A decisão de reforma ou repaginação de ambientes está tomada. a partir de agora, começa a fase de planejamento e execução. Quais são os principais equívocos que os clientes cometem que podem acabar atrapalhando o processo? 

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @anelisalopes)

  1. Planejamento 

Ele determina todo o andamento da obra, controla o prazo de entrega e permite inserir novos elementos no processo sem que ele seja comprometido. É preciso ter em mente que o projeto tem um tempo de maturação, pois é preciso que clientes e designers/arquitetos cheguem a um consenso para evitar retrabalho. Considere ao menos 45 dias para marcenaria e até 60 dias para entrega de móveis adquiridos em lojas. Ou seja: se você pretende reformar, comece a tarefa com ao menos três meses de antecedência do início da obra. 

  1. Pedreiro não é engenheiro; empreiteiro não é arquiteto e decorador não é designer de interiores 

Esta confusão normalmente acontece na contratação de mão de obra. É preciso alinhar expectativa x realidade na hora de orçar, pois profissionais graduados como engenheiros, arquitetos e designers de interiores não só assumem a responsabilidade pelo serviço como também podem supervisionar cada etapa e equipe do processo. Comparar valores estipulados por alguém graduado e não graduado nunca deve servir de barganha para diminuir valores na contratação de serviços.  

  1. Imprevistos 

Sim, eles acontecem e podem atravancar todo o planejamento. Devem ser considerados para ter uma margem de folga no prazo de toda a planilha. Um exemplo: o encarregado do transporte lascou a pedra que foi escolhida para o piso. O imprevisto pode atrasar a colocação do rodapé, a pintura, a instalação da marcenaria e a pintura. Neste casos, paciência, tolerância e empatia são os melhores remédios. 

  1. Medidas 

“Eu tinha certeza de que cabia naquele espaço”. Não tinha até que o móvel chegou e não coube ou, ao contrário, deixou um vazio que fará a pessoa comprar um complemento que não estava previsto, como uma mesa lateral. A trena é o único instrumento capaz de dar esta certeza, então, nunca execute um projeto sem medir. Lembre-se dos elevadores, escadas de acesso e portas para não ter de fazer um içamento de última hora, pois sai caro, acredite. 

Quais são os principais equívocos cometidos antes de reformar? (imagem: arquivo pessoal)