Dezembro chegou e, com ele a sensação de “não consegui fazer metade das tarefas que precisava”. A bem da verdade é que o ano passou rapidamente e foi extremamente intenso, deixando a ideia de muito a concretizar e pouco tempo a realizar. Mas não desanime. Se não vai dar tempo de colocar a mão na massa em 2019, ao menos, um planejamento com menos cobrança e mais tranquilidade para colocar a casa em ordem não leva mais que meia hora para ser rabiscado. 

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @anelisalopes)

Transforme seus ambientes aos poucos, com um bom planejamento (imagem: arquivo pessoal)

Na ordem de prioridades, inicie pelo reparos estruturais. Eles não precisam incluir necessariamente a derrubada de paredes, mas podem começar pela troca de lâmpadas queimadas, encanamento com vazamentos, infiltrações ou rachaduras. No dia a dia, não nos damos conta do quanto estas pequenas coisas podem nos atrapalhar ou atrasar nossa rotina. 

Depois dos reparos básicos feitos, chegou a hora de considerar pintura, papel de parede, troca de revestimento ou piso. Os dois exigem um pouco mais de paciência, pois necessitam de medição, escolha e faxina depois da realização. Mas a partir desse ponto, sua casa já ganha cara nova e com pouco investimento financeiro. 

Em terceiro lugar vem a marcenaria planejada ou algum novo mobiliário como cama, sofá, mesa ou cômoda. Importante considerar neste ponto algo que exerça uma funcionalidade específica, como, por exemplo, uma sapateira para organizar melhor os sapatos ou um gabinete para o banheiro que ainda não foi pensado desde a mudança para a casa nova.

Por último, a decoração que, para muitos, é considerada,  erroneamente, o primeiro passo. Afinal, como escolher um vaso para a cômoda que não existe ou um quadro para a parede que está infiltrada? Na certa, não vai gerar o resultado esperado e ainda deixará o dono frustrado. Não tenha pressa, afinal, você tem mais 12 meses pela frente!