Sarau, luau e o escambau

Sarau, luau e o escambau

Produção artística que vive à margem da indústria cultural

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

As artes do coletivo Os Ditos, a programação teatral do Faroffa no Sofá, o bate-papo com Suplicy na live Diálogos e 10 posts para os 100 mil mortos

Por Arnaldo Afonso

“Tchau para o negro, tchau mulher / Tchau para o pobre, tchau operário
Tchau para o gay, pro índio guarani / Tchau pro catador
E a gente vai deixar assim?
Ficar olhando e deixar tudo quieto? Não olhar e deixar tudo quieto?
Melhor trazer pra rua o teu afeto

Eu não beijo a boca da morte / Vem comigo acabar com essa fita
A gente junto muda essa sorte / Eu acredito, acredita?”

OS DITOS – Lazarus (clipe oficial). Música de Rivaldo Giancotti, Paulo Pepe e Marc Florindo, com letra de Paulo Pepe

Este blogueiro que vos digita (Arnaldo Afonso, muito prazer!) agradece o convite do coletivo OS DITOS para participar de um bate-papo sobre música e literatura no Instagram, na próxima quinta-feira, dia 20 de agosto, às 17h. Além dessas lives quinzenais chamadas ‘Compro Prosa Vendo Poesia’, acompanhe nas plataformas digitais esse criativo grupo multiartístico que tem à frente Paulo Pepe (cantor, compositor e letrista), Marc Florindo (baixista, compositor e letrista) e Rivaldo Giancotti (compositor, músico especializado em tecnologias digitais e música experimental)

OS DITOS são, além de uma banda, um grupo de artistas que “se utiliza de múltiplas linguagens para fazer música brasileira antropofágica, fundindo ritmos e criando gêneros mestiços” (ouça ‘Eu Vim Assim‘, ‘Peleja, ‘Coco‘ e a mistura de reggae e xote em ‘Ensimesmado‘). Baseados na cidade de São Paulo, suas letras personificam os anseios urbanos e suas contradições, com personagens “que não contam com muitos privilégios além da autoanálise em forma lírica: o dito pelo não dito”. Brasileiramente porém, prevalece o viés do humor e a tendência a fazer de qualquer história uma festa (saiba mais sobre seus projetos). Na quinta que vem, estarei lá com eles. Apareça!

AS 3 LIVES DE ARNALDO AFONSO >>> Este blogueiro, poeta e cantor, aproveita para informar aos interessados que tem três espetáculos prontos para apresentações presenciais nas Casas de Cultura, Ceus, Bibliotecas e Sescs após a pandemia (se isso vier a acontecer algum dia) e que foram adaptados para o formato de lives (que já ando realizando pelo Face, Insta e Youtube). São eles:

1 – Arnaldo Afonso Canta e Conta Cartola >>> No show, canto cerca de 20 canções do grande compositor e conto várias histórias e algumas curiosidades sobre sua vida e obra (aqui uma das lives). O texto do show foi extraído da minha peça ‘Mestre Cartola: Vida e Obra em Verde e Rosa‘, disponível em minhas página no Facebook

2 – A Importância da Música (Os Grandes Compositores da MPB e suas Histórias) >>> Esquetes teatrais levemente cômicos, com formatos variáveis (15 minutos, meia hora e uma hora), onde a atriz Rosa Freitas interpreta a ‘austera’ professora Margarida (que, durante o desenrolar da peça, vai se revelando uma ótima cantora). Ela dá ‘aulas de história da MPB’ a seus alunos e Arnaldo Afonso é o músico e jornalista ‘especializado’ convidado por ela a cantar algumas canções e comentar sobre a vida e a obra de compositores como Noel, Tom, Gonzagão, Cartola, Adoniran, Caymmi, Chico, Caetano, Gil e Roberto, além dos mais atuais Djavan, Paulinho da Viola, Raul, Belchior e Cazuza, entre outros (veja uma das lives)

3 – Rocks, Pops  & uns Toques de Poesia – com Arnaldo Afonso >>> Canto repertório autoral, falo de meus parceiros, dos poetas que musiquei e leio textos que escrevi para os artistas que me influenciaram (veja uma das lives). Conto histórias dos saraus, do meu blog e falo do aprendizado que é participar do movimento cultural da ZN, desde os anos 80

… E TEM A MINHA LIVE ANTIFASCISTA >>> Mais um projeto deste intrépido blogueiro Arnaldo Afonso (e que deve continuar mesmo após o fim do isolamento social). A ideia é transmitir pela minha página no Facebook uma live de uma hora cantando e declamando canções e poemas (entre autorais e conhecidos) que conclamem à luta pela liberdade e à resistência à opressão, além de ler textos e mensagens antifascistas postadas pelos internautas durante a sessão. No meio da live, vou abrir o microfone para um artista logado na transmissão. Tudo seguindo o mote criado pelo meu amigo, o poeta e ativista cultural Professor Betinho: ‘opinião a gente respeita, fascismo a gente combate”. Neste momento da vida nacional, não há tarefa mais necessária e urgente: é preciso combater o fascismo

 

DESTAQUES DA SEMANA

FAROFFA NO SOFÁ >>> Começou na terça passada e vai até terça que vem (de 11 a 16 de agosto) a versão digital do festival de teatro que, mesmo em vídeos, continua a oferecer intensa programação de peças, danças, performances e lives durante os três períodos do dia. Esta edição arrecada fundos aos trabalhadores do backstage da cena teatral que estão sem trabalho e sem perspectiva de projetos futuros. Saiba mais e veja a programação. Colabore adquirindo ingressos solidários no Sympla.

