ÁGUA NÃO É MERCADORIA, NÃO >>> A convite do músico e produtor cultural Zé Marcio Kaipira, participei do videoclipe ‘Água Não é Mercadoria, Não’, da ong Sarau das Águas, canção-manifesto em defesa do saneamento das águas da represa Billings e do Rio Pinheiros, na zona sul. Fiquei feliz de estar junto com eles nessa causa tão importante. É urgente discutir a questão do tratamento da água nas grandes cidades, assim como todas as questões ligadas à preservação ambiental. Estão sendo realizadas mais gravações com artistas de diversos estilos musicais (em breve, divulgo aqui a versão ‘arrasta-pé’). Eu estou nesse coral ao lado de Anabel Andrés e Zé Marcio, os autores da música, e mais Marcio Fellix, Samuel de Abreu, Mari Guerreiro, Marcus Maceió, Marcos Ferr e Nilson Costa. Leia a letra e veja as duas versões do vídeo: clipe 1 e clipe 2

.

.

ÁGUA NÃO É MERCADORIA
(Zé Marcio Kaipira e Anabel Andrés)
.
Escute aqui meu povo / a água é um direito
vital para a saúde / também educação
não é mercadoria, não
não é mercadoria, não
.
Não pode ser jogada / em rios e nascentes
e água não tratada / transmite mal estar
quero saneamento, já
quero saneamento, já
.
Não dá pra despejar / esgoto na represa
Sabesp trate já / queremos água pura
Não dá pra despejar / esgoto no Pinheiros
Sabesp trate já / queremos água pura
.
A água é riqueza / na vida de um povo
com água sem esgoto / e sem poluição
não é mercadoria, não
não é mercadoria, não
.
São Paulo bem merece / ter água bem cuidada
que venha para todos / pois já pagamos caro
não é mercadoria, não
não é mercadoria, não

.

.

SARAU DAS ÁGUAS >>> O Sarau das Águas surgiu oficialmente em 24 maio de 2017, na sede da Espaço de Formação Assessoria e Documentação, ONG criada em 1997, e atua com educação, cultura e meio ambiente. É um espaço plural de produção, fruição e difusão de arte e cultura, sobretudo das criações locais e das periferias próximas. Sediado na rua Cambuci do Vale, 109, na Cidade Dutra, ocorre sempre na última sexta-feira do mês, a partir das 20h.
Através da atuação de Zé Marcio Kaipira e do coletivo Sarau das Águas, já tomei conhecimento de diversos eventos ambientais e artísticos interessantes promovidos por eles na região, como ‘Expressões Sonoras da Zona Sul’, ‘São Paulo, Cidade Violeira’ e ‘Abraço na Guarapiranga’, entre outros. Acompanhe outras postagens do Sarau das Águas no YouTube e no Facebook

>>> De artistas ligados ao coletivo, ouça também o cd do Grupo Macaia, disponível nas plataformas digitais.

.

… … …

DESTAQUES DA SEMANA

… … …

Sábado – 2 de julho – a partir das 17h … Sarau da Vergueiro, organizado pelo cantor e compositor Vieira Pato (foto), volta ao formato presencial com palco aberto e convidados como o poeta Bruno Silva e o blogueiro e artista Arnaldo Afonso (obrigado pelo convite!). No Olaria Bar Grill, à rua Apeninos, 837, perto da estação Paraíso do metrô

.

.

TRILOGIA RICHARD FOREMAN >>> Até 31 de julho >>> A Cia Nova de Teatro comemora seus 20 anos de atividades apresentando três obras inéditas do dramaturgo norte-americano Richard Foreman. Compõem a ‘Trilogia’ as peças ‘Os Deuses Estão Marretando a Minha Cabeça’, ‘Bad Boy Nietzsche’ e ‘Prostitutas Fora de Moda – Um romance real’. Direção e iluminação de Lenerson Polonini, tradução de Fábio Fonseca e trilha sonora de Wilson Sukorski. Nos elencos, Fábio Mráz, Carina Casuscelli, Marcelo Marothy, Rafael Schmitt, Joelle Malta e Simone Heitor. Participação especial em voz off e vídeo, Paulo Cesar Peréio

.

BAD BOY NIETZSCHE >>> Uma criança, uma linda mulher e um homem perigoso indagam Nietzsche sobre diversas questões, em um jogo filosófico e de repetições que beira o nonsense. Com Marcelo Marothy, Carina Casuscelli, Simone Heitor e Rafael Schmitt. Direção de Lenerson Polonini.
De 1º a 10 de julho. Nesta sexta-feira às 20h (dia 8 de julho, sessões às 18h e 20h), sábado às 18h e 20h, domingo às 19h. No Centro Cultural Olido, Sala Paissandu, à av. São João, 473

.

.

ÀS TERÇAS – 19h … Tato Fischer promove o seminário ‘Como é que Você Compõe’, série de bate-papos com artistas. Evento privado – via Zoom. Nesta edição com Marcia Cherubin e Tavinho Limma. Saiba mais e inscreva-se

.

.

.

DOUGLAS MALHARO >>> Cantor e compositor, agora radicado em SP, se apresenta em vários eventos na cidade – às quintas no Bar Brahma, às sextas no Cozinha Tupi e aos sábados no Bar do Parque. Saiba mais, nos cartazes e na página do artista no Facebook Acima, o clipe da música ‘Amor Infinito‘. Veja também ‘Disseram‘, de seu cd ‘Os Maiores Sucessos… do Famoso Quem’, disponível nas plataformas digitais, e visite seu canal no YouTube

.

  

DOUGLAS COM BETO GUEDES >>> Na semana passada, Douglas Malharo abriu o show do grande Beto Guedes, no Bar Brahma. Ao ouvir de Beto, “pô cara, cê tá cantando e solando pra caramba, hein?”, respondeu: “já são 30 anos na arte, né, Mestre… deu pra aprender um pouquinho” e arrematou citando uma música do compositor mineiro: “mas sem você, tudo isso não tem valor”.

.

.

FREUD À DERIVA >>> Trio composto pelos músicos Zé Terra, Rene de França e Marcelo Mazzucatto faz quatro apresentações em julho, três delas no Sesi. Datas e horários, no cartaz. Os cds lançados pela banda estão disponíveis neste canal

.

.

Com participação de Rene e Marcelo, Zé Terra lançou recentemente nas plataformas digitais o single ‘No Country‘. O artista também apresenta o programa de entrevistas Viola de Papo, no YouTube, onde conversa com grandes violeiros e músicos da cena sertaneja (confira aqui)

.

.

.

