Saindo da casa de uma cliente hoje pela manhã, refleti a respeito de como os designers de interiores participam de fases importantes da vida das pessoas. No caso, ela desejava uma atualização completa do apartamento, pois está se separando do marido. Mais iluminação, mobiliário contemporâneo e cores claras, baseada em tons de azul e verde – que é a cor que representa renovação – serão a base para esta proposta. 

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @a81_design)

30 de outubro: dia do designer de interiores (foto: Pixabay)

Mais que desenhar e sugerir móveis e opções de tintas, o designer de interiores tem uma importante missão: criar ambientes funcionais e confortáveis para uma nova etapa. Também fazem parte deste trabalho ajudar no descarte e na seleção do que fica e do que vai embora. E existe sensação melhor que a de desentulhar e fazer aquela limpeza daquilo que ficou acumulado no armário durante anos?

Na semana passada, outro cliente pediu uma redistribuição dos móveis atuais no novo apartamento, que tem o dobro do tamanho do que está e que receberá um bebê em breve. Nesta proposta é preciso pensar também nas quinas, vidros e possíveis “trampolins” e “escorregadores” que podem representar perigo para o futuro integrante da casa. Planejar é muito mais prático e mais em conta que adaptar posteriormente. 

Esta reflexão de hoje não poderia ter acontecido em data melhor: no dia 30 de outubro comemora-se o dia do designer de interiores. Parabéns aos profissionais da área: que sejam sempre favorecidos com muita criatividade e bom gosto para transformar a vida e a história de seus clientes!