>>> FAROFFA 2 >>> PAPOS DE KOMBI >>> Em 3 encontros, profissionais de artes cênicas do Brasil e de outros países discutem as perspectivas culturais em tempos de pandemia. Nesta terça, quarta e quinta (dias 11, 12 e 13), das 10h às 12h

>>> FAROFFA 3 >>> RETROSPECTIVA >>> Gravações (nunca antes exibidas) das mesas que tiveram participação de Antonio Nóbrega, Eugênio Barba (Itália) e José Celso Martinez Corrêa, em 1998; Yoshito Ohno (Japão) em 2000; Lydia Hortélio e Sue Morrisson (Canadá) em 2004; Adama Traoré (Mali) em 2006; Bèatrice Picon-Valin (França) e Viliam Docolomansky (República Checa) em 2008. No www.faroffa.com.br

DIÁLOGOS >>> Lenerson Polonini, diretor da Cia Nova de Teatro, dá sequência à série de encontros com personagens da cena cultural brasileira (passaram por lá dramaturgos, produtores, políticos, religiosos, atores e cantores – acesse @cianovadeteatro no Instagram para ver as ótimas entrevistas já realizadas). As lives agora são semanais. Nesta sexta-feira, com Eduardo Suplicy

RECEBO A INFORMAÇÃO QUE A LIVE COM SUPLICY FOI ADIADA PARA O DIA 31 DE AGOSTO

Sábado – 15 de agosto 19h … O violeiro Chico Lobo faz live de encerramento da Vakinha para o cd ‘Alma e Coração’ (em seu canal no YouTube), projeto nascido durante o isolamento social, da necessidade de cantar a esperança por novos tempos. O novo disco tem participação de Luiz Carlos Sá, Drigo Ribeiro, Tatá Sympa e, em “Nós”, da cantora Roberta Campos (videoclipe acima). Durante a live ainda será possível colaborar e ter direito às recompensas (acesse para saber mais)

ÁS QUARTAS – 17h30 … O cantor e compositor Kleber Albuquerque bate-papo e canta algumas de suas belas canções em live transmitida no Face, Insta e YouTube. Agora em versão semanal, com uma hora de duração

>> MAIS KLEBER >>> Nesta quinta, dia 13, tem live-show às 20h30. Reserve também o novo cd. Sobre o talento de Kleber Albuquerque, escrevi:

“Kleber encanta com voz de vento soprando brando. Às vezes, vejo pássaros mágicos sobrevoando seu canto. Como pode flor tão rara e preciosa resistir na aspereza do solo urbano? Em suas letras antenadas há gente de verdade, de vida árida. Mas sempre há um rumor de água tecendo os destinos. Há uma chuva generosa tamborilando harmonias. Há pingos caindo emocionados. Há olhos vidrados. E há instantes de quase silêncio, de lágrimas suspensas, em que vislumbro as clareiras interiores que compõem suas delicadas obras. É possível colher primaveras nessa hora. Há girassóis em seus acordes. Há uma esperança confeitada no asfalto. Vaza luz de suas canções. E é da pele das pétalas que a música de Kleber Albuquerque se veste. E floresce.”

Focus Cia de Dança convida a Companhia de Ballet da Cidade de Niterói >>> Sábado e domingo, 15 e 16 de agosto, às 16h, com ingresso a R$35 – compre diretamente na pagseguro (se possível, com algumas horas de antecedência) e receba o link para assistir ao vivo, direto pelo YouTube. Segunda episódio da série em que a Focus convida outras companhias a participar de sua live dançando o espetáculo Corações em Espera

>>> MAIS FOCUS >>> CAMPANHA DE FINANCIAMENTO >>> A premiada companhia carioca dirigida pelo coreógrafo Alex Neoral, está em campanha de financiamento para montagem de novo espetáculo, manutenção da equipe e viabilização de diversos projetos. Clique para saber mais sobre a campanha e as recompensas

UNDERGROUND & ETC E TAL >>> ‘Sinister Salad Musikal‘, site do multiartista e ativista cultural Marco Antonio Gonçalves, agora virou canal no YouTube (se inscreva!). Recentemente ele incluiu alguns vídeos gravados nos festivais promovidos pelo VideoClube Charada, como esse de Rafael Cirilo & A Raiz  

RICARDO KELMER >>> Escritor e multiartista cearense está lançando na net ‘Viajando na Maionese Astral‘ (saiba mais aqui): ‘em suas exóticas memórias, um escritor reflete sobre a relação com o feminino, o xamanismo, a filosofia taoista, a psicologia junguiana e a militância antifascista’. Quem comprar o acesso a um link terá o valor descontado ao receber o livro físico (e-book na Amazon a R$9). No rkelmer@gmail.com, as recompensas e promoções de seus outros livros

SERTÂNICA >>> Campanha de financiamento do romance de Marcos Maia. Livro começou a ser escrito há 20 anos e foi finalizado no isolamento da pandemia. Tem ilustrações de Fernando Gallo e Alexandre Vital, orelha de João Paulo Peixoto e prefácio de Romeu Duarte Jr. Veja aqui as muitas opções de contribuir e as recompensas

OS 4 VÍDEOS DO ‘SOPA’ >>> Comemorando os 18 anos do Sopa de Letrinhas Sarau e do Clube Caiubi de Compositores, o poeta Vlado Lima comunicou: “os vídeos mandados pelos muitos participantes foram divididos em quatro postagens e estão disponíveis no Youtube”. O farto material foi editado e montado pelo poeta Filipe Luiz. Confira cada um deles: no vídeo 2 (com O Zi e Vitor Miranda) tem Arnaldo Afonso (este blogueiro) interpretando a sua nova canção ‘Talvez‘ (a partir de 21min e 40seg). Os outros três vídeos estão nos seguintes links: vídeo 1 (com Max Gonzaga e Álvaro Cueva)vídeo 3 (com Fernando Cavallieri e a dupla Cordeirovich & Vladinsky) e o vídeo 4 (com Deise Capelozza e Sander Mecca)  

POETAS PELA DEMOCRACIA >>> O poeta Elcio Fonseca, criador e organizador do projeto, define: “é um coletivo dos mais expressivos talentos da rede, numa rede de proteção à democracia”. Todos os dias, ao meio-dia, um poeta apresenta um poema. São poemas com temática politica, na perspectiva de que ‘não podemos nos calar diante do retrocesso por que passa o país. Inscreva-se na página, no Instagram e Facebook.

