Uma passagem específica de um dos clássicos da literatura brasileira foi fundamental para despertar o interesse da cosmetóloga e esteticista Roseli Siqueira sobre o universo da beleza. A famosa obra Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo, até hoje é lembrada como referência no seu atuante trabalho com foco na beleza natural. “Eu sempre gostei muito de ler porque isso possibilita ser transportada para outras épocas, entender costumes. E me chamou a atenção o trecho em que as mulheres davam beliscões no rosto para ficarem coradas”, recorda Roseli. O comportamento humano também estava no radar das predileções e os mestres da psicanálise Freud e Jung eram companhias constantes em suas leituras constantes.

Apesar de ser uma amante fervorosa da História e apreciar o que se passou em diferentes momentos, como na Idade Média, Moderna e Contemporânea, a paulistana formada em Belas Artes mantém os pés no chão e tem o estudo como uma ferramenta aliada na busca de inovação em seus protocolos tão reconhecidos no mercado e apreciados, inclusive, por um timão de personalidades, como Cleo Pires, Mariana Ximenes, Izabel Goulart, Zezé Polessa, Fafá de Belém, Isabella Fiorentino, e por aí vai. Aos 63 anos, sendo 40 dedicados à carreira, ela continua se aprofundando e não pensa em parar na procura por conhecimento.

O mundo é sua principal cartilha. Foi em Buenos Aires, na Argentina, que começou o processo de encantamento pela estética ao conhecer de pertinho o conceito de trabalho energético e cosmiatria. “Já cuidávamos da pele antes da figura do dermatologista se tornar conhecida. Fazíamos a desintoxicação com cataplasma de algas nas pessoas alérgicas. Elas nunca saíam de lá apenas com o atendimento aplicado no rosto. Era realizada também uma massagem com movimentos ascendentes nas costas para aliviar o estresse. Achei lindo o respeito com o ser humano porque muitas vezes o problema de pele é provocado por um distúrbio emocional. Então, foi maravilhoso poder conciliar o equilíbrio da pessoa em paralelo com a pele”, explica a especialista, que passou pela experiência durante estágio em um hospital, aos 23 anos.

Esteve também nos Estados Unidos, onde se deparou com a realidade dos inúmeros tratamentos estéticos com base em métodos que não acredita serem eficazes ou benéficos para a saúde da pele. “Fiquei horrorizada ao assistir palestras que exibiam uma verdadeira destruição com o uso excessivo de laser e ácidos glicólico e retinóico, peelings fortíssimos, o que ao meu ver são bastante prejudiciais”, relembra Roseli, que chegou a fazer um curso com o dermatologista do Michael Jackson, que retirava manchas da pele em uma semana com aplicação de hidroquinona (usada para clareamento). “A mancha até sai, mas podem ocorrer outros problemas e comprometer a saúde das células.”

Convicta da sua filosofia, enfrentou a desaprovação de multinacionais, que não gostaram do seu posicionamento e exigiram que tirasse do seu site conteúdo, que mantém firme em seus discursos até hoje, como a não recomendação do uso de protetor solar. “Alguns empresários desejam me multar por eu ser fiel, por anos, aos princípios que acredito. Mas são desafios que tornam minha opinião ainda mais forte”, entrega.

E foi na Europa, que encontrou refúgio para o acolhimento das suas ideias e filosofia de vida. Ao observar um monge vietnamita de 83 anos reproduzindo os mesmos toques no rosto que ela já fazia ao aplicar sua massagem esplendorosa, teve a nítida sensação que estava no caminho certo. “No caso, o objetivo daquele homem não era o rejuvenescimento e sim tratar diversas doenças através do toque já que o rosto apresenta 500 pontos reflexos que interagem com áreas internas, além de trabalhar a vitalidade”, completa. Dois anos após aquele encontro, Roseli levou o filho, que teve um sério problema do coração para ser tratado e curado pelo mesmo monge.

A beleza também pode ser encarada como uma herança familiar. Com a mãe cabeleireira, aos 14 anos, Roseli deu os primeiros passos e já vivenciava o que se tornaria sua grande paixão. Uma cortininha separava o salão de uma cadeira de estética colocada estrategicamente para que ela aplicasse máscaras faciais nas clientes. O amor e o respeito à massagem com intuito também terapêutico tiveram o reconhecimento do filho, formado em Direito e administrador de um centro de estética.

A clínica Roseli Siqueira, em São Paulo, atrai público de todos os lugares por conta da fiel dedicação da sua fundadora em oferecer protocolos autorais, inspirados nas últimas descobertas de diferentes partes do mundo, como Milão, China, Xangai, Dubai, e que traz em seu DNA o respeito pela saúde das células não só em prol da beleza natural, mas também do bem-estar. “Aprendi desde cedo a combinar a ação dos ativos que compõem os cosméticos com a força da mente na hora da massagem. É preciso mentalizar coisas boas, passar isso para as mãos na hora do toque e deixar fluir apenas pensamentos positivos em um gesto de doação.”

Seus métodos tornaram-se referência no universo da beleza natural. Além de protocolos, como a massagem esplendorosa, o Feng Shui facial é uma das técnicas bastante procuradas por ajudar a energia circular e trabalhar as linhas energéticas associadas às emoções. Por exemplo, um toque certeiro na testa pode colaborar no processo de criatividade. A massagem age em diferentes áreas da vida, como saúde, carreira e família, basta pressionar os pontos estudados do jeito correto. A ginástica facial é um outro marco da sua trajetória, já que é uma precursora nos movimentos que ajudam a suavizar linhas de expressão e retardar o envelhecimento precoce.

Os aparelhos, usados para potencializar os tratamentos, são baseados na bioenergética, o que auxilia na revitalização das células, bem-estar corporal, alívio de tensões e recuperação do tônus muscular. E as composições dos seus produtos são frutos de uma extensa pesquisa, como o peeling de algas naturais, rico em sais minerais e ideal para a reposição dos oligoelementos perdidos e sem restrição ao sol. A máscara de chocolate – fórmula exclusiva – está entre as queridinhas das personalidades e frequentadoras assíduas da clínica pelo poder dos 800 mil princípios ativos e dos fenóis, responsáveis na desintoxicação da pele e na redução das manchas.

Mas, o menu autoral é extenso – cerca de 100 protocolos minuciosamente estudados e testados -, já que Roseli está sempre de malas prontas para descobrir sua próxima alquimia. “Independente do procedimento, a pessoa que busca um tratamento estético, na verdade, está atrás de felicidade. Percebo que muitas mulheres chegam aqui com o rosto contraído, tenso, carrancudo. É preciso liberar isso e resgatar o equilíbrio, a energia interna. Os sentimentos refletem na expressão. Gosto de ver o lado bonito das pessoas, então ao despertar essa sensação de bem-estar você está realizando uma transformação de dentro para fora, que não favorece apenas a beleza, mas também a saúde. E eu adoro fazer isso, não considero nem como um trabalho”, diz toda orgulhosa.