0522_depresao

É um tipo de depressão em que os sintomas que são bem semelhantes a uma depressão maior, sendo uma das formas mais frequentes de depressão. Como acontece com qualquer tipo de depressão, a pessoa pode se sentir triste e com muita angústia. Na grande maioria das vezes ela aparece no período da adolescência, sendo mais comum em mulheres do que em homens.

Os sintomas são mais leves, mas ainda assim é de difícil diagnóstico, podendo ter causas ambientais e genéticas que levam ao desequilíbrio químico que ocorre a nível cerebral. Estudos têm sido realizados para determinar a causa exata desta depressão, estuda-se a relação dela com: qualquer tipo de doença grave, como acidente vascular cerebral, câncer, HIV, histórico familiar contendo depressão e perdas como morte ou divórcio, abusos de álcool, sexo ou drogas, isolamento social.

Os sintomas abaixo são os mais comuns na depressão atípica:

– Aumento do apetite com ganho de peso;

– Vontade de dormir mais do que seria o esperado;

– Problemas de relacionamento;

– Sensação de vazio;

– Perda de interesse em atividades rotineiras;

– Dificuldade em lidar com a rejeição e críticas, o que causa um desconforto em suas relações;

– Problemas para manter relacionamentos duradouros;

– Medo da rejeição que leva a evitar relacionamentos;

– Pequena oscilação de humor, fica mais animada, porém logo se entristece novamente.

O tratamento indicado é com medicações prescritas por um psiquiatra, porém é necessário o acompanhamento de um psicólogo clínico para se trabalhar as questões emocionais que levam ao quadro depressivo, instrumentalizando o paciente para que melhore sua qualidade de vida e bem-estar.