LANÇAMENTO DE CLIPE E SINGLE  >>> Chegaram às plataformas digitais o single e o clipe da música ‘Navio‘, parceria de Zé de Riba com Walmir Pinto. Ambos são criadores da série de shows ‘Samba para os Bambas‘, em que se apresentam ao lado dos músicos Beto Bianchi, Junior Batera e Herculano Oliveira. 

>>> MAIS ZÉ DE RIBA >>> O cantor e compositor tem postado seus contos no canal Rabiluca: três da minissérie ‘A Cerca’ e alguns abordando o isolamento social na pandemia, entre outros temas. Entra lá e confira

 

CEM MIL BRASILEIROS MORTOS POR COVID.
E POR DESCASO DO (DES) GOVERNO 

Quando beirávamos os 100 mil mortos por Covid, Bolsonaro disse pra “tocar a vida” (ótima ilustração de @dukechargista). O que esperar de um governo que quer cobrar impostos sobre livros e facilita a compra de armas? De um governo que não prioriza saúde, cultura e educação? No Dia dos Pais, publiquei: “Não sei quando será o Dia do País. Este país abandonado que tem um irresponsável na presidência. Agora já são mais de 100 mil brasileiros mortos pelo descaso com o vírus. Milhares de pais e filhos não puderam comemorar. Até quando vamos permitir isso?”. Vários poetas e amigos postaram sua indignação nas redes sociais. Destaco alguns que pude acompanhar:

ANDRI CARVÃO >>> 100 mil mortos e eu não consigo pensar em nada que expresse tamanha dor
tamanho horror
tamanha monstruosidade
100 mil mortos sentidos
individualmente
por familiares e amigos mais próximos
100 mil mortos no coletivo
não deveriam ser apenas números
que engrossam as estatísticas
100 mil mortos e quantos mais?
100 mil mortos e até quando?
100 mil mortos e o descaso e a incompetência e a omissão
100 mil mortos e ninguém faz nada
100 mil mortos e ninguém interdita esse desgoverno
100 mil mortos e o cansaço
100 mil mortos e
Eu
:
Luto

FERNANDA LIMÃO >>> Luto

Corpos descendo em valas / Vales abismos caixões
Sem previsões ou futuros / Cem mil vozes caladas

Milhares de promessas mudas / Edemas nódoas derrames
Necroses em tecidos pálidos / Odores mórbidos em nuvens cinzentas

Um fio de desdém na navalha / Coágulos enfisemas sepulturas
Mortalhas coarando em varais / Alinhavam mal feitas suturas

Corte irreversível em artérias profundas / Aorta carótida femoral
Planalto com morte cerebral / Falência múltipla de órgãos

Me envulto em poemas fúnebres / Enquanto ouço discursos fétidos
Em tempos de precipícios /

Eu
:
Luto

CARLOS GALDINO >>> 100 mil mortos. Vidas irrecuperáveis. E saber que esse número poderia ser bem menor se não fosse a irresponsabilidade do governo e todos os seus aliados

RAFAEL MENDES >>> 100 mil mortos
100 mil vezes o país do futuro que nunca houve
100 mil tiros nos morros e barracos
100 mil cabeças de boi na Amazônia
100 mil balas perdidas
100 mil autos de resistência
100 mil traficantes com duas buchas de maconha
100 mil vezes o mito
100 mil vezes a trindade de filhos
100 mil vezes o mercado
100 mil vezes cala bala vala
100 mil vezes estupra mas não mata
100 mil vezes deus acima de tudo
100 mil vezes 7×1 para os alemães
100 mil vezes o massacre do carandiru
100 mil vezes o massacre dos carajas
100 mil vezes bala gado bíblia
100 mil mitos
100 mil deuses
100 mil países do futuro
100 mil mortos
100 mil mortos
100 mil mortos
100 mil mortos

GERSON RAMOS >>> “Se medidas efetivas fossem tomadas no início, proporcionalmente estaríamos como na Argentina. O que significaria 20 mil mortos, porque é uma pandemia monstruosa. Mas como temos um genocida no poder, cercado de militares genocidas, hoje atingimos 100 mil vidas desperdiçadas por causa de um ser abjeto, nojento e repulsivo que ocupa a presidência do país, com um ministro da economia incompetente e igualmente assassino”

OCARLOS MORAES >>> (trecho final)
“vamos tocar a vida”
um dia, em que há miríades de sóis à tarde,
morrem também os genocidas
entram, pois, para a eternidade
cem mil vestígios dos cem mil assassinados
marcam a história de seu nome, capitão…

FERNANDA DE PAULA >>> Luto. A morte escorre feito chorume, devora almas, uma a uma, e se acostuma. Bicho esfaimado, emboscando o povo. Prumo certo, nada de novo. Mil clusters no meio da canção, dissonância amarga – da vida, invertida pulsão. A tristeza me afeta, arranho a pele da palavra, o medo em linha reta. Dez mil socos nos pulmões da esperança, esse rosário de desgraças desfiado, a ganância puxando a andança. Cem mil corpos. Desinfeto o afeto. Cem mil mortos. Cem mil moedas de ouro pagando o brinde aos opostos. Injustiça e escárnio celebrando o opulento matrimônio. Aboio de chamar demônio.

ÍRIS LUIZ >>> Sem mil. Sem mais.

 

LIVES, CLIPES E ETC & TAIS

BRISA RODRIGUES >>> A artista, além de poeta atuante no circuito literário e organizadora do Sarau dos Conversadores (da dupla Cacá Mendes e Edson Tobinaga) também é ceramista de mão cheia há mais de dez anos. Dá aulas de criação de objetos utilitários e artísticos e participa de feiras de artesanato onde expõe e vende seus produtos: potes, travessas e variações, embalados com sabonetes aromatizados, entre outros mimos graciosos (veja no Instagram). Brisa já lançou o livro de poemas ‘Aromas Cósmicos’ (ilustrado com lindos desenhos de Paula Miranda, feitos em extrato de nogueira sobre papel algodão). Recentemente, ouvi a poeta declamar meu poema ‘Nonarte’, publicado na antologia ’40 poetas em SP’, da qual ela também participou. Em sua página no Youtube realiza um precioso trabalho de divulgação de escritores desconhecidos (como eu) e também lê textos de poetas consagrados (como Bukowski, no vídeo acima), além dos seus, como essa pérola:

ESTANDARTE DOS AUTÊNTICOS
(Brisa Rodrigues)

ser
o que somos
é o nosso
supra sumo,
seja qual for
o ônus.

