BLOG 120117 1Você já teve aquele dia em que acordou questionando se a vida é apenas trabalhar esperando pelo final de semana, acordar sozinha ou ao lado de alguém que não nos estimula a sermos melhores, cuidar da rotina dos filhos, lutar todos os dias contra os ponteiros da balança e suar pagando as contas no fim do mês?

Acredito que sim, até as pessoas mais felizes do mundo já tiveram dias como este. Isto seria normal se não fosse a nossa tendência de manter esses dias da mesma forma durante quase toda a vida. Sofremos, mas por mais que lá no fundo de nossa alma possamos ouvir uma voz dizendo que tudo por ser diferente, não conseguimos permitir a mudança, afinal, um dia aprendemos e registramos em nossa mente subconsciente que esta seria a melhor forma de viver.

O que é necessário para poder virar a chave e mudar a sua forma de viver? Qual é o momento certo para parar de repetir a mesma história ruim e torna-la uma história interessante e, de preferência, com final feliz? O que te impede de fazer isso?

É o medo de fracassar? A demora nos resultados e a dor por esperar? A dúvida de estar seguindo o caminho certo? Na verdade, mudança é algo que nos apavora, principalmente aquela mudança interna, aquela que irá nos transformar de verdade, que vai nos tirar da nossa zona de conforto e nos lançar ao desconhecido. Entretanto, é assim que crescemos, quando olhamos para nós mesmos e reconhecemos quem de fato somos, respeitando nossas necessidades e desejos.

Entramos, sim, em contato com a dor, com o medo e o desconforto por não estarmos no controle de nossa vida. Mudar pode ser assustador, mas é a única chance que podemos nos dar de ter uma história com final feliz. É por isso que esse momento precisa ser vivido com toda a intensidade possível, porque só assim conseguiremos sair da escuridão e ressignificarmos nossas dores. Será nesse momento que você entenderá que merece e pode muito mais do que tem, que seus sonhos são maiores do que você vive hoje e que não precisa viver uma vida entediada e enfadonha, pode estimular-se, aprender e se superar.

Para que essa mudança seja mais fácil, peça ajuda a sua mente consciente. Observe o conteúdo, o tom da conversa que costuma ter com você mesmo e com os outros. Você fala de sucesso e abundância ou de medo e fracasso?

A partir de agora, escolha uma nova conversa e sempre que se pegar com o discurso antigo, substitua-o pelo novo.

Elimine todas as barreiras que te impedem de modificar seu discurso antigo.

E, por fim, continue a se inspirar e escolher uma nova direção e um novo conteúdo para suas conversas. Seu subconsciente irá absorver e atuar a seu favor.

Abraço.

Andrea Romão

Coach de Emagrecimento