ 20 DE ABRIL (menos aos domingos) … Exposição André Dahmer … O grande cartunista, que publica diariamente na Folha e no Globo, apresenta dezoito trabalhos originais e cinco gravuras em serigrafias numeradas e assinadas. De segunda a sábado, na 9° Arte Galeria, à rua Augusta, 1371 (térreo da galeria Ouro Velho)

… … …

AGENDÃO >>> Fique ligado, pois o agendão é diariamente atualizado. E toda quinta-feira tem um post novo.

… … …