@TODASNOSMARIAS >>> Após três anos mergulhada no universo da cerâmica, a publicitária Maria Fernanda Galetti criou o projeto ‘Todas Nós Marias‘, no Instagram, que reúne peças criadas por ela a partir da anatomia feminina, ao lado de frases inspiradoras extraídas de entrevistas que realiza desde outubro de 2019. ‘Qual o seu lugar na sua vida?’, perguntou ela a várias amigas, também questionando sua história, as dúvidas e os anseios que se encontram neste lugar do ‘ser mulher’. Saiba mais nesta entrevista dela à revista Glamour 

Terça – 18 de agosto … Banda Rarefeito 011, que postou recentemente o clipe da música ‘Liberdade Jaz’, lança agora ‘Sudeste de Lugar Nenhum’. Em seu canal no YouTube

VAMOS FALAR DE POESIA? >>> No canal do coletivo Chama Poética no Instagram, Fernanda de Almeida Prado realiza série de entrevistas. Nesta quinta, 13 de agosto, às 20h, o papo é com o cantor e compositor Daniel Medina

>>> MAIS DANIEL MEDINA >>> Artista cearense recebe escritores, poetas, letristas e criadores ‘obcecados pela palavra’. Em sua página no Instagram, às segundas e quartas, às 22h

O PARTISANO >>> Com curadoria de William Dunne, escritores publicam regularmente seus textos no site: Deborah Dornellas (sexta), Sergio Rocha (sábado), Mell  Renault (domingo), Felipe Mendonça (segunda), Andri Carvão (terça), Fernanda Noal (quarta) e Helena Arruda (quinta). Colabore com a campanha para manter esse espaço progressista (saiba mais aqui)

INSTITUTO JUCA DE CULTURA >>> O IJC, acolhedora casa de cultura administrada pelo poeta Paulo Nunes, lança sua Campanha do Fundo Solidário Permanente para poder ajudar os artistas que a frequentam a superarem este período de crise com a pandemia. Clique aqui para saber mais e colaborar

>>> MAIS JUCA >>> Na semana passada rolou o famoso Sarau-Lão (virtual) com quase duas horas de vídeos da maravilhosa turma de artistas que faz a festa na casa (veja aqui). Normalmente (em tempos pré-pandemia) os famosos saraus do Juca começavam com uma galinhada ou feijoada no sábado à tarde e iam até o sol raiar na manhã de domingo. E os artistas iam chegando a qualquer hora, se revezando entre a sala de cantorias e a cozinha de conversas, comilanças e cachacinhas

CANAL CLÓE >>> O fanzine publicado de maneira independente durante dez anos agora está na net (se inscreva aqui). Projeto dos poetas Carlos André e Marcelo Torres apresenta um panorama da poesia brasileira contemporânea através de recortes íntimos dos entrevistados que se autofilmam em suas próprias residências (toda terça-feira tem vídeo novo). Acima, o mais recente, com Luiz Perdiz

RESSONÂNCIA >>> O poeta e editor da Desconcertos, Claudinei Vieira, entrevista escritores, sempre às 20h, com transmissão pelo Youtube (acesse aqui as ótimas lives já realizadas). Nesta quinta, com Lidiane Soares Rodrigues. Na segunda, dia 17, com Sacolinha. Na quarta, dia 19, com Ana Rusche

POESIA EM TEMPOS DE PANDEMIA >>> Veja esta interessante compilação de ‘novas vozes poéticas’, por Claudio Daniel, no site Mallarmargens. “Numa época distópica, em que turbas de zumbis multiplicam nas redes sociais mensagens de ódio, racismo, machismo, homofobia, intolerância religiosa e política, a pandemia de covid 19 vem apenas coroar uma sequência de trágicos acontecimentos – o golpe de estado de 2016, o ressurgimento de políticas econômicas neoliberais, a destruição de direitos trabalhistas e sociais e a ascensão do fascismo no Brasil. Nesse contexto sombrio, qual a relevância da poesia para os que vivem à beira do abismo?”. Entre os poetas estão Lourença Lou, José Couto, Márcia Tigani, Daniela Pace Devisate, Mariza Mainieri, Andréa Moraes e Maurício Simionatto, entre outros. Aqui, dois ótimos poemas:

TRENA (Carvalho Junior)

te amo do tamanho da minha fuga
te amo do tamanho do meu poema

te amo do tamanho da minha culpa
te amo do tamanho da minha antena

te amo do tamanho da minha dúvida
te amo do tamanho da minha tosse

te amo do tamanho da minha lírica
te amo do tamanho da minha morte

te amo do tamanho da minha curva
te amo do tamanho da minha tarde

te amo do tamanho da minha chuva
te amo do tamanho da minha chave

te amo do tamanho do meu rondó
te amo no além do nó do intamanhável.

(poema sem título, de Fábio Martinelli Casemiro)

Nossa Senhora de Spinoza,
dai-me a razão
mas não agora

Espera o fim da novela
que eu escrevi
na timeline de minha
vida sem graça
Um poema é um
textão com rima?

Isto não é um poema
é verdade este isto
Desisto
ou o poema é um post-it
numa propaganda de refrigerantes?

Será o poema
todo poema
uma carta suicida?

Quando eu morrer,
quero meu poema
lido na tela
pelo ator famoso da novela

Ah, se eu morresse amanhã
e descobrissem
o plágio mal feito
o remendo de poema
que me tornei

Poesia é story sem música?
Ou um bilhete suicida em pod cast?
Olá mundo cruel
Se eu fosse Manuel
isso seria um poema
mas não solução

E que se dane a metafísica
dos encontros: solução
de estricnina é para
os fracos

Adeus facebook!
Adeus instagram,
Adeus nada,
que meu coração de
grafite é todynho
de belzebu

Eu vou é me embebedar
de vida. Saio da
vida para entrar na
escória!

