Que tal colocar a mão na massa para atualizar ou reformar aquele móvel que está encostado na garagem ou no canto da casa pedindo para ser reformado? Para quem acha que é uma missão quase impossível, segue um passo a passo simples. Além de passar o tempo com uma atividade produtiva, tenho certeza de que vai tomar gosto pela coisa. Antes de começar, verifique e separe o material e ferramentas que serão utilizados. 

Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @anelisalopes)

Prepare o local, desmonte a peça e mãos à obra (imagem: arquivo pessoal)

Tenha paciência para esperar a secagem por completo (imagem: arquivo pessoal)

  1. Escolha e prepare o local

Um cantinho perto da janela e bem ventilado é o lugar mais propício para você realizar seu trabalho. O ideal é que esteja um dia de sol para que você consiga fazer as demãos de tinta no mesmo dia. Forre duas vezes a área do chão e cole fita crepe para que a cobertura do piso não fique voando. 

  1. Limpe e desmonte a peça

Com um pano úmido, limpe a peça, principalmente os cantinhos e buraquinhos. Se for preciso, use uma escova de dentes velha ou cotonete. Não use produtos para não prejudicar a pintura depois. Depois de limpa, comece a desmontagem e/ou cubra as partes que não receberão retoque. Guarde os parafusos e peças pequenas separadamente para não se confundir na hora de montar. Lembrando que essas peças, como puxadores ou dobradiças, também podem ser renovadas.

  1. Verifique as condições de cada parte

Depois de limpa e desmontada, verifique quais partes estão danificadas e se você é capaz de recuperar com massa plástica, de madeira ou corrida. Normalmente, depois de pintadas, esses danos superficiais acabam passando batido. Se for o caso, repare. Lembrando que peças com verniz ou tinta muito escura precisam de um preparo, com lixa e um fundo mais claro. 

  1. Pintura

Essa é a parte mais divertida, pois você começa a dar vida nova ao móvel. Tenha paciência e use o pincel ou bolinho adequado. Sem experiência, é fácil comprometer todo o resultado em razão da pressa. Passe uma demão, espere secar completamente. Se ficar com aspecto grosseiro, dê uma lixada e comece a pintar novamente. No final, deixe secar uma noite inteira se for preciso. Lembre-se de manter animais de estimação longe das peças, principalmente  durante a noite. 

  1. Montagem final

Depois de seco, chegou a hora de remontar. Muito cuidado para não lascar as partes pintadas. Você pode ainda adaptar a estrutura do móvel, como, por exemplo, deixar sem as portas ou gavetas dando outra função à mobília. 

Os acessórios da mobília também podem ser trocados (imagem: arquivo pessoal)

Você nem vai se lembrar de como era o móvel antes da reforma (imagem: arquivo pessoal)