Depois de quase dois anos em reclusão, uma explosão de novas possibilidades e conquistas bate à porta. Neste tempo em que a casa se tornou refúgio, quantas sensações, boas e ruins, foram experimentadas e nos levaram a um novo nível de conhecimento, seja sobre nosso espaço, o mundo ou nós mesmos. 

(ANELISA LOPES ESCREVE ÀS TERÇAS. PERFIL NO INSTAGRAM: @anelisalopes)

Acredito que a maneira mais sutil, porém, reveladora de conhecimento e transformação seja feita pela cor, já que ela está em todos os lugares: na escolha da roupa, cabelo, carro… Para se chegar a um resultado esperado com a pintura, trazendo para o mundo de design de interiores, é preciso corrigir imperfeições, especificar com clareza o que se deseja com a tonalidade escolhida, trabalhar com foco e esperar o tempo necessário para a mudança se mostrar ao mundo. Para mim, se assemelha muito a um momento de autoconhecimento: lapidação e descoberta. 

Nas últimas semanas, as grandes marcas de tintas divulgaram a cor escolhida para 2022, listadas nas imagens abaixo Para eleger esta tendência, que também refletirá no mercado da moda e da construção de forma geral, elas realizam um extenso estudo baseado em comportamento e tendências globais baseados em aspectos sociais, culturais e econômicos. Para 2022, uma gama com azul, laranja, verde e lilás foi anunciada. O que tonalidades tão distintas trazem em comum para terem sido eleitas nestes levantamentos?

Nascer do sol, observar o limite entre o horizonte e o céu, pisar num quintal gramado, observar o entardecer… O que nos parecia tão simplório e nos foi privado nestes mais de 18 meses se tornaram experiências singulares que podem garantir o bem-estar físico e mental. Juntas ou de forma isoladas, estas cores que nos conectam ao natural representam um alívio para os tempos sombrios e também esperança para o que está por vir. 

Para que a tarefa de eleger a cor ideal não seja frustrada, no entanto, é preciso materializar nossa conexão com o que nos é verdadeiro. A tendência nos orienta, mas pode ou não nos definir. A cor tem a ver também com identidade, consciência e como ela se refletirá naquilo que desejamos para nosso próximo momento. Para ter a tonalidade ideal ao seu redor, tão importante quanto ter a cartela de cores ou a orientação de um profissional contratado, é resgatar lembranças e analisar suas preferências pessoais.  

Coral Melodia Suave (foto: divulgação)

Eucatex Creme de Papaia (foto: divulgação)

Suvinil Eclipse (foto: André Klotz)

Sherwin Willians Neblina Perene (foto: divulgação)

Lukscolor Macau (foto: divulgação)