“TÁ FALTANDO POESIA” >>> Coletânea de interpretações feitas por Walmir Pinto durante os meses da quarentena, unindo sua história com o teatro à experiência acumulada no audiovisual (8 novelas e 4 filmes), além do gosto inerente por poesia. “Gostaria de ver mais artistas fazendo isso e se juntando a mim e ao canal”, diz ele, se dispondo a conversas inbox

HISTÓRIAS DE QUEM >>> A Desconcertos Editora disponibilizou o link para a pré-venda do livro de contos de Cesar Augusto de Carvalho. O lançamento oficial será no dia 29 de agosto, às 16h, mas o livro impresso já está à venda neste link

ÀS QUINTAS – 22h30 >>> A cantora Lu Vitti bate-papo com mulheres em sua página no Instagram. No dia 13, com Samantha Vasconcelos

O AMOR E OUTRAS BALADAS >>> André Raimundo lança cd para ‘quem acredita na arte, na ciência, no amor, no pensamento crítico e na livre expressão’. As canções são todas dele, e algumas têm participação de parceiros como Carlos André (voz, violão e teclado), Mariana Farcetta (voz) e Thiago Santos

Quinta – 13 de agosto – 17h30 … Lavra Editora … Toda quinta tem entrevista na página da nova editora, cujo projeto editorial foca na ‘defesa da democracia, dos direitos humanos, da justiça social e do direito de acesso da população aos bens literários e culturais, entendendo a cultura como caminho de libertação’. Nesta quinta o editor João Caetano do Nascimento conversa com Daniel Lopes Guaccaluz. As lives anteriores estão disponíveis na página da editora no Facebook

Sexta – 14 de agosto – 20h … Notas de Escurecimento – A Ciência da Escrita … Live com ‘escritorxs negrxs’ discute a escrita e seus componentes. Com Cláudia Walleska, Gabriel Messias, Lília Guerra e Plínio Camillo (transmissão pelo YouTube dele)

CANAL DO POETARIADO – ao vivo no Youtube >>> Hamilton Faria e Cesar Augusto de Carvalho criaram o Canal do Poetariado para conversas sobre poesia e literatura, focando no processo de criação da obra. A cada quinze ou vinte dias um poeta será entrevistado por três de seus leitores (clique e acompanhe a primeira edição). Na semana passada teve conversa com o poeta Ademir Assunção 

LIVES DA ACORDE EM SI … Produtora promove shows com artistas independentes em sua página no Facebook. Nesta quinta, dia 13, às 21h, Paulo Rhamires. No sábado, dia 15, às 19h, Mauri de Noronha

Terça e Quarta – 18 e 19 de agosto – 20h30 – Tom Kbélo Entrevista >>> O poeta e produtor cultural abre espaço para os artistas alternativos contarem sua história

SACO DE RATOS – 13 ANOS >>> Banda do vocalista (e dramaturgo) Mário Bortolotto, do baixista Pagotto, do guitarrista Brum e do baterista Rick têm 3 cds lançados e devidamente postados nas plataformas digitais

ALINE BEI >>> O premiado livro da escritora, ‘O Peso do Pássaro Morto‘, já tem versão para teatro. A estreia será no dia 22 de agosto (os ingressos estão disponíveis no Sympla). Com a atriz Helena Cerello. Direção de Nelson Baskerville

Quinta – 13 de agosto – 20h … Noite do Brega, com Carlos Bacelar e grupo. No Face da TV São Miguel

VOZ ATIVA >>> O poeta e ativista Ruivo Lopes comanda o programa que vai ao ar toda sexta, às 17h, pelo Facebook e YouTube do Jornalistas Livres, abordando as relações entre Cultura, Educação e Direitos Humanos na vida cotidiana

Sexta – 14 de agosto – 18h30 … Sabrina Carvalho apresenta as lives da Brinda Produções no Facebook, YouTube e Instagram

PING POESIA >>> Projeto idealizado pelos poetas Andri Carvão, Noélia Ribeiro e José Danilo Rangel apresenta vídeos curtos com recitação de poemas-minuto e versos soltos ou frases ditas por duplas de poetas. A ideia é divulgar o trabalho dos poetas e dar visibilidade e espaço para autores independentes

>>> MAIS ANDRI >>> SIMPÓSIO DE POETAS BÊBADXS >>> Todos os sábados, às 21hAndri Carvão e Thiago Medeiros apresentam poetas de todas as regiões do Brasil no programa, que é gravado no Zoom e depois disponibilizado em seu canal do YouTube. Aqui a mais recente edição

Sábado – 15 de agosto – 19h … Edvaldo Santana faz show ‘Estrada 6.5’ em seu canal no Youtube. No vídeo, uma de sua mais belas canções, a poética ‘Cara Carol’

NA MINHA CASA >>> Série de entrevistas do músico Adolar Marin na net agora virou programa de rádio (na RadiocraciaJá).  Toda terça-feira, às 12h30, com reprises na quinta-feira, às 23h20 e no sábado, às 11h. Um quadro que fazia parte do programa, o ‘Dica sem Jabá‘, agora tem horários próprios: segunda-feira às 11h30 (com reprises na quarta-feira, às 15h10 e sexta-feira, às 19h20)

POEMA EM CASA >>> Série de leituras publicadas pelo poeta Ademir Assunção no Facebook com textos de Pedro Juan Gutiérrez, Glauco Mattoso, Frederico Barbosa, Chacal e Lou Reed, entre outros

>>> MAIS ADEMIR >>> A VOZ DA POESIA E A POESIA DA VOZ >>> O poeta e a cantora Jordanna Souza produziram um pocket-show online, cada um em sua casa, disponível no site sob uma colaboração de R$30, realizada pelo sistema Pagseguro

