Nossa mulher positiva desta matéria é mais que especial! Linda e inteligente, escolheu se tornar uma Arbitra! Confiram a entrevista abaixo!

1) Como começou a sua carreira?
Minha carreira como arbitra início de uma forma muito interessante, eu sempre fui apaixonada por futebol comecei jogar bola com 7 anos, aos 15 já jogava em time profissional no Brasil (São Bernardo) e passei por alguns outros.
Em 2013 conclui minha faculdade (Universidade Sant’Anna) na qual também tinha bolsa de atleta e à representei por 4 anos, nesse período tive algumas oportunidade como arbitra.
Em 2015 me mudei para os EUA (California) onde aquele sonho de ser jogadora, jogar fora do país, estudar com bolsa, ainda existia dentro de mim, ainda mais vendo com meus próprios olhos um país tão desenvolvido que valoriza as mulheres.
Mas fiquei um pouco dívida, pois precisava trabalhar e me sustentar, e talvez me dedicar ao futebol seria difícil.
E então comecei a me dedicar a arbitragem onde eu já tinha uma pequena experiência.
E eu percebi que realmente estava preparada e era o que eu queria, foi quando um dia ao dar o apito final, meu coração acelerou e uma satisfação enorme dominou meu coração, a mesma sensação de que eu tinha quando finalizava um jogo como jogadora.



2) Você sempre foi apaixonada por esportes?

Sim, desde de pequena minha familia sempre me incentivou a participar de esportes, especificamente o futebol e eu posso dizer que sou extremamente apaixonada por futebol. 


3) Qual foi um momento marcante na sua carreira e porque?
Acredito que cada conquista é um momento marcante em minha vida principalmente por eu estar em desenvolvimento.
Mas uma delas foi fazer parte do primeiro grupo de arbitragem feminina como arbitra central de uma final masculina e logo em seguida ser escolhida para ser arbitra da primeira final sub 19 feminino dos jogos de categoria de base da USSOCCER .


4) Qual o seu sonho?

Meu sonho é ser uma arbitra FIFA.


5) Qual a sua maior conquista?
Minha maior conquista e saber que a cada dia me supero dentro dos meus desafios.

Livro: Laws of the Game 2017/18
Filme: A espera de um milagre / Desafiando Gigantes
Mulher: Minha mãe