Rio 40 graus. São Paulo 35 graus. Resto do Brasil, na mesma pegada. Mas sempre com aquela sensação de muito mais.  Enquanto ainda era reveillón, carnaval (e aqueles dias que ficam no meio desses dois), tudo bem. Mas, agora, o ano começou. Ao trabalho, pessoal!  Em dia de home office é simples: é por o biquini e estender a canga em frente ao computador. Mas como essa não é a realidade de muita gente, resolvi fazer esse post para enfrentarmos esse verão com profissionalismo (e  alguma dignidade, o que é possível abaixo dos 40 graus. Acima disso, já não garanto).

Não gosto muito dessa coisa de pode e não pode, de regras absolutas. Mas, quando se fala de trabalho, escritório, carreira etc tem, sim, algumas coisinhas que podem pegar mal. Saia curta demais e decote profundo, transparências, roupa muito chamativa ou que mostre muita pele. Enfim, coisas bonitas que a gente costuma usar muito no verão, mas que não deveriam ir para o escritório. Tira o foco do que é mais importante, seu trabalho. Isso posto, o que a gente precisa considerar é se está em uma empresa/ramo de atividade/profissão mais formal ou informal. Se o dress code do lugar é mais sisudo, mais sério ou se permite mais, se é flexível (entenda melhor sobre cada área nesse post). Com essa informação nas mãos, dá para escolher muita coisa e ir linda e fresca para mais um dia de batente.

Substitua o blazer pelo maxi colete – é um jeito super in de formalizar o look sem morrer de calor.

maxi colete paula martins

A consultora Paula Martins de maxi colete Zara

Vestidos – É, de longe, a peça mais fácil para quem tem pouco tempo ou paciência na hora de se vestir de manhã. Dá pra ficar elegante rapidinho e deixar o visual mais interessantes com poucos acessórios, como um super colar, braceletes ou brincões. Ou tudo isso junto, vai depender do lugar e do gosto. Post inteirinho dedicado a isso aqui, ó!

consultoria de estilo roupa trabalhar

Combine o vestidinho com um kimono ou blazer para deixar mais sério, mais profissa. Look Wasabi

 

Pantacourt – Fresquinha e super em alta ainda nesse verão (pra mim, é o tipo de peça que vai ficar no guarda-roupa por muito tempo). Fica chique, fica profissional e não faz ninguém passar calor. Vai bem para altonas e para baixinhas (de preferência com um saltinho da cor da pele para alongar as pernocas) e para as gordinhas (escolha modelos não muito largos, mais retos e cores  mais escuras.)

consultoria de estilo roupa trabalhar

A blogueira Mary Orton e seu terninho de pantacourt: pelo menos os tornozelos estão fresquinhos

pantacourt consultoria de estilo

pantacourt da Wasabi, marca que eu adoro, perfeita pro batente

“Decotes” alternativos – Em ambientes sérios, e com isso eu digo um banco, uma consultoria de gestão, uma empresa da área financeira ou legal, fica mais complicado usar decote. Mas se você é arquiteta, designer, vendedora, se trabalha em áreas menos “sérias” pode usar um decote mostrando parte das costas ou fendas nos ombros, por exemplo. É um jeito sexy de levar verão para o look sem passar dos limites do vestuário profissional.

consultoria de estilo roupa para trabalhar

Ombros de fora subsitituem o decote e podem ir para ambientes casuais de trabalho. Look Gallerist.

mary orton

A blogueira Mary Orton e o decote nos ombros, que dá para trabalhar sem “causar”

Saia longa – Não quer mostrar muito, mas também não é por isso que vai passar calor, certo? Saia longa fica lindo para o trabalho. Escolha um modelo em tecido mais durinho (malha não vale), como um algodão, seda encorpada ou de alfaiataria.

Bom trabalho!

Dúvidas, sugestões e consultoria online em : consultoria@fabianacorrea.com.br ou no meu insta @fabianacorrea_estilo