_Q1B5702

Feito à mão está na moda, graças a Deus. Nada pode ser mais lindo do que algo (lindo) feito à mão. Pra mim, essa é a expressão máxima da beleza: quando eu pego uma peça de roupa ou acessório e percebo os detalhes que só poderiam ter sido feitos por um artesão. E, nesse campo dos trabalhos manuais, tricô é um dos mais lindos. Amo tricô e estou curtindo muito as peças da Señorita Galante, marca tocada a quatro mãos pela criadora Anne Galante e sua irmã, Ana.

SGalante_CachoeiraConceito_019 (1)

Anne aprendeu aos 12 anos e desde então foi aperfeiçoando o que sabia. Como não conseguia o apoio das senhorinhas que davam aula nas lojas de armarinhos, desenvolveu sua própria técnica. “Eu queria fazer coisas diferentes, que fugissem do tradicional, mas as professoras não entendiam muito bem e acabei virando autodidata”, diz. Como ela é a mil por hora, não consegue ficar muito tempo fazendo a mesma coisa. Então cria as primeiras peças, manda o modelo para sua equipe continuar o trabalho e já parte para as próximas criações. Por isso que a marca tem de biquíni a cabeceira de cama, peça que desenvolveu para o arquiteto Artur de Mattos Casas. Seus tricôs e crochês estão nas araras de marcas como Alexandre Herchovitch, Fernanda Yamamoto, NK Store, Mixed e Spezzato. Todas já descobriram a belezura que é esse trabalho e que tricô fica bem com jeans, paetê, tênis, moletom, salto alto e por aí vai. Dá uma olhada em algumas das peças que ela desenvolve para sua marca própria.

_Q1B5593

O que sabe, Anne passa adiante. Ela ensina os pontos para alunos que frequentam seu ateliê e também dá aulas a ex-moradoras de rua na Ong Lua Nova. “Essas meninas aprender a tricotar e fornecem peças para minha marca, mas também ficam livres para desenvolver e vender seu próprio trabalho”, conta. Quem quiser ver ela fazendo tudo isso de perto, vai lá no Sesc Pompeia nesse sábado, dia 30, das 13h às 19h, em uma performance que é sonho antiga da moça. Anne vai fazer um tricô com fios gigantes e agulhas de dois metros de comprimento. No final, o resultado será uma espécie de cama tricotada de 6m x 6m. “Eu queria que todo mundo pudesse parar um pouco, relaxar e sonhar comigo”.

A artesão, estilista, tricoteira Anne Galante

A artesão, estilista, tricoteira Anne Galante

Gostou?

Me conta.

Mais sobre estilo no meu insta @fabianacorrea_estilo

Até!