A Mulher Positiva de hoje é Neala Marques, primeira mulher instaladora de vidros na multinacional Pilkington, que atualmente é Coordenadora das Lojas em todo Brasil, multiplicadora do projeto e instrutora do centro de treinamento em Caçapava, interior de SP. O carinho pela área automotiva vem desde os dez anos, quando começou a retificar alto falantes na oficina do pai em Minas Gerais.

  1. Como começou a sua carreira?

Eu nasci em Campo do Meio (MG) e meu pai tinha uma oficina de elétrica e mecânica de veículos bem tradicional na região. Desde cedo, ele me deixava participar das atividades e já aos dez anos comecei a retificar alto falantes. Meu carinho pela área automotiva vem desde essa época. Aos 17 anos, me mudei para Taubaté para iniciar a graduação em Engenharia Mecânica e foi aí que tive a oportunidade de ingressar na Pilkington como estagiária de Engenharia de Embalagens. Após passar por várias áreas da empresa, surgiu o convite para me especializar nas técnicas de reposição de vidros automotivos e depois fui convidada para liderar o desafiador projeto da Rede de Lojas da Pilkington.

  1. Como é formatado o modelo de negócios da rede de lojas Pilkington?

A Pilkington é uma empresa global, pioneira e líder na fabricação de vidros originais automotivos e está presente no Brasil há mais de 50 anos. Desde 2017, a empresa tem investido em sua própria rede de serviços com o objetivo de se aproximar do público final. A empresa já tem 22 lojas em 11 estados brasileiros que realizam a troca de vidros automotivos, o que significa disponibilidade imediata do vidro para o cliente. Como somos fabricantes e fornecemos para as principais montadoras do mundo, usamos nas lojas vidros originais, colas homologadas pelas principais montadoras e os mais modernos equipamentos e acessórios do mercado.

A rede de serviços se destaca pela alta tecnologia, elevado padrão de atendimento e quadro de funcionários, pois a Pilkington decidiu investir na empatia e se orgulha de ser a primeira empresa do segmento a garantir que todas as suas lojas tenham uma mulher como instaladora de vidros. O mercado de trabalho, até então dominado por homens, passa a sentir a diferença de ter mulheres na linha de frente. “A consumidora fica mais segura e se sente mais acolhida com a presença de uma instaladora na loja. Além do mais, as mulheres são mais cuidadosas e detalhistas no serviço. Com certeza, estamos quebrando paradigmas e pré-conceitos.

Trouxemos para o mercado de vidros automotivos o conceito de oficinas limpas e organizadas, confortáveis para o consumidor: todas as lojas tem salas de esperas climatizadas, com sofás confortáveis e café quentinho, pátio de serviços limpo e organizado. Assim, tornamos as lojas mais amigáveis para o público feminino, além de quebrarmos o mito preconceituoso de que “serviço automotivo é trabalho para homem”. Além do mais, todas as lojas seguem o mesmo padrão de comunicação visual e de qualidade no serviço, pois todos os funcionários são treinados na Pilkington Academy (http://www.amarcaepilkington.com.br/pilkington_academy/), o centro de treinamento na fábrica em Caçapava-SP. Por isso, o cliente tem a certeza da qualidade do serviço em qualquer Loja Pilkington no país.

Na Pilkington não há qualquer tipo de distinção entre os gêneros. Aqui, nós mulheres, sempre nos sentimos perfeitamente incluídas, respeitadas e valorizadas. A empresa oferece ferramentas adaptadas e modernas, que diminuem o esforço físico da colaboradora, e investe em treinamentos constantes. Além disso, nos processos seletivos oferecemos oportunidades iguais para homens e mulheres nas entrevistas e não há desigualdade salarial entre homens e mulheres que exercem a mesma função.

Esse projeto da Pilkington tem alma feminina desde o início e fico muito honrada em fazer parte e compartilhar conhecimento com outras mulheres que querem trabalhar nessa área, que é majoritariamente ocupada por homens, mas aos poucos vai percebendo os benefícios de ter mulheres a frente. Pois, a consumidora fica mais segura e se sente mais acolhida com a presença de uma instaladora na loja. Além do mais, as mulheres são mais cuidadosas e detalhistas no serviço. Com certeza, estamos quebrando paradigmas e pré-conceitos!

A Pilkington optou por colocar mulheres em posições estratégicas não só porque acredita na igualdade de gênero; mas também para mostrar que a mulher pode estar e trabalhar onde ela quiser, como ela quiser. E esse tema não é recente, pois desde 2016 a empresa tem se aproximado do público feminino com o blog “Agora é com Elas” (http://agoraecomelas.com.br), a newsletter “Agora Mulheres” e em suas redes sociais. Além disso, a empresa tem um Comitê Global de Inclusão e Diversidade, que tem trabalhado com o objetivo de oferecer um ambiente de trabalho e cultura mais inclusivos, e debate a inclusão da mulher no mercado de trabalho desde o início.

  1. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira?

Eu não diria mais difícil e, sim, mais desafiador: foi o momento em que fui convidada para tomar a frente do projeto da Rede de Serviços Pilkington no Brasil. Pelo tamanho e pela magnitude do projeto, o desafio era enorme: implantar e gerir uma rede de lojas de serviços automotivos nos quatro cantos de um país vasto como o nosso não era uma tarefa fácil. Soma-se ainda a mudança na própria Pilkington que passou a atuar diretamente com o consumidor final. Mas, esses desafios me movem e me animam para dar cada vez mais de mim todos os dias.

  1. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal x vida corporativa/empreendedora.

A vida pessoal e profissional se misturam. Aliás, acredito que hoje em dia não dá mais para separar as duas coisas. Acho que o segredo é gostar do que eu faço: como trabalho em um negócio que me inspira, estou sempre entretida e motivada.

No trabalho, estou tão contente como quando estou com minha família, as realizações da vida pessoal e da profissional se misturam e não vejo problema nenhum nisso. E, independente do que falem, sempre dá tempo de dar atenção à família mesmo trabalhando muito: eu sou a prova.

Atualmente além deste grande projeto que venho seguindo junto a Pilkington, decidi realizar um investimento próprio, abri uma loja de acessórios femininos, portanto meu dia deixou de ter apenas vinte e quatro horas, pois o desejo e estima de sucesso entre Pilkington, o empreendedorismo e vida pessoal é imenso. Nada é impossível para quem corre em rumo ao sucesso.

  1. Qual o seu maior sonho?

Meu maior sonho é poder consolidar e disseminar a marca Pilkington em nosso mercado nacional. Em paralelo pretendo planejar melhor minha vida pessoal e daqui uns quatro anos poder plantar minha semente no mundo junto ao meu marido e termos um filho.

  1. Qual a sua maior conquista?

Não quero parecer redundante, mas sem dúvidas a minha maior conquista foi conquistar a confiança da Pilkington a ponto de ser convidada para liderar o projeto das lojas. É um projeto estratégico para a companhia e entre tantos profissionais competentíssimos que trabalham na empresa, ser escolhida para tocá-lo foi e é uma grande honra.

  1. Livro, filme e mulher que admira

Filme: Anastasia (porque às vezes as pessoas se veem obrigadas a criar maturidade antes do tempo)

Livro: A menina que roubava livros (ela se expunha aos riscos para seguir seu sonho que era a leitura. Esse livro me inspirou a ser determinada)

Mulher que admiro: Luiza Helena Trajano, que comanda a rede de lojas de varejo Magazine Luiza.