CAMINHADAS E O MAR >>> Está disponível nas plataformas digitais o ep ‘Caminhadas e o Mar’, com quatro composições de Walter Zanatta, talentoso criador de canções muito originais, que conheci cantando nos saraus Sopa de Letrinhas e Toca do Autor, promovidos por Vlado Lima e Alexandre Tarica, ao lado de artistas ligados ao Clube Caiubi de Compositores. Neste ep, três parcerias de Zanatta com Josias Damasceno (que canta solo, nas faixas 1 e 2, e com Zanatta, na faixa 4) e uma com Théo do Vale (que canta solo, na faixa 3). O músico planeja lançar mais dois eps até o final do ano. Acompanhe outras músicas de Walter Zanatta em suas páginas musicais no Sound Cloud e no Spotify

.
.

Sábado – 2 de julho – a partir das 20h30 … Lançamento do livro ‘Mulheres que Suspendem o Recreio’ da escritora paraense Giselle Ribeiro. Com sarau de música e poesia. Participação musical de Liah Jonnes, Francislene Fernandes e Elis Francilino. Mediação de Aline Mendes. No Bar do Frango, à av. São Lucas, 479. No sábado, acontece no local, a tradicional comemoração dos festejos juninos com fogueira

.
.

.

Sexta – 1 de julho … Vanessa Bumagny lança nas plataformas digitais o videoclipe da música ‘Tudo está bem‘, com participação de Jean Wyllys. Produzido pela SP Escola de Teatro e por Gustavo Ferreira, com direção de Diego Ribeiro e Henrique Mello, canção tem versos de resistência ao descaso sanitário e às posturas antidemocráticas do atual (des)governo: “eles te querem exausto e triste, a alegria é a maior revolução que existe”

.
.

Sexta – 1 de julho – 21h … A cantora Lia Cordoni e o violonista Jairo Cechin fazem sua tradicional live mensal. No repertório, ‘Borandá'(Edu Lobo), ‘Rebento’ (Gilberto Gil), canções de compositores como Chico Buarque, Tom Jobim e as autorais de Jairo Cechin, incluindo uma dele com Léo Nogueira. Na página ‘Lia Cordoni Oficial’, no Facebook

.
.

Domingo – 3 de julho – a partir das 15h … Poeta Hugo Paz lança ‘Máquina de Pensamentos’, pela editora Filoczar. Na Livraria Martins Fontes, à av. Paulista, 509

.
.

26° BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO >>> De 2 a 10 de julho acontece no Expo Center Norte o encontro de diversas editoras, livrarias e distribuidoras de todo o país. Além de lançamentos e da grande oferta de livros, a Bienal oferece intensa programação cultural. À rua José Bernardo Pinto, 333, na Vila Guilherme. Saiba mais e confira a programação completa

.
.

Sábado – 2 de julho – a partir das 15h … Dani Mattos e o grupo vocal Poucas & Boas realizam ensaio de seu projeto artístico e educacional ‘Villa Lobo Para Todos’, no espaço de artes Anima Augusta, administrado pela terapeuta Naíme Silva. Vagas limitadas pois o ateliê só comporta 15 pessoas, sem aglomeração. À rua Martinho Prado, 209, cj. 12

.
.

.

PORNO-MASSACRE >>> Registro do show que deu origem ao disco ‘Explícito e ao vivo no 74 Club’, da banda Porno-Massacre. O show foi gravado na íntegra e será parte de álbum a ser lançado em breve. Porno-Massacre é formada por 5 integrantes que fazem mistura de punk, trash e jazz, com apresentações marcadas por performances teatrais. Saiba mais

.
.

… … …

COMO FOI

… … …

.
COMO FOI 1 >>> BEL NA CARAUARI >>> Obrigado a cada um dos amigos e a todo o pessoal que esteve na Carauari acompanhando o meu show ‘Arnaldo Afonso Canta e Conta Belchior’. Fiquei feliz pra caramba com a presença de vocês. Sabemos o quanto está difícil, nesse momento, sair de casa, enfrentando o frio, o risco de gripes e os surtos infindáveis da pandemia. Sem falar na falta de grana… E vocês foram lá e me deram a maior força. Sou imensamente grato a cada um. Obrigado.
Agradeço também ao Toninho e à Andrea, pela recepção sempre tão amiga e, ao mesmo tempo, tão respeitosamente profissional; ao Kita, pela ajuda com os equipamentos; ao Duda e ao Gersinho, pela boa vontade demonstrada para comigo nas questões técnicas; à minha querida Cida, pela doce apresentação que fez de mim; à Simone, ao Aécio e à tchurma que fez a festa no sarauzinho depois do show; ao pessoal que contribuiu com uma graninha na hora que o Kita passou o chapéu (alguns exagerados colocaram uma nota gorda!!!); a todos os que, mesmo sem ter ido lá, divulgaram o show em suas redes sociais; e ao imprescindível Roberto Candido por registrar o evento (veja todas as fotos). Valeu, amigos.
.
Por ora, ainda estou curtindo a vibe boa de estar lá com todos vocês cantando aquelas canções incríveis e que eu acho tão importantes pra que nossas mentes e nossos corações continuem a sonhar com mundos melhores. Mundos melhores para todos, claro. Senão, não serve. Um mundo melhor para poucos, jamais será um mundo melhor.
“Amar e mudar as coisas me interessa mais”.
Brigaduuuuu…
.
Minha apresentação na Carauari foi dedicada ao querido João Augusto, também conhecido por João Mané, que nos deixou na semana anterior. No sábado eu fui à feira da rua Araritaguaba, onde costumava encontrar com ele e bater um papo rápido sobre as coisas.
Que tristeza não ver mais você, meu amigo. Que tristeza…

.

