Seja pela correria do dia a dia ou simplesmente pela falta de costume, principalmente para aqueles que passam o dia fora de casa e voltam do trabalho tarde da noite “apenas” para um banho e dormir, criar hábitos que façam diferença na rotina da casa pode ser primordial para transformar uma área habitável em um lar. Quais seriam eles e como cultivá-los?

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @a81_design)

Pequenos hábitos que transformam uma casa em um lar

Durante uns bons anos, viajei muito a trabalho e, portanto, mesmo que começasse uma prática do tipo, acabava deixando de lado pela falta de tempo de permanecer em casa. Mas, o engraçado desta situação é que, em todas os destinos, eu comprava algo para minha casa que tivesse a ver com o “exercício” que desejava praticar: um espremedor de alho super moderno para aprender a cozinhar ou um vaso diferente comprado em alguma promoção para começar minha horta. 

Na minha memória afetiva, lembro-me de algumas casas de amiguinhos que frequentavam que tinham alguns pontos em comum e que traziam essa sensação de aconchego e cuidado com o próximo. Por incrível que pareça, eram extremamente simples: flores espalhadas em vasos e um bolo fresco para o lanche da tarde. 

Alguns gestos corriqueiros podem fazer a diferença no habitar não só para o dono da casa, mas também para seus convidados. Cultivar plantas, borrifar aqueles “cheirinhos” pelos ambientes, deixar uma bandeja pronta para o café. Tudo que pode ser feito de forma rápida e que traga uma sensação de bem-estar.