Milhares de casais sofrem de infertilidade no país, por diferentes causas. E o caminho pra tentar ter um filho muitas vezes é longo e sofrido.

Quem pode tenta superar o problema com tratamentos de reprodução assistida. A inseminação artificial e a fertilização in vitro (FIV) são os métodos mais utilizados.

Apesar da alta taxa de sucesso, o resultado positivo nem sempre vem. O que fazer, então?

Pouca gente pensa na barriga de aluguel, porque a lei brasileira proíbe esse método por remuneração. Só mulheres de uma mesma família podem oferecer o útero pra gerar o filho de outra pessoa. Se a relação não for familiar, a gravidez não pode envolver dinheiro e nenhum tipo de recompensa financeira.

Mas em alguns países, inclusive nos Estados Unidos, a barriga de alguel já é autorizada por lei. Só que quase ninguém revela detalhes dessa jornada.

Na entrevista do Mãe Sem Receita de hoje, você vai conhecer a história da jornalista brasileira Teté Ribeiro, que foi até à Índia pra conseguir realizar o sonho de ter filhos biológicos. O procedimento custou 25 mil dólares. Mas a maior dificuldade nem foi pagar por ele.

É uma história única de superação, com uma alta dose de aventura e de muitas surpresas. Tudo contado pela mãe, no recém-lançado livro “Minhas Duas Meninas”.

Aperte o play agora e encante-se com essa história incrível.