Crianças francesas não fazem manha. As brasileiras, por outro lado…

A primeira frase, que faz a gente querer saber qual é a receita de sucesso para educar, deu nome ao livro da jornalista americana que vive em Paris, Pamela Druckerman. Na obra, ela descreve um pouco sobre o jeito de ser da mãe francesa. Uma mulher que pensa muito em si e não sente culpa.

Talvez isso seja o ingrediente chave para o sucesso de ter filhos que não fazem manha. Mas eu arrisco dizer que, na educação francesa, e na de outras crianças europeias, o sucesso também vem da pouca importância que os pais – as mães, em especial – dão para a reação dos filhos. Enlouquecer, jamais!

Eu tive a chance de testemunhar uma cena emblemática no metrô, na Espanha, semana passada. Achei incrível.

O vídeo de hoje é sobre isso.