Confesso que antes desse isolamento social, nunca havia me rendido à prática de meditação ou atividades afins. Apesar de vários amigos relatarem a benfeitoria do processo, estava sempre “ocupada” com outros afazeres e, quando disponível, nem requerer me lembrava de tomar tal iniciativa. 

Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @anelisalopes)

Cantinho para meditação (foto: living.com/Pinterest)

Dia desses, no entanto, resolvi baixar um dos aplicativos e executar o processo. Estava com a cabeça cheia, dia todo correndo para dar conta das questões pessoais, profissionais, crianças, aula à distância, limpeza da casa… Decidi fazê-lo antes de dormir, por 20 minutos, pois, concluí que não teria “paciência” para mais tempo ou simplesmente adormeceria. E nem um nem outro. Quando acabou, pensei “mas, já?”. Coloquei mais um pouco e finalmente dormi. 

E assim tem sido há uma semana. Estou com uma impressão diferente: é como se minha mente desse um “reset” antes de adormecer. E não tenho mais acordado durante a madrugada. Acredito que o resultado pode ainda ser superior com a volta das atividades físicas – afinal, fazer exercício em casa assistindo pelo celular não tem dado muito certo para a minha indisciplina física. Passado esse ponto, considerei montar um cantinho em casa para quando passar à fase dois da prática: meditar de fato, diariamente. 

Sou uma iniciante no assunto, mas acredito que algumas orientações como designer de interiores podem ser de grande valia para o novo espaço. Em primeiro lugar, avaliei em qual momento do dia seria importante realizar a meditação: para mim, pelo fato de correr o dia todo com as crianças – e gostar de dormir até o último minuto pela manhã – é mais tranquilo antes de dormir. Ou seja, o quarto continua sendo o local ideal. Mas para quem gosta de fazer nos primeiros momentos do dia, sugiro um cantinho onde incida luz natural. 

Considere o conforto como principal aliado: uma rede ou um futon/almofada grande para se acomodar e uma manta para os dias mais frios. Ao lado, um copo de água e um bloco de anotações para mentalizar positivamente novos projetos e, claro, colocar em pauta situações de agradecimento. Uma frase inspiradora no local em um quadrinho ou placa também é uma boa dica. Deixe uma caixinha de som ou fones de ouvido sempre por perto e boa meditação!