Há poucos dias, eu estava fazendo uma trilha e em um determinado momento eu olhei para o alto e pensei que não teria forças para continuar subindo. Nesse momento determinei para mim que bastava eu focar no caminho, olhar para onde eu estava pisando que logo estaria no topo, e quando eu me dei conta já havia superado aquele desafio. O poder da presença me trouxe para o aqui e agora, impedindo que eu deixasse que os meus pensamentos me sabotassem e me fizessem acreditar que eu não tinha condições de subir o morro.

Acredito que você deve ter se identificado, acertei? Estamos sempre sendo desafiados pelos nossos pensamentos desde a hora que acordamos até o momento em que pegamos no sono, isso quando dormimos. Muitas pessoas não conseguem desligar e continuam presas aos seus pensamentos, gerando um quadro ansioso que as impedem de relaxar.

Infelizmente não aprendemos que os pensamentos podem ser controlados, passamos praticamente a vida toda acreditando em tudo o que passa pela nossa cabeça, principalmente nos pensamentos negativos. Quando damos ouvidos a essas ideias negativas o nosso corpo também sofre um desequilíbrio interno, mesmo quando cuidamos de outros aspectos da nossa saúde. Por isso é muito importante estarmos atentos aos pensamentos, pois eles podem ser os maiores causadores de estresse físico e emocional.

Muitos pacientes me perguntam como mudar os pensamentos ou mesmo impedi-los de ficarem incomodando, e a resposta para essa mudança é praticar a presença, pois somente dessa forma conseguimos controlar ou mesmo alterar a qualidade do que pensamos. A partir do momento que temos consciência de que não somos os nossos pensamentos, tudo muda, pois podemos assumir o controle da qualidade do que permitimos acessar.

Um fato que me marcou profundamente foi o dia que acordei e olhei através da janela o dia frio e cinzento da cidade em que moro, e antes de pensar que o dia estava horrível eu pensei que o dia estava lindo. Passamos a interceptar pensamentos negativos e podemos repetir até em voz alta frases positivas. Concordo que nem sempre é fácil mudar a nossa programação mental, mas podemos melhorar muito e veremos como essas pequenas mudanças irão impactar positivamente o nosso humor e a nossa energia.

 Um exercício simples que podemos praticar todos os dias é logo que percebermos um pensamento disfuncional rapidamente já formularmos outro positivo e assertivo para substituí-lo. Com o tempo você verá o quanto essas pequenas intervenções vão se tornando rotina e aos poucos vai mudando o padrão que antes era dominante.

Bons pensamentos levam a uma melhora significativa na nossa vida, somente quando colocamos em prática esse modo de viver é que perceberemos o quanto conseguimos nos manter mais felizes e satisfeitos.