,

E POR FALAR EM BEL: PEQUENO PERFIL DE UM CIDADÃO COMUM >>> Hoje é dia 1 de julho e este blogueiro ‘comemora’ três anos de desemprego. Sou apenas mais um entre os mais de 11 milhões de brasileiros que estão por aí, ‘se virando nos 30’, tentando aprender a ‘empreender’, mais um ‘microempresário’ forçado pelo desespero que a falta de perspectivas traz. Já são 36 meses sem salário, sem férias, convênio, nem 13°. Um profissional ‘sem amarras’, ‘livre’, do jeitinho que o Guedes quer e a cartilha neo-liberal proclama. Já são três anos gastando a grana toda do fundo de garantia conquistado após 25 anos de muito estresse, suando a camisa nos pescoções, feriados e fins de semana trabalhados sob a pressão de um grande jornal diário. Já são 1095 dias de agonia, apreensão e um pouquinho de depressão – assumo, sim, porque não? Nos primeiros meses, mandei currículo por e-mails, telefonei pra Deus e o mundo, visitei empresas grandes e pequenas, fui simpático e bem-humorado, preenchi zilhões de cadastros, mostrei disposição para o trabalho, agradei os malditos intermediários e fiz mais de trocentos contatos. Logo caí na real: ninguém contrata um profissional sexagenário, a menos que seja seu chegado. Paralelamente, vi a minha aposentadoria, fosse ela a merreca que fosse – apesar da contribuição pelo teto – se distanciar por mais alguns anos, após a mudança da Lei da Previdência aprovada sob o ‘governo’ do capacho Temer. Blogueiro sem vínculo trabalhista, jornalista sem vaga e velhinho sem aposentadoria, resolvi ‘empreender’ e montar um show cantando canções e contando histórias sobre Mestre Cartola. Escrevi, ensaiei e marquei minha estreia na ‘vida de artista’. Mas veio a pandemia e todo o estrago econômico, físico e emocional que nos fez e ainda faz. E a dor pela morte de amigos queridos. E a incerteza da própria vida diante da iminência da doença. E a tristeza imensa de acompanhar o noticiário e se reconhecer como mais um não-cidadão desse povo largado de um país abandonado. E ter de ser resistente a um fascismo cada vez mais instaurado. E se desdobrar e seguir em frente. Fazer lives, bolar projetos, se inscrever em editais, sem jamais ser contemplado. Tocar em bar, quase sempre sem ganhar, reinventar o itinerário. Compor, criar e chegar aqui, neste exato parágrafo, aos pedaços, mas suficientemente vivo para o desabafo: ‘comemoro’, sim. Eu e o que restou de mim. Eu e o vulto dos amigos que perdi. Prepara… ainda vamos dar muito ‘trabalho’ pra essa corja de desgraçados (os nominhos deles estão todos anotados). Fora Bolsonaro.

.

.
.
COMO FOI 2 – ELAINE FRERE, NO BAR DO FRANGO >>> A talentosa cantora e compositora Elaine Frere se apresentou no Bar do Frango, muito bem acompanhada pelo excelente músico Felipe Mancini ao violão e cavaquinho. Eu estive lá, adorei o show e pude curtir ao vivo o timbre cristalino e prazeroso da voz superafinada da cantora. Felipe tocou, também, uma bela canção instrumental, só dele. Duda Jardim, parceiro de Elaine em três canções, participou do show cantando com ela uma divertida bossanova, composição deles, e ‘Maluca’, de Kleber Albuquerque. Este blogueiro, Arnaldo Afonso, atendendo ao gentil convite de Elaine. subiu ao palco e cantou a sua ‘Coração Jazz’. Mas o mais legal, mesmo, foi acompanhar ao vivo as performances de Elaine e Felipe para as sinuosas melodias das canções que já conhecia do cd ‘Quando os versos se uniram pra reclamar canção‘, que ela lançou recentemente. Um show de poesia, amor, delicadeza e encantamento. Minhas preferidas são ‘Quando Adormeço’, ‘Eu Rio, Tu Ris, Nós Mar’, ‘Dobrando a Esquina’, ‘Quase’ e ‘Nem o Mar Chorava’
.

Elaine Frere atua em diversas setores artísticos, como circo e teatro. Escreveu, atuou, dirigiu, compôs trilhas sonoras e produziu espetáculos com parceiros como Hugo Possolo, Guga Stroeter e Vladimir Capela e foi coordenadora geral e gestora do Festival Internacional de Circo de São Paulo (FIC), entre 2018 e 2022. Publicou dois livros infantis de temática circense ‘Trilha das letras’ e ‘Napoleão’. A partir de 2019 passou a se dedicar à música autoral e lançou ‘Quando Adormeço’, single com participação de Kleber Albuquerque. Depois, veio o álbum ‘Quando os versos se uniram pra reclamar canção‘. Recentemente apresentou nas plataformas digitais ‘Alamedas‘, sua primeira parceria com o poeta e produtor musical Flavvio Alves.

.

.

COMO FOI 3 >>>Fui à Biblioteca Viriato Corrêa e acompanhei um pouco da volta do Sarau dos Conversadores ao formato presencial.  Parabéns aos organizadores Cacá Mendes e Vieira Pato. Foi muito bom encontrar Nilu Strang e Liberto Solano Trindade (na primeira foto), Marc Florindo, Aline e Paulino, Susie Mathias (na segunda foto) e Oswhaldo Rosa, Tarica e outros artistas amigos

.

.

COMO FOI 4 >>> Na semana passada, participei do tradicional sarau mensal do Bar do Frango, que acontece sempre no último domingo de cada mês. Além de curtir o som e os poemas de Crys Araujo, Mauri de Noronha, Duda Jardim, Deolinda Nunes e Santiago Dias, entre outros poetas e músicos presentes, pude assistir ao documentário ‘Um Morcego na Porta Principal’, sobre o grande Jards Macalé, exibido por Robson Timoteo no quintal do bar. Foi muito legal acompanhar e saber mais sobre a trajetória deste artista talentoso e irreverente.

.

.

… … …

SEÇÃO ‘TODA SEXTA,
UMA NOVA CANÇÃO’

… … …

Após doze edições semanais consecutivas, a seção criada para tirar o pó das minhas composições engavetadas gerou material suficiente para o lançamento de um disco. Como nunca tinha lançado nenhum, batizei esse conjunto de canções de ‘Um Dia Feliz – Meu Primeiro LP’. Sim, é um álbum fake. Como o meu sonho de menino era lançar um LP, então, brinquei de lançar um, artesanal, vendas diretamente com o autor. Não tem no Spotify. Edição numerada e limitadíssima (quantitativa e qualitativamente, dizem as más línguas). Ei-lo:

.

UM DIA FELIZ – Meu primeiro LP – Arnaldo Afonso >>> Ouça as 12 canções desse discão de vinil.

No lado A:
Um Dia FelizSó TeuVisita ÍntimaHey, Girl O Poema GráficoOh, John / Imagine

No lado B:
Tom Jobim No TelhadoE Se De RepenteCoisas do AmorDesvarioValsa DesamorosaSem Disfarce

.

‘BARBÁRIE MODERNA’, O SEGUNDO LP >>> Já postei 5 músicas das 12 do meu segundo LP. A faixa 1, que dá nome ao disco, chama-se ‘Barbárie Moderna‘. Depois vieram ‘Vila Maria & Adjacências de Mim‘, sobre meu bairro, as quase românticas ‘Talvez‘ e ‘Coração Jazze a enigmática ‘Estrelas Passam Tão Longe’. Nesta edição apresento a faixa que fecha o Lado A: ‘Bichos Urbanos‘, canção em que o eu-lírico reafirma sua opção pelos temas humanistas e sociais. Na introdução e no final, é citada a a primeira frase do livro ‘A Metamorfose’, de Franz Kafka, em tradução de Modesto Carone.

.

