Você faz isso? Eu fazia. Me olhava deitada de barriga para cima porque ficava tudo esticado ou então logo cedo, ao acordar porque o corpo está descansado e aparenta estar magro.

Como era difícil olhar a minha imagem no espelho, nas fotografias, ou mesmo sentada assistindo uma TV.

É por isso que eu sempre falo que excesso de peso é uma “dor” e sofremos com ela.

Me olhar no espelho, tirar foto de corpo inteiro ou sentar na poltrona para assistir TV eram coisas impossíveis de acontecer e quando acontecia precisava sempre pensar em posições estratégicas.

Conseguir todas estas coisas era um sonho para mim, mas sempre achei impossível, mesmo nos poucos momentos em que estava magra.

Então o que eu  tenho para te dizer hoje é que para emagrecer você precisar gostar do que vê quando se olha no espelho para que seu inconsciente atue a seu favor.  Ao contrário do que eu pensava , primeiro tenho que gostar de mim mesma, gostar do que eu vejo quando me olho para depois emagrecer.  Só pensando desta forma é que meu inconsciente irá agir a meu favor e me ajudar em meu processo de emagrecimento.

Melhore o seu dialogo interno, comece a falar coisas boas a seu respeito. Valorize as coisas suas potencialidades. Pare de só enxergar defeitos em você. Pode ser difícil nos primeiros dias, mas persista, você vai acabar gostando de você.

Esta é a dica de hoje.

Abraço.

Andrea Romão

Psicóloga e Coach especializada na reeducação emocional no processo de emagrecimento.