Neste final de semana, visitei a 31 edição da CasaCor Rio, que vai até 26 de junho. Diferentemente do ano passado, em que as exigências sanitárias limitaram a experiência em alguns detalhes, dessa vez, a mostra faz o visitante mergulhar de cabeça em seus 45 ambientes. As áreas externas também foram mais bem aproveitadas e trazem muita bossa carioca para quem quer fazer um programa com a família.

(ANELISA LOPES ESCREVE ÀS TERÇAS. PERFIL NO INSTAGRAM: @anelisalopes)

O pós-isolamento social germinou diversos ambientes que tratam do cuidado e bem-estar mental, como quartos e banheiros com uma pegada de spa. O branco e cru, a madeira, assim como os tecidos de fios naturais, marcaram presença em massa para passar a sensação de acolhimento com um toque de sofisticação. 

Senti falta dos quartos para jovens e crianças, assim como de projetos para cozinhas – a original da casa foi transformada em um café. Aliás, há diversas opções para quem quer começar, passar ou terminar o dia por lá. Bar da piscina, café na cozinha e Espaço Figueira, com três opções de restaurantes, garantem um bom tour gastronômico pela mostra. 

Alguns módulos contêineres com ambientes diversos foram espalhados pelo terreno de 12 mil metros quadrados emoldurado por mata atlântica para divulgar soluções sustentáveis. Pelo jardim também há intervenções artísticas para serem contempladas em poltronas, gazebos e balanços. 

Nas fotos abaixo, selecionei algumas ideias criativas que podem ser aplicadas na nossa casa. 

Cesto para guardar ou oferecer garrafas em um jantar no projeto de Mauricio Nóbrega (foto: arquivo pessoal)

Neste projeto de Adriana Valle/Patricia Carvalho, luminárias do tipo clipe destacam objetos e dão um efeito especial às prateleiras (foto: arquivo pessoal)

No mesmo projeto, a cortina, um recorte de tecido bordado, também foi pendurada por clipes em um fio de aço (foto: arquivo pessoal)

Lucilla de Queiroz/Renata Quintanilha inventaram um puxador especial para os amantes de livros (foto: arquivo pessoal)

Diego Raposo e Manuela Simas propõem um clima intimista e relaxante com paineis de tecido em chassi de madeira fazendo as vezes de cortinas e velas de diferentes tamanhos na bandeja (foto: divulgação)

Rodrigo Barbosa criou uma moldura a partir de uma caixa rústica (foto: arquivo pessoal)