.
BICHOS URBANOS
(Arnaldo Afonso)
.
“Quando certa manhã Gregor Sansa acordou
de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua
cama metamorfoseado num inseto monstruoso”
.
Nesse mundo tão incerto
minha seta é sentir perto
o meu certo num deserto
os meus deuses são mundanos
underground, bichos urbanos
.
Mente solta ao pó do tempo
sentimento singular: plural
minha antena capta plena
sim – sinal – sentido humano
sonho alto… aeroplanos!
.
Nesse mundo tão certinho (ô… ô…)
injustiças e abandono
por seu cio, por seu sono
pelo certo ser diverso
deixo meu verso em aberto
.
Pelo verso ter reverso
deixo meu certo expresso
.
Quando inseto seta certa manhã
Gregor são san sansa acordou
de sons sonhos intranquilos,
encontrou-se trouxe
em sua cama ama meta amor meta amor
metamorfoseado num incerto certo
num inseto monstruoso
.
.
… … …

AGENDÃO

… … …

Em minha página no Facebook, a programação alternativa do agendão é diariamente atualizada. Confira lá…

COMPARTILHANDO TRAMPO DE AMIGO >>> Live de bate-papos em que o músico Ozi Garofalo entrevista artistas e ativistas culturais do cenário alternativo. No Instagram

ITAÚ CULTURAL >>> Mostra Bispo do Rosário, até 2 de outubro, e Ocupação Lia de Itamaracá, até 11 de julho. Na av. Paulista, 149

>>> Estão abertas as inscrições gratuitas para o passeio virtual pela exposição “Bispo do Rosário – eu vim: aparição, impregnação e impacto” e pela “Ocupação Lia de Itamaracá”. Vagas limitadas. Saiba mais

DUDA JARDIM MUSICANDO >>> O músico, cantor, compositor e ator Duda Jardim também é produtor cultural. Organiza eventos, realiza shows e participa dos saraus da cidade. Em seu canal no YouTube, além das canções autorais de seu cd ‘Parede da Memória‘, há vídeos interessantes onde ele analisa e comenta grandes clássicos da mpb (como ‘Preciso Me Encontrar‘). Visite o canal e confira a série de entrevistas com artistas da cena alternativa, como o poeta e cantador Mauri de Noronha e a turma da CTI, Companhia Teatro da Investigação. A mais recente é com o escritor e editor da Reformatório, Marcelo Nocelli:

.

.

>>> DUDA E JORGE MELLO >>> Confira o bate-papo do artista e produtor cultural Duda Jardim, em seu canal Musicando, com Jorge Mello, um dos principais parceiros de Belchior e membro fundador e participante ativo do grupo que ficou conhecido como ‘Pessoal do Ceará’ (este blogueiro participa da conversa). Aqui a primeira parte da entrevista. E a segunda

PROJETO [B]OIÁ >>> Grupo Xingó, fundado há 15 anos e sediado na Mooca, abriu inscrições, gratuitas, para núcleos de pesquisa artística em dança, teatro e audiovisual. O projeto chama-se [B]oiá: Dissidências submersas e é focado na ancestralidade. Saiba mais sobre o trabalho do grupo e sobre os cursos com inscrições ainda em aberto: 

WOYZECK >>> DE SEXTA À SEGUNDA – 19h >>> ‘Woyzeck, uma desterritorialização em curso’, espetáculo do Grupo Redimunho. Montagem baseada na obra fragmentada do escritor e dramaturgo alemão Georg Buchner marca os 17 anos de atividade da companhia teatral. Na peça, reflexões sobre a vida no campo e os dilemas vividos pelo trabalhador, sempre levando em conta os aspectos políticos, sociais e culturais da atualidade. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria 1h antes do início da peça. Direção e dramaturgia de Rudifran Pompeu. Temporada vai até 31 de julho na Ocupação 9 de Julho, do MSTC (Movimento Sem Teto do Centro), à rua Álvaro de Carvalho, 427

BOM DIA POÉTICO >>> O poeta e ator Milton Luna divulga diariamente em grupos do zap o trabalho de poetas de todas as regiões brasileiras. Lá conheci os textos de ótimos escritores, que vou publicando por aqui também. Aguarde

BRANCA PRODUÇÕES >>> Produtora do violeiro Betto Ponciano surge ‘com o objetivo de trabalhar desde a produção, gravação, mixagem, masterização em estúdios de música até o lançamento e impulsionamento de trabalhos artísticos nas mídias sociais’. Eu mesmo já estou acertando de gravar na Branca o meu ep ‘Cinco Canções de Amor e uma Balada Desesperada’ (aguarde mais informações).

No link, gravação realizada lá: um trecho de ‘Deixe o Sol Chegar até Mecê‘ e ‘Viola Avarandada’. Contatos in box

DEH OLIVEIRA E CALE NARMAN >>> Os dois talentosos músicos se apresentam em diversos bares pela ZN e adjacências. Acompanhe suas páginas no Facebook. Por coincidência, os dois fizeram niver no findi passado. Parabéns a eles, por serem, além de grandes artistas, esse caras superlegais que eles são.

POETAS PELA DEMOCRACIA >>> Fundado em Agosto de 2020, o coletivo ‘Poetas Pela Democracia’ reúne hoje uma centena de poetas, de várias partes do Brasil, e computa mais de 70 mil pessoas alcançadas, com mais de 20 mil engajamentos, leitores em todas as capitais brasileiras e ainda França, Portugal, Alemanha, Suíça, Filipinas, Estados Unidos, Bélgica, Moçambique, Índia e Nicarágua, entre outros. Visite sua página e saiba mais

.

>>> ZOOM ZOOM ZOOM… É POESIA! >>> Programa do multiartista Claudio Laureatti é uma vitrine de poetas e suas tendências, convidando também artistas de circo, contadores de histórias, músicos e atores. Inscreva-se no canal. Nesta edição, comemorando o segundo aniversário dos ‘Poetas pela democracia’, com Andri Carvão, Karlos Chapul, Yara Camilo, Dagô D’Aragorn, Poeta Seu Zé e Deolinda Nunes. Assista

CASARTE MARGINAL, >>> Programa semanal apresentado por Paulino Alexandre na web rádio CasilêOca, recebe artistas do circuito alternativo. Reapresentação no domingo às 17h.