ORÁCULO MUSICAL >>> Toda quinta-feira tem uma nova mensagem do mago e multiartista Marcio Cassoni, ‘O guardião do tempo’, na página do Atelier Travessia

DAN SANTOS >>> Músico apresenta seu trabalho autoral. Após lançar ‘Carta’, apresenta o single ‘Orgânico’. As músicas fazem parte de seu ep, ‘Entre’, a ser lançado até o fim do ano. Nos dias 14 (no Instagram) e 15 (no Facebook), Dan se apresenta em lives, às 21h (veja mais na agenda)

HELEN TORRES >>> A cantora do Chêro da Poesia e organizadora do Sarau da Maria contou um pouco de sua trajetória no podcast ‘No Trem do Tempo’ (ouça aqui). Entre lá e confira também as histórias de Marah Mendes, Janete Amaral, Sacolinha e Ana dos Santos, entre outros

Quinta – 13 de agosto – 21h … Sandra Abrano bate-papo com Fábio Fernandes. Veja o cartaz

ATÉ 30 de agosto – 15° Festival Taguatinga de Cinema. Aos sábados e domingos, com lançamentos de filmes e debates com seus realizadores. No Facebook @festivaltagua

MEGAFONE >>> De segunda à sexta, às 14h, acontece o programa apresentado pelo poeta e radialista Carlos Galdino, no Facebook da Rádio Comunitária Cantareira FMGaldino também organizou e vem postando em seu canal no Youtube a série ‘Depois da Hora’ com cerca de 300 vídeos curtos com depoimentos a respeito de lugares, pessoas, situações, citações, sobre eventos literários, saraus e encontros acontecidos em suas andanças como artista e ativista do movimento alternativo

Quinta – 6 de agosto – 20h30 … Samira Regina e Vinicius Maganha. Dupla realiza sua ‘Live das Quintas’, com transmissão pelo Facebook

HELENA ARRUDA >>> Mestra e doutora em Literatura Brasileira (UFRJ), é poeta, contista e ensaísta. Autora dos livros Interditos – poemas (2014), Mulheres na ficção brasileira – ensaios (2016) e Corpos-sentidos (2020)

A DONA DO ESCULACHO >>> Para aproveitar o tempo na quarentena, o produtor cultural e multiartista Rafael Nestardo criou a desbocada personagem Maria da Treta, uma apresentadora que dá ‘receitas’ para combater o coronavirus (e a inação do despresidente Bolsonaro).

>>> MAIS NESTARDO >>> ANTES ARTE DO QUE NUNCA >>> Em seu canal no YouTube, o artista tem divulgado o trabalho de músicos, poetas e diversos artistas alternativos. Se inscreva e acompanhe suas produções

BANDA GOZI >>> A dupla de cantores Ozi e Gisele Garófalo postou no Youtube o primeiro single da banda, ‘Eu Quero Mais‘, música e arranjo dele com acompanhamento de Ayrton Mugnaini (baixo), Marcos Mamuth (guitarra), Cristina Costa (teclado), Rafael Lima (percussão), Carlos Semprini (bateria) e Carlos Eduardo de Freitas (gaita)

CELSO DE ALENCAR >>> Poeta paraense, radicado em São Paulo desde 1972 é autor de, entre outros, Salve Salve, Arco Vermelho, Os Reis de Abaeté, O Primeiro Inferno e Outros Poemas, Sete (com 25 xilogravuras de Valdir Rocha), Testamentos, Poemas Perversos, O Coração dos Outros e o mais recente Desnudo

ROBSON MIGUEZ >>> O artista participa da exposição virtual de artistas Naif sobre o Covid 19 (com o quadro Patrimônio Cultural) e acaba de abrir seu canal no YouTube. Saiba mais sobre ele

COLETIVO LIVE AOS VIVOS >>> Doze talentosos artistas que costumavam se apresentar no Julinho Clube (à rua Mourato Coelho, 585) antes da pandemia, organizou uma série de lives que estão sendo transmitidas na fanpage do coletivo no Facebook e compartilhada para as páginas dos artistas. Saiba mais e colabore

‘VIDA DE ESCRITOR’ EM CAMPANHA >>> Começou a campanha de financiamento coletivo visando colocar a plataforma no ar em setembro. Um grupo de escritores, críticos, tradutores e professores (com apoio do Sebrae) idealizou esse projeto literário online voltado a autores e leitores de fora dos grandes centros. Saiba mais

DHARMA SAMU >>> Cidade Supernova é o novo single da banda e já está disponível nas principais plataformas de streaming e no YouTube

O CLIPE DO JULI MANZI >>> Saiu o videoclipe de ‘Ela Gosta de Brincar com Meu Coração‘, parceria do poeta Daniel Perroni Ratto com o cantor e compositor Juli Manzi. A música, produzida por Marcelo Fornasier, é um funk suingado com elementos eletrônicos. A letra aborda “a liberdade do amor e suas nuances nessa sociedade retrógrada, preconceituosa, misógina, racista e homofóbica” em que vivemos. Ouça aqui 

O LIVRO DA CHRIS HERRMANN >>> A escritora Chris Herrmanneditora da Revista Ser MulherArte, fez o lançamento virtual de seu novo livro ‘Entre Amoras e Amores‘, com 50 minicontos (saiba mais aqui). Além da revista, e do podcast ‘PodPapo’, onde Chris entrevista escritoras (aqui com a poeta Noélia Ribeiro), o coletivo Ser MulherArte lançou a antologia ‘Porque somos mulheres’ e inicia série de lives

O POETA ENQUANTO COISA >>> No dia 27 de agosto, Artur Gomes  (autor de ‘Juras secretas’ e Pátria A(r)mada’) lança novo livro de poemas já disponível em pré-venda. O multiartista tem realizado entrevistas com escritores e produtores culturais. Acompanhe suas conversas com Rubens JardimLuis Mendes, Lisa Alves e Marcelo Atahualpa, entre outros autores

