Para quem ainda não está acostumado com o fato de que comemos para suprir nossas necessidades emocionais e não nossas necessidades fisiológicas, vou listar aqui apenas algumas razões que fazem você comer mais do que precisa. Veja se você se identifica com alguma delas:

1. Você tem uma forte conexão emocional com a comida, isso muitas vezes está enraizado em relacionamentos com pessoas ou eventos significativos de seu passado. Possivelmente você relaciona estes episódios ou pessoas a acolhimento, amor e afeto.  Por exemplo: Aquele chocolate que ganhei do meu avô quando estava chorando ou aquele sentimento de orgulho que minha mãe tinha todas as vezes que eu limpava o prato.

2. Você sente internamente que lhe falta alguma coisa, mas não consegue entender o que é de fato. Você pode inconscientemente ter escolhido a comida para suprir esta falta. Então todas as vezes que este vazio aparece você busca por comida.

3. Você pode achar que quando se sente chateado, solitário, com raiva, triste, ansioso, estressado, ou qualquer outro estado negativo e come, um sentimento de alívio dos maus sentimentos e prazer tomam conta de seu corpo e sua mente.  E é por isso que todas as vezes que se sente assim buscar por este consolo.

4. Você se sente pressionado a comer? Pode ter sido treinado para terminar toda a comida em seu prato, e não desperdiçar nada – mesmo quando você não está mais com fome. Você pode se sentir obrigado a comer socialmente, para alguns, recusar a oferta de alguém de alimentos pode considerado um insulto. Ou ainda, não conseguir deixar de comer quando todo mundo está comendo sentindo que devem comer mesmo quando seu corpo não precisa da comida.

Identificou-se com alguma destas razões? 

Se você disse sim para a maioria destas razões, o que eu tenho para te dizer é que será imprescindível que você faça a reeducação alimentar, mas não se esqueça da reeducação emocional, será ela quem irá te mostrar o real motivo pelo qual coloca a comida na boca.

Gostou da informação? CONTE para alguém amigo que também pode se identificar! E ESPERE  porque na semana que vem tem mais.

Abraço.

Andrea Romão 

Psicóloga e Coach Especialista na Reeducação Emocional no Processo de Emagrecimento