SARAU NA COZINHA >>> Programa mensal ‘Sarau na Cozinha’, produzido pelo Coletivo Marginaliaria, apresenta o terceiro da série de 24 episódios. Nesta edição com Bruna Mascarenhas e Bruna Black. Assista os dois primeiros, que ficam disponíveis no canal do Youtube

REVISTA DA QUEBRADA >>> Joad Lima, editor, informa que já está disponível a 19°edição edição da Revista da Quebrada (clique para acessar o novo número e também as edições anteriores). Na matéria de capa, homenagem à fotógrafa e ativista cultural Marina Pinto, falecida recentemente, que, além de colunista, participou do projeto da publicação desde seu início

SONS DA RESISTÊNCIA >>> Programa transmitido para Brasil, Itália, Peru e Equador. vai ao ar pela Expedição CoMMúsica, com curadoria e apresentação de Elizabeth Del Nero Tuca, toda sexta, às 19h, apresentando somente artistas independentes e atuantes na cena underground. Clique para ouvir

PAPO ROCK >>> Programa apresentado por Arnaldo Marques vai ao ar às sextas-feiras, às 20h, com reprise aos domingos, às 20h e às segundas-feiras, às 23h. Com transmissão pela web rádio CDR

ACORDES URBANOS – TERÇAS E QUINTAS >>> Programa passa a ser também às terças, às 16h. na Rádio e Tv Nuar. Com Quinho, Passarinho e Gregório entrevistando artistas alternativos. A edição das quintas, às 18h, continua valendo

ÀS TERÇAS – 20h >>> TV MCA – Moto, Cultura e Afins, programa apresentado por Adilson Aragão e Norberto Cassa, todas as terças-feiras com transmissão pelo YouTube

ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Propagassom Tom-K, apresentado por Tom Kbélo na rádio Expedição CoMMúsica – www.commusica.com.br

HORA 13 AGORA >>> Prof. Matias Vieira apresenta programa de entrevistas sobre temas sociais, políticos e culturais, transmitidos ao vivo pelo canal em sua página no Facebook. Fique ligado na programação

ÀS SEGUNDAS – 19h >>> Live do programa Geringonça promove interessantes debates semanais sobre questões contemporâneas: cultura, política e saúde. Fique ligado no canal para assistir e participar: Coletivo Resistência/CCD-LL no Youtube e no Facebook

ÁLBUNS DE CABECEIRA >>> Programa começa ao meio-dia do domingo e vai até o meio-dia da segunda-feira, na Rádio Jardim Psicodélico. Um convidado escolhe 13 álbuns que o influenciaram e conta um pouco sobre cada um. Entre no link do site e clica no player da radio ou na 2° opção para ouvir a rádio.

MADAN LIVES >>> Série de encontros promovidos pela trompetista July SK, filha do músico morto precocemente, aos 53 anos, em 2014. Nas lives, parceiros e amigos relembram histórias e canções do artista. Fique ligado no Instagram. Se inscreva no novo canal de Madan no YouTube

ÀS SEXTAS – a partir das 19h30 >>> Slam da Guilhermina. Batalha poética acontece na saída da estação Guilhermina-Esperança do metrô, na ‘pracinha’ da rua Astorga

ÀS SEGUNDAS – 13h … ‘Diversidade em Ciência’, programa de entrevistas apresentado por Ricardo Alexino Ferreira, é voltado para as ciências das diversidades e direitos humanos. Reprise às terças-feiras, às 2h da manhã e aos sábados, às 14h. Na rádio USP 93,7 MHz/SP ou na net

CCN NOTÍCIAS é um site voltado principalmente para a Zona Norte. O Coletivo de Comunicação Norte Notícias foi lançado em novembro de 2020. Entre lá, dê uma olhada geral e compartilhe. Divulgue mais essa iniciativa em prol de um jornalismo progressista, antifascista e em defesa da democracia

ÀS SEGUNDAS – a partir das 19h >>> Sarau Segunda Negra tem convidados e palco aberto. No Espaço Cultural Libertário Fofão Rock’n Bar, na Estrada das Taipas – 3827

LEONE DA GAITA >>> Além de show no formato ‘violão, gaita & voz’, com repertório e histórias de Robert Johnson a B.B.King, o artista também dá aulas para iniciantes de violão e gaita (diatônica e cromática). Contate pelo zap: 11-9.8173-0897 ou mande msg inbox

ÀS QUARTAS – 22h15 … Programa Toca do Autor na Rádio Brasil Atual, pelo 98,9 FM ou pela internet. Apresentação de Alexandre Tarica e Regina Cell

RADIOLA DA MEMÓRIA >>> Série de podcasts conta histórias de pessoas e suas memórias sonoras. A cada episódio uma experiência sensorial diferente. Nos dois primeiros, parceria entre o canal Avosidade e a atriz Janaina Sant’Ana, que narra os episódios

ÀS TERÇAS – 20h >>> Programa ‘Contraponto’ entrevista produtores, instrumentistas e compositores para compreender um pouco mais do mercado brasileiro da música. Com Serginho Sagitta, do programa Sons do Brasil, e Mateus Mello, do canal Tropicalismo Selvagem. Se inscreva no canal do YouTube 

MARCELO BARUM >>> Esse grande artista, cantor e compositor do grupo Tarumã, também dá aulas de violão, vocalização e composição. Tem módulo para iniciantes, pra quem já pratica um pouco e pra quem quer aprimorar ainda mais seus recursos teóricos e práticos. Saiba mais aqui

SELETA MENSAL >>> Músico Dharma Samu apresenta programa que vai ao ar às 18h, de segunda à sexta-feira, na Rádio Jardim Psicodélico, com reprise às 12h. No repertório, rock, jazz, música brasileira e independente

GRUPO ECDE >>> O grupo Esquerda Compra da Esquerda nasceu em novembro de 2020 e rapidamente conectou em seu perfil mais de 156 mil pessoas realizando negócios, produzindo, criando e encontrando uma grande rede de apoio. Visando empoderar economicamente seus membros e semear cultura, em abril de 2021 organizou o Primeiro Festival de Música de Esquerda do Mundo, reunindo 32 atrações musicais de diversas regiões do Brasil e do mundo, promovendo o protagonismo de artistas de esquerda no triste cenário de pandemia, isolamento e des-governo fasci-negacionista. Saiba mais

.

.

CASO MARIELLE: QUATRO ANOS DE VERGONHOSA IMPUNIDADE >>> No dia 14 de março de 2018 a vereadora Marielle Franco, aos 37 anos, foi assassinada no bairro da Lapa, no Rio. Ela era relatora da Comissão dos Direitos Humanos que acompanhava a intervenção militar no RJ. Havia feito denúncia contra abusos policiais e após voltar de um evento com jovens negras, foi baleada. Anderson Gomes, motorista do carro em que ela estava, também foi executado. Desde então, protestos contra o bárbaro crime se repetem em várias cidades brasileiras. Marielle lutava por justiça, inclusão e igualdade de direitos. Defendia as causas que todos nós, artistas, coletivos dos saraus e defensores da democracia e dos direitos humanos defendemos. Quatro anos depois, este blog continua aguardando o esclarecimento do caso e a punição dos assassinos e mandantes. As balas que a mataram atingem a todos nós. Não podemos nos calar. Até quando vou ficar semanalmente repetindo esse texto aqui? Será que vai ficar por isso mesmo? Por que a resposta não vem? Quem matou (e quem mandou matar) Marielle?

