ffff

De alguma forma aprendemos que somos culpados por muitas coisas, basta nos lembrarmos da educação religiosa que tivemos, no que ouvimos desde pequenos de nossos pais, a culpa sempre é a vilã em nossos pensamentos e comportamentos.

Mas o que fazer com isso? Já não bastam as culpas que nós mulheres carregamos por trabalharmos fora, por deixarmos os filhos em casa, pelos erros de nossos pais e/ou amigos, por estarmos acima do peso, por não ganharmos dinheiro suficiente para as férias que tanto ansiamos? Basta, precisa mudar essa situação, afinal a culpa promove o estresse e a qualidade de vida se evapora.

Somos culpados pela escolha política, pela não discriminação da homossexualidade, ou melhor, em tudo o que fazemos sempre tem alguém pronto para apontar nossas falhas e opções de vida.

Dicas para vivermos de forma mais leve:

1 –  Nada de remoer situações passadas, afinal estamos aqui para errar e tentarmos de novo, esse é o ciclo do homem, precisamos olhar o que tem de positivo nas situações ruins para aprendermos a ter comportamentos mais assertivos;

2 – Aceitar que temos limites e estes são impostos por uma série de razões, como falta de tempo, compromissos familiares e profissionais, desejos pessoais, e que não dá para dar conta de tudo, por isso não se culpe por tirar uma tarde de folga para não fazer nada. Experimente, verá como se sentirá renovada;

3 – Está acima do peso? Não tem tempo para ir à academia? Calma, faça uma coisa de cada vez dentro do possível, afinal você não é a Mulher- Maravilha e sim uma pessoa com mil obrigações que precisam ser cumpridas, quem sabe subir escadas ou mesmo andar a pé possa ser um caminho?;

4 – Minfulness, já ouviu falar? Bastam cinco minutinhos para iniciar essa técnica que além de te ajudar a focar no presente, trará uma sensação de relaxamento. Pode ser sentado em qualquer lugar que esteja, pare e ouça tudo ao seu redor, sem julgar, somente ouça e sinta-se no momento presente;

5 – Organização faz parte do seu sucesso, repense sua rotina, o que pode ser deixado para depois e priorize, pelo menos uma vez na semana,  fazer algo que te dê prazer, como uma massagem, uma boa leitura e até sair para dançar;

6 – Pensar de forma positiva pode ser um exercício que precise fazer várias vezes ao dia, mas acredite, irá mudar sua vida, sentirá mais motivação e transmitirá mais alegrias às pessoas ao seu redor;

7 – Dizer não, esse é o ponto principal que leva aos sentimentos de culpa, não podemos aceitar o que não queremos só para satisfazer o outro, é importante que o limite seja colocado, faça se puder e quiser, não para agradar o outro. Aprenda a cuidar de você!

Eu te convido para uma reflexão, afinal a culpa pode se tornar uma companheira diária e muito pesada de se carregar, deixar de acreditar em crenças acerca do que é certo ou errado fará com que aos poucos vá deixando para trás as pedras que vem carregando, algumas com certeza nem são suas, porém de alguma forma insiste em carregá-las.

Reveja esse conceito em sua vida e vá em busca de ser feliz, afinal somente você pode se dar esse colo. Vamos lá?