O PÁSSARO ZERO – DJAMI SEZOSTRE >>> A Editora Urutau abriu campanha de financiamento para a publicação do livro deste grande poeta. Funciona basicamente como uma pré-venda. Ao alcançar a primeira meta, já se inicia o processo de impressão. Saiba mais e colabore

CANAL SOBRE CINEMA >>> O jornalista e crítico de cinema Franthiesco Ballerini posta semanalmente em seu canal no Youtube textos sobre a história do cinema, estreias de filmes e séries, jornalismo cultural, arte e entretenimento. Clique aqui e se inscreva

‘UM POEMA PARA’ >>> Olga Ribeiro de Favari apresenta, na companhia de André Castro, um programa diário de leitura de poesias onde, além de ler os textos, comenta sobre a história dos artistas e divulga o lançamento de seus livros e outros eventos literários. O programa agora está também na Rádio Praieira FM, de Santo André. Inscreva-se gratuitamente e ouça os vários podcasts postados no Spotify

UM BANDO DE GENTE >>> Programa convida quatro poetas para conversar e dizer poemas. Domingo, às 18h, na página de Ricardo Silvestrin, no YouTube (se inscreva no canal)

POESIA NA VARANDA >>> Livro digital traz como tema a reflexão poética em época de pandemia. Com organização de Luka Magalhães, tem textos de vários poetas da literatura alternativa, como Akira Yamasaki, Alexandre Paulino, Aline Silva, Escobar Franelas, Liz Rabello, Manogon, Rosa Freitas e Wolf do Vale, entre outros, além do próprio Luka que também assina a introdução. Clique no link e confira tudo

CONRADO PERA >>> A deliciosa canção ‘Buena Onda’, do cantor e compositor Conrado Pera, acaba de virar videoclipe com participação dos fãs que enviaram vídeos. Fique ligado em seu canal no Youtube que sempre tem novidades

ÀS SEXTAS >>> O Estúdio Toca do Disco promove lives com artistas da ZL. Às 20h

ÀS QUARTAS – 11h … Marcelo Nocelli no Rádio … Editor da Reformatório apresenta programa sobre literatura na Rádio Brasil Atual (FM 98,9). Se você perder a transmissão ao vivo, saiba que o escritor sempre disponibiliza o áudio do programa em sua página no Facebook

CLAUDIO LAUREATTI >>> Poeta lança série de poemas encenados que fazem parte do livro de teatro-sarau ‘Luz & ribalta’, lançado recentemente pela Editora FiloCzar 2020. ‘Fones de ouvido são submarinos’ é um deles. Inscreva-se no canal

QUARENTENA DA KIKI >>> A atriz e escritora Janaina Sant´Ana está produzindo uma série de vídeos abordando a rotina na quarentena. Ela escreveu e interpreta Kiki, divertida personagem que desnuda preconceitos, dúvidas e a pouca informação das pessoas ao comentar as questões polêmicas do momento. Inscreva-se no canal do Youtube e acompanhe os episódios

MANUEL FILHO >>> Escritor, autor de ‘O Ouro do Fantasma’ e’A Roda da vida’, teve seu livro ‘No Coração da Amazônia’ selecionado para o PNLD 2020, projeto que completa 30 anos levando literatura de qualidade às crianças. No livro, que lhe rendeu o prêmio Jabuti, o autor comenta a importância da preservação da fauna e da flora durante um passeio pela capital amazonense

MPB YEAH >>> Programa de Tata Alves na Rádio Praieira FM, de Santo André, abre espaço para artistas novos. Quartas, às 18h, com reprise aos sábados, às 14h

SEGUNDA A SEXTA >>> ‘Uma História Conta Outra‘ é o nome do novo projeto artístico do multiartista Wander B e da atriz e dramaturga Elenice Zerneri. Eles escrevem contos e crônicas, gravam e postam, diariamente, no YouTube. A série, que já conta com mais de 60 performances, mistura literatura e audiovisualA dupla também participa do curta-metragem experimental ‘Eu, daqui’ 

GENTE DE TABLADO >>> Danillo Magé apresenta uma série de entrevistas com atores (no vídeo acima, conversa com Eder Lopes). Toda quinta-feira tem vídeo novo. Acesse o canal no YouTube

ÀS QUARTAS – 20h … Sarau Virtual Poetas e Cantadores. Grupo formado no zap pelos artistas Val Barros, Sebah de AssisEdinho Twin,  BirodylanMauri de NoronhaDarc Maia e Val Branco, entre outros (inclusive este blogueiro), apresenta seus trabalhos, sempre às quartas-feiras (clique nos nomes e faça contato pelo Facebook)

NA PRATELEIRA >>> Quarta edição do programa tem a banda Fabricantes de Planetas. Produzida pelo Selo Eskambo a série promove apresentações ao vivo e entrevistas com cantores e bandas alternativas. O coletivo está em campanha pelos ‘likes’ do público. Portanto, inscreva-se no canal 

A MÚSICA DO LUIZ GIADAS >>> Enquanto repetia a frase “eu não consigo respirar”, o cidadão afro-americano George Floyd foi brutalmente sufocado durante mais de 8 minutos por um policial branco nos EUA. Indignado, o músico e compositor Luiz Giadas (da banda Chêro da Poesia) compôs uma canção sobre o assunto “para que a morte de Floyd não caia no esquecimento e se transforme apenas em mais um número nas estatísticas dos muitos negros assassinados pela opressão racista”. Ouça aqui, na interpretação de Bráu Mendonça e Rosangela Alves

ÀS SEXTAS – 15h … Sabah Moraes recebe Sapopemba. Bate-papo dos artistas acontece no ‘Conversas Musicais’ com transmissão pelo YouTube

TRILHAS >>> O produtor musical Felipe Zangrandi vem postando na net uma série de programas denominada Trilhas. Acompanhe

LÊ GUEDES >>> Músico apresenta o clipe ‘Menina’, com acompanhamento de Mael Júlia ao violão. Se inscreva em seu canal no Youtube

