Conceito mais que recorrente e que veio para ficar, a sustentabilidade pode se espelhar de várias maneiras no design de interiores e uma delas é por meio do uso de materiais que normalmente seriam descartados como lixo, mas que podem ganhar papel de destaque no seu projeto de decoração. 

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @a81_design)

Pneu, corda e prateleiras deram origem a esta sala de estar (foto: arquivo pessoal)

Além de ser uma alternativa favorável ao meio ambiente, é ótima ideia para quem está montando sua primeira morada e precisa gastar o mínimo possível para decorar os ambientes. Uma lata de leite pode virar um vaso simples, enquanto uma garrafa com desenho diferente se dá super bem como base para uma luminária; sobras de papel de parede emolduradas também se transformam em quadros e, por que não, um pneu furado não ser ponto de partida para um pufe? 

O importante neste processo é usar a criatividade e, caso necessário, recorrer a um profissional especializado com os materiais para que o móvel ou objeto não fique com aquela cara de “trabalho da escola”. Para buscar a matéria-prima, é sempre bom ficar de olho no depósito de lixo do prédio, nas caçambas espalhadas pelas ruas e até mesmo no descarte diário de embalagens, vidros e latas da sua casa. Dia desses, consegui uma cadeira praticamente nova dispensada na reforma da escola do meu filho. 

Somado ao fato de poder economizar em alguns itens para investir em outras prioridades, a “reforma” de elementos que seriam descartados pode ser uma prática recorrente, terapêutica e se enjoar, é só doar e criar novamente. Mãos à obra!

Lata de leite e barbante colorido para alegrar a casa (foto: arquivo pessoal)