No meio do caminho tinha uma pedra… Imóvel novo, branco e vazio, como uma folha sulfite a ser toda desenhada. Eis que surge algo para inviabilizar a ideia mirabolante: a coluna no meio da sala, a viga aparente, a parede com desnível e o canto em quina. Adeus para a configuração dos sonhos ou para aquele móvel ideal que não vai caber por conta deste “obstáculo”.

(Anelisa Lopes escreve sempre às terças. Acompanhe alguns de seus projetos e referências no Instagram: @a81_design)

Que tal prateleiras entre a coluna e a parede? (foto: arquivo pessoal)

Que tal, então, transformar este empecilho em algo a favor do seu projeto? Além de exercitar a criatividade, acabará dando mais personalidade à proposta e, em muitos casos, o entrave acaba se tornando o protagonista de toda a história.

Há várias formas de transformar o problema em solução. As colunas podem ser o ponto de apoio para prateleiras, por exemplo. Ou ainda “revestidas” por plantas para se tornar um ponto verde no espaço. As vigas, evidenciadas por uma nova cor, acabam dando charme ao teto. 

As paredes em desníveis, por sua vez, são o ponto de partida para pensar numa marcenaria inteligente ou na criação de volumes na parede com drywall ou espelhos. Já os cantos com ângulos menores que 90 graus podem receber uma mesa circular de apoio, um vaso ou ainda uma luminária de chão. 

Sempre que você se deparar com um elemento imutável, o encare como uma forma de tornar sua decoração mais funcional e com personalidade. Com certeza, ele deixará de ser um empecilho para acabar se tornando um ótimo desfecho.