.

.

Faz 4 anos que eu repito esse texto. E vou continuar repetindo enquanto o blog existir. É meu compromisso em defesa da democracia e da liberdade, ambas ameaçadas pela impunidade de assassinos e pela omissão das autoridades. Repito o texto que eu já sabia que ia repetir. Se temos dois suspeitos presos (a quem ninguém entrevistou, confrontou, nem perguntou os motivos) ainda falta saber quem mandou matar Marielle. Nós, brasileiros democratas, seguimos de braços dados com ela, esperando que a justiça seja feita. Os assassinos talvez tenham a proteção momentânea de organizações ou de eventuais autoridades fascistas. Que podem mirar nas nossas cabeças. E até nos matar, um a um (‘matar uns 30 mil’, como disse o atual presidente, sem ser punido nem ter sua candidatura impugnada). Só não poderão evitar que Marielle renasça mais forte, todos os dias, no corpo e na mente de cada menina guerreira da cidade do Rio de Janeiro. E nas periferias de todo o Brasil.

Marielle sempre estará presente.

.

.

… … …

UNS SONS 

… … …

FRED MARTINS – ULTRAMARINO >>> Cantor e compositor Fred Martins lançou o álbum ‘Ultramarino’. O repertório tem como base sua  linhagem musical bossanovista, mas transita pelo blues e influências árabes. Minhas preferidas são ‘Aragem’ e ‘Manhã’, parcerias com Marcelo Diniz, ‘Fado Crioulo’ e ‘Estranha Flor’, ambas com Alexandre Lemos e ‘Blues da Madrugada’, dele com Ana Terra. São pérolas da mais nobre linhagem daquela grande canção que se convencionou chamar de ‘mpb’. Ouça todo o álbum

CHICO, EU TE AMO >>> Já chegou às plataformas digitais o single ‘Que tal um samba?‘, de Chico Buarque. O artista anunciou para setembro o início da turnê em que percorrerá o Brasil, tendo a cantora Mônica Salmaso como convidada fixa. A letra me arrepia ao defender a cultura, citar ‘Beleza Pura’, de Caetano, e falar sobre criar um filho num novo Brasil, ‘num bom lugar, numa cidade legal’. E termina com um bom e sonoro palavrão, que é o que esse presidente e seus seguidores merecem, por tudo de ruim que nos fizeram passar nesses quatro longos e tenebrosos anos.

QUE CAIA O REI‘ >>> Canção da banda Anhangabahy é um funk-marchinha que expressa o desejo comum de novos e melhores tempos, com mais empatia e humanidade, ‘unindo as pontas do afetivo e do político: é ao mesmo tempo uma canção de amor e de rebeldia, um elogio ao espírito livre e esperançoso, um grito de otimismo’. O clipe, concebido, dirigido e editado pela vocalista Hévelin Gonçalves, colheu retratos em vídeo de quase trinta pessoas pelas ruas. A canção é de Rui Xavier e o arranjo de Wady Issa Fernandes.

APONTAMENTOS DE UMA NOITE DE PELEJA >>> Após se apresentarem no Primeiro Festival ECDE de Música, em 2021, o coletivo multiartístico ‘Os Ditos’ recebeu diversas mensagens de outros artistas participantes e de sua rede de amigos, estreitando laços e fortalecendo essas relações. No vídeo, eles nos mostram sua visão emocionada desses acontecimentos: são músicos, poetas, cantores, artistas. Resistências. Assim nasceu a ‘canção-manifesto’, ‘Apontamentos de uma noite de Peleja’, uma criação coletiva, feita a partir de fragmentos das mensagens recebidas. Além dos Ditos (Marc Florindo, Paulo Pepe e Rivaldo Giancotti), que tocaram, cantaram, declamaram, editaram e ilustraram o single-vídeo, participam com letras e vozes Plinio Delphino, Heliane Lima Lourenço, Tais Dantas, Carlos Nêgo, Paulo Pixu, Miriam Casas, Silvia Maria Ribeiro, Amaury ZG e Eduardo Proffa. Saiba mais sobre os projetos do coletivo

BEMBOLADO >>> Selo do músico e escritor Edmar Silva, em poucos meses, já apresentou ao público alguns trabalhos de talentosos artistas (entre eles, o próprio Edmar), fortalecendo a cena cultural alternativa. Clique e confira as chamadas ‘Coletâneas Bem Boladas’: Super Sons Vol.1SonicdalíaSonidos LatinosLisérgico Brasil

‘NASCENDO’ >>> Já está nas plataformas digitais o single ‘Nascendo’, do dueto de mpb Rios Flutuantes, formado pelo poeta e cantor Rudá Ventura e pelo pianista e regente Rodolfo Schwenger

O TEMPO É SEU IRMÃO >>> Violeiro Chico Lobo lançou álbum ‘O Tempo é Seu Irmão’ em todas as plataformas digitais – e com cd físico também. Participações de Luiz Caldas, Kleiton & Kledir, Tetê Espíndola e Sérgio Andrade (da Banda de Pau e Corda). Produção musical de Ricardo Gomes. No link

UILSON PAIVA >>> Cantor e compositor lança nas plataformas a música ‘Amar Deixar-se Amar‘. Participação do saxofonista Milton Guedes

KATYA TEIXEIRA >>> Cantora, compositora e produtora cultural programa série de lançamentos para 2022. ‘Making of Canções na Quarentena’ (Parte 1 – Criações e Parte 2 – Instrumentos) conta um pouco do processo de criação dos espetáculos que deram origem ao cd ‘Canções Para Atravessar a Noite Escura‘, também disponível nas plataformas digitais (outro álbum está em produção e deve ser lançado em 15 de julho de 2022). Saiba mais no site da artista 

ADRIEL VINÍCIUS >>> Jovem revelação da mpb, artista goiano recentemente radicado em SP, disponibilizou nas redes sociais o show ‘Tons, Retalhos e Beats‘, apresentado no festival ‘Canto da Primavera’, onde interpretou 12 de suas canções, em meio a relatos poéticos e crônicas da vida urbana. Em 2016, o artista lançou o álbum duplo ‘Prazer, meu Nome é Via Láctea‘. Ouça: disco 1 e disco 2Em 2019, apresentou ‘Vivo Aqui e Agora‘, álbum gravado no projeto ‘A Casa de Vidro’. Em breve, Adriel será um dos artistas convidados na volta do Sarau da Maria presencial

CARUARUS – ORTINHO >>> Cantor e compositor pernambucano, oriundo da cena do mangue beat, disponibilizou nas plataformas digitais seu novo álbum, ‘Caruarus‘, disco de forró feito com muitos parceiros: Azulão, Chico César, Anastácia, Lula Viegas, Josildo Sá, Kiki Vassimon, Marco Polo e Zeca Baleiro. Disco tem 10 faixas e produção de Yuri Queiroga

