9661477e6419a9ad5f6a24e9bd5c81ee

Anthropologie

Esse negócio de que a gente se veste melhor no inverno é uma das maiores balelas da moda. Dentro de casa, então… Estão aí as Havaianas com meia de lã que não me deixam mentir. Como o inverno no Brasil é era curto, as pessoas acabam improvisando muito nas camadas necessárias pra garantir um conforto mínimo e o resultado, em termos de estilo, nem sempre é uma coisa boa de se ver. Vamos acabar com isso agora? Aproveita esse final de semana frio pra ficar bem vestida no conforto de seu lar. Afinal, é dentro de casa que a gente convive com quem a gente mais gosta, que a gente se olha no espelho, que a gente curte a própria companhia. Então, porque não ficar confortável AND bonita, nem que seja só pra ler um livro e tomar um vinho jogada no sofá? E, se bater a fome e você precisar descer até a padaria da esquina, vergonha eu te garanto que você não passa. Um dia eu fui levar as crianças de roupão de lã na escola e qual não foi a surpresa ao perceber que o pneu furou no caminho de volta. E, não contente com essa lição que a vida me deu, um dia fui de pantufas até a padaria e encontrei a ex do meu então namorado por lá. Garanto que ela ficou bem feliz de me ver naquele estado. E aí, vai precisar aprender com a vida ou prefere aprender com esse post? Vem comigo que eu te ensino algumas regrinhas do loungewear de respeito.

A número UM MAIS IMPORTANTE DE TODAS DE TODOS OS TEMPOS é: roupa de ficar em casa não é aquela que você vai descartar do guarda-roupa mas, num arroubo de consumo consciente, resolve não jogar fora pois vai deixar “pra usar em casa”. Pense se é assim que você gostaria que seu marido aparecesse no final de semana de Netflix em casa, de camiseta furada e calça de moletom puída. Pensou? Ok, então você sabe que estou certa.

A. Nyemeyer

A. Nyemeyer

 

Quando a gente faz a limpeza de guarda-roupa, muitas clientes querem aproveitar tudo o que vai ser descartado para “usar em casa”. Minha dica: invista na sua autoestima e não faça isso. Roupa de ficar em casa tem que ser gostosa, às vezes até mais usadinha, pois tá mais amaciada, mas não é peça velha, nem feia, nem desfiada, nem furada, nem puída, nem descosturada, nem que você ia jogar fora, nem curta, nem que você ganhou da sogra.

Blog Noholita

Blog Noholita

Tecidos molinhos, como moletom, cashemere, tricô de algodão, lã de alfaiataria são legais pra esses momentos de intimidade estilosa. Peças amplas, como maxi suéter, kimonos, vestidos longos, calças esportivas são as melhores. Até pode ter um legging, mas esse tá mais batido e eu prefiro deixar pra aula de ginástica. Mas tudo bem, também serve pro nosso closet intimista.

Todos esses looks são pra você se inspirar e ficar linda nesse final de semana, enquanto vê Netflix com o boy, com as crianças, com os amigos, com seus pais ou, simplesmente, enquanto curte sua própria companhia.

Se aqueça com classe nesse inverno. Mas com classe.

Mais dicas de moda no meu insta @fabianacorrea_estilo.

Até!

inverno_16_21-456x714

A. Nyemeyer

 

Hering

Hering