Ciúmes. Dá para escrever uma obra de 20 volumes, cada um com 500 páginas, sobre o tema.

Há muitas formas de ciúme, nas mais diversas relações, mas ciúme de amigo é, sem dúvida um dos mais genuínos. Porque ciúme conjugal pode ter a ver com desconfiança, ciúme de coisas pode ter a ver com materialismo, mas ciúme de amigo… É ciúme puro, transparente e escancarado, sem nenhum constrangimento.

Não interessa a idade que temos, sempre haverá um novo amigo do seu amigo para gerar este tipo de diálogo surtado:

 

SITUAÇÃO: seu amigo te dispensa no fim de semana por causa do novo amigo

– Vamos jantar no sábado?
– Sábado é aniversário da Mari…
– AH TÁÁÁÁ, aniversário da Mari é suuuuuperimportante, desculpa aí, evento do ano, aniversário da Mari, como eu pude esquecer, né? Vai lá, aproveita muito a festa da Mari. Tomara que não chova, que a Mari não quebre a clavícula, que não tenha um arrastão na festa da Mari. Manda meu beijo pra Mari e agradece o convite que ela não me fez. Parabéns pra Mari.
SITUAÇÃO: ter que estar no mesmo ambiente que o novo amigo do seu amigo

(cumprimentam-se, afastam-se, 8 metros de distância)

– Sério, não sei como o João pode ser amigo desse Otávio. Ele tem cheiro de roupa molhada. E traz cerveja ruim pro churrasco, mas fica pegando as garrafas de Stella na geladeira. Sério, o cara é um canalha. E torce pro Fluminense. E aposto que não vai ficar até o fim do churrasco pra ajudar a arrumar tudo. Não sei o que deu no João, sério mesmo. Esse cara não tem nada a ver com ele. É um babaca mesmo.
SITUAÇÃO: seu amigo diz pra você parar de implicar com o amigo novo

– Pára de implicar, vai, você também tem vários amigos novos.

– Sim, mas eu nunca deixei de ir no seu aniversário por causa deles, nem fui viajar com eles e não te chamei, nem comprei presentes mega caros de aniversário pra eles, nem traí sua confiança e…

– E eu fiz isso??????

– Não. Mas eu sinto que a qualquer momento pode fazer.

 

SITUAÇÃO: seu amigo diz qualquer coisa positiva sobre o amigo novo

– Nossa, mas a Ju faz um risoto incrível com presunto de Parma.

– AH É?????? Que bom pra ela! Manda ela engolir a panela inteira de risoto! Afinal, eu não sei cozinhar nada! Eu sou uma negação na cozinha! Mas me fala, me fala, quem compra dogão pra você quando você tá bêbado? Quem faz panela de brigadeiro quando você tá triste? Quem compra Gatorade quando você tá de ressaca? Mas agora você não lembra de nada disso, só dos risotos idiotas da Ju. Vai lá, vai lá comer o risoto da Ju, vai, tomara que engasgue. E eu que não vou te levar no pronto socorro. Depois não fala que não avisei.

 

SITUAÇÃO: descobrir que algo legal veio do amigo novo

– Olha que engraçado esse vídeo.

(assistem, dão risada)

– Hahaha, muito bom, quem te mandou?

– A Gabi.

– Na verdade acho que esse vídeo tem um viés meio machista. E é bem racista também. Na verdade, acho que esse vídeo é neonazista. Não sei como você pode ser amiga de uma pessoa que manda esse tipo de coisa. Nem parece que é você. Você mudou muito desde que conheceu essa Gabi.

 

SITUAÇÃO: foto nas redes sociais com o novo amigo

Vontade: não curtir a foto e só comentar “Sejam felizes. Eu to indo pro Tibete e odeio vocês.”

O que você faz: só curte a foto como quem diz “to vendo essa porra” ou nem curte e manda um print da foto pro whatsapp do seu amigo com emoticons aplaudindo

 

SITUAÇÃO: você começa a pensar em gostar do novo amigo do seu amigo

(o amigo novo fala alguma coisa engraçada no bar, você ameaça rir, lembra que é ele, não ri, mas aí ele fala um negócio legal de política, e fala de um restaurante que você também gosta e também é fã da Elza Soares, você pensa “não, eu tenho que me manter firme”, mas acaba cedendo e quando vê, o amigo novo já não é tão inimigo, quando vê, o amigo novo também já é um pouco seu)

 

Mas é bom frisar que sempre haverá um pé atrás. Ele sempre será um sub-amigo. E ele que ande fora da linha pra ver o que acontece. Ou eles que saiam pra jantar sem te chamar para verem se o capeta não toma conta do seu corpo. Eles que ousem. Tá dado o recado. Eu, no seu lugar, ficaria esperta.