Esta semana trabalhei muito a auto sabotagem com meus clientes. E vou compartilhar com vocês este assunto.

Quando nos encorajamos e vamos para o caminho do emagrecimento, sabemos o que fazer. Ficamos atentos ao nosso corpo, à nossa alimentação, mas não nos damos conta que nossa mente atua fortemente em nossos comportamentos. Na verdade não imaginamos que há resistências inconscientes que vão prejudicar e sabotar nosso sucesso.

Hoje muito se fala de auto sabotagem, mas na verdade é difícil identificar o que é e como funcionam os sabotadores em nossa mente. Sabotadores são padrões mentais que registramos em nossa mente ao longo de nossa vida e que influenciam nosso comportamento de forma negativa.  Estes padrões mentais são pensamentos perigosos que nos fazem agir no “piloto automático” e nos impedem de fazermos escolhas coerentes ao que, de fato, desejamos.

Acreditamos nestes pensamentos como nossa “verdade” e passamos a nos comportar através deles. Por exemplo, se você passou a vida inteira pensando que iria perder algo iniciando uma dieta, registrou isto como verdade e gerou um pensamento sabotador. Se  você pensar: “Eu não consigo”, “Eu não vou a diante em nenhuma dieta”, “Não faço nada certo mesmo”, vai acreditar nisto e passar a agir desta forma em todas as situações da sua vida.

Os pensamentos sabotadores são fortes e fazem de tudo para nos manter na zona de conforto. Porém, eles sempre têm uma intenção positiva ao fazer isto. Na maioria das vezes a intenção é de nos proteger de alguma coisa que não queremos para nossa vida, mas não sabemos disto, pois não é consciente.

E por que nos sabotamos? Porque nosso cérebro não gosta de sofrer, de ter prejuízos ou passar por privações. Ele busca comportamentos que nos trazem  prazer e satisfação e desta forma, quando iniciamos uma dieta, os pensamentos sabotadores iniciam o ataque, trazendo à nossa mente consciente tudo o que  iremos  PERDER se continuarmos a dieta e o que vamos  GANHAR se desistirmos dela. Infelizmente na maioria das vezes desistimos sem perceber.

Na prática, isto funciona da seguinte forma: por exemplo, um dos meus clientes, sofria só de pensar que fazendo dieta teria que deixar de frequentar as reuniões semanais entre amigos, que era regada de comida e bebida à vontade. Isso seria uma grande perda, já que ele considerava um momento importante de diversão e prazer.

Outra forma sabotadora de pensar é o que você vai GANHAR continuando em excesso de peso. Um exemplo disto é um paciente adolescente que atendo. Ele tem muita dificuldade em aderir a qualquer processo de emagrecimento. Isso acontecesse porque enquanto ele está em excesso de peso, pode controlar seus pais emocionalmente,  pois se mantém como vítima da situação, tem atenção especial e é visto como “coitadinho”. Inconscientemente, ele pensa que se emagrecer perderá todos estes cuidados. Desta forma se auto sabota e não consegue emagrecer.

Inúmeros são os exemplos de sabotadores que meus clientes trazem todos os dias. O importante é você ter o conhecimento sobre o que o mantém refém, é  descobrir quais são os seus sabotadores e trazê-los a consciência, assim certamente será  muito mais fácil eliminá-los.  Identifique o que você está “perdendo” ou “ganhando” ao seguir uma dieta, assim você poderá enfrentá-los  para conseguir uma mudança duradoura.

Construa a sua mudança. Você consegue.

Abraço

Andrea Romão

Coach de Emagrecimento