Uma das minhas metas para 2019 é trazer mais verde para dentro de casa e também para meus futuros projetos. Já tive uma fase de muitas plantas e flores espalhadas pelos cômodos, mas com a chegada das crianças, o tempo ficou escasso e a dedicação a este hobby diminuiu. 

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @a81_design)

Plantas em casa vão além da questão estética (foto: Pixabay)

Aos pousos, o hábito de cultivar os vasos tem voltado. E como eu tinha me esquecido de como ele traz momentos de autoconhecimento e reflexão. Já faz um tempo, o paisagismo é parte integrante de um projeto antes mesmo da etapa inicial e deixou de ser uma proposta meramente decorativa. 

E não tem como ser diferente. Jardins e áreas arborizadas já eram retratados em relatos bíblicos. Atualmente, se adequa a qualquer ideia, mesmo que seja puramente industrial. Compor plantas e flores faz uma completa e absoluta diferença no ambiente. Há ainda infinitas opções de vasos, recipientes e suportes.

E não há desculpa para não tê-las por perto. A diversidade de espécies facilita o cuidado, seja ele diário ou semanal. O importante é criar a prática de cultivá-las. Mais que fazer bem à estética do lar, o verde purifica a alma.