favorável

 

Ilustração: Lucas Tonon

Percebi que era grave quando o porteiro perguntou “se estava tranquilo” e eu, mecanicamente, quase respondi que, sim, “estava favorável”.

______________________________________________

Acompanhe Crônicas de Ricardo Chapola pelo Facebook

(Clique em “obter notificações” na página)

Novas crônicas todas as sextas-feiras.

Twitter: http://twitter.com/ricardochapola

______________________________________________ 

No princípio era apenas tranquilo, e tranquilo ficou até Bin Laden chegar feito um terrorista, acabando com a paz. Depois disso, nada mais poderia estar tranquilo sem que estivesse também favorável. Era nova a lei da selva.

Mas não funciona bem assim. Nem tudo que é tranquilo está favorável, ou nem tudo que é favorável está tranquilo. Coisas podem ser tranquilas e desfavoráveis, favoráveis e agitadas, ou, como o funkeiro mesmo disse, tranquilas e favoráveis.

“Tá tranquilo, tá favorável. Tá tranquilo,tá favorável”. Se o Haddad é Tranquilão, quer dizer que “tá favorável”? Questionado, Bin Laden não respondeu a pergunta, nem se é ligado ao PT, ou se já tinha decidido em quem votar nas eleições desse ano. Tranquilo.

Ser devorado por pernilongos não tá tranquilo. Coça, é chato, irrita, entra no ouvido à noite. Pior: pode ser Aedes. Não é? Então relaxa: tá favorável. Se joga no repelente, sem medo de dar zica.

Se a campainha de casa tocar no sábado de manhã e for testemunha de Jeová, não vai tá tão tranquilo quanto você gostaria, mas vai tá bem favorável. Pense: poderia ser o japonês da (Polícia) Federal, desfavorecendo sua vida inteira.

Antes do carnaval, tá tranquilo. Chega o carnaval, fica favorável. Acaba o carnaval, volta a tá tranquilo. Mas o carnaval nunca acaba de verdade quando tem que acabar. Fim de semana tem bloquinho de novo. Ou seja: ninguém sabe direito até quando vai continuar favorável.

Talvez até terminar a cerveja. Se isso acontecer, dá para correr para um bar. Mas não a qualquer bar. Tem que ser um favorável, de preferência onde ninguém corra risco de sofrer nenhum tipo assédio pelo fato de o lugar não ser tão tranquilo assim.

Passagem de ônibus a R$ 3,80 não tava tranquilo, nem favorável até pouco tempo atrás. Mas parece ter ficado pela falta de gente na rua protestando contra o aumento e pelo tanto de gente pulando carnaval. Por esse preço, melhor ir de Uber.

Tá tranquilo exagerar na folia, beber demais, engordar um pouquinho, desde que seja nessa época do ano. Ela é bem favorável: aproveite a Quaresma e faça um detox.

Jingle bells, jingle bells, acabou papel. Não tá tranquilo. Não faz mal, não faz mal, limpa com jornal. Só leio em tablet. Desfavorável. Ferrou? Talvez, mas fica tranquilo. Uma hora fica favorável.  Ou não, mas tranquilo também.