ROGER MARZOCHI >>> Campanha de financiamento coletivo visa arrecadar fundos para a gravação de um álbum com improvisações livres do saxofonista com paisagens sonoras de Fernando de Noronha, captadas pelo cientista Raul Rio Ribeiro, que assina a primeira música desse projeto. Parte dos recursos serão destinados à ong @oceansoundorg. Para contribuir, acesse o site 

VANESSA BUMAGNY >>> Novo álbum da cantora, ‘Cinema Apocalipse‘, tem participações de Zeca Baleiro, Chico César e Fernanda Takai, além de parceria com Luiz Tatit. Já disponível nas plataformas digitais. Com produção de Rafael Castro, disco tem dez faixas, incluindo o poema ‘Lady Lazarus’, de Sylvia Plath, musicado pela cantora

‘CANTO PERIFÉRICO‘ >>> Chega às plataformas digitais ‘Canto Periférico‘, single de Adolar Marin em parceria com Flávvio Alves, que faz parte de seu segundo álbum de parcerias, o ‘Outros Caminhos – Volume Dois’

WANDER B >>> O ator e escritor tem também consistente trabalho na área musical. Confira sua discografia completa, com seis álbuns e dezenas de singles, que está disponível em todas as plataformas. Inclusive a canção ‘Eu Quero Te Amar e Me Amar Por Te Amar , de seu mais novo álbum, ‘Espantalho-querubim‘ . Visite no Spotify

OSNI RIBEIRO >>> ‘Cantigas de Andar’, mais recente álbum do cantador, compositor e violeiro Osni Ribeiro, já está disponível nas plataformas digitais. O nome do disco faz referência ao conceito do ‘Dandô – Circuito de Música Dércio Marques’, projeto coletivo de que participa e que também ‘anda’ pelo Brasil

PÉRICLES CAVALCANTI >>> ‘Saltando Compassos’, novo álbum de inéditas de Péricles Cavalcanti chega às plataformas digitais. Tem parceria com Arnaldo Antunes e participações de Adriana Calcanhotto e Ana Frango Elétrico. Ouça

MARTINHO JORGE >>> O samba ‘Poeta Boêmio Feliz’ já está nas plataformas digitais. Homenagem a Zeca Pagodinho, tem participação de Mauro Diniz. Ouça aqui

AMOR MARRUÁ >>> Guilherme Rondon gravou com Gabriel Sater e disponibilizou nas plataformas sua canção feita em parceria com Zé Edu

.

.

… … …

LIVROS & AFINS

… … …

Livro falado alado pesado prensado musicado. Livre leve levado achado perdido. Livro livre lindo relido. Livro é bicho vivo. Eis aqui mais uma lista de livros de autores do circuito alternativo. São apenas alguns registros, não necessariamente de lançamentos:

RETRATOS – EDUARDO NICOLAU >>> No livro do premiado fotojornalista, imagens de personalidades como Chico Buarque, Ron Carter, Lula, Pelé e Fernanda Montenegro, entre outros. Para adquirir, mande mensagem por inbox

CORAÇÃO PELUDO >>> Versão digital do livro de Plinio Camillo está em oferta. Investimento de R$10.  Adquira aqui 

PARTICÍPIO PRESENTE >>> Novo livro do poeta Elcio Fonseca foi lançado na semana passada em evento artístico e político promovido pelos coletivo Poetas Pela Democracia, que mobiliza artistas em defesa da cidadania e dos Direitos Humanos, ameaçados pela escalada fascista de Bolsonaro e seguidores. O livro, cuja venda será totalmente revertida para o Movimento Nacional de Luta em Defesa da População em Situação de Rua, traz toda uma discussão sobre poesia e participação política, através de poemas, textos e artigos, incluindo o histórico e o manifesto dos ‘Poetas Pela Democracia’, entre outras informações. Mande mensagem para adquirir o livro

CARLOS MOREIRA >>> Poeta e professor formado em letras pela UNIR (Universidade Federal de Rondônia). É autor dos livros ‘O evangelho segundo ninguém’, ‘Duas palavras’ e ‘Literatura e libertinagem’, todos editados pela EDUFRO de Porto Velho. Publicou ainda os livros de poesia ‘Cardume’ pela Editora Valer e ‘Corpo aberto’, pela Editora Patuá. Seu mais recente livro ‘Seol’, pode ser adquirido no site da Lavra Editora

QUANDO A LUA É CHEIA >>> Crimes, mistério e romance se misturam no primeiro romance juvenil de Vanessa Ratton. Confronto entre um temido delegado e uma corajosa estudante de jornalismo pode revelar o quanto há de verdade nas lendas que assombram a humanidade. Ilustrações de Marcela Pialarissi. Adquira. Vanessa tem seis livros infantis publicados, é coautora de ‘Encontros à Hora Morta’ (em parceria com Maria Valéria Rezende) e integra o movimento Mulherio das Letras

CANTIGAS DO LUARÉU >>> Novo livro de Claudio Daniel, publicado pela editora Arribaçã, reúne poemas sobre criaturas fantásticas do folclore brasileiro, como Cuca, Saci, Curupira e Boitatá, entre outros. Adquira

EMMA E O SEXO >>> Primeiro volume de uma trilogia. Da romancista e poeta Ilana Eleá, Doutora em Educação pela PUC-Rio, que mora em Estocolmo desde 2011. Saiba mais e adquira

DIANA JUNKES >>>Foi lançado ‘asfalto’, livro de poemas da professora e crítica literária Diana Junkes, pela editora Laranja Original. Ela já publicou ‘clowns cronópios silêncios’, ‘sol quando agora’ e ‘asas plumas macramê’. Com prefácio de André Luiz Pinto e texto de orelha por Alberto Pucheu. Adquira aqui

‘TEMPO SEM CRUZ’ >>> Foi lançado o primeiro livro de poemas da jornalista e produtora cultural Flora Miguel, pela Editora Primata. Adquira aqui

OUTRAS VOZES – Contos Sobre o Negro Escravizado no Brasil >>> Texto de Luigui Ricciardi sobre o livro de contos de Plínio Camillo: “São trinta e três histórias de profunda dor, que mostram a realidade dura em que viviam os negros durante o período de escravidão em nosso país. Embora trate de vozes caladas ao longo dos séculos, são os sentimentos dessas pessoas caladas que vêm à tona”. Saiba mais e adquira o livro 

ESCOBAR FRANELAS >>> Videomaker, poeta, romancista e ativista cultural, Escobar Franelas lançou o livro ‘hipjazzcoolbopfunksambabensoulblue‘, pela Editora Lavra. Para adquirir, acesse

