Educação / Encontro organizado por Anne Wilians, presidente do INW (Instituto Nelson Wilians), e Carla Góes, médica e membro do Comitê de Combate à Violência Contra a Mulher, reuniu na última sexta-feira (15) cerca de 60 empresárias, de diversas áreas de atuação, em São Paulo.

Anne abriu o encontro ressaltando a importância do comprometimento de todas na busca de uma sociedade mais justa. Ela destacou ainda o trabalho do INW, que nasceu há pouco mais de um ano como braço das ações sociais do escritório Nelson Wilians & Advogados Associados. Sem fins lucrativos, o instituto atua em todo o Brasil com foco no empoderamento social como condição para superação das desigualdades.

No início do mês de março, o INW lançou o projeto “Multiplicadores do saber: construindo pontes”, que visa capacitar educadores do Brasil que atuam com pessoas em situações de vulnerabilidade.

De acordo com Anne, o objetivo é oferecer ferramentas e mecanismos de desenvolvimento de competências para educadores e seus destinatários primeiros, os educados.

“Essas ferramentas, se utilizadas de forma eficaz em sala de aula, podem transformar a cultura de ensino, a interação entre educador e aluno e cuidar socioemocionalmente de ambos”, ressaltou Anne.

Com um tom informal e descontraído, algumas convidadas compartilharam suas experiências pessoais e profissionais, além de formas de participação para o empoderamento da mulher. A presidente da Lacoste Brasil, Rachel Maia, que já foi presidente da Tiffany e Pandora, contou sua trajetória de vida e superação. Na sequência falaram a médica Carla Góes, as representantes da Rede Feminista de Juristas (Isabela Del Monde, Thayná Yarede e Marina Ganzarolli) e Fabi Saad + Sofia Patsch, do Mulheres Positivas.

“O debate foi rico porque mostrou experiências diferentes”, disse Anne ao final do encontro. “Ainda temos uma longa jornada para uma sociedade mais justa. Devemos comemorar as vitórias, mas continuar firmes nessa caminhada”, concluiu.