Minha madrinha costumava dizer que o dia só começava depois de a cama estar arrumada igual às de hotel. Passei anos assistindo ao seu ritual diário: bater os travesseiros, chacoalhar e esticar os lençóis, fazer um dobradura nas pontas e, por último, coordenar as almofadas sobre a colcha perfeitamente alisada. Talvez por isso desde nova tenho fascínio por enxoval. Além de ter papel fundamental na produção final de um projeto de interiores, uma cama bem apresentada traz sensação de segurança e acolhimento. 

(ANELISA LOPES ESCREVE ÀS TERÇAS. PERFIL NO INSTAGRAM: @anelisalopes)

Quais os itens necessários para montar um bom kit de enxoval? (foto: arquivo pessoal)

Uma rotina alucinante e dois filhos pequenos depois, já não cumpro esta tarefa com tanta maestria. Por isso, neste post trarei algumas dicas práticas para higienização, escolha e armazenamento do enxoval. E, para começar, destaco que a etapa número um do meu processo – arrumar a cama assim que eu me levantava – já caiu por terra. 

Segundo a bióloga e personal organizer Alessandra Melo, da Sua Casa com Vida, a recomendação é que se espere ao menos 1 hora para arrumá-la, pois durante o sono o corpo elimina suor, óleo e pele, alimentos perfeitos para ácaros. Cobrindo a cama ainda “quente”, criamos um ambiente favorável para os microrganismos. “O ideal é abrir as janelas para que a umidade seja reduzida com a ventilação”. O mesmo para as tolhas: secar ao sol ou na função de secagem rápida da secadora para eliminar ácaros presentes (veja mais dicas de higienização no final do post). 

Se você está saindo da casa dos pais ou vai fazer a lista de casamento e gostaria de incluir itens de enxoval na lista, opte por itens que podem ser coordenados entre si para ter uma maior oferta de montagem sem causar poluição visual. O tipo de tecido, que pode variar da leveza da seda até a rusticidade do linho, precisa ser alinhado ao perfil do morador. De nada adianta comprar artigos com 1.000 fios, por exemplo, se a pessoa for calorenta, já que a trama é mais estruturada. “O linho, por sua vez, não precisa ser passado a ferro e é válido para qualquer estação”, indica a diretora de varejo da Casa Almeida Caroline Buddemeyer. 

Ideal é que cores e texturas do quarto conversem com as peças da cama (foto: arquivo pessoal)

Apesar de o branco ser o carro chefe da loja, Caroline destaca que as cores e texturas do quarto são fundamentais para a escolha dos tons e tipo do enxoval. Itens como papel de parede, cabeceira, cortina, poltrona e tapete são as peças que vão coordenar com a roupa de cama, então, precisam ser harmônicas entre si. 

As capas de edredom são uma ótima pedida para quem mora em apartamentos menores, pois ocupam menos espaço e podem ser trocadas com mais frequência, permitindo a lavagem do edredom em um período de tempo maior (a cada três meses ou no início do verão/inverno). De acordo com as consultoras da Casa Almeida, um kit “inicial” é composto por um edredom, duas capas, três jogos de cama e quatro travesseiros. Outros itens que também podem ser considerados são dois jogos de cinco peças para banho. 

As almofadas avulsas também dão o toque final ao ambiente. Calcule a quantidade e dimensões pelo tamanho da cama. Ao menos um trio de almofadas, porta-travesseiros, uma manta e uma peseira também são essenciais para ter uma cama bem montada, avalia o pessoal da Casa Mineira, especializada em roupa de cama. 

Dicas para higienização do enxoval:

  • Leia as instruções de lavagem descritas na etiqueta. Com tanta variedade de composições de fibras têxteis e novas tecnologias, tanto das roupas de cama como das próprias máquinas, é bom ficar atento para não correr riscos de estragar o enxoval
  • Bicarbonato de sódio é um ótimo aliado para ajudar a clarear peças brancas. Além disso, é mais econômico e tem o mesmo efeito dos alvejantes fabricados sem agredir o meio ambiente
  • Jamais misture roupas claras com roupas coloridas; há o risco de a tinta se soltar dentro da máquina
  • Não use a opção de lavagem com água quente porque elas fixam as possíveis manchas
  • Caso mande as peças mais pesadas (edredom e cobertores) para a lavanderia, retire-as do plástico protetor assim que elas chegarem em casa, pois ele facilita o amarelamento e surgimento de mofo nas peças porque impedem que elas “respirem”
  • Não exagere no amaciante. Em excesso, pode deixar as toalhas duras. Opte por usar vinagre: é um amaciante natural e, acredite, não deixa cheio nas roupas. Se preferir, borrife água de lençóis quando for passar as roupas de cama. O cheiro é mais agradável e menos tóxico
  • Para guardar o enxoval de forma prática, faça as dobras usando um molde para facilitar a padronização do tamanho das peças e otimizar o espaço 
  • Separe as toalhas por jogos e as roupas de cama em casal, solteiro, hóspedes e avulsos para que consiga encontrar mais rápido aquilo que procura. Identifique as pilhas criadas
  • Faça rodízio dos jogos para usá-los de forma harmônica. Assim, você evita o desgaste precoce e economiza dinheiro

Padronize as dobras, identifique e faça um rodízio das peças (foto: Alessandra Melo)