SOCORRO LIRA – LIVRO, LIVES E SITE >>> A poeta, cantora e compositora Socorro Lira, organizadora do Prêmio Grão de Música, lançou recentemente o romance ‘Falar dos Meus Amores Invisíveis‘ (pela Carpe Librum Editora). A personagem principal é Ondina, mulher que foi educada para o casamento, mas que busca superar as restrições impostas pelo sistema patriarcal e, na velhice, publica suas memórias (capa e ilustrações de Amanda Barros Velloso)

FANON BLUES >>> Podcast (no Spotify) dedicado a reflexões sobre a questão racial, é uma produção da AZ2 Comunicação Antirracista com redação e locução de Anelito de Oliveira, jornalista, professor e apresentador do ‘Diário Negro’, no YouTube. No cartaz, uma de suas aulas

ESCRITORAS NEGRAS >>> Está disponível na net o levantamento ‘+ de 100 autoras pretas & brasileiras‘ feito pela jornalista e produtora cultural Jéssica Balbino, ao lado de Ketty Valencio, da Livraria Africanidades, com a colaboração da poeta Mel DuarteClique no link e saiba mais

A POESIA E A LUTA >>> Livro de poemas de Roberto Bezerra dos Santos, o popular Professor Betinho, organizador do Sarau Poesia de Porão, tem por tema o amor, a arte e a luta diária dos moradores da periferia em sua resistência à opressão. Custa R$20 reais (mais o frete se for pelo correio). As ilustrações são de Vander Bourbon

AOS SÁBADOS – Papo Sons do Brasil >>> Projeto do produtor cultural Serginho Sagitta reúne artistas que participaram de seu famoso programa na rádio USP. Lives no Facebook

ÀS TERÇAS – 20h … Acompanhe o programa CasArte Marginal, apresentado e produzido pela dupla de artistas Alexandre Paulino e Aline Lopes. São entrevistas com escritores, músicos e ativistas da cena cultural alternativa. O programa tem reprise na sexta, às 13h, e no domingo, às 17h. No Facebook da Casileoca

LIGIA REGINA & EDER LIMA >>> Dupla de artistas lançou na net mais um de seus vídeos realizados em tempos de pandemia: ‘Rimas Pobres‘ (parceria de Eder com o poeta Akira Yamasaki)

>>> MAIS LIGIA >>> Multiartista fez a primeira live do projeto ‘Poesia na Madrugada’, em sua página no Facebook. A ideia é ler poemas dos amigos, divulgar livros, cds e poetas para quem estiver sem sono e quiser participar lendo poemas, sem compromisso e com leveza, driblando a pandemia. Sempre após à meia noite, sem dia marcado

BANDA DA PORTARIA >>> Grupo que se caracteriza pelas intervenções poéticas em seus trabalhos musicais lançou recentemente o clipe Viramundo’, composição de João Mantovani, com produção musical (e contrabaixo) de Daniel Doc e inserção de versos declamados pelo poeta Vitor Miranda (que em sua página no Instagram vem publicando contos e poemas durante o período de isolamento). Acompanhe essa turma de jovens e talentosos artistas (às segunda-feiras eles promovem lives de entrevistas)

… 

CAMPANHAS >>> Artistas alternativos que possuem contas no YouTube estão em campanha para alcançar a quantidade de 1000 inscritos, número a partir do qual, dizem, o YouTube passa a pagar pelas visualizações. Além do apoio de admiradores, a ideia é que cada artista se inscreva no canal do outro, e que este retribua, provocando um efeito cascata. Veja também alguns espaços culturais em campanha de financiamento:

TAPERA TAPERÁ >>> A Tapera Taperá (sediada na Galeria Metrópole, à av. São Luís, 187) é um misto de biblioteca, livraria, bar e espaço cultural. Para a manutenção de suas atividades, pede que o público se associe a ela, contribuindo com qualquer valor. De sua equipe guerreira, fazem parte: Antonio Freitas (idealizador e organizador), Manuela D’Albertas, Marcelo Finateli e Michele Vasconcelos. Colabore e saiba mais aqui

CAMPANHA DA CHARADA >>> Gilberto Petruche, Edu Osmedio e o grupo de artistas que participa das atividades culturais do VideoClube Charada lançaram campanha noAbacashi. Acesse para saber mais e colaborar

MARIELLE PRESENTE! >>> No dia 14 de março de 2018 a vereadora Marielle Franco, de 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e após voltar de um evento com jovens negras, foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Desde então, protestos contra o bárbaro crime se repetem em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas e coletivos dos saraus, também defendemos. Dois anos depois, este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos e mandantes. As balas que a mataram atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?
DOIS ANOS DE IMPUNIDADE >>> Eu repito esse texto há mais de dois anos. E vou continuar repetindo enquanto este blog existir. É meu compromisso em defesa da democracia e da liberdade, ambas ameaçadas pela impunidade de assassinos ou pela omissão das autoridades. Se temos dois suspeitos presos (a quem ninguém entrevistou, confrontou, nem perguntou os motivos do crime) ainda falta saber quem mandou matar Marielle. Mais de dois anos depois, Marielle continua sendo baleada, morrendo todas as noites e renascendo a cada manhã. Porque pessoas íntegras como ela não morrem jamais. Se eternizam e viram exemplo de luta. Nós, brasileiros democratas, estamos aqui, de braços dados com Marielle, esperando que a justiça seja feita. Os assassinos talvez tenham a proteção momentânea de organizações ou de eventuais autoridades fascistas. E podem ameaçar Freixo, Marcia Tiburi e Jean Wyllis, ou mirar e atirar em nossas altivas cabeças. E até nos matar, um a um (‘matar uns 30 mil’, como disse o atual presidente durante sua campanha, sem ser punido nem ter sua candidatura impugnada). Só não poderão evitar que Marielle renasça mais forte, todos os dias, no corpo e na mente de cada menina guerreira da cidade do Rio de Janeiro. Marielle presente.

AGENDÃO >>> Fique ligado em minha página no Facebook, onde divulgo, diariamente, as lives e textos deste blog, além de outras inserções. E, anote: toda quinta-feira tem post novo. Até lá!

Tendências