SUMIÇO >>> Foi lançado, postumamente, o romance de Wander Porto, escritor, poeta e letrista mineiro falecido precocemente no início do ano. Para adquirir o livro, mande mensagem para sua filha, Fernanda Porto

ERAM OS POETAS ASTRONAUTAS? … Segundo livro do poeta, ator e produtor cultural Ivan Néris, do coletivo Aldeia Satélite. O autor costuma postar vídeos declamando seus textos no Facebook (acompanhe). À venda na lojinha virtual da editora Lavra (adquira aqui)

VLADO LIMA >>> O poeta e agitador cultural em breve fará o lançamento de seus quarto livro de poemas, NOIA, pela Patuá. Ele já publicou ‘Sabe de Nada, Inocente!‘, ‘Como Suportar Jabs no Baço e Encarar Nocautes‘ e ‘Pop Para-Choque‘, além de criar e apresentar o Sarau Sopa de Letrinhas, há mais de 18 anos. Vlado, também cantor e compositor, é um dos fundadores do famoso Clube Caiubi

TEATRO SOB FOGO CRUZADO >>> No livro, o ator, diretor, sociólogo e professor de teatro Tin Urbinatti narra a trajetória e a produção do grupo Teatro da Ciências Sociais, que dirigiu entre 1973 e 1979, comentando o contexto histórico do período sob AI-5, com censura, perseguições políticas, exílios, prisões, torturas e mortes.

LIVRO DOS SONETOS >>> Foi lançada a tradução do livro do poeta cubano Nicolás Guillén, feita por Cesar Veneziani, que declarou: “Os temas abordados por Guillén vão desde o amor até o engajamento nas lutas de seu povo, sejam elas étnico-raciais ou políticas, que o levaram a fundar a União de Escritores e Artistas de Cuba, da qual foi presidente por largo período. Mesmo abordando temas sensíveis, ele sempre fez uma poesia inspirada, intensa e até, em alguns momentos, bem-humorada”. Edição bilíngue. Clique para adquirir

OS MISERÁVEIS DA SECA >>> Escritor José Sarmento lança seu décimo segundo livro, Os Miseráveis da Seca. Para saber mais e adquirir o livro, clique aqui

SETE CÂNTICOS NEGROS e Outros Tantos Orikis Negros e Índios >>> O poeta José Couto lançou um objeto multimídia. Seu e-book é o que se chama popularmente de ‘três em um’: poemas para serem lidos, acompanhados por belas ilustrações de Artur Madruga e com links para se ouvir os poemas musicados. O livro em pdf tem 96 páginas e está com preço promocional de R$25. Saiba mais e adquira um exemplar 

‘PALAVRAS DO INFERNO’ >>> Projeto literário em que fotógrafa, escritora e diretora Jezz Chimera desenvolve textos baseados em palavras de Dante Alighieri durante a passagem pelo inferno na ‘Divina Comédia’. Toda semana uma palavra é sorteada e, a partir dela, nasce um novo texto que é publicado no Instagram.

‘DISCOTECA BÁSICA’, LIVRO E CAMPANHA >>> Discoteca Básica é o podcast de música do jornalista Ricardo Alexandre. Já estão disponíveis mais de 50 episódios contando a história detalhada da produção de lps e cds fundamentais do cancioneiro nacional, com áudio-documentários e pesquisa minuciosa. Agora, está no ar a campanha pra financiar o livro ‘Os 500 Maiores Álbuns Brasileiros de Todos os Tempos‘, que trará a lista de nossas produções musicais mais importantes, elaborada por 162 especialistas (além de entrevistas inéditas e informações de bastidores)

SANTIAGO DIAS >>> ‘Artigo Raro’, página que divulga escritores da editora Essencial e promove encontros literários, apresenta a primeira parte da reportagem sobre a vida do poeta Santiago Dias, que declama textos seu livro ‘Destino Cigano’

ABCDelas, pela Editora Clóe >>> Primeira antologia de poetas mulheres da história do ABCD, livro (que está à venda por R$30) traz textos de 45 autoras da região, como Dalila Teles Veras, Vanessa Molnar, Rosana Banharoli, Lília Reis, Olga Defavari e Carla Diacov (saiba mais)

CARLA DIACOV >>> Poeta, que já publicou sete livros, abre campanha na APOIA-se: ‘Poema Põe Mesa’ tem mais de 90 posts no mural e 14 audiopoemas, com três valores de contribuição e suas respectivas recompensas (entre lá e saiba mais)

.

.

… … …

NALDO NEW’S

… … …

Arnaldo Afonso tem canções postadas em dois canais no YouTube (canal um e canal dois), além de vários registros de participações pelos saraus da cidade (é só pesquisar pelo seu nome). O blog também está no YouTube e tem projetos de transmissão de programas e lives. Este blogueiro, poeta e cantor, informa aos interessados que tem quatro espetáculos prontinhos da Silva para apresentações presenciais nas Casas de Cultura, Ceus, Bibliotecas e Sescs e que foram adaptados para o formato de lives durante a pandemia. São eles:

.

1 – Arnaldo Afonso Canta e Conta Cartola >>> Além das Casas de Cultura, o espetáculo foi apresentado no Festival Satyrianas

.

2 – Rocks, Pops & uns Toques de Poesia >>> Arnaldo Afonso canta repertório autoral. Versão online de shows presenciais realizados no palco dos Parlapatões, no Bar do Frango, no Eclipse, no Centro Cultural Charada e na Tom-K Produções

.

3 – Arnaldo Afonso Canta e Conta Caetano >>> A série ‘Lives Caetanas’ teve 6 edições (a primeira teve mais de 1.500 visualizações, mais de 700 comments e cerca de 150 compartilhamentos). Aqui uma delas

.

4 – Arnaldo Afonso Canta e Conta Belchior >>> Recentemente, apresentei presencialmente o show em espaços culturais como o Bar do Frango, o Parque Max Feffer, no niver de Suzano, o palco dos Parlapatões e o CarauariBar, além de já ter  realizado três lives interpretando as incríveis canções filosóficas e poéticas do bardo cearense. Veja a primeira e a segunda edição das ‘Lives do Bel-Prazer’.

.

EP >>> Além dos shows sobre a vida e a obra de Belchior, Cartola ou Caetano, e de me apresentar cantando repertório autoral, pretendo realizar ainda este ano a gravação do ep ‘Cinco Canções de Amor e uma Balada Desesperada‘. Aguarde.

.

Quem puder contribuir com as lives e várias outras atividades do artista, segue o PIX: arnaldo.aafonso@gmail.com

.

.

… … …

Fique ligado em minha página no Facebook, onde divulgo as lives e textos deste blog, além de outras inserções. E, anote: toda sexta-feira (às vezes, quinta) tem post novo. Até lá!

… … …

.