Qual é  a primeira coisa que você faz quando quer emagrecer?

Você deve procurar uma dieta, treino, academia, as vezes remédios, ou até mesmo cirurgia não é mesmo?   E hoje é  o que temos no mercado para tratar o excesso de peso.

Esta forma de emagrecimento até hoje proporciona resultados, mas  trabalha a questão da obesidade de fora para dentro. Os resultados são conseguidos a duras penas, com muito sofrimento e depois qualquer vacilada volta tudo e pior do que estava. Não conseguimos com eles  identificar o problema, o que de fato te faz colocar a comida na boca.

Eu costumo dizer que o fato de colocar a comida na boca é insignificante diante do que está por trás desta atitude.

Você pode ter a dieta na mão, treinar cinco vezes na semana, mas se sua mente não te ajudar, não agir a seu favor, não vai adiantar nada, como não adiantou até agora. O máximo que ira acontecer será você se manter magro(a) por quatro ou cinco meses como foi comigo.

Então hoje é o que a maioria das pessoas fazem, buscam por isso quando pensam em emagrecer, dieta milagrosa, remédio, cirurgia, mas esquece de cuidar da mente.

Agora qual é a diferença entre este tipo de emagrecimento tradicional para o emagrecimento consciente?

Porque o emagrecimento consciente vem se tornando tão importante?

Porque você consegue entender o que está por trás do ato de colocar a comida na boca sem controle.

Quem me acompanha já deve ter me ouvido falar sobre isso: nosso inconsciente nos sabota, ele nos protege, ele sempre irá nos tirar da dor e nos enviar para o prazer.  Por exemplo: você resolve hoje iniciar uma DIETA. Inicia o dia indo bem, almoça, mas a tarde começa a pensar em comida, tem vontade de comer várias coisas e diz: Foi só eu começar a dieta que só penso em comida. Isto é o seu inconsciente te sabotando. Ele sabe que fazer dieta para você é um sofrimento. Ele faz você pensar em comida até desistir e atacar um pedaço de doce. Ele te tirou da dor e te mandou para o prazer. É assim que funciona. Por isso este processo é tão  importante e efetivo. Você precisa mudar a sua mente! Quantas vezes eu inicie uma dieta e ficava pensando que quando emagrecesse voltaria a comer normalmente

Comer normalmente? Não, o que fazemos não é comer normalmente, senão, não estaríamos em excesso de peso.

Este padrão de pensamento precisa mudar para que você consiga obter resultados efetivos. Ao contrario irá continuar no efeito sanfona.

O Emagrecimento consciente te mostra quais são os comportamentos inconscientes que você  vem tendo ao longo da sua vida e que te impede de emagrecer ou te manter magra. Você passa a não tomar mais atitudes inconscientes, os pensamentos negativos que te limitam não tem  mais controle na sua vida. Você  deixa de ter a comida como o centro das atenções e passa a viver livremente.

Você pode experimentar agora um pouco do emagrecimento consciente: Quando você estiver diante de um alimento e estiver louca para comer, se pergunte: Eu estou com fome ou com vontade de comer? Se for fome, seu estomago estará roncando, mas se for vontade se pergunte: o que esta comida está preenchendo na minha vida? Se eu comer irá adiantar? Eu vou me sentir preenchido por quanto tempo? Se for um problema, pergunte-se: se eu comer vou resolver este problema? Eu tenho certeza que diante destas perguntas você irá parar de comer na hora, pode experimentar.

Mudar de mente gorda para mente magra não é  uma tarefa fácil, desde muito tempo aprendemos e registramos na nossa mente que comida é sinônimo de afeto, colhimento, conforto e inconscientemente não queremos nos livrar disto.

Mas você  precisa apagar este registro e ensinar ao seu inconsciente que a comida só serve para sustentar seu organismo, e não para sustentar suas emoções e isto você  consegue com o emagrecimento consciente.

Gostou da dica? Compartilhe e me adicione em seu WhatsApp. Faça parte da minha lista VIP onde eu vou enviar a você semanalmente dicas para um emagrecimento consciente.

Abraço.

Andrea Romão